História The Walk Alone | GTOP - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang
Tags Bigbang, Drama, Drogas, Gtop, Lemon, Pinxl, Romance, Romance Gay, Shounen Ai, Yaoi
Visualizações 70
Palavras 1.512
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello Hello 🐵🐵 olhá só quem trouxe uma fanfic!! Espero que gostem, da fanfic GTOP ❤

Kwon Jiyong: GD
Choi Seunghyun: TOP
Dong Youngbae: Taeyang

Boa leitura!!

Capítulo 1 - Um Milhão Mais Um


Fanfic / Fanfiction The Walk Alone | GTOP - Capítulo 1 - Um Milhão Mais Um

Aos 15 anos de idade, Kwon Jiyong saiu de casa sem mais nem menos, e se entregou ao mundo da bebida e das drogas, porém como diz teve um milhão mais um de motivos para sair de casa. Anos e anos morando na rua, ganhou até mesmo um apelido, G-Dragon, morando com os amigos quando não drogados e alcoólatras eram traficantes. O corpo levemente bronzeado quase todo coberto por tatuagens, o cabelo foi preto natural apenas uma vez, aos 15 anos de idade, assim que descobriu o mundo livre a coloração do cabelo nunca mais foi a mesma, atualmente se encontra alaranjado, bem leve, porém ainda belo, um bom rapaz, porém apenas na malandragem, considerado aos outros "um lixo, um inútil, um bosta" mas a cabeça do rapaz é totalmente confundida que nem mesmo chega a ligar para o que dizem ou pensam sobre ele, "droga, bebida, paz e mulher, nada mais entra na minha vida"


(...)


Jiyong estava na rua, com um cigarro barato dentre os dedos e a boca, quase dormindo de tanto sono e cansaço, foi quando ouve uma voz masculina de tom grosso, porém sem uma gota de arrogância e sim generosidade

- Não acha que está na hora de largar essa vida garoto? 

Olhando para cima afim de  apenas ver quem dizia aquela ofensa a ele, Jiyong surpreendente o mais velho, Seunghyun, que adimira em uma olhada apenas o rosto do jovem que se encontrava em uma triste situação como aquela, "tão novo e já nesse mundo" 

- Hmm não - Responde normalmente mas com um senso de humor para o cara alto que queria o leva-lo de sua vida boa

- Acontece que somente eu posso te ajudar, e você precisa de ajuda! - Diz Seunghyun para o jovem bonito que se encontrava bebendo uma lata grande de cerveja

- Ah não, eu to bem - Responde do mesmo modo Jiyong tirando a lata da boca e acendendo outro cigarro

- Sou Choi Seunghyun, e você? - Pergunta Seunghyun dessa vez se agaixando na frente do rapaz mais novo

- Kwon Jiyong - Responde fazendo referência sem perder o humor tirando uma leve risada de Seunghyun

- Então você é Kwon Jiyong... Sua família vem muito atrás de mim... - Seunghyun diz e Jiyong resmunga

- Eles acabaram com a minha vida, lógico que eu não ia ficar lá mais! - Responde Jiyong como se fosse a coisa mais óbvia do mundo

- E por que você saiu de casa? - Pergunta Seunghyun curioso pela resposta, a necessidade de saber se ela seria diferente da de sua família o consumia 

- Tive um milhão mais um de motivos para largar aquela vida e me entregar as drogas, você acha que você me tiraria dessa?! - Diz Jiyong sem esperança nem vontade, afinal seu tom de voz continuava humorístico com Seunghyun 

- Você pode até pensar desse jeito, mas você não está sozinho! - Fala o mais velho que de certo modo impressiona Jiyong nascendo em seu coração uma chance para voltar atrás

- Eu vou poder beber lá dentro? - Pergunta o mais novo arrancando uma risada de Seunghyun

- Não, nós vamos cuidar de você para que isso não ocorra com frequência... - Responde Seunghyun vendo Jiyong fazer um biquinho 

- E fumar? - Pergunta com um pingo de esperança

- Não... - Responde Seunghyun se levantando e esticando a mão a Jiyong

- E então... Vamos? Jiyong? - Pergunta Seunghyun

- Tá... Seunghyun - Responde segurando a mão de Seunghyun

Naquele instante Seunghyun sentiu um choque e algo como borboletas em seu estômago, o ar até mesmo o faltou, deixando ele tanto emocionado com tal sensação

- E onde fica isso Seung? - Pergunta Jiyong soltando a mão de Seunghyun

- Ela é fora da cidade, vamos viajar um pouquinho Jiyong - Diz Seung sorrindo pelo modo em que Jiyong o chamou

- G-Dragon - Responde fazendo Seung olhar para ele

- Como? - Pergunta Seunghyun curioso com o que seria G-Dragon

- Meu apelido é G-Dragon... GD - Ele responde entrando na van 

- OK..GD.. - Responde de volta Seung pensando quando iria lhe dizer que seu apelido era um tanto estranho como o dele, T.O.P 

"Já vi que ele não vai ser tão fácil" pensa com um sorriso indo para o volante


Choi Seunghyun


Até agora, nada fácil com o Jiyong, tive que parar a van umas 10 vezes por que ele já fez mais inimigos que amigos, nessas 10 vezes, parei por ele estar ou discutindo ou batendo em alguém, por isso tive que coloca-lo ao lado de Youngbae, quer dizer, Taeyang, ele não gosta que o chamem pelo nome real, diz que Taeyang é mais foda, e se eu desrespeito ele me chama de T.O.P perto dos pacientes e então eu não sou mais Choi Seunghyun, Sou T.O.P, e todos acham engraçado...

- Oh Taeyang você também trabalha nesse abrigo? - Pergunta Jiyong para Taeyang que já viraram melhores amigos

- Sim GD.. - Responde olhando para a estrada

- E quando eu vou embora de lá? - Pergunta Jiyong novamente

- Ah, quando você estiver recuperado - Responde Youngbae dessa vez olhando para Jiyong

- E eu vou dividir quarto? - Pergunta Jiyong dessa vez com curiosidade

- Acho melhor não ou ele vai matar alguém - Sussurra Youngbae para mim e concordo com a cabeça


(...)


- Já chegou? - Pergunta Jiyong pela milésima vez

- Não... - Respondo tentando manter a paciência

Na estrada, estava quase chegando a um bar, então GD pede

- Quero mijar! - Ele diz e olho para Youngbae

- Para e vai com ele - Diz Youngbae para mim e estaciono o carro no estacionamento do bar 

- Vamos Jiyong - Falo para ele que me olha com cara de espanto

- Não precisa ir não eu sei mijar sozinho! - Diz Jiyong fazendo Youngbae rir

- Err..Apenas vamos... - Digo quase vermelho

Desci do carro primeiro, e depois fui do outro da da porta e a abri para GD sair, ele desce e sai correndo lá para dentro

- KWON JIYONG VOLTA AQUI AGORA!! - Grito correndo atrás dele

- EU SEI MIJAR SOZINHO!! - Reclama Jiyong sem deixar de correr

Ele entra lá dentro e vou atrás dele, o vi correndo em direção ao banheiro, fui para o banheiro e assim que entro tranco a porta

- Ei sei que você ta aí Jiyong, sai antes que eu entre!! - Falo com paciência

- Você nunca vai me achar!! - Ele fala e sua voz vinha do segundo toalete, kkkk bobo

Abro a porta e ele estava lá que sorri para mim de um modo extrovertido e infantil


(...)


- Não puxa a minha orelha!! - Reclama ele comigo segurando a sua orelha o fazendo voltar para a van

- Acha mesmo que eu deixaria você fujir? Eu vou cuidar de você como um appa, então não fuja!! - Digo soltando sua orelha porém segurando forte em seu braço

- Você diz isso para todos? - Pergunta ele me fazendo parar de andar

Na verdade não...

- Cansei! - Diz ele se jogando no chão porém não soltei seu braço

- Nem que eu te leve no colo você vai para aquela van! - Respondo quase perdendo paciência


- Duvido! - Fala ele me obrigando a ergue-lo de uma vez com um puxão e coloca-lo nos ombros 

- Vamos... - Falo segurando suas pernas e indo para a van

Abri a porta e o enfiei lá dentro colocando o cinto no mesmo, fecho a porta e vou para o outro lado, abro-a e entro fechando-a, liguei a van e disse a Youngbae

- Sem mais paradas - Falo ignorando seu olhar de curiosidade


 (...)


Mais 10 minutos e chegamos, era um abrigo de reabilitação grande no qual iria abrigar todos eles, inclusive Jiyong que daria pouco mais de trabalho, tá, muito mais de trabalho

- Eu vou escolher meu quarto!! - Diz Jiyong saindo da van e desço para ir atrás dele

Ele corria tanto que até mesmo cansei, o tinha até mesmo perdido de vista, até que quando fui na sala das câmeras, o achei no corredor dos quartos dos funcionários... É o que me faltava

Saio da sala, e vou em direção ao corredor, 5 minutos e chego lá, então encontro Jiyong tentando abrir a porta do meu quarto

- Sem a chave você não entra no meu quarto! - Digo e ele se afasta, a abri e ele entra já se deitando em minha cama com um único pulo

- Faz muito tempo que não lembro o que é deitar em uma cama macia - Diz ele que até mesmo rolava em cima da cama

- Você pode ficar aqui...mas se perguntarem você fica nos dormitórios - Digo para ele que sorri

Que sorriso mais lindo, o que é ele fez para mim?

- E onde você vai dormir? - Pergunta para mim que fecho a porta do quarto e Digo

- Aí oras, vai ter que dividir a cama, não é possível que uma cama de casal não dê para nós dois!! - Digo em tom irônico

- Ah não a cama é minha! - Ele diz desobediente como uma criança mimada

- Não... - Falo e ele se senta na cama e olha para mim

- Não!? - Pergunta espantado com minha resposta

- Você vai ouvir muito disso daqui para frente Jiyong


(...)




Notas Finais


Aguardem o próximo okk!?? Bjoos e obgg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...