História The Vampire Love - Capítulo 53


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 69
Palavras 2.113
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Romance e Novela, Super Power, Violência
Avisos: Adultério, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente discupa a demora pra postar...
Assim... Eu sei que talvez vcs devem tá pensando que eu tô em casa fazendo vários nada... Mais eu não tô. Eu tô cheia de casa pra arrumar, 4 cachorros pra cuidar, 4 passarinhos pra alimentar, e 1 tartaruga. E ainda tenho a escola... Tenho meus animes, minhas séries na Netflix... E ainda tem a fanfic então tá difícil!
Mais tá aí ok?! Espero que gostem!! 😘

Capítulo 53 - Contando a Verdade Pra Minha Mãe


Luiza 

Depois dos rolê... 

Eu e minha mãe fomos pra sala, e ela me perguntou várias coisas como por exemplo o que eu estava fazendo no porão como eu encontrei ela, o que meus amigos estavam fazendo ali, por que aquelas pessoas tinham dentes enormes.... Eu realmente queria contar pra ela, mais eu sabia que Jungkook provavelmente não iria gostar, tudo depende do que ele vai decidir, afinal ele que começou com tudo isso e ele que pode ser o mais prejudicado. 

Eu vi Jungkook sendo carregado pelos meninos, e ele sorriu pra mim, que por sinal tava muito aliviada de saber que ele tá vivo... E bom... Ele não parece tão machucado quanto eu pensei que fosse estar...b

- O-oi .. Ai minha perna! - Ele deve ter apanhado muito... Mais tbm bateu pra caraca então tá tudo bem... 

- Ela morreu... - Uma lágrima desceu dos meus olhos e de lembrar .. na vdd, eu sei que não tenho culpa, mais eu não pude dizer que eu perdoei ela... Na vdd eu não perdoei 100% mais digamos que eu não odeio ela tanto assim... Pera... Que que eu tô falando?! 

- a bebezinha... - ele estava todo machucado .. mais do que eu imaginei! 

- Não se preocupa vai ficar tudo bem! Vai descansar um pouco... - ele se levantou​ com muito esforço e me deu um beijo. 

- já disse que te amo hoje? 

- Não... - disse e sentei do lado dele. 

- Ata... Eu te amo! Sabia? - ele se levantou e pegou o celular. 

- Sabia! A propósito... - ele me interrompeu. 

- pode contar! Ela é sua mãe, precisa saber, vai lá! Se precisar explicar alguma coisa que não consiga me chama! - ele sentou e piscou o olho. 

Eu fui lá na cozinha onde minha mãe estava sentada  

- Pode me explicar o que tá acontecendo Luiza? - bom... Vamos lá. 

- ok. Mais você precisa escutar tudo com atenção  ok? Não é pra me interromper. - ela fez que sim com a cabeça e eu comecei do começo até pq ela não ia entender se eu contasse pelo fim né? - bom... Eu tudo começou quando eu estava indo pra escola, eu tinha saído atrasada de casa e no caminho pra escola eu esbarrei em alguém. Esse alguém me deixou hipnotizada... E eu simplesmente meio que realmente fiquei hipnotizada. - ela e olhou com uma cara de: me conte mais... - e aí eu estava no banco do colégio esperando o próximo professor chegar quando eu vi esse mesmo alguém. E aí eu descobri que esse alguém estudava na mesma escola que eu. Eu fui pra sala de aula e vi que esse alguém tbm era da minha sala, e aí... Nós acabamos fazendo o trabalho juntos. E quando eu fui na casa dele, pra fazer o trabalho ele me beijou ..  tipo eu até gostei mais... Tipo ele me beijou. Aí eu me liguei que eu tava começando a gostar desse alguém mais esse alguém sempre mudava comigo, e eu não sou feita pra ficar sendo destratada por ninguém. E foi aí que no meio dessa pequena discussão eu e esse alguém nos "declaramos"  é assim começamos a namorar... - ela pegou um copo d'água, e se sentou de novo na cadeira. 

- Esse alguém é o Jung... jung... Jungkook. Certo? - qual foi a parte do sem interrupções que ela não entendeu?! 

- sim mãe... - ela colocou, ou melhor bateu o copo na mesa com uma pequena forcinha... 

- e você não me contou nada?!  - talvez seja por isso que eu disse sem interrupções... 

- Bom... Deixa eu continuar. Até que eu acabei sendo quase sequestrada por vários carinhas e... - ela me olhou espantada. 

- O-Oquê??? - eu acho que vou matar minha mãe do coração .. 

- Calma mãe... Bom, o Suga, ele me salvou​, de um jeito estranho demais. Então eu resolvi perguntar sobre o que estava acontecendo. E ele me explicou o que realmente estava acontecendo. 

- E o que estava acontecendo? Aliás, você ainda não respondeu minha pergunta sobre o que aconteceu ali.... - se ela esperasse e não fizesse perguntas, eu chegaria lá bem mais rápido! 

- Mãe! Deixa eu continuar...? Brigada de nada. Bom, aí o Jungkook me explicou que quando ele era pequeno, os pais dele morreram. E ele foi criado pelos tios, que são vampiros. É um dia, quando tinha 17 anos ele foi transformado... - ela levantou da cadeira lentamente, e me olhou meio que confusa. 

- Tá me dizendo que o seu namorado é um vampiro?! - ela olhou discretamente pra Jungkook que estava assistindo desenho no celular lá na sala. 

- s-sim... Mais ele é do bem. E esses carinhas que vieram atrás de você e de mim, não tem nada a ver com isso... Eles na verdade vieram a mando da Alexandra​, que me odeia desde que somos pequenas pq segundo ela eu sempre fui a preferida. 

- Nossa.... Eu já imaginava que tinha essas briguinhas entre vcs duas quando eram pequenas mais não imaginei que fossem levar isso tudo tão a sério. - ela me olhou desconfiada. - Mais... Eles eram vampiros! 

- bom... A Alexandra fugiu de casa uma vez e ela conheceu um carinha. Eles se apaixonaram, (ou quase isso) e ela ficou grávida. Mais antes disso acontecer ela pediu pra ser transformada. Resumindo: ela tbm é uma vampira. - ela levantou de novo e bebeu mais 2 copos d'água. 

- meu Deus! Minha sobrinha também era uma vampira. Quer dizer... Ela morreu dando a luz ao bebê já foi? Ou um vampiro...  

- Não mãe! Ela morreu dando a luz... - eu hein, minha mãe pensa cada coisa... Mais tbm eu entendo. Eu tbm pensaria a mesma coisa se não estivesse lá. 

- Filha, você deve ter sofrido muito vivendo perto desses vampiros. Você deve ter se sentido desencaixada, mais agora pode contar comigo tá? Qualquer coisa que precisar conversar sobre uma vida normal... Pode falar comigo. Ou com seus amigos. - Aé, esqueci de contar sobre os meninos tbm. 

- Mãe... os meninos tbm... São... Bom... Você sabe... - Ela olhou denovo descretamente pro Hoseok que tava brigando com o Tae, lá na sala. 

- Meu Deus! Eu não sei como você consegue porque eu tô me sentindo muito estranha no meio de vários vampiros. - ok... A parte mais difícil que no caso vai ser contar pra minha mãe que eu sou uma vampira. 

- Mãe... Eu tbm sou uma vampira! - Ela me olhou espantada e desceu da cadeira. 

- O QUE??? - Todo mundo que tava na sala ouviu o grito da minha mãe e o Jimin veio na cozinha ver o que tava acontecendo. 

- tá tudo bem?! - ele me olhou preocupado, e depois olhou pra minha mãe que estava olhando pra ele de cima a baixo. 

- Até você? Você parece tão fofinho.... - Ela foi chegando perto do Jimin que ficou olhando pra mim com uma cara de confuso. 

- é... Nada não Jimin. Pode ir, tá tudo bem por aqui. - ele foi pra sala junto com os outros meninos que tbm estavam vindo atrás dele. 

- foi aqueles carinhas que me sequestraram da 1° vez. Ele queriam atingir o Jungkook e me usaram pra isso. Só que eu tentei ajudar o Jungkook e acabei sendo mordida por aquele carinha. Eu meio que "morri" e fiquei desacordada por dias. Acho que até semanas, até que um dia eu acordei e descobri que na vdd eu não estava morta, eu está a me transformando. Os meninos incluindo o Jungkook sofreram muito, e tbm cuidaram de mim. E agora eu tô bem. - ela me deu um abraço forte e eu tbm dei outro abraço forte nela. 

- mais... Você come pessoas? - ai meu Deus... Acho que é a hora que eu chamo o Kookie e ele explica as partes que eu não consigo explicar. 

- bom... O Jungkook pode te explicar isso melhor mãe. 

Fui até a sala e os meninos ficaram me olhando e como se eu fosse uma criança que tá pedindo pra mãe deixar eu ir na casa dos amigos e aí ele ficam com cara de: e aí, o que aconteceu. Então foi basicamente isso. 

- Como ela tá? - Jungkook perguntou sussurrando pra minha mãe acho que não ouvir. 

- bom..  ela tomou um susto quando eu disse que você era vampiro, tomou outro quando eu disse que a Alexandra era vampira, e tomou mais um quando eu disse que os meninos tbm não são normais, e quase morreu quando eu disse que eu tbm sou vampira. 

- Uau... Então essa é a parte que eu explico o que você não consegue explicar né? - ele já foi se levantando e foi na cozinha. 

- deixa comigo... - ele entrou e eu sentei lá na sala. 

Jungkook  

Eu encontrei a mãe ela toda confusa lá na cozinha, e bom... Vou ter trabalho pra explicar... 

- Bom, vou tentar ser rápido.... Nós vampiros não comemos carne humana, a não ser que um vampiro queira, mais no meu caso é no caso dos meninos e da Luiza a gente não quer. Mais assim como qualquer vampiro a gente bebe sangue. Só que... Pode ser sangue animal tbm, não precisa ser necessariamente humano. E eu recentemente tenho me acostumado a viver sem sangue... Comendo comida humana. Nós vampiros não temos sangue quente dentro de nós como vocês mais... É como se estivessemos mortos. E dependendo da idade em que somos transformados, a gente fica com o mesmo rosto por um tempo.... Mais se uma pessoa for transformada bebê ou já nascer vampira, ela vai "parar de crescer" fisicamente, com 18 anos. Então ela meio que não envelhece. A gente não respira, não dorme, não precisa comer comida humana... Mais podemos dormir se quisermos, ou podemos respirar se quisermos tbm. Mais pela falta de costume isso o encomoda muito outros vampiros então alguns ficam sem respirar mesmo. - ela tava tentando entender do jeito dela mais eu sei que vai ser difícil mesmo assim... 

- tá... Entendi. Mais e os meninos, todos tbm são vampiros? - poxa... Achei que não ia mais ter perguntas mais eu vou tentar explicar do jeito mais fácil. 

- Assim... Eu, o Tae, o Hoseok, o Jin, e o Suga somos vampiros, o Jimin é um híbrido, tipo, ele é meio vampiro meio lobisomem, e o Namjoom é um lobisomem. Mais alguma coisa? - talvez eu estivesse perdendo um pouco da paciência que ei já não tenho tanto maais .. ela precisa saber. 

Luiza 

Bom, o Jungkook contou tudo o que eu não consegui explicar, e depois disso minha mãe conversou comigo sobre como tudo vai ser agora já que eu sou vampira. E ela pediu pra eu me transformar tipo... Na frente dela! Eu não sei se vou conseguir... 

- nada logo Luiza! Quanto mais rápido melhor. - disse Suga me apressando. 

- eu não consigo... Não na frente dela! - eu realmente não consigo, alguma coisa me trava no fundo da garganta e eu não consigo me transformar na frente dela... 

- ótimo! Então eu ajudo! - ele olhou pra Jungkook e sussurrou um: Foi mal... 

- o que você vai fazer...? - se ele for fazer o que eu acho que ele vai, não vai dar certo. 

Ele deu um chute no estômago do Kookie e depois deu mais um fazendo ele cuspir sangue. 

- Para com isso!!! - eu fiquei nervosa, e então eu senti meus olhos pulsarem o que significa que eles estavam vermelhos. Depois de me transformar inteira, eu me virei pra minha mãe, que estava tentando se acostumar com a cena... 

Depois de tudo isso, Jungkook foi pra casa dele, e os meninos foram pras suas casas também. Nós fizemos o pior que foi avisar a minha tia o que aconteceu e minha mãe foi ter uma conversa com ela... Espero que ela não conte sobre mim ou sobre o Kookie... Mais acho bom ela falar sobre a Alexandra e sobre o bebê... Afinal minha tia é avó agora, e ela precisa cuidar da criança. 

Minha tia sempre bebeu mais do que devia, e sempre fumou na frente dos meus primos. Eu me lembro de ver ela chegar bêbada em casa e brigar com meu tio... Várias vezes meus primos já foram lá pra casa por causa que minha tia não estava em boas condições, e eu não sei se ela vai realmente não sei se ela vai ser uma boa avó pra essa criança... Então.. só nos resta esperar pra ver...






Notas Finais


Então gente, agora que a fic tá acabando... (#VouSentirSaudades) os capítulos vão ser grandinhos... E assim, eu ultimamente tô planejando cuidadosamente cada capítulo então talvez eu demore pra postar mesmo... Gente, eu não acredito que a fic tá acabando... Tipo: eu tô muito feliz, e ao mesmo tempo muito triste pq vou ficar com saudades... Falando assim PARECE que esse é o último capítulo... MAIS NÃO É!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...