História The Truth Behind the Dare - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 32
Palavras 617
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello everyone
voltei com um capitulo bem ruinzinho
me desculpem
eu to muito mal (muito mesmo) e sem criatividade
prometo refazer e repostar
boa leitura

Capítulo 17 - I Want to See Him


{Autora's P.O.V}

– Jin hyung, eu quero ver ele! – o menor disse de uma forma manhosa.

– Mas nós acabamos de chegar pequeno... – o mais velho lhe respondeu enquanto afagava seus cabelos ruivos.

– Você mesmo disse que pode ser tarde demais quando for me declarar para ele.

– Tudo bem. O que eu não faço por você, huh? – suspirou.

– Eu te amo, Jin. Obrigado por estar comigo em todos os momentos, tanto ruins quanto bons. Não sei o que faria sem você. – Park pronunciou baixinho.

– Ei, não precisa agradecer ok?! Sempre estarei aqui para você. Preparado?

– Acho que sim, é só falar os meus sentimentos certo? – o acastanhado concorda com a cabeça. – Então, vamos lá.

(...)

{Yoongi’s P.O.V}

O piso frio do meu quarto era um dos meus companheiros naquela noite. A solidão, tristeza e as lágrimas acompanhadas de soluços também marcaram presença. Depois de ter sido dispensado por Jimin, rasguei todas as fotos que tiramos juntos ciente que não conseguiria continuar olhando para elas no momento. Estava quase sem voz após ter gritado tanto, debaixo dos meus olhos tinha olheiras profundas e meus olhos estavam pequenos, vermelhos e inchados. “Você é um derrotado, olhe para si mesmo.” As vozes dentro de minha cabeça não paravam de de repetir todos os meus erros e jogar na minha cara que Jimin poderia nunca me perdoar.

Teria continuado ali mesmo se a campainha não parasse de tocar incessantemente. Levantei do chão com um suspiro e fui atender a porta, provavelmente seria Hoseok ou Namjoon então liguei para a cara de morto que possuía. Destranquei a porta ficando por trás da mesma e sem ver quem estava escorado no batente da mesma. Fui surpreendido por dois braços pequenos rodearem minha nuca, logo identifiquei como sendo Jimin. Seu rosto estava apoiado em meu peito e suas mãos subiam e desciam em minha nuca. Envolvi sua cintura com força querendo provar à mim mesmo que não estava em sonho. Me permiti chorar em seu ombro, nenhuma palavra foi trocada apenas palavras de conforto e incentivos. Me separei dele brevemente, esfreguei meus olhos com as costas das mãos e finalmente olhei dentro das orbes do mais novo. Suas bochechas estavam em um tom rosado assim como a ponta do nariz, provas de que havia chorado recentemente. Meu coração falhou uma batida ao ouvir o que o garoto ruivo à minha frente tinha que dizer.

– Eu preciso te dizer algumas coisas, Min Yoongi. Eu te amo tanto que, caralho, chega a doer. Eu estava com tanto medo de te perder que acabei sendo um babaca contigo. Eu perdi todos que eu amava e estava com medo de te perder também. E isso acabou somando com aquela cena de alguns dias atrás, me doeu tanto saber que você tinha me “trocado” – fez aspas com os dedos –, porque, porra, mesmo não estando namorando oficialmente ou ao menos ficando, eu pensei que minhas provocações tivessem valido para alguma coisa. Eu pensei que me desejava do mesmo jeito que eu te desejo mas parece que eu estava errado já que vi o que vi. Mas aí você veio com essa bomba e eu não sabia o que pensar. Me desculpe, eu sei que sou um completo babaca e eu vacilei contigo mas se você quiser eu posso ser seu namorado e tentar compensar meus erros... – ele disse e logo mordeu o lábio inferior esperando uma resposta. Fiquei parado no lugar em que estava processando o que acabei de escutar. Quando a ficha realmente caiu, colei meus lábios nos seus sentindo aquele sabor adocicado de morango se misturar ao meu de menta. Não aprofundamos o beijo, fora somente um selar mas que valeu mas que palavras.

– Eu te amo tanto, Jiminnie.


Notas Finais


Ahhh e sempre que tiver algum capitulo com o titulo "Special Things" é pq é um especial ok?! ok
bye e ate amanha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...