História The Truth Behind the Dare - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 31
Palavras 658
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellou everyone
Capa nova e título novo
Aeeeee
~ super animada
Desculpem a demora para atualizar
To em semana de provas
Enjoy

Capítulo 16 - Of Course I Do


{Autora's P.O.V}

- Park Jimin, você me perdoa e aceita namorar com o garoto idiota e covarde que não se declarou por ser um bobão?

As mãos de Jimin tremiam, as lágrimas que tanto segurava escorriam livremente pelas bochechas macias e a hesitação para responder se fazia presente. Milhares de perguntas lhe rondavam a mente. Yoongi seria um bom namorado? O faria sofrer como fizera anteriormente? Valeria a pena o perdoar? O sorriso grande e nervoso do de pele pálida se desfazia aos poucos, sentimentos escuros como a solidão, medo e tristeza se alastravam no peito e logo aquele bolo de emoções foi formado em sua garganta. Ao seu ver, já tinha perdido o ruivo à partir do momento em que foi rude consigo lhe mandando aquelas mensagens sujas e o desafiando a fazer algo que o incomodava. A verdade era que estava tão fascinado e surpreso com o garoto de corpo definido, que o desafio fora somente uma maneira de camuflar os sentimentos descobertos no momento onde a luxúria percorria por suas veias.

- Yoongi... e-eu não sei. – Jimin pronunciou aquelas palavras com o olhar direcionado para o chão. – Você me machucou muito, eu ainda não estou bem... é complicado, entende? – tentou explicar.

- Ah, claro. Fique tranquilo Jimin, eu entendo você. – por mais que lutasse contra as malditas gotas de água que insistiam em cair, algumas delas acabaram por o fazer. Yoongi limpou-as rapidamente, não querendo que o outro o visse chorar. – Eu vou ligar para o Jin e pedir para ele vir te buscar. Não vai demorar muito. E desculpe por te fazer gastar seu tempo para nada, não era a minha intenção. – soltou um suspiro, cada palavra que saía da sua boca era como facadas em seu coração. O coração que tanto amolecera com o menino à sua frente.

Min soltou as mãos quentes do ruivo e se virou, indo até a jaqueta pendurada no encosto da cadeira e pegou seu celular. Discou o número do mais velho e trocou poucas palavras com ele, sabendo que se lhe perguntasse mais alguma coisa desataria a chorar e esse não era seu objetivo enquanto o Park estivesse ali.

O mais novo ficou brincando com os próprios dedos das mãos enquanto esperava do lado de fora da casa. Estava incerto sobre sua escolha. Ele amava Min Yoongi, porém o sofrimento foi grande demais e isso lhe causava apreensão. Seokjin chegou alguns instantes depois da ligação e pelo tom de voz que o branquelo usou, sua surpresa tinha dado errado. Era uma pena, pois torcia pela felicidade dos dois.

- Jiminnie? – o mais velho o chamou, tirando de seus devaneios.

- Oh sim, me desculpe. Vamos? – perguntou se levantando e caminhando até o carro.

- Claro, meu amor. – sorriu de lado e envolveu o menor em um abraço antes de entrar no carro.

(...)

Ele gritava, rasgava as fotos dos dois juntos e chorava. O vazio em seu coração só aumentava à medida em que os passos do mais novo ecoavam em sua cabeça. Tinha deixado seu amor ir. Desfalecido e cansado de tudo ali, ele deitou no chão frio e apertou e puxou seus próprios cabelos com força até as juntas dos dedos ficarem brancas.

(...)

Assim que colocou o pé dentro da casa do acastanhado ele chorou. Recebeu um abraço quente em troca e deixou a cascata se formar em seus olhos.

- Quer me contar o que aconteceu? – perguntou o mais velho calmamente.

- Por que dói? Eu pensei que se o recusasse estaria fazendo bem aos dois mas o meu peito dói tanto. Faz parar. – Jimin se referia ao de cabelos verdes.

- Dói porque você o ama e está longe dele. – tranquilizou o garoto. – Você não o ama?

- Claro que sim, hyung.

- Então, não importa o quanto ele te fez sofrer, vai valer a pena porque estará feliz. Corra atrás dele. Pode ser tarde demais quando perceber o que está perdendo.


Notas Finais


Comentem aí o que acharam pls
Desculpem qq erro e ñ desistam de mim


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...