História The Walking Dead - 7° Temporada - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Glenn Rhee, Maggie Greene, Michonne, Morgan Jones, Negan, Paul "Jesus" Monroe, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Tara Chambler
Exibições 7
Palavras 994
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Devolva os balões.


Fanfic / Fanfiction The Walking Dead - 7° Temporada - Capítulo 3 - Devolva os balões.

Acordo em uma cama na enfermaria, ninguém está por perto.

- Se eu tivesse um surto, já estaria morta aqui. - Reclamo comigo mesma.

Olho pela janela da enfermaria, Eugene está conversando com alguém em um carro, devem estar se organizando para procurar mantimentos para os Salvadores. Pego a minha faca que estava na mesa do lado da cama e abro a porta, esfregando os olhos por causa da claridade. Vou até Eugene, ele parecia estar montando alguma coisa...um barulho me tira dos meus pensamentos, alguém chegou perto dos portões, parecia estar com um caminhão.

- PORQUINHOS! PORQUINHOS! ME DEIXEM ENTRAR!

Merda, era o Negan. O que ele fazia tão cedo, ele disse uma semana. Spencer sai do carro logo depois de Rosita e abre uma parte do portão, agora podiamos claramente ver Negan.

- E quem é você ? - Spencer pergunta meio confuso.

- Ah, você só pode tá brincando. - Negan debocha.

Rick chega logo depois, Negan encara Rick com uma fúria nos olhos.

- Não me faça pedir. - Negan diz  alto e claro.

- Você disse uma semana, está adiantado. - Rick fala já abrindo por completo o portão.

Me aproximo mais do portão, confesso que eu estava curiosa para saber quantas pessoas estavam lá. Caralho...Eram muitas mesmo, consiguir ver de cara duas mulheres e vários salvadores armados, meus olhos se passaram por todos eles até chegar em...

- Daryl !?

- Hey. - Negan chama minha atenção. - Não fale com ele, nem olhe para ele. Ou vou fazer você corta-lo em pedaçinhos.

Senti um arrepio tomar meu corpo, abaixei minha cabeça, olhando para o chão.

- Bom Rick, você vai me mostrar o que essa comunidade tem para mim. - Os Salvadores já estavam entranto em Alexandria, seguindo para as casas. - Segure aqui. - Ele fala dando Lucille nas mãos de Rick.

Ele paralisa, e por uns 5 segundos fica encarando Lucille, Negan solta um sorriso malicioso. Rick me encara.

- Eu vou com você. - Falei para Rick, na intenção de deixa-lo mais seguro. Ele assente com a cabeça e seguimos Negan até o armazem das armas.

Chegando no armazem, os Salvadores já estavam saqueando tudo que tinha por lá. Um deles leva uma câmera para Negan, a câmera que Deanna usava para gravar nossas conversas quando chegamos em Alexandria.

- Negan, acho melhor olhar isso.

- Acho bom ser alguma coisa picante. - Ele olha o conteudo da câmera e vê Rick, falando com Deanna. - Rick ? É você debaixo dessa barba toda ?? Eu não mexeria com esse cara. - Ele vira a câmera para Rick e começa a filmar, humilhando ele. - Então...onde está a garota ? a mulher do numero 2. Viúvas são sempre as melhores...

- Gostaria de rezar para ela ? - Disse Gabriel, aparecendo do nada e assustando Negan.

- PUTA merda...você é assustador, chegando de mansinho, usando esse colarinho, com esse sorriso esquisito...

- Peço desculpas, sou o padre Gabriel.

- A garota...está morta ?

Rick abaixa a cabeça e pede para que eu fique caso o salvadores precisarem de algo, ele leva Negan até o local onde enterramos os mortos de Alexandria. Gabriel havia feito um túmulo vazio para enganar os salvadores.

Vejo Enid passando de cabeça baixa, um salvador a para. tentando puxar algo de sua mão. Tentei ver o que era, mas ela estava se mexendo demais. derrepente sou tirada dos meu pensamentos por um barulho de tiro, estava vindo da enfermaria. Corri até lá e vi Negan e Rick logo atrás, era o Carl, ele estava apontando uma arma para  uns três salvadores.

- Carl...que porra é essa ? - Pergunto olhando para arma.

- Eles...estão pegando tudo. - Ele responde aflito.

- Carl...abaixa a arma...- Rick chega  logo depois.

- Disseram só a metade, e estão levando tudo. - Carl disse para o pai.

Negan conversa com Carl, fazendo ele entregar a arma para Rick, mas Negan a pega logo depois.

Vamos todos para fora, menos os salvadores que ainda estavam pegando o resto dos remédios. Negan conversa com Rick na porta da enfermaria, Carl e eu estamos sentados na escada da varanda.

- Por que você fez isso ? - perguntei para Carl.

- Era o certo, foi burrice mas...era o certo. - Ele responde de cabeça baixa.

- Pois é, foi burrice. Deveria se preparar mais antes de fazer isso

- Perai...- Ele olha pra mim. - Tá dizendo que eu deveria ter feito isso ? Por mais que tenha sido burrice ?

- Eu os mataria. - Olho para o lado e Daryl estava parado olhando para outros salvadores, eu precisava falar com ele...- Eu...preciso ir até ali, ok ?

Enid ainda estava com aquele salvador, ela não estava com mais nada em mãos. Talvez ele já tenha pegado. Passei sem olhar para Enid ou o salvador.

- Lucy...- Enid segurou me braço.

- Olha, eu não tenho tempo pra...- Eu olho para a mão do salvador, que estava segurando uns balões verdes. Aqueles não eram simples balões...eram os balões que Enid e Glenn usaram para voltar para Alexandria. Tinha um valor sentimental...

-...Apenas devolva os balões ?...por favor. - Aquilo foi difícil, eu jurei para mim mesma que nunca iria me ajoelhar para Negan ou os salvadores.

- Fale isso de novo. - O salvador falou com um sorriso malicioso.

- Por favor. - Senti meu sangue ferver.

- De novo.

-Por...favor. - Uma lágrima escorrer pelas minhas bochechas.

Ele joga os balões no chão e sai em seguida. Pego os balões e entrego para Enid.

- Guarde isso.

- Obrigada. - Ela fala, mas eu não olho. Daryl já havia ido embora.

Fomos todos para o portão de Alexandria, onde todos os salvadores estavam reunidos se preparando para partir. Finalmente.

Rick estava falando com Negan, Michonne estava encarando um veado no chão. Os salvadores já estavam saindo, Negan voltou para pegar Lucille com Rick.

- Caso não tenha percebido, eu enfiei meu pau na sua garganta. E você me agradeceu por isso. - Dito isso, ele entra no caminhão e sai de Alexandria.

Vou até minha casa, Carl estava no sofá de cabeça baixa. Me sento ao seu lado, e seguro sua mão.

- Vai ficar tudo bem.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...