História The vampire - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama
Visualizações 3
Palavras 682
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 5 - Descobri quem matou o homem.


Fanfic / Fanfiction The vampire - Capítulo 5 - Descobri quem matou o homem.

~  Enquanto a Wendlly ainda estava desacordada ~

Ravenna - O que vai fazer agora?
Enzo - Esperar ela acordar e a mandar para casa!
- Não podemos a mandar para casa ela sabe o nosso segredo.
- Ela não vai contar a ninguém.
- Como tem tanta certeza?
- Você é a melhor amiga dela certo?  Então ela faria de tudo para ninguém chegar até você!
- Isso é verdade.


~ 8:30 PM da mesma noite ~


Eu abri meus olhos , minha vista ainda estava embaraçada vou sentando na cama olhando em volta logo vejo o Enzo abrir a porta e sentar na cadeira ao meu lado eu fico assustado mas tento parecer mais normal o possível.

- Como você tá?
- Como acha que estou? Que horas são?
- São 08:30 PM.
- Eu passei esse tempo toda desacordada? Ôh não minha mãe deve estar preocupada comigo, tenho que ir para casa.
- Não se preocupe. A Ravenna ligou para sua mãe e disse que vocês iriam fazer um trabalho para a escola e iria demorar.
- Ela acreditou tão fácil assim?
- Essa é uma das vantagens de ser um vampiro! ( Ele sorrir de lado ).

A Ravenna entra no quarto e logo o Enzo sai.
- Vou deixar vocês conversarem.
 
A Ravenna se aproxima de me e eu me levanto a olhando. Eu estava sentindo algo estranho em saber que a Ravenna matou um homem minha cabeça estava uma bagunça mas uma coisa é certa a Ravenna sempre vai ser a Ravenna a minha Ravenna.

- Wendlly?!
- Por que fez isso com você mesma? Você não precisava disso.
(Ela me olha quase chorando).
- Wendlly, Por favor não conte a ninguém.
 Eu vi o desespero nos olhos dela eu a abracei bem forte e sussurrei no ouvido dela - Não se preocupe Ravenna.
Ela me abraçou de volta

~ Minutos depois de nossa conversa ~

O Enzo entra no quarto da um sorriso.

- Que bom que as meninas se entenderam. Hora de ir para casa Wendlly.
- Sim!

Eu me despeço da Ravenna e logo caminho até o lado de fora, o Enzo me acompanha em todo percurso que ando.

- Está me seguindo?
- Não! Só vou te acompanhar até a sua casa.

Eu achei isso uma ironia, não avia perigo na cidade o único perigo era ele, na verdade eu estava com medo dele então andei o mais de pressa possível para sair da compainha desagradável do Enzo mas que no fundo eu parecia gostar.
  Pouco de 15 minutos chegamos na frente da minha casa ele parou em minha frente e eu fique olhando para ele. Eu não conseguia evitar mesmo que eu quisesse parar de olhar eu não conseguia.

- Wendlly, não quero que fique com medo de mim. Eu não vou te fazer mal nenhum, quero te proteger.
- Por que você me protegeria?
- Você não precisa saber todos os porque só aceita-los. Wendlly eu estou ligado à você.
- C-como assim?  
 - Não sei explicar. Mas essa ligação aconteceu quando eu te vi ontem, De lá pra cá sinto o mesmo que você sente. Quando você está triste eu sinto ou quando você está com medo, como ontem você estava chateada e brava com o Pyetro senti sua raiva e sua insegurança.
- Você pode parar isso?
- Como parar uma coisa que não sei como aconteceu?
- Só fica longe tá? 
- Tudo bem, entendo,  você está com medo.

Quando ele falou aquilo ele desapareceu em um piscar de olhos deixando uma brisa fria. Eu ainda estava confusa entrei para dentro e subi para o quarto minha mãe já estava deitada. Prefiro não acorda-la entro em meu quarto fecho a porta e tranco a janela na quele momento me sinto sozinha precisava contar o fato da Ravenna ser uma vampira à  alguém. Passei quase a noite toda pensando em tudo que o Enzo me falou e tentando digerir que vampiros não existem só em contos de fadas, quando o cansaço toma conta de me e eu acabo pegando no sono. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...