História The visit of a love - (Camren) - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren
Exibições 897
Palavras 957
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Musical (Songfic), Orange
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 27 - Culpa!


Lauren Pov.

Desespero! Era o que eu senti assim que me vi em um carro caindo em um rio abaixo, eu não perdi o controle eu não sei o que aconteceu só tenho a certeza que foi erro mecânico. Em todo desespero em tirar o sinto de segurança eu acabei não conseguindo sair e fiquei presa, ao contrário dos outros que conseguiram sair assim que colidimos contra água.

Conseguir sair e nadei até a superfície, só que em sentido contrário pra onde o carro caiu eu não lembrava pra que lado eles foram, olhei ao meu redor e não tinha mais nada que água por todos lados e algumas predeiras gigantes. Sendo assim fui em busca dessas predeiras até porque ficar naquela água estava me dando sensação ruim, conseguir subir em algumas pedras e descansar.

Muitas coisas me preocupam, será que eles conseguiram se salvar, onde será que eles estão? Onde será que eu estou? Talvez se eu estivesse evitado e não tivesse atendido aquele telefonema no qual minha mãe perguntava se eu sabia onde Keana estava e eu como sempre aleguei não saber. Porque eu realmente não sabia, faz tempo que não falo com a Keana ela vive cheia de serviço isso dificulta nossos encontros que anteriormente insistiam em ser frequentes. Enquanto olho pelo redor em busca de um sequer caminho existente próximo acabo achando um que deve dar em uma das praias aqui perto, isso já é um grande avanço, porque certamente ficar aqui parada esperando que me achem não vai rolar comigo.

Sinto que o caminho vai ser de fato logo, esse sol que agora insiste em sair e brilhar. Muito obrigado universo pro proporcionar isso para mim, e obrigado sol por só sair agora, tá satisfeito em me ver caminhar por de baixo do seu calor.-Meio que falei alto como se ele fosse me ouvir.

Vero Pov.

Culpa! Era o que predominava em meus sentimentos e principalmente na minha cabeça, eu poderia ter avisado antes eu poderia ter pedido pra ela encostar e esperar que essa chuva se acalmasse, eu sei que não foi culpa dela ao perder o controle isso é bizarro mas eu tenho certeza que não foi, já se passaram 10 horas desde o acontecido e nenhum sinal dela sequer, Lauren além de ser uma boa patroa é minha melhor amiga. Eu sinto que deveria ter feito mais, como costumam dizer as vezes você só se arrepende de não ter feito quando o pior acontesse.

Todos estamos de volta a nossa casa, ou melhor dizendo todos estamos na casa de Camila, aliás ela está chorando desde que voltamos, já avisamos os pais de Lauren eles já estiveram aqui pra saber detalhes sobre, eles iriam tomar devidas providências. Eu só sinto que deveria ter procurado mais, eu não quero acreditar no pior eu sei que ela tá viva.

Em todo aquele clima tenso formado decido ir até a varanda, pensar, acalmar mais meus pensamentos que insistem em me fazer pensar o pior.

-Eu sei que você tá bem Laur...eu sinto que sim, e eu não vou mudar de opinião mesmo vendo o pior.-Sussurrei pra mim mesma

-Ela tá bem, nós todos acreditamos que sim!.-Lucy se fez presente ao meu lado.

-Eu ao menos espero.-Deixei uma lágrima escorrer em meu rosto.

-Ei, temos que ser forte agora ok? Temos que mostrar que somos fortes pra Mila, ela não vai ficar bem em nos ver assim fracos.-Lucy limpou meu rosto e eu apenas concordei com a cabeça.

A gente já foi na polícia mas eles só podem iniciar às buscas depois de 24 horas, sinceramente se fosse só por mim eu mesma teria ido atrás dela, mas eles não deixam alegam que se uma já sumiu eu possa sumir também ou seja a preocupação será dobrada pra 2x maior. Sendo assim eu não ameaço a ir.

-Vero tio Mike quer falar com você.-Mani disse me entregando o telefone fixo.

-Oi tio...claro... uhum... já chego aí.-Desligo o telefone, de acordo com tio Mike ele não vai esperar 24 hrs para procurarem a filha dele, ou seja o mesmo contratou algumas pessoas pra isso, eu não entendi muito bem mas ele quer que eu vá até lá pra falar onde mais ou menos o carro caiu.

-Onde você vai Vero?.-Camila perguntou aasim que me viu calçando os sapatos.

-Seu sogro vai procurar sua namorada agora, ele quer saber onde mais ou menos o carro caiu então me pediu parar ir até lá. DJ pode me levar até lá?

-Claro!.

-Não precisa eu levo ela! Fiquem aqui qualquer coisa a gente liga, isso serve pra vocês também.-Lucy falou se prontificando.

-Ok então vamos logo.-Falei saindo atrás dela, assim que avistei alguns carros na areia do lado ao rio estacionamos o carro perto e fomos andanda até lá, com passo rápidos.

-Aqui está ela, bom Vero explique pra ele tudo que lembra.-Falou me apresentando um homem alto que vestia um tipo de roupa de mergulho.

-Bom, o carro literalmente capotou antes de cair ou seja ele pegou impulso e altura vindo até esse ponto.-Apontei pra cima.-Assim que ele atingiu isso logo ele começou cair, e deu algumas giradas no ar, caindo exatamente ali.-Apontei pro meio do rio.

-Ok, bem no buraco que existe ali, por isso o carro deve ter afundado mais rápido.-Ele deu sua opinião e logo junto um grupo de 3 pessoas e foram pra água.

-Bom eu vou passar por essas praias aqui perto ela pode ter sei lá nadado até uma delas.-Lucy falou voltando pro carro.

..................................................................................................................................................................................

-Bom achamos o carro, o vidro estava quebrado o sinto de segurança um pouco destruído como que ela estivesse lutado pra sair, concluimos que ela conseguir escapar.-Essa palavras já causaram um alívio e tanto em mim.


Notas Finais


4 anos de Camren :') tô tão emocionado, tô no shawn


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...