História The Unknown {PAUSADA} - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Candice Accola, Ian Somerhalder, Katerina Graham, Nina Dobrev, Paul Wesley, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Jeremy Gilbert, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Malachai "Kai" Parker, Matt Donovan, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood
Tags Damon, Delena, Diares, Dosbley, Elena, Love, Mensagens, Mistério, Nian, Romance, Stelena, Tvd
Visualizações 51
Palavras 1.073
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa Leitura <3
Me desculpe se tiver algum erro ortográfico ou gramatical.

Capítulo 9 - Capítulo VIII


-Esse cara...é....e..le...eu...

-Fala logo, Elena.

-Mas vocês não podem contar a ninguém.

-Ta bom, nós não vamos contar.

-Ele é...- De repente as mensagens de ele pedindo pra mim não contar a ninguém sobre ele me veio na cabeça, eu não podia fazer isso - É...meu amigo virt..ual - gaguejei.

"Mas pensando por um lado, ele é mesmo meu 'amigo virtual' "- pensei.

-Ah, entendi.

-Não sabia que você tinha amigos virtuais. Por que? Você não gosta da gente? - Caroline me perguntou com uma voz triste e brava ao mesmo tempo.

-Gente, eu amo vocês, tá? Relaxa, eu, hein.

Nós nos abraçamos e fomos continuar a ver os filmes:

-Agora vamos ver Diário de Uma Paixão!

-Ah não, Caroline.

(...)

As meninas já tavam dormindo e só tinha eu acordada, por algum motivo aquela hora de "confessar" quem era o desconhecido me deixou meio confusa, eu não conseguia dormir.

"Será que ele tá acordado?" - pensei.

Mandei uma mensagem pro O desconhecido:

Oii. - Elena.

Alguns minutos depois ele me respondeu:

Oii, tudo bem? - O desconhecido.

Sorri, achei fofo por ele se preocupar se eu estou bem. " O que tá acontecendo comigo?" - pensei.

Tudo sim. E você? - Elena.

Tudo também. Acordada a essa hora? Sabe que são 4:13 né? - O desconhecido.

É, eu sei. Eu te acordei? E o senhor, por que tá acordado a essa hora também? - Elena.

Tava esperando você mandar mensagem. Não, relaxa. Tá fazendo o que? - O desconhecido.

No momento, tô conversando com você. E você? - Elena.

Só isso? Bom, eu estou ouvindo aquele seu cd, realmente gostei daquelas músicas. - O desconhecido.

Só, eu to sem sono e as minhas amigas já dormiram. Que bom que você gostou, talvez a gente possa se conhecer um dia e ouvir essas músicas. - Elena.

É, quem sabe? Um dia talvez? Quando você ver minha cara de verdade, vai ver que me ignorou por anos, baby. :( - O desconhecido.

Como assim te ignorei por anos? Eu to me sentindo mal agora. Viu o que você faz? Agora to igual uma idiota me sentindo culpada por ter ignorado alguém que viria a ser meu amigo. - Elena.

Não se preocupe, eu já esqueci. Senão eu nem estaria falando com você. Mas, enfim, por que você decidiu me mandar mensagem ao invés de outra pessoa? (Não que eu não goste, porque eu adorei ;) ) - O desconhecido.

Não sei, você foi a primeira pessoa que veio a minha mente. - Elena.

Ah que fofa. Nem parece que passa despercebida toda vez que me vê, pelo menos antes da última semana. - O desconhecido.

Por que você tá fazendo isso comigo? Você quer que eu me sinta culpada? Desculpa tá, eu não sei quem você é, não tem como eu reparar pra todo mundo. - Elena.

Eu não quero que se sinta culpada e se você prestasse atenção já teria descoberto quem eu sou. (Nossa primeira DR). - O desconhecido.

Como assim? Você dá dicas que não dá pra entender. E por que primeira DR? - Elena.

Deixa pra lá, só procure que você acha (Não sei se você percebeu, mas te dei algumas dicas). Vou dormir, bjs. (tô cansado) - O desconhecido.

Eu também vou dormir. E é, eu percebi. Bjs. - Elena.

Coloquei meu celular pra carregar e fui tentar dormir. O que tava acontecendo comigo? Ele não saía da minha mente, suas mensagens, seu jeito ou ele, tava mexendo comigo de alguma forma. 

"Eu to ficando louca. Eu não posso sentir nada por causa de mensagens de um garoto qualquer." - pensei.

(...)

Acordei com Caroline e Bonnie gritando:

-Acorda, Elena!! Temos aula!!

Lembrei que hoje era segunda. "Droga"- pensei.

Escovei meus dentes, me troquei, me arrumei, peguei uma pêra e saímos para a escola.

(...)

Tava na aula de artes, uma de minhas preferidas, procurava pelo desconhecido enquanto a professora falava algo. Até que ela gritou assustando a todos:

-Damon Salvatore, Stefan Salvatore, Klaus Mikaelson! Saiam da sala! Vocês estão atrapalhando minha aula.

Eles se levantaram e saíram, senti Damon me olhar, então ele saiu. Continuei a "procurar" pelo desconhecido, até que a professora gritou novamente:

-Procurando algo, Gilbert?

-Não profes... - ela me interrompeu.

-Porque eu acho que você deveria sair.

-Mas eu...

-Vai logo!

"Eu hein, nem sei porque minha aula favorita é artes, porque pela professora é que não é. Ela vai mandar todo mundo fora da sala hoje? " - pensei.

Saí e os meninos conversavam no corredor.
" E se um deles for o desconhecido?" - pensei.

Os observei enquanto eles conversavam até que os três viraram pra mim no mesmo momento, comecei a corar:

-Tudo bem, Elena? - Stefan perguntou.

-Ta sim.

-Ta bom, então - me virei totalmente envergonhada.

Decidi mandar uma mensagem pro O desconhecido, eu poderia saber se for um dos garotos do corredor.

Oi... - Elena.

Quando eu mandei essa mensagem, os celulares dos três vibraram, inclusive o meu, percebi que era uma mensagem da escola.

Fala comigo :( - Elena.

O celular de alguém dos três vibrou e o do Kol, que passava no corredor no mesmo momento, também vibrou.

"Droga" - pensei.

Por favor? :/ - Elena.

Dessa vez, nenhum celular vibrou, o sinal da aula tocou e eu fui pro refeitório.

(...)

Estava pegando minha comida quando meu celular começou a vibrar:

MENSAGEM DE : O desconhecido.

Oi. Que foi? Você tá bem? - O desconhecido.

Aquele sorriso surgiu em minha cara novamente.

To sim. É que a professora me mandou pra fora da aula de artes. Ou, eu tenho uma pergunta... Que cor é a blusa está usando? - Elena.

Ata. Estou usando blusa preta. - O desconhecido.

"Ah, que ótimo...Stefan, Damon, Kol e um garoto que eu nunca conversei estão usando blusa preta.... Mas to um pouco mais perto de descobrir." - pensei.

Decidi ir falar com o menino, e se fosse o desconhecido?

-Oi - cheguei de repente, acho que o assustei.

-Oi.

-Sou Elena. E você?

-Kai. Prazer, Elena.

-Prazer meu também, Kai. Já nos conhecemos?

-Mais ou menos.

-Como ass...- Caroline me interrompeu me puxando pra mesa.

-Desculpa - Gritei pra ele enquanto Caroline me puxava.

-Precisava disso? Coitado do Kai, Caroline.

-Desculpa, é que a Bonnie saiu e eu não queria ficar sozinha.

-Você tá brincando né?

Passou-se um tempo e as aulas acabaram, não tive mais pistas do desconhecido. 


Notas Finais


Iae? Gostaram? Espero que sim, e não se esqueçam, amanhã tem capítulo novo de AMOR NA FACULDADE ;; DELENA.
Bem, comentem o que acharam do capítulo, adoro ler comentários. <3
P.s eu sei que tá tarde, mas é porque eu queria postar hoje pra de manha vocês verem a notificação.
XOXO <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...