História Brook 1 - Our destinies have traced our lives forever! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 5
Palavras 768
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Continuação da historia de Candice...

Capítulo 2 - Chapter One end!


Fanfic / Fanfiction Brook 1 - Our destinies have traced our lives forever! - Capítulo 2 - Chapter One end!

Passo perto de um beco que .sempre me da arrepios, aquele lugar ainda vai me matar do coração já que vê novamente uma sombra se mexer dentro dela. Mexo minha cabeça para afastar esses pensamentos, estava sozinha em uma pista que a muito tempo quase ninguém anda nela, estou indo em direção a ponte macabra desse lugar que liga essa parte da Cidade a outra do outro lado da ponte.

A música muda eu olhei assustada para o rádio, logo volto a olhar para o lago que cruzava a cidade inteira e logo depois desaguava em algum lugar que eu particularmente não sei, nessa ponte a uns tempos atrás ocorreu um grave acidente, ninguém usa mais ela por dizer que as almas das pessoas mortas vagam por aqui eu já acho muita idiotice e esse também e o caminho mais rápido para se chegar a escola. A música começa a ficar animada e meus dedos começa a batucar no voante e meus pés a bater no tapete do carro, enquanto mexia minha cabeça meus olhos bateram no porta luvas e imediatamente me lembro de minha carteira escolar. Estico meus braços até ele e consigo abrir a porta, volto a ficar reta no banco e olha o movimento da pista vendo que não tinha ninguém dirigindo por ali, mexo um pouco no cinto e volto a mexer no porta luva.

Sem ela não entro na escola, deveria estar feliz em não achar ela mais quero saber o que tanto planejaram para mim hoje, cansada volto a olhar para a estrada e vejo um carro se aproximando de mim rapidamente. Começo a ficar desesperada e não consigo achar um lugar para me meter e ficar sã e salva do carro.

Tudo começou a ficar lento, estava suando muito, meu coração parecia que ia sair do meu peito de tão rápido que batia, fechos os meus olhos e sinto meu corpo ser jogado para cima do volante. Bato minha cabeça com bastante força no volante e desmaio ali mesmo, mais conseguia ouvir tudo que se acontecia ao meu redor, conseguia ouvir os pássaros e também uma garota gemendo com certeza deve ser a motorista do outro carro. Abro meus olhos vendo que estava no espaço, olho para baixo vendo as estrelas e mais galáxias e era muito fantástico aquilo tudo, com certeza e um belo sonho ou não?

Uma luz muito forte brilhou do meu lado direito, fechos meus olhos para não se machucarem e contos alguns minutos e volto a abrir eles, e vejo um homem de barba em cima de uma pedra que não sei de onde saiu. Eu ia chamar ele mais o mesmo levantou a mão e pediu para eu ficar onde eu estava paro igual a uma estátua retardada esperando ele descer de la ou ate mesmo conversa comigo continuo olhando para ele.

- Muito bem garota, vou ser rápido e mais claro com você, tudo bem? - Pergunta fazendo bico.

- ok...

- Primeira coisa: Você deve estar se perguntando onde está certo? - Pergunta me olhando.

- Sim! - Digo voltando a ficar reta.

- Certo. Você está em um lugar onde eu chamo de casa, sou o universo e também o destino, eu te trouxe aqui durante seu acidente que eu mesmo assegurei que aconteceria! - Diz sumindo.

- como assim universo e destino? Isso so pode ser brincadeira! - Digo rodando procurando por ele.

- Segunda coisa: Você foi escolhida a mim para guardar um grande e poderoso poder, espero que esteja pronta para usar ele! - Diz aparecendo em minha frente.

Antes que eu pudesse responder ele algo vermelho aparece e cerca todo meu corpo, me sente muito leve e meu corpo começou a flutuar a luz rodava todo meu corpo em uma velocidade incrível. Me sentia mais quente, fecho os meus olhos e começo a gostar da ou que mexia com todos o meu corpo, vê uma arma parecida com um machado aparecer rodando e logo depois se transformar em um colar que contia uma pedra vermelha em seu centro. Tudo fica escuro e abro os olhos vendo que estava no lado de fora do meu carro, estava vestindo uma roupa totalmente preta confortável, olho para o outro carro do meu lado direito vendo que não tinha ninguém ali dentro, algo brilha em meu rosto olho para baixo vendo que era um pedaço grande de vidro. Quase morre ao ver que meu cabelo estava vermelho e tinha alguns pircings espalhados na orelha, e uma nas sobrancelhas, na boca e no nariz, solto um grito e caio de joelhos no chão.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...