História The Vampire! - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, Black Pink, G-Dragon, Taeyang, The GazettE, Versailles (Banda)
Personagens Aoi, Cl, G-Dragon, Hizaki, Jennie, Jisoo, Kai, Kamijo, Lisa, Masashi, Minji, Park Bom, Personagens Originais, Reita, Rosé, Ruki, Sandara Park, Taeyang, Teru, Uruha, Yuki
Tags Aoi, Chaelisa, Chaera, Chaerin, Dara, Jennie, Jisoo, Kai, Lisa, Lisoo, Reita, Rose, Ruki, Taeyang, Uruha, Vampiros
Visualizações 58
Palavras 2.428
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Orange, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Que tal um especial 2ne1?

Aconselho a escutar a música delas "I love you" enquanto lêem. Por que ela foi minha inspiração.

B - Park Bom
S - Park Sandara
Mz - Minzy
CL é a cl mesmo kkkkkk

Capítulo 23 - I Love You!


Fanfic / Fanfiction The Vampire! - Capítulo 23 - I Love You!

B - Sandara, irmã acorda.

S - O que? Porque? O que está acontecendo? 

B - Demônios, estão por toda parte, sugando todos e colocando fogo em seus corpos. Venha irmãzinha, vou achar um lugar seguro pra você. 

Dara olha direito para a irmã e percebe que ela tinha três cortes no braço, eram tão profundos que podia se ver o osso. 

S - Meu Deus, irmã o que foi isso?

B - Depois explico, agora vamos. 

As duas saíram pela parte de trás da casa, o vilarejo estava sendo massacrado. Elas correram para o meio da floresta, Bom sentia dor e começava a delirar, ela para cansada e se joga no chão. A garota de apenas 15 anos se debruça sobre ela já com os olhos marejados. 

S - Irmã por favor, não me deixe.

B - Corra para lá - Ela apontou - há um rio e perto dele uma cabana, abrigue-se lá. 

S - Eu não vou te deixar aqui. 

- Faça o que ela está mandando.

Uma voz veio de trás de Sandara, assustada ela pega um galho e aponta para a ruiva. 

- A cabana é minha, há comida e água lá, agora vá. 

S - Eu não vou deixar minha irmã aqui. 

- Ela não é mais sua irmã, foi machucada por um Daemonuim de classe um, já já ela vira um. 

S - Você mente, eu não te conheço e Bom ficará bem. 

- Sou Minzy Gong... Aconselho você a ir logo. 

Bom começava a se debater no chão, uma gosma negra saía de sua boca, olhos, ouvidos e nariz. Dara ficou desesperada mas não se afastou da irmã a ruiva se aproxima e começa a falar algo em outro idioma, um símbolo se forma ao redor delas, Bom se acalmava quando Dara viu um tentáculo negro atravessar o peito de Minzy. A mais nova já ia correr quando um segundo atravessou seu peito, erguida no ar ela viu um terceiro atravessar o peito de sua irmã. 

- Uma Daemonuim, uma Bruxa e uma Humana. Eu realmente sou um homem de muita sorte. 

Mz - Masashi? O - Ela cospe sangue - o que faz aqui? 

Msh - Estava acalmando a confusão quando senti seu cheiro. Aaaah Gong Minji, eu te procurarei tanto e achei aqui por acaso. 

Mz - Não fiz nada contra o conselho Capitão. 

Msh - Eu sei, mas sempre foge de nós, agora tenho a oportunidade de colocar uma coleira em você. 

O japonês começa a profanar um ritual e as três começam a gritar. Dara é a primeira que apaga, Bom estava descontrolada e tentava lutar contra o tentáculo, Minzy desmaiou no exato momento em que Bom partia o tentáculo com as mãos, porém outro veio por trás e acertou suas costas. 

Msh - Você é rebelde, te levarei para Lorde Manson quando isso acabar.

Ele fala mais algumas palavras e um raio caiu bem no meio deles, os tentáculos somem deixando as três mulheres no chão. Minzy e Dara estavam desacordadas mas Bommie Estava muito bem acordada. 

B - o que fez com elas? 

Msh - Elas desmaiaram pela dor, acordarão daqui a pouco. Você virá comigo. 

B - O que Você fez com elas? - Ela Levanta e os machados no braço e peito começam a fumaçar.

Msh - Elas estão ligadas à você, se você se descontrolar elas também irão, acontecerá com você também se uma delas se descontrolar. 

B - Minha irmã ficará bem?

Msh - Está com Minzy, ela é uma boa pessoa. 

Hzk - O que temos aqui? 

Msh - Uma Bruxa, uma humana e uma Daemonuim de classe dois recém transformada.

Hzk - Levarei a humana comigo. 

B - Sandara ficará com a bruxa. 

Msh - Hizaki é um bom homem, treinará sua irmã a controlar a raiva e o poder que dei a ela.

B - Ele não tem cheiro de humano, nem bruxo, nem demônio. 

Hzk - Sou um Cainita. - Sorrio meigo. 

B - Sanguessuga... Ele se alimentará de Sandara. - Apontou para Hizaki. 

Hzk - Não poderia, Masashi fez um ritual muito forte, preciso deixar passar alguns anos pra isso. 

B - Levarei ela comigo. 

Msh - Te levarei para Sheol criança, ela não passaria nem do portal. Deixe-a com Hizaki, dou minha palavra que ela ficará bem.

B - Dê sua palavra japonês. - Disse a Hizaki. 

Hzk - Dou minha palavra jovem Daemonuim. 

Masashi projeta um portal, Bom vai até a irmã e lhe dá um beijo no rosto depois se junta ao homem e entra no portal. Dara acorda no exato momento em que a irmã desaparece.

S - Cadê ela? BOM? 

Hzk - Ela teve que ir, estava se transformando e não queria te machucar. 

S - Q-quem é você? 

Hzk - Hizaki, seu novo tutor. Sua irmã a deixou sob meus cuidados. 

S - O que fizeram comigo?  - Ela olha pro sangue em seu peito. 

Hzk - Um demônio te uniu a sua irmã e a esta bruxa ao seu lado. Como deixar vocês próximas pode dar um grande problema Masashi levou Bommie, você virá comigo e ela, bem ela já tem 4 séculos sabe se virar sozinha. 

S - O que você é? 

Hzk - O que você será daqui há alguns anos, um cainita. 

S - Achei que vocês estavam extintos. - Ela levanta do chão 

Hzk - Os Garous até que tentaram. - Ele gargalhou. - mas somos muitos.

Um homem muito bonito surge ao lado de Hizaki e o abraça por trás. 

Kmj - Meu amado, vejo que encontrou o local da magia primeiro que eu.

Dara Estava impressionada com a beleza do homem atrás de Hizaki. Borboletas voavam por seu estômago, ela suava frio e sentia seu sangue ferver, no auge de sua puberdade ela havia se apaixado pela primeira vez. 

Hzk - Você o quer? (sutil) - ele passa a mão no rosto de Kamijo. 

S - N-não senhor.

Hzk - Posso ler pensamentos criança, primeiro ensinamento, nunca minta para um cainita bem mais velho que você. 

Kmj - Ensinamento dois, nunca deseje um cainita casado, o motivo você saberá em breve. 

Hzk - Amor ela é só uma criança. 

Kmj - Não estou falando isso para intimida-la pequena, o lugar para onde irá não tem outros como nós. Todos são impiedosos. 

Kamijo beija Hizaki e vai até Sandara, ele beija a mão dela e projeta um portal branco a frente deles. (sim ele faz isso) Hizaki pega na outra mão de Dara e os três somem dali. Minzy levanta e sorri sinistro, ela pega impulso e sai voando do local. 

...

B - Senhor... 

Msh - Masashi.- Ele caminhava pelas cinzas da casa de Bommie 

B - Por que estamos aqui? Achei que me levaria para outro lugar. 

Msh - E vou. - Ele puxa a espada e corta a cabeça de um demônio que agonizava no chão. - Só que um dia em Sheol é como 5 anos aqui, te trouxe aqui para se despedir. 

B - por que está sendo bom comigo? 

Msh - Você só teve uma convussão e derrepente já era uma Daemonuim só vi isso acontecer uma vez, e foi comigo. Te tenho como uma semelhante, há um nome em sua mente, vá até lá eu a espero.

Bom saiu correndo até uma casa onde os ataques não chegaram, ela escalou uma árvore e bateu 4 vezes na janela, logo a garota morena abriu e puxou BOM para dentro. 

Cl - Meu Deus, eu chorei tanto preocupada com você. - Abraça Bommie. 

Cl era uma garota de 14 anos que morava próximo a casa do clã Park, como ela era uma Lee não podia ser amiga de Bom e Sandara já que seus clãs ainda não haviam se acertado. Bom era teimosa, ela gostava da companhia da outra, apesar de ser 4 anos mais velha que a garota não aparentava, ela era tão sapeca quando uma criança de 8 anos. A amizade era pura até que um dia Cl deu um beijo em Bom, a mais velha ficou surpresa e chateada com o ato, ela brigou com a mais nova rompendo a amizade. 

B - Estou bem, consegui fugir à tempo com Sandara. 

Cl - Onde ela está? 

B - Em um lugar seguro. Eu vim me despedir.

Cl sentiu uma dor no peito, ela queria chorar, queria gritar. Bom não podia ir embora, ela era o amor de sua vida e não seria fácil viver sem ela. 

Cl - Por favor não vai.... Eu, eu preciso de você. 

B - Eu não posso ficar Chaerin, fui atingida por um deles - Ela mostra a cicatriz em seu braço - Virei uma deles, não posso ficar aqui e machucar você. 

Cl puxa o rosto da outra e lhe beija mas desta vez ela foi correspondida. Bom andou com ela até a parede e a pressionou com força arrancando um gemido fraco. Ela coloca Cl no colo e a beija mais uma vez passando as mãos por todo o corpo da outra. Ela sente uma forte dor no peito e abaixou Cl, Masashi apareceu na janela e logo puxou Bom que já tinha os olhos totalmente negros. 

Msh - Desculpa leva-la assim mas ela vai se descontrolar e pode acabar te matando. 

O homem projeta um portal negro e entra com Bommie no colo. Cl desabou ao chão e começou a chorar, a dor dentro de sí era insuportável. O choro era tão sofrido que chegou a acordar seus pais, eles entraram e encontram a garota encolhida no chão, chorando desesperada. E foi assim por dias, semanas, meses, Cl não era mas uma garota cheia de vida, ela não brincava,  não se divertia apenas ficava trancada em seu quarto. Quando ela fez 17 anos seu pai a prometeu em noivado ao japonês Kouyou Takashima (Uruha porra). Ele achou que seria ótimo para os negócios unir seus clãs. A viagem do Japão até a Coréia do Sul (que ainda não tinham esses nomes nesse tempo) demoraria 6 meses de navio, até lá Cl já teria 18 e estaria pronta para dar muitos filhos ao japonês. Mas um visita inesperada mudou tudo. 

- O que faz aqui Park? 

S - Vim felicitar Chaerin, soube que ficou noiva de um japonês. 

- Vá chamar Chaerin, diga que a caçula dos Parks regressou e quer vê-la. - A escrava do homem se retira e minutos depois volta com Cl.

Sandara sentiu seu coração funcionar por um tempo e engoliu seco, a garota havia se tornado uma mulher linda e atraente, suas curvas pareciam ter sido esculpidas por Deuses, ela forçou um sorriso e foi até Sandara e a abraçou, logo sentiu que a pele da outra era gelada e recuou. 

Cl - Quanto tempo, veja só já é uma mulher. - Tentou ser simpática. 

S - Você cresceu bastante - Sorrio nervosa - trouxe um presente de casamento. 

Sandara puxa Cl pela mão e a guia até a porta de sua casa onde havia três empregados carregando três rolos de tecido e uma mulher que parecia ser japonesa. 

S - Três rolos de seda, mas não é qualquer seda, uma é japonesa, a outra indiana e a outra européia .

Cl - Nossa, mais isso é muito, muito caro. 

- é sem dúvidas o presente mais caro que minha filha já ganhou. 

S - Esta é Wong Haru, ela ajudará com seu vestido, e lhe ensinará a falar o idioma deles corretamente. - A mulher reverênciou Cl e seu pai.

- Por que não vem almoçar conosco amanhã Sandara? 

S - Como vim da Europa ainda não me acostumei com os horários, então vamos dizer que tenho hábitos noturnos.

Cl - Appa, posso caminhar no jardim com Sandara? 

- Deve, enquanto isso vou ajudar sua omma a instalar a senhora Wong. 

O homem entra com a mulher e os empregados de Sandara. Cl pega a mão da outra e caminha rápido até ficar o mais longe possível da casa, elas param e Cl a olha séria. 

S - O que foi?

Cl - Você é uma Sanguessuga, o que planeja fazer? 

S - Com você nada.

Cl - Não ficarei parada esperando você começar a matar gente. 

S - Não preciso matar para me alimenta, e outra eu tenho minhas refeições fixas. 

Cl - Vá embora Sandara, aqui não é o seu lugar. 

S - E aonde mais seria o meu lugar Chaerin? 

Cl - No sol. 

S - Uaaau, temos aqui alguém que odeia cainitas.

Cl - Mais que tudo no mundo. 

S - É realmente uma pena. - Sorrio cínica 

Cl - Ora, por que? 

S - Porque eu ia te ajudar a fugir. Não sei o porquê mas não consigo ler sua mente , mas a de seu pai e de sua mãe sim. Eles não tem bons planos pra você se esse casamento não der certo. 

Cl - Não tente me jogar contra minha família. 

S - Não vou. - Ela da as costas para Cl mas é impedida de continuar - Eu tenho que ir Chaerin. - Disse sem virar

Cl - Você fugiria comigo a troco de que? 

Dara escutava o coração da outra acelerando, o cheiro do sangue fervendo era insuportável. A vampira se controlou e virou frente a outra, ela empurra Cl na cerca e lhe deposita um beijo no pescoço. Cl tremia achando que ela iria morde-la, Dara faz um caminho de beijos indo do pescoço até a boca da outra. 

S - Te desejei no momento em que te vi, eu não só fugiria com você como mataria por você, viveria a eternidade com você, casaria com você e faria o impossível para te fazer feliz. 

Ela beija Cl suavemente e sai rapidamente do local. Uma dor em seu coração começava a se formar, ela usa sua super velocidade para chegar rapidamente em casa lá ela mata três empregado sugando-os até a morte. No amanhecer ela se retirou para dormir, Cl foi até lá e após invadir a casa ofendendo todos que via pela frente, achou o quarto de Sandara. Cl entrou e logo viu a outra dormindo, ela babalançou a vampira que a olhou sonolenta. 

S - N-não devia estar aqui. 

Cl - O que foi aquilo no jardim.? 

S - Agi por impulso, mil perdões.

Cl - Não faça mais aquilo. 

S - Não farei. - Sorrio fraco 

Cl se debruça por cima de Sandara e lhe beija, mas não é correspondida. Então olha Confusa para a outra que tinha um sorriso cínico no rosto. 

S - Que foi? Eu disse que não faria de novo. 

Cl - Não é isso... V-você tá morna e respirando. 


Notas Finais


Volto assim que der.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...