História ☆The Twins☆ - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jimin, Jungkook, Suga, V, Yugyeom
Visualizações 48
Palavras 6.225
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Escolar, Festa, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vamos atualizar meu povo e me perdoem a demora, minha visa ta uma correria imensa.

Capítulo 50 - O recomeço!!!


Fanfic / Fanfiction ☆The Twins☆ - Capítulo 50 - O recomeço!!!

Continuando...

Após sair do shopping com o irmão, Jisung seguiu com o mesmo rumo a um motel. No caminho, Jisung dividia sua atenção entre o trânsito e o Jimin, ele mordia o lábio olhando pro irmão com desejo e o mesmo nem se tocava, pois estava focado demais jogando no novo celular do moreno. E enquanto olhava pro Jimin, Jisung sentia seu corpo ferver, ele ja não via a hora de chegar no motel e usar o seu ruivinho de todas as formas possíveis, mas ele queria que dessa vez tudo fosse diferente, ele não queria que fosse tudo na pressa como eles quase sempre faziam, dessa vez ele iria ter mais calma ou pelo menos tentaria ter. Então, ainda no caminho do motel, Jisung já se sentia totalmente excitado e já não queria mais esperar chegar no motel pra ver o Jimin delirando de prazer, ele queria vê-lo totalmente louco alí na sua frente naquele exato momento e por isso, ele o abordou o mesmo com uma idéia em mente.

Jisung: Jimin? - chamou ele olhando pro trânsito e o ruivo nem o olhou.

Jimin: Oi. - respondeu ele calmo focado no celular.

Jisung: Tira sua calça e sua box. - falou ele em um sussurro e o ruivo pegou um susto tão forte, que quase deixou o celular cair.

Jimin: É o que... o que? Tirar o que menino? - perguntou ele olhando pro moreno com os olhos arregalados e o mesmo sorriu ladio.

Jisung: Eu falei pra tirar sua calça e sua box, ta surdo? - perguntou ele concentrado no trânsito e o ruivo estranhou.

Jimin: Ta doido? Vou tirar nada não, nós ainda nem chegamos em lugar nenhum, eu não vou ficar nu dentro do carro Jisung. - falou ele sério e o moreno parou o carro e o olhou nos olhos.

Jisung: Você tem duas opções, ou tira a roupa agora, ou eu rasgo, bora escolhe rápido. - falou ele olhando malicioso pro ruivo e o mesmo se encolheu um pouco.

Jimin: Ta bom. Mas pra que você quer que eu tire minha roupa oppa? - perguntou ele receoso abrindo o ziper de sua calça e o moreno mordeu o lábio.

Jisung: Você ja vai saber. - falou ele calmo dando partida no carro de novo enquanto o outro tirava a calça e a cueca.

Depois que Jimin terminou de tirar a roupa como o Jisung mandou, o moreno continuou seguindo com ele rumo ao motel. Jimin não estava entendendo nada, ele não entendia o porque do moreno ter pedido pra ele tirar a roupa e quando pensou em perguntar o motivo, viu o mesmo parando o carro no sinal vermelho e logo em seguida ele se aproximou, levou uma mão até o membro do ruivo passando a masturba-lo bem devagar e selou seus lábios em um beijo sexy.

Jisung: Nossa Baby, ja ta meladinho, huuuuuum que excitante. - falou ele em sussurros entre o beijo e o ruivo delirava enquanto era masturbado pelo mesmo.

Jimin: Oppa, aaaaaarrrr pa-pára, nós estamos no sinal seu doido ooowwnnn. - falou ele gemendo baixinho delirando com os toques do moreno e derrepente foi surpreendido pelo mesmo levando um dedo até sua boca o fazendo chupar e logo em seguida ele tirou o dedo da boca do ruivo e enquanto beijava seu pescoço, ele penetrou o dedo na entrada do mesmo o fazendo gemer abafado e espremer os olhos de dor e prazer.

Jimin: Aaaaaarrr o-oppa oooooh meu pai. - gemeu ele entre os dentes apertando o banco do carro enquanto o moreno o estocava devagar com um dedo.

Jisung: Tão apertado Baby, tão quentinho, que delícia. - falou ele baixo enquanto chupava o pescoço do ruivo o deixando maluco.

E enquanto o sinal ainda estava vermelho, Jisung não parava de estocar a entrada do Jimin com um dedo e ainda beijava e lambia o seu pescoço sem se importar com nada. Jisung estava tão concentrado que nem percebeu que era observado, isso mesmo, uma mulher no carro ao lado estava vendo tudo e fazia cara de nojo por ver dois homens se agarrando e o Jisung que nem gostava de provocar, quando viu o olhar inojado da mulher sobre ele e o irmão, ele sem tirar a boca do pescoço do ruivo, olhou pra ela e deu uma piscadinha fazendo a mesma enfezar a cara e quando o sinal abriu, ela deu partida e saiu cantando pneu, enquanto o moreno sorria ladio voltando pro seu lugar.

Jisung: Mulherzinha idiota. - falou ele dando partida no carro e o ruivo que respirava ofegante e tentava se recompor, o olhou confuso.

Jimin: É... é o que? - perguntou ele com a respiração descompassada e o moreno sorriu fraco.

Jisung: Nada Baby, Não foi nada. Vamos continuar de onde paramos, senta de lado e empina essa bunda gostosa pra mim vai. - falou ele meio autoritário e o ruivo o olhou assustado.

Jimin: Não oppa, chega, nós estamos no trânsito. Nós estamos indo pra um motel né? - perguntou ele ainda ofegante e o moreno sorriu ladio.

Jisung: Sim.

Jimin: Então poxa, espera chegarmos lá, aí podemos fazer o que quisermos. - falou ele ajeitando sua roupa pra se vestir e foi surpreendido pelo moreno batendo em sua mão.

Jisung: Não se veste e escuta aqui, eu não tô fudendo marido de ninguem mas sim o meu, então faço o que quiser, agora vira pra cá e faz o que eu tô mandando. - falou ele sério e o ruivo então resolveu obedecer.

Jimin virou de lado, empinou a bunda pro lado do Jisung e encostou a testa no vidro da janela que era fumê escuro. E depois que o Jimin ja estava na posição desejada pelo Jisung, o mesmo escorregou uma mão bem de leve pelas nadegas do seu ruivinho e sem aviso algum lhe deu uma palmada estralada, fazendo o mesmo gemer de dor espremendo os olhos e deixando alí a marca de seus dedos.

Jimin: Aaaaawwwwn oppa, oppa p-pára. - gemeu ele manhoso com os olhos fechados e o moreno sorriu ladio, em seguida Jisung levou dois dedos até a própria boca, os chupando e quando ambos ja estavam bem melados, ele os levou até a entrada do ruivo e penetrou de vez, fazendo o mesmo gemer espremendo os olhos e apertando o apoio da porta.

Jimin: Aaaaaaarrrrr Sung oppa... - gemeu ele meio sofrido e o moreno começou a estocar sua entrada com os dedos.

Jisung: Rebola pra mim Baby, rebola gostoso vai. -  falou ele em um sussurro dividindo a atenção entre o trânsito e o ruivo e o mesmo começou a rebolar.

Jimin: Huuuuumm oppa, você vai bater o carro seu doido aaah ah ah ah. - falou ele olhando pro moreno por cima dos ombros enquanto rebolava e o mesmo mordeu o lábio.

Jisung: Vou não minha coisinha deliciosa. Se masturba pra mim Jimin, quero ver você gozando bem gostoso, vai amor. - falou ele estocando o ruivo com mais velocidade e o mesmo ja louco de prazer, segurou o próprio membro e começou a se masturbar.

Jimin: Aaaaaarrrrsh oppa, aah ah ah ah m-mais ra-rápido aaaaaaaaahhhhh. - gemeu ele se retorcendo de tanto prazer enquanto se masturbava com força e velocidade e o outro o estocava.

Jisung: Isso, hoje eu vou te deixar maluquinho. Goza gostoso goza pro seu Daddy. - falou ele meio ofegante de tanto mandar força enquanto dirigia como podia e o ruivo começou a tremer ja sentindo seu pênis latejar.

Jimin: Oppa eu vou gozar aaaaaaahhh eu vou... eu go-gozar huuuuuuuuuuuummmmm. - gemeu ele acelerando seus movimentos até que gozou sujando sua própria mão e o banco do carro.

Jisung: Nossa que gozada linda Baby. Foi bom pra você? - perguntou ele tirando os dedos do ruivo e voltando a dirigir direito.

Jimin: Aaaaaarr vo-Você q-quer nos matar s-seu doido? aaaaarrr eu tô cansado. - falou ele ofegante sentando todo largado no banco e o moreno sorriu ladio.

Jisung: Ta cansado? Rum, agora que começou Baby. Agora se cobre aí que nós chegamos. - falou ele calmo enquanto o ruivo se cobria depressa com a própria calça.

Jimin: Jisung espera, me deixa vestir pelo menos a calça. - falou ele nervoso tentando se vestir e o moreno sorriu nazalado.

Jisung: Precisa não seu bobu, só se cobre, eu vou ja ja tirar tudo mesmo. - falou ele malicioso seguindo na direção da portaria do motel e o ruivo então se cobriu como pôde.

E ao chegar na portaria do motel, Jisung parou o carro na direção de uma janela de vidro, abaixou o vidro do carro, buzinou e ficou com o ruivo esperando pra ser atendido. E enquanto eles esperavam, Jisung fazia carinho nos cabelos do Jimin, quando derrepente uma jovem apareceu na janela e os cumprimentou.

Recepcionista: Olá, quarto ou suíte? - perguntou ela simpática e o Jisung olhou sorridente pra mesma.

Jisung: Suíte por favor, a melhor que tiver. - falou ele simpático e ela então foi pegar a chave do quarto.

E enquanto a garota foi buscar a chave, Jisung se aproximou do Jimin e selou seus lábios em um beijo quente e quando a garota voltou e viu aquela cena, ela fez cara de nojo assim como a outra mulher que os viu se beijando no trânsito. Jisung e Jimin não perceberam o olhar da garota porque estavam concentrados no beijo, mas logo tiveram suas atenções tomadas pela mesma os chamando.

Recepcionista: Ow ow, aqui a chave. - falou ela em tom desprezível e só então o Jisung separou o beijo e olhou pra ela.

Jisung: Ah; obrigado querida. - falou ele gentil e quando foi pegando a chave, ela puxou de volta e olhou inojada pros gêmeos.

Recepcionista: Espera, esse quarto é pra vocês dois? Tipo vocês vão... - perguntou ela inojada e o Jisung respirou fundo.

Jisung: Sim querida, nós vamos transar e queremos fazer isso ainda hoje de possível, então me entrega essa chave ou então mete no cu que nós vamos pra outro lugar. - falou ele grosso e ela revirou os olhos.

Recepcionista: Ai que nojo, vocês são nojentos. - falou ela fingindo engulhar e o Jisung a olhou sério nos olhos.

Jisung: E você é uma idiota mau fudida e invejosa que queria ta no lugar dele, mas infelizmente Não pode né, Own que peninha. Vai me dá a porra da chave ou vai continuar se metendo onde não foi chamada? - perguntou ele ja impaciente e ela jogou a chave encima dele.

Recepcionista: Toma, eu hein, é cada gosto nojento. - falou ela debochada fechando a janela e em seguida abriu o portão e o Jisung entrou com o carro seguindo pro quarto, ele estava zangado e o Jimin percebeu.

Jimin: Não fica zangado oppa, não vamos deixar aquela vadia estragar o nosso dia né? Dá um sorrisinho pra mim vai. - falou ele manhosinho e o moreno então sorriu ladio.

Jisung: Ninguém vai estragar o nosso dia, só que não vou mentir que não fiquei chateado, eu fiquei sim Jimin. Poxa tô cansado de sermos tratados como monstro, eu não vim fuder de graça nessa porra, eu vou pagar, aish. - falou ele zangado estacionando o carro na porta do quarto e o ruivo se aproximou dele e selou seus lábios em um beijo sexy.

Jimin: Esquece isso e vamos curtir o dia. - falou ele sussurrando entre o beijo e o moreno mordeu seu lábio de leve.

Jisung: Vamos sim Baby. - falou ele baixo dando um selinho no ruivo e em seguida ambos saíram do carro e entraram no quarto.

E assim que entraram no quarto, o Jisung nem bem trancou a porta e o Jimin ja foi pulando encima dele, se encaixando na cintura do mesmo e o beijando no pescoço. 

Jimin: Oppa, me fode agora vai. - falou ele manhoso lambendo o pescoço do moreno e o mesmo sorriu o botando no chão.

Jisung: Calma, me deixa tomar um banho primeiro, ja volto. - falou ele calmo ao botar o ruivo no chão e em seguida foi pro banheiro, deixando o outro bicudo o esperando.

Um tempo depois, Jisung finalmente terminou o seu banho e quando saiu do banheiro com o corpo e os cabelos escorrendo água e apenas uma toalha enrolada na cintura, o Jimin mais uma vez foi pra cima dele e o abraçou pelo pescoço.

Jimin: E agora oppa? podemos agora? - perguntou ele olhando malicioso pro moreno e o mesmo sorriu ladio.

Jisung: Calma apressadinho, vai tomar banho, veste a roupa que comprei pra você, passa bastante óleo nesse corpinho lindo e volta pra mim que o seu Daddy vai ficar te esperando ansioso. Agora vai Baby, fica bem lindo pra mim. - falou ele calmo passando uma mão no rosto do ruivo e o mesmo mordeu o lábio.

Jimin: Ta bom, ja volto oppa. - falou ele animado e após da um selinho no moreno, ele foi pegou a sacola com a fantasia e o óleo e foi pro banheiro.

No banheiro; Jimin trancou a porta, botou a sacola encima da pia e foi tomar banho. O ruivo lavou bem todo o seu corpo e seus cabelos e quando terminou, ele se enxugou bem, depois pegou o óleo e passou no corpo todo e por fim, ele vestiu a fantasia de gatinha que era composta de uma calcinha preta fio dental bem pequena, uma blusinha de renda preta com branca meio curta que deixava sua barriga à mostra, uma saia bem curta preta por cima da calcinha, meias de renda que ficaram acima de seus joelhos e por último ele botou a tiara com arelhinha de gatinha preta com detalhes brancos. E após ja está pronto, Jimin se olhou no espelho pra checar se estava tudo perfeito e ficou impressionado ao se ver tão sexy e provocante.

Jimin: É tudo seu Jisung, tudo seu meu Daddy. - falou ele baixinho ajeitando sua tiara e se olhando pelo espelho.

Então depois de pronto, Jimin saiu do banheiro todo animado e quando chegou no quarto, ele pegou um baita susto ao ver o quarto todo escuro. Jimin ficou com medo porque não conseguia enxergar nada e tinha medo de escuro e quando pensou em voltar pra banheiro, uma voz rouca, sexy e bem familiar lhe chamou.

Jisung: Jimin? - chamou ele em tom calmo e o ruivo arregalou os olhos.

Jimin: Oppa? Jisung kd você? Pára com isso eu tenho medo de escuro. - falou ele meio trêmulo e o moreno sorriu ladio e ligou apenas uma luz fraquinha dando ao ruivo, a visão dele sentado em uma cadeira no canto do quarto, usando apenas um terno branco, seus cabelos estavam arrumados com algumas mechas caídas encima de seus olhos, estava bem pergumado e segurava um copo de Wisk.

Jisung: Estou aqui Baby. - falou ele mordendo o lábio e o ruivo o olhou impressionado.

Jimin: Nossa oppa, você ta lindo, onde arranjou essa roupa? - perguntou ele curioso e o moreno sorriu ladio.

Você Trouxe de casa. Baby você ta tão lindo com essa roupa. - falou ele em tom sexy tomando um gole de sua bebida sem tirar os olhos do ruivo que o olhava meio tímido.

Jimin: Você gostou oppa? - perguntou ele segurando a barra da saia e se balançando devagar e o moreno sorriu cínico.

Jisung: Sim baby, dá uma voltinha, me deixe ver você melhor. - ele ordenou e o ruivo obedeceu dando duas voltinhas lentas.

Jimin: Ta bom pra você oppa? - perguntou ele malicioso e o moreno mordeu o lábio.

Jisung: Ta ótimo Baby. Agora presta atenção, o seu Daddy agora vai dá ordens e você obedece ok? seja um bom baby. - falou ele sério e o ruivo sorriu cínico.

Jimin: Ok Daddy. O que quer que seu Baby faça? hun? - perguntou ele mordendo o lábio e o moreno pegou o celular de cima da mesinha, botou uma música bem sexy pra tocar e voltou a visão pro ruivo.

Jisung: Venha até aqui Baby. - falou ele em um sussurro em seguida tomando mais um gole de Wisk e o ruivo então insinuou ir até ele mas o mesmo o abordou o fazendo parar.

Jisung: Opa, Assim não. De quatro, como uma linda gatinha e miando, agora venha. - falou ele autoritário e o ruivo mesmo meio confuso, abaixou e seguiu até ele engatinhando, rebolando e miando.

Jimin: Miau Aaaawwwnnn Daddy, a gatinha quer leitinho. - falou ele se aproximando do moreno e quando o alcançou, ele levantou se apoiando nas pernas do mesmo e sorriu cínico olhando em seus olhos.

Jisung: Oh que gatinha safadinha, o Daddy vai fazer você gritar baby. - falou ele malicioso olhando pro corpo do ruivo que agora estava em pé na sua frente e o mesmo mordeu o lábio.

Jisung ao ver o Jimin tão perto, tão cheiroso, todo melado de óleo e vestindo aquela roupa, ele o puxou pra perto e começou a beijar e morder de leve sua barriga trincada, o fazendo gemer de prazer.

Jimin: Aaaaaaarrr yes Daddy yes, me faça gritar. - gemeu ele segurando o moreno pelos cabelos enquanto rebolava no ritmo da música e o outro espalhava beijos, cupões e mordidas pela sua barriga.

Jisung: Baby eu tenho uma surpresa pra você. - falou ele ainda beijando a barriga do ruivo e o mesmo o olhou curioso.

Jimin: O que é? - perguntou ele meio ofegante e o moreno levantou com um belo sorriso nos lábios.

Jisung: Senta aí. - falou ele apontando pra cadeira e o ruivo sentou.

Jimin: O que você vai fazer? - perguntou ele confuso ao ver o moreno se afastando e em seguida voltando com algemas nas mãos.

Jisung: Calma, você ja vai saber apressadinho. - falou ele se aproximando do ruivo e logo selou seus labios em um beijo quente e enquanto o beijava, ele prendeu os dois braços do ruivo na cadeira e então se afastou deixando o mesmo assustado.

Jimin: Oppa, me solta. Porque me prendeu? Cara você ta me assustando. - falou ele puxando as mãos devagar em uma tentativa falha de se soltar e o moreno sorriu ladio enquanto botava outra música pra tocar no celular.

Jisung: Xiiiiiii só olha pro seu homem baby. - falou ele sexy botando o celular encima de uma mesinha e em seguida começou a dançar bem sensual sem tirar o olhar de cima do ruivo que mordia o lábio de tanto desejo olhando pro seu moreno.

Jimin: Minha nossa oppa, que delícia, você nunca tinha dançado pra mim. - falou ele lambendo o lábio e foi surpreendido pelo moreno tirando seu terno, depois se aproximando dele, em seguida o mesmo sentou acaixado em sua cintura e começou a rebolar enquanto abria os botões de sua camisa dando ao ruivo, a total visão de seus músculos bem definidos.

Jisung: Tem muita coisa que ainda não fiz com você e pra você, mas que agora vou fazer baby. - falou ele sexy passando as mãos de leve pelo próprio corpo e o ruivo lambeu o lábio.

Jimin: Waw, meu homem gostoso, me deixa tocar em você deixa. - falou ele rebolando no mesmo ritimo que o moreno e o mesmo então segurou seus cabelos e puxou pra frente até sua boca encostar no peitoral dele e o   mesmo começou a lamber e beijar.

Jisung: Aaaaarrrr isso Baby, huuuuuum que delícia. - falou ele delirando com a língua quente e molhada do ruivo entrando em contato com sua pele e o mesmo também gemia sentindo o moreno rebolando encima de seu membro ja totalmente ereto.

E enquanto o Jimin beijava, mordia e lambia a barriga do Jisubg e o mesmo rebolava cada vez mais rápido encima do menbro do ruivo, ambos sentiam seus corpos queimando de desejo. Jimin ja estava quase gozando de novo só de ver o moreno quase nu em sua frente e ainda por cima rebolando encima dele e o Jisung ja não suportava mais sentir o pênis ereto do ruivo roçando em sua bunda, ambos queriam muito mais contato. Então Jisung resolveu elevar o nível daquele momento, ele levantou do colo do ruivo, em seguida abaixou na frente dele, puxou sua calcinha pra baixo logo a tirando toda, depois ele segurou o membro do ruivo que inclusive estava bem melado de pré gozo e passou a língua de leve de baixo pra cima, fazendo o mesmo espremer os olhos e arfar de tesão.

Jimin: Aaaaaaarrrr oppa. - gemeu ele aperriado e mais uma vez foi surpreendido pelo moreno agora abocanhando seu pênis e passando a chupar magnificamente como nunca tinha feito antes. 

Jisung chupava o Jimin em uma certa velocidade mas não usava força, Agora era tudo com carinho, ambos adoravam uma boa foda pesada e selvagem, mas Jisung queria que realmente fosse diferente e que o amor estivesse presente 100% naquele momento, por isso ele não tinha pressa e fazia tudo com bastante paciência e dedicação. E o Jimin estava adorando tudo aquilo, mas ele queria mais, ele queria sentir seu moreno o invadindo com força e o fazendo seu marido de novo.

Jimin: Aaaawwwwnn oppa me fode logo por favor vai. - falou ele em um gemido sofrido e em seguida abriu bem as pernas dando ao moreno total visão e acesso à sua entrada que pulsava chamando pelo outro e o mesmo então parou de chupar seu membro e o olhou malicioso.

Jisung: Ok baby, chega de tortura. - falou ele agora levantando, em seguida ele tirou suas roupas e as do ruivo.

E depois de ja está totalmente nu, Jisung se aproximou do Jimin de novo, abriu mais suas pernas, pegou o vidro de óleo que ele tinha comprado e passou na entrada do mesmo a deixando bem melada e pronta para recebe-lo, depois o Jisung se posicionou entre as pernas do Jimkn, botou os pés do mesmo em seus ombros, posicionou seu membro na entrada dele e então começou a penetra-lo bem devagar o fazendo gemer de dor e prazer.

Jimin: Aaaaaaawwwwwnnn oppa, mete tudo vai, mete yeaaaaahh. - gemeu ele sentindo sua entradinha sendo invadida pelo pênis grande e grosso do moreno e o mesmo uniu seus lábios em um beijo leve enquanto terminava de meter tudo.

Jisung: Aaaaaarr eu te amo Jimin, te amo muito Baby. - falou ele entre o beijo e o ruivo que ainda estava preso na cadeira, começou a rebolar.

Jimin: Prova que me ama me fudendo com força como sabe que eu gosto, fode meu cuzinho bem gostoso Daddy aaaaaaaaiiiii que delícia huuuuuumm. - gemeu ele olhando com malícia nos olhos do moreno e em seguida espremeu os olhos ao sentir o mesmo lhe dando três estocadas fortes.

Jisung assim que ouviu aquelas palavras vindas da boca do irmão Jimin, ele enfiou todo seu pênis de vez no mesmo e em seguida começou a estoca-lo com força e velocidade o fazendo gemer aos gritos.

Jimin: AAAAAARRRR AH AH AH DADDY YES FUCK FUCK FUCK YES YES YEAAAAAHH JISUNG AAAAAAHHH. - gemia ele alto sentindo o membro do moreno indo fundo e forte em sua cavidade anal.

Jisung: Huuuuuuum oooooh tão gostoso, geme Baby, grita vai oooh ooooh que cuzinho delicioso, que saudades. - gemeu ele estocando o ruivo e lhe dando algumas palmadas nas pernas.

Jimin: É so seu daddy, fode ele todinho vai fode fode fode huuuuuumm huuuuummm. - pediu ele manhoso e ofegante enquanto rebolava deixando o moreno mais louco.

Jisung: Aaaaaarrr Jimin ah você me deixa louco. - gemeu ele de olhos fechados sem parar de estocar o ruivo que pedia cada vez mais.

Naquele momento de total prazer entre os gêmeos, ambos gemiam cada vez mais alto sentindo seus corpos queimando de tanto tesão e prazer, suas intimidades se chocavam causando barulhos absurdamente altos e seus corpos ja pingavam suor, mas eles não queriam parar tão cedo, principalmente o Jimin que a meses vinha desejando ser preenchido pelo Jisung e agora que o momento que ele mais queria chegou, ele não iria deixar acabar tão cedo. E depois de um tempo alí naquela mesma posição, o Jisung cansou e quis mudar, então ele soltou o Jimin, o botou de quatro na cadeira, o penetrou de novo e começou a estocar agora com mais força e velocidade levando o ruivinho à loucura.

Jimin: Ooooooohhhhh oppaaaaaaaaa mais mais eu quero mais, me fode caralho fode tua putinha vai. - gemeu ele sendo absurdamente estocado pelo moreno e o mesmo puxava seus cabelos com uma mão e com a outra o puxava pra si pela cintura.

Jisung: Aaaarrrr porra gostoso do caralho, eu quero te fuder muito Baby, vou te deixar alejado ooooh oooooh huuuuum rebola pra mim minha gatinha putinha rebola porra aaaaaarrsh. - gemeu ele ofegante usando toda sua força pra estocar o ruivo e o mesmo ja quase chorava de tanto prazer.

Jimin: Aaaaaahhaaaaiiiii oppa, eu te amo, vai mais vai fuck me daddy, fuck yeh fuck huuuummmm Aaaaahh minha nossa que delícia. - gemeu ele agora se masturbando enquanto era estocado e o moreno ao sentir seu pênis latejar indicando seu gozo próximo, parou.

Jisung: Espera, eu tô sensível mas não quero gozar agora, quero curtir mais. - falou ele ofegante parado atrás do ruivo e o mesmo começou a rebolar.

Jimin: Aaaawwwnnn Daddy, não pára não, me fode mais vai. - gemeu ele manhoso olhando cínico pro moreno por cima dos ombros e o mesmo espremeu os olhos e cravou as unhas nas nadegas do ruivo.

Jisung: Aaaaaaaarrr filho da mãe, assim eu vou gozar porra. - falou ele aperriado se controlando pra não gozar e o ruivo não parava de rebolar, então ele se afastou.

Jisung: Espera, ainda não tá na hora de parar, vem cá. - falou ele puxando o ruivo pelo pulso o tirando da cadeira, em seguida ele se sentou, puxou o mesmo pra perto de si e começou a beijar, lamber e chupar sua barriga de um jeito bem sexy fazendo o mesmo gemer e arrepiar.

Jimin: Huuuuumm Daddy desce mais vai, chupa meu pau. - falou ele em um gemido manhoso e o moreno sorriu malicioso.

Jisung: Não, eu quero outra coisa, vira e arrebita essa bunda gostosa pra mim Baby. - falou ele olhando pro ruivo que ainda delirava de olhos fechados e então o mesmo o abedeceu virando de costas e se arrebitando.

E o Jisung por sua vez, ao ver o ruivo bem arrebitado em sua frente, ergueu a saia que o mesmo usava, pegou o copo com Wisk que estava encima da mesinha a seu lado, tomou um gole e em seguida puxou o ruivo pra mais perto, e começou a beijar e morder de leve suas nadegas branquinhas as deixando cheia de marcas vermelhas e o mesmo gemia.

Jimin: Aaawwwn Daddy. - gemeu ele sentindo a lingua e boca quente do moreno em contato com sua bunda e logo foi surpreendido pelo mesmo separando bem suas nadegas e levando a língua até sua entrada vermelhinha e meladinha do pré gozo do moreno. 

Jisung agora lambia a entrada do Jimin e enfiava sua língua com força, fazendo o ruivo arquear as costas, tremer e gemer alto.

Jimin: Aaaaaaaaaaaarrr yeeeeess Daddy, me fode com essa língua gostosa vai, fode. - pediu ele em um gemido enquanto o moreno metia e tirava toda sua língua na entrada do mesmo e apertava suas nadegas o fazendo rebolar em sua boca.

E Enquanto o Jisung estocava o Jimin com a língua, o mesmo rebolava, se masturbava e gemia alto de tanto prazer e o moreno ainda não satisfeito, introduziu dois dedos na entrada do ruivo e começou a estocar o fazendo gritar.

Jimin: VAI DADDY, METE MAIS NO MEU CUZINHO VAI AAAAAAARRRRR CARALHO QUE DELÍCIA. - gemeu ele sentindo o moreno acelerar suas estocadas e ele também acelerou sua masturbação, até que sentiu seu pênis latejar.

Jimin: Oppa, oppa eu vou gozar, eu vou gozar aaaaaarrr. - gemeu ele aperriado de vontade de gozar e o moreno então parou e em um movimento rápido, o puxou pro seu colo o fazendo sentar em seu membro e começou a fazê-lo pular.

Jisung: Isso Baby aaaaaaarrr pula vai pula gostoso no pau do teu homem oooooohhhh caralho. - gemeu ele sentindo seu pênis sendo bruscamente engolido pela entrada apertada do ruivo que pulava rápido encima dele, apertava suas cochas e se masturbava.

Jimin: AAAAAARRR OPPA EU QUERO GOZAR HUUUUUUMM FODE MEU CU FODE MAIS FODE. - gemeu ele acelerando sua masturbação e abrindo mais as pernas pra que o membro do moreno pudesse ir mais fundo.

Jisung: Tão guloso. Quer mais? hun? - perguntou ele malicioso dando várias palmadas na bunda e pernas do ruivo e o mesmo mordia o labio e espremia os olhos. 

Jimin: Unrhum, quero muito mais, mete todinho. - falou ele rebolando no membro do moreno e o mesmo sorriu cínico.

Jisung: Então ta, vem cá. - falou ele tirando o ruivo de cima dele e o levou até a cama, onde o deitou na beira de frente pra ele, abriu bem suas pernas o penetrou e começou logo a estocar com força e velocidade, fazendo o ruivo gritar.

Jimin: AAAAAAAAIIIIIII MAIS DADDY MAIS AÍ, ACERTA AÍ DE NOVO AAAAAAHHHHH. - gemeu ele aos gritos sentindo sua próstata sendo várias vezes atingida bruscamente pelo membro do moreno que ja tremia sentindo seu pênis latejar.

Jisung: Aaarrr amor eu vou gozar. Meu Baby quer leitinho aonde hun? - perguntou ele estocando o ruivo com força e o mesmo mordeu o lábio enquanto se masturbava.

Jimin: Huuuuuumm o Baby quer leitinho na boquinha Daddy, aaaaaarrr ah aha ha me dá leitinho aaaaaaaaaarrrrr. - gemeu ele sentindo o latejar dos pênis de ambos e o moreno então saiu de dentro dele.

Jisung: Vem tomar leitinho vem Baby. - falou ele ofegante se masturbando e chamando o ruivo e o mesmo então ficou de quatro na cama e posicionou a boca na frente do membro do moreno.

Jimin: Goza na minha boquinha daddy aaaaah ah ah ah. - gemeu ele se masturbando ja quase gozando e em seguida botou a língua pra fora esperando o néctar do moreno jorrar em sua boca e o mesmo acelerou ainda mais sua masturbação.

Jisung: Aaaaaarrr porra eu vou gozar Baby, eu... huuuummm Huuum huuuuummm uuuuuuuuuuuuuuurrrrrrr. - e em meio a alguns movimentos em seu próprio pênis ele gozou jorrando todo seu gozo no rosto do ruivo que lambia os lábios e ainda se masturbava.

Jimin: Huuuuum que delícia Daddy, aaaaahh eu não consigo gozar. - gemeu ele lambendo os lábios provando do gosto doce do moreno enquanto ainda se masturbava tentando gozar e o moreno vendo seu aperreio, resolveu ajudar.

Jisung: Deixa o daddy ajudar você com isso. - falou ele calmo deitando o ruivo devagar na cama e em seguida abocanhou seu membro e começou a chupar fazendo o mesmo se retorcer de prazer.

Jimin: Isso daddy, isso vai, chupa meu pau gostoso chupa aaaaaaarrr aaah ahaah aaaaaaah aaaahh. - gemeu ele sentindo a boca quente do moreno subindo e descendo em seu órgão e rebolava sentindo seu gozo chegando.

Jimin: AAAAAAAAAAAHH OPPAAAAAA EU VOU... EU AAAAAAAAIIIIII... EU VOU GOZAR, VAI VAI VAI VAI VAI AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHH. - E depois de vários chupões do moreno, ele gozou aos gritos e o outro engoliu todo seu néctar.

Jisung: Huuuuum tão docinho. - falou ele levantando e em seguida deitou do lado do ruivo que respirava totalmente ofegante e seu corpo escorria suor assim como o do moreno.

Jimin: Oppa, essa foi uma das fodas mais pesadas que ja tivemos, aaaah eu tô acabado. - falou ele ofegante e o moreno sorriu ladio tirando uma mecha de cabelo que tinha encima de sua testa.

Jisung: Desculpa se machuquei você. - falou ele calmo e o ruivo sorriu fofu.

Jimin: Tudo bem seu bobu, você não me machucou tanto, foi prazeroso fica tranquilo ok? - perguntou ele calmo passando uma mão no rosto do moreno e o mesmo lhe deu um beijo breve nos lábios.

Jisung: Vamos tomar banho? - perguntou ele sentando na cama e o ruivo respirou fundo.

Jimin: Vamos. Aaaaiii não dá. - falou ele tentando levantar mas não conseguiu e acabou caindo deitado na cama de novo, deixando o moreno preocupado.

Jisung: Droga eu te machuquei muito Jimin. Vem, eu levo você pro banheiro. - falou ele meio nervoso e em seguida carregou o ruivo estilo noiva e o levou pro banheiro.

Ao chegar no banheiro com o Jimin, Jisung o botou na banheira, depois entrou, sentou atrás dele e ligou a torneira na água morna,  logo vendo o ruivo relaxar. 

Jimin: Aaaaarrr que delícia. - falou ele se encostando no peitoral do Moreno e o mesmo o abraçou.

Jisung: Ta doendo amor? - perguntou ele passando as mãos de leve nas marcas que fez no corpo do ruivo e o mesmo gemeu baixinho.

Jimin: Não tanto, fica calmo. Oppa? - chamou ele calmo brincando com os dedos de uma das mãos do moreno.

Jisung: Hum. - respondeu ele enxaguando carinhosamente os cabelos do ruivo com sua mão livre.

Jimin: Obrigado.

Jisung: Obrigado porque?

Jimin: Por me aceitar de volta e confiar em mim de novo, as vezes penso que nem merecia, eu errei demais oppa. - falou ele tristinho e o moreno o virou de frente pra ele, o sentou encaixado em sua cintura e olhou em seus olhos.

Jisung: Ja falei pra esquecer isso amor, vamos viver o presente e fazer o nosso futuro. Jimin nós ja passamos por tantas coisas juntos lembra? - perguntou ele calmo e o ruivo abaixou a cabeça.

Jimin: Unrhum. - respondeu ele triste e o moreno ergueu seu rosto o fazendo olhar em seus olhos.

Jisung: Então vamos esquecer tudo de ruim que ja aconteceu. O que importa é que nos amamos, temos dois filhos lindos que precisam de nós dois juntos, temos a tia khyun que nos apoia e amigos de verdade que tambem nos apoiam, então esquece isso e dá um sorrisinho pra mim vai. - falou ele sorridente olhando nos olhos do ruivo e o mesmo o abraçou chorando.

Jimin: Oppa, eu te amo mas tenho medo de que aconteça algo ruim conosco ou com os nossos filhos, ainda existem muitas pessoas ruins, malvadas e preconceituosas. - falou ele entre lágrimas e o moreno o apertou de leve.

Jisung: Xiiiii não chora. Sabe amor, antes eu também tinha medo, mas agora nem ligo mais, o nosso amor é forte e vai superar tudo e eu vou enfrentar seja quem for por você,  pela Kimi e pelo Yesung, eu vou proteger e cuidar sempre de vocês meu pequeno. - falou ele calmo fazendo carinhos nas costas e nos cabelos do ruivo e o mesmo suspirou.

Jimin: Você é um anjo Jisung, meu anjo, eu te amo tanto. - falou ele apertando o moreno e o mesmo afastou o abraço.

Jisung: Eu também te amo meu amor. Agora me espera aqui enquanto eu vou só buscar uma coisa. - falou ele sorridente e em seguida levantou da banheira e do banheiro deixando o ruivo sozinho.

Um tempo depois, o Jisung voltou pro banheiro com o celular dele na mão, ele entrou de novo na banheira ficando atrás do ruivo e o abraçou, depois ele ligou a câmera do celular e posicionou na direção dos dois deixando o ruivo confuso.

Jimin; O que você ta fazendo? - perguntou ele olhando pro celular e o moreno lhe deu um beijo no pescoço e bateu uma foto.

Jisung: Tô registando nossa nova vida e todos os nossos novos momentos. Agora olha pra mim. - falou ele calmo olhando pro ruivo e quando o mesmo o olhou, ele uniu seus lábios e bateu outra foto.

Jimin: O que você vai fazer com isso? - perguntou ele curioso olhando pro moreno que mexia no celular e o mesmo sorriu ladio.

Jisung:  Vou mostrar pra todos o que é um amor de verdade. - falou ele animado mexendo no celular abrindo o Twitter.

E após tirar várias fotos com o Jimin, Jisung fez uma montagem com todas juntas e postou no Twitter com a seguinte mensagem.

[Mídia] - Um dia eu te perdi e te deixei voar, mas agora que te reencontrei, nunca mais vou te deixar. Nossas brigas e nossas crises, tudo isso me machucou, mas nada disso vai fazer mudar o que sinto por ti meu grande amor. Você é chato, bravo e ciumento, mas eu Não ligo, só te amo e aguento. Deixa quem quiser  me julgar, dizendo que sou um otário e que com você só tenho a perder, isso é porque eles não sabem que sem te ter eu quase morri e agora com você eu voltei a viver. Jimin meu Jimin, meu pequeno ruivo, minha grande paixão, por você eu lutarei sempre e te manterei protegido em meu coração. Sei que ainda virão mais momentos difíceis e talvez nossa vida vire do avesso, mas eu estarei aqui meu amor, segurando tua mão, lutando por ti e nos dando a chance de fazermos sempre o nosso novo recomeço. Jimin meu Jiminzinho, minha coisinha gostosa, eu te amo hoje, amarei amanhã e assim será eternamente "Minha linda pedra preciosa"    ♡Jimin e Jisung♡ Amor eterno.

E Enquanto terminava de postar sua linda declaração pro Jimin, Jisung ouviu uns fungados baixos e quando olhou pro mesmo, percebeu que ele estava chorando. Jimin não se achava digno de tamanha homenagem, ele ainda se sentia um monstro por ter feito tanto mau ao moreno que sempre o amou e o Jisung sabia o motivo do choro do ruivo mas preferiu não dizer nada, ele apenas levantou com o ruivo nos braços, o levou pro quarto onde o deitou na cama, deitou atrás do mesmo, os cobriu com um lençol, o lhe abraçou e sussurrou em seu ouvido.

Jisung: Não chora, esqueça tudo o que ja aconteceu e aceite o meu amor de novo, eu te amo Jimin e nada e nem ninguém vai mudar isso. Agora vamos descansar um pouco. - falou ele calmo e baixo no ouvido do ruivo que ainda chorava e o mesmo se aconchegou em seus braços.

Jimin: Eu também te amo oppa. - falou ele ja sonolento abraçado com o moreno e então ambos ficaram quietos até que dormiram.

Continua...


Notas Finais


Gente me perdoem se não ficou bom, mas é que esse período que minha omma ta dodói, eu tô meio que ficando sem inspiração, minha vida ta corrida demais. Peço que me entendam e não me abandonem, eu preciso de vcs.
Beijos e até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...