História The Unknown - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Demi Lovato, Enrique Iglesias, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Nina Dobrev, Pattie Mallette
Tags Aborto, Amor, Gravidez, Jelena, Justin Bieber, Romance, Salvação, Selena Gomez
Visualizações 398
Palavras 1.593
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


"Finalmente a puta da Naomy atualizou a fic"
nossa, muito amor por mim!
Sim unicórnios, eu voltei! Já quero pedir mil desculpas pela demora, só a escola tá exigindo muito de mim e estou praticamente, sem tempo pra nada. Também estava ocupada organizando as coisas pros meus 15, então já sabem né?!
Bom, espero que gostem, porque eu estava animada e até gostei do que escrevi.

P.S: MUITO OBRIGADO PELOS 86 FAVORITOSSS! <3
Vejo vocês lá em baixo.

Capítulo 8 - Someone who really has the true heart.


Fanfic / Fanfiction The Unknown - Capítulo 8 - Someone who really has the true heart.

Anteriormente em, The Unknown...

Ela se levantou e caminhou até a porta, onde abriu a mesma e ficou surpresa, era uma pessoa que ela nunca tinha visto. O que ela queria?

— Oi?

Uma mulher na qual Selena nunca havia visto em sua vida, estava parada a sua frente. Ela a encara sem entender o porque de aquela mulher estar ali.

Um silêncio constrangedor estava no ar, até que a mulher decidiu se pronunciar.

 — Oi! Eu sou a esposa do Jeremy, sou também a pessoa que te rejeitou aquele dia. Olha, eu só quero dizer que me sinto muito mal pelo o que eu fiz, e eu não acho certo deixar você ficar aqui, sozinha. Você me perdoa?

— Beleza. — Selena sorriu sem mostrar os dentes.

— Certo. Vamos sair daqui então?! — sugeriu Pattie.

— Ah, claro!

Ela voltou para o quarto, logo pegando suas coisas e sua mochila.

— É só isso.

As duas saíram daquele lugar e foram até o carro de Pattie, entraram no mesmo. A mulher ligou o veículo seguindo viagem até sua casa. Novamente, um silencio constrangedor surgiu no ar, fazendo com que Selena se sentisse desconfortável, a mulher percebendo isso decidi puxar conversa.

— Jeremy me disse que está grávida. Verdade? — perguntou ela.

— Uhum. — respondeu a garota.

— Que bacana! Quantos meses?

— Já completei quatro. — explicou.

— Fez algum exame pré-natal?

— Não. — Selena diz séria. — Meu pai me levou pra o que eu achei que seria minha primeira consulta, mas só depois que eu escutei uma conversa, percebi que ele queria se livrar do bebê. — seus olhos ficam marejados.

— Foi por isso que fugiu? — Pattie perguntou.

— Sim. Eu não queria viver na mesma casa de alguém que quer o mal pro meu bebê. — ela passou a mão na barriga.

— Imagino que dever ter sido difícil ter vivido fora de casa, mas agora, você terá uma outra família. E com certeza, nós iremos lhe tratar muito bem. — a mulher disse sorrindo.

Aquilo fez Selena abrir um grande e verdadeiro sorriso depois de várias noites vivendo sozinha e triste. Ouvir aquilo foi como sair mais cedo da aula, algo maravilhoso.

Ela estava realmente feliz por saber que alguém estava preocupada com ela, que teria uma outra família na qual iria amá-la, isso a deixou, extremamente feliz.

Algumas horas passadas, elas finalmente haviam chegado na casa de Pattie.

Desceram do carro, caminharam lentamente até a porta abrindo em seguida a mesma. Selena ficou totalmente deslumbrada com o que via, era uma casa realmente linda. Não era uma mansão, mas sim, extremamente linda.

A garota estava encantada com tudo aquilo, tanto que nem prestou atenção na mulher que estava a chamar sua atenção.

— Oi? Desculpa, fiquei distraída com sua bela casa. — falou Selena.

— Oh, obrigado. Eu tento manter organizada mesmo com as crianças, é difícil, mas eu consigo. — ela soltou uma risada baixa.

— Você tem filhos? — perguntou Selena espantada.

— Sim, tenho três. Ali estão eles... — a mulher apontou para um quadro onde estavam eles. — Jazmyn, Jaxon e Justin.

“Que nomes bonitos” pensou Selena.

— São lindos! Deve ser uma ótima mãe. — elogiou ela.

— Confesso que sou mesmo. — brincou a mulher. — Quando eles chegaram da escola, você irá conhecê-los. — Selena então sorriu. — Está com fome? Sede?

— Aceito um copo de água, obrigado. — pediu a garota.

— Venha comigo até a cozinha, querida.

Selena e Pattie entraram no cômodo, ela sentou-se na bancada do balcão, Pattie entregou um copo cheio de água para ela. A mesma tomou um gole, saciando sua sede.

Depois que terminou, levantou e colocou o copo na pia. Colocou a mão nas costas por causa da dor.

Pattie percebeu aquilo e sentiu pena.

— Não quer se deitar? Deve estar cansada. — Pattie perguntou.

— Não, obrigado. Mas eu gostaria de sentar.

A mulher a levou até a sala, ajudou-a a se sentar no sofá e ligou a televisão, explicou como funcionava para trocar de canal. A garota assentiu e ficou olhando.

Pattie disse que precisava ir no mercado, Selena disse que não havia problema e que ela poderia ir sem se preocupar.

Se despediu da menina e saiu.

Por mais que ela lutasse, estava realmente com sono, então, aproveitou que estava sozinha e acabou dormindo.

O barulho da televisão estava atrapalhando o sono dela.

Selena abriu os olhos e notou que estava deitada com um cobertor sobre ela.  Pode notar também que Pattie estava sentada na poltrona assistindo televisão, disfarçou rapidamente que ainda dormia mas a mulher foi rápida e percebeu.

— Ah, você acordou. — falou ela. — Conseguiu descansar?

— Sim. — respondeu Selena.

— Que ótimo! Agora irei fazer o jantar, quer me fazer companhia na cozinha ou continuar descansando?

— Não, vou com você. — a garota disse toda sorridente.

Levantou com calma e dobrou o cobertor, foram até a cozinha onde Selena rapidamente se sentou em uma cadeira.

Pattie pegou as coisas necessárias para preparar o jantar e iniciou os trabalhos.

A garota observava tudo, e se divertia com aquilo.

— Senhora Pattie... — chamou Selena, a mulher a encarou. — Como é ser mãe? —     perguntou por curiosidade.

— Bom...é maravilhoso. Saber que você é responsável por uma coisa que pra sempre será sua, é inexplicável a emoção. — diz ela.

— Eu imagino! É que sabe né? — Selena nem precisou continuar, pois a mulher já sabia do que ela falava.

— Com certeza, você já é mãe pelo simples fato de estar carregando uma criança, mas quando você estiver com ela nos braços, vai entender muito bem do que eu estou falando.

— Claro.

As duas continuaram uma boa e tranquila conversa, Selena descobriu bastante coisas sobre a doce mulher, contou também sobre sua vida, falaram sobre vários assuntos. Até que escutaram a campainha tocar, quando Pattie iria ir abrir a porta, ouve-se gritaria de duas crianças, deveriam ser Jazmyn e Jaxon.

— Mamãe! — gritaram as duas crianças juntas em coro.

— Meus anjos. — falou ela quando os puxou para um abraço.

Selena ao ver aquela linda cena se emocionou, se imaginou no lugar de Pattie e viu que deve ser uma sensação maravilhosa, como ela havia dito antes.

Ouviu também um som de chaves sendo jogadas em uma mesa, olhou para trás e avistou Jeremy, com a expressão de surpreso.

Ela sorri envergonhada e com a mão dá um leve aceno para ele.

— Oi. — ele diz sem reação.

— Ah, olá amor! Ahn...surpresa! — Pattie falou sorrindo.

— O que é isso? — ele perguntou.

— Eu decidi trazer alguém para morar conosco. Alguém que já deveria estar aqui. — explicou a mulher.

Jeremy se aproximou dela e a deu um beijo na testa.

— Oh, você é maravilhosa. — ele diz passando a mão em seus ombros em forma de carinho.

— Ai meu Deus, eu vou chorar. Essas malditas cebolas! — reclamou Pattie.

— Aham, sei. Mas só para te mostrar, — ele apontou para o aipo na frente dela. — isso não é uma cebola.

— Mas isso é. — ela pegou uma cebola.

— Certo, só que não está cortada.

Ela não se controlou e começou a rir, junto com ele. Selena também logo estava rindo, e simplesmente, achando lindo aquele simples momento. O momento em que o homem chega, e dá atenção e carinho para sua bela esposa. Selena ficava imaginando se algum dia, viveria este momento, se teria uma família como a deles. Todo tipo de coisa que envolvia isto, ela se perguntava se passaria pela mesma coisa.

Enquanto Pattie ainda terminava de preparar o jantar, Jeremy foi olhar televisão na sala com Jaxon e Jazmyn que acabará de conhecer Selena já estava brincando com ela em seu quarto.

As duas brincavam de castelo.

— Selena, você já quis ser uma princesa? — perguntou Jazmyn enquanto vestia sua Barbie.

— Quando eu era pequena, queria sim. — confessou Selena.

— Você é tão linda! Acho que já nasceu uma. — Jazmyn diz doce.

Com certeza, Selena ao ouvir aquilo se emocionou. Era tão lindo ouvir aquilo de uma garotinha de 6 anos.

Ela esperava que algum dia, pudesse ouvir isso de sua própria filha, ou filho.

Pattie chamou todos pois o jantar já estava pronto, todos desceram e se sentaram a mesa. Jeremy explicou que eles rezavam antes das refeições, em agradecimento, mas como Selena não tinha esse costume, apenas respeitou e ficou quieta.

Depois de terem acabado, Jeremy lavou a louça e rapidamente, foi para seu quarto dormir, enquanto Pattie foi colocar as crianças para dormir também.

Selena ficou na sala esperando ela para a mesma poder mostrar onde ela iria dormir.

— Voltei. Bom, você irá dormir no quarto do meu outro filho, o Justin. Tudo bem pra você?

— Sim, tudo ótimo.

— Vou te mostrar onde é, venha!

Subindo as escadas, chegaram no quarto que tinha as paredes pintadas de azul marinho e muitos detalhes em branco e dourado, mas também havia objetos pretos. Um quarto bem elegante, observou Selena.

— Muito obrigado Pattie! Sério, eu estou muito grata por tudo que fez por mim hoje! A senhora é uma pessoa tão boa! Muito obrigado. — agradeceu Selena.

— Oh, minha querida. Não precisa agradecer, eu só fiz o que era certo! Estou feliz de te ter aqui em casa, de verdade. Espero que viremos grandes amigas. — a mulher sorriu.

— Estou feliz também! Não querendo estragar o momento, mas não tem problema de eu dormir no quarto de seu filho? — questionou Selena.

— Não, imagina. Ele está viajando, nem se importa com isso, pode ficar bem a vontade.

— Tá certo, obrigado de novo.

— Boa noite!

A garota sorriu e fechou a porta, já estava vestida com seu pijama e pronta para dormir. Ajeitou-se na cama, por alguns segundos pode sentir um cheiro de perfume na cama, um perfume maravilhoso.

Imaginou que era de Justin, e era muito bom.

Provavelmente, aquele seria um cheiro que Selena não esqueceria tão fácil.


Notas Finais


Gostaram?
Gostaria de saber nos coment's ksjksjks
Caso alguém tenha alguma dúvida, pode me perguntar que eu não mordo.
É isso gente, até o próximo! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...