História The Walking Dead - A New Beginning - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Exibições 118
Palavras 1.667
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OEWWW MORANGUENHOS
E MORANGUENHAS *-*

MAIS UM CAPP
UHULL :3
Eu mudei umas coisenhas
Tudo bem? Então sim pode estar um pouco diferente *-*

SEM MAIS ENROLAÇOES
Boa Leitura!

Capítulo 29 - Wolf Attack


Fanfic / Fanfiction The Walking Dead - A New Beginning - Capítulo 29 - Wolf Attack

   Sinto Carl me puxar pela mão e me levar até "nossa casa", assim que entramos ele fecha a porta e a tranca

-Que merda você ta fazendo?! - pergunto encarando Carl quase chegando a gritar - temos que ir la pra fora, tem pessoas morrendo!

-Você não vai ser uma delas! - ele grita de volta

-Não importa, eu sei me defender, eles ja quase mataram o Matt, não vou deixa-los machucar mais ninguem. - me viro, vou em direção a porta e tento destranca-la, mas antes que pudesse fazer algo Carl segura meu pulso e me vira rapidamente para o lado dele me dando um selinho rapido

-So toma cuidado - ele diz apos se separar do beijo

-Eu sempre tomo - dou um sorriso - pegue Judith, Sam, Enid, todos que você encontrar e os traga pra ca, cuide deles, eu faço o resto - destranco a porta e saio

   Corro para as ruas e vejo lobos por toda a parte, pego minha arma e começo a atirar neles, Ron aparece correndo de um lobo, ele cai no chão e o lobo fica sobre dele pegando uma faca para tentar ataca-lo

-Ninguem sabe se defender nesse maldito lugar não? - murmuro para mim mesma, pego minha arma e atiro no lobo em cima de Ron, fazendo o mesmo cair em cima dele, corro em direção a ele e o ajudo a se levantar - vai pra minha casa, Carl vai te ajudar - ele me olha feio

-Não preciso de ajuda

-A não? Não foi oque vi a 10 segundos atras - ele continua a me olhar feio - vai logo e para de reclamar garoto

-Não! - ele diz e sai correndo em direção a algumas casas

-Imbecil... - como perdi tempo ajudando aquele merda, ouvi um tiro quase me acertar, me jogo no mato ao meu lado e me escondo atras de uma moita, tento olhar atravez dela e vejo tres homens, eles estavam de costas, devem ter achado que me acertaram - essa foi por pouco - pego minha arma, e começo a atirar nos homens, os vejo cair e saio de tras da moita

   Sou surpreendida com um tiro, um deles havia sobrevivido e atirou em minha perna, automaticamente caio no chão, atiro no ultimo lobo ainda com a arma na mão e finalmente ele cai morto, retiro meu casaco xadrez e amarro em minha perna, a bala não havia atravessado, tento me levantar, a dor é muita mas consigo me recompor, continuo a caminhar mas mancando e tentando suportar a dor atirando em qualquer lobo que via...

-Droga... Matt - me lembro de Matt na enfermeria, então troco meu rumo e vou o mais rapido que posso ate la - Matt! - grito abrindo a porta com força, e encontro Matt no chão com um lobo morto ao seu lado com um bisturi em sua garganta - Oh meu Deus - corro até Matt e o ajudo a se levantar

-Eu to bem... - ele diz apos estar totalmente de pe - oque esta havendo?

-Estamos sendo atacados, vem vou te levar pra um lugar seguro - pego seu pulso e tento puxa-lo mas ele para como pedra e encara minha perna

-Mas oque aconteceu com a sua perna?

-Vamos eu to legal, eu juro - ele assente mas ainda consigo ver a preocupação estampada em seu rosto, saimos de la e vamos o mais rapido até a casa onde Carl estava, as ruas estavam sem mais nenhum lobo, acho que finalmente alguem fez alguma merda pra ajudar... Assim que entro vejo Carl com algum papel na mão e diz algo baixo

-"Sobreviva de qualquer jeito"

-Como? - pergunto e ele se vira assustado

-A Enid, ela foi embora

-Oque? Que merda! - digo um tanto alto - ta vamos atras dela então - antes que ele pudesse dizer alguma coisa olha para minha perna assustado

-Oque aconteceu? - olho para minha perna e ela estava totalmente coberta de sangue

-Um daqueles psicopatas me deram um tiro, mas eu to bem... Eu so tenho que achar a Denise - digo segurando os gemidos de dor - me faz um favor, ajude os feridos, vocês dois - olho tambem para Matt - eu vou procurar a Denise - dito isso saio e começo a caminhar entre as ruas

   Conforme eu andava, vejo Morgan um pouco longe, começo a segui-lo para ver se ele havia visto Denise, o sigo ate uma casa e o vejo entrar, assim que entro vejo ele, Carol e Denise, mas tinha uma pessoa la que eu não conhecia, era um deles, um lobo... Imediatamente saco minha arma e miro na cabeça dele, Morgan faz o mesmo, mas so que sua arma apontava para a minha cabeça

-Oque você ta fazendo Morgan! - pergunto indignada com aquilo

-Abaixa essa arma Katherina - ele diz calmo

-Ou oque? Vai atirar em mim? - dou um riso ironico - então vai atira! - digo levantando minhas mãos em forma de redenção e tirando aquele desgraçado da minha mira

-Você sabe que eu não faria isso - ele diz ainda com o mesmo tom na voz - olha podemos ajuda-lo, não precisamos mata-lo - olho para o homem e ele me da um sorriso diabolico - nos podemos muda-lo Katherina - o vejo abaixar a sua arma e não aponta-la mais para mim, era a hora perfeita

-Não - dito isso rapidamente aponto minha arma para aquele homem e dou um tiro certeiro em sua cabeça e Morgan me olha sem expressão em seu rosto- não podemos muda-los, nem salva-los, nem nada, somos nós ou eles, decida de que lado esta

-Não mato mais pessoas sem necessidade, não tinha necessidade de mata-lo

-Não? Vai la fora, e veja oque ELES fizeram - dou enfase no "eles", do nada acabo me sentindo tonta e caio de bunda no chão, Carol e Denise correm ate mim

-Sua perna - Denise diz assustada - perdeu muito sangue, vamos temos que leva-la ate a enfermeria - As duas ajudam a me levantar e fomos em direção a enfermaria

   Conforme caminhamos vejo varios corpos de algumas pessoas daquela comunidade, eu não as conhecia mas doia ve-las morrer de uma forma tão cruel... Assim que chegamos na farmacia, Denise cuida de meu ferimento, e me da alguns analgesicos para amenisar a dor, disse que não poderia fazer esforço, oque seria bem dificil pois estavamos num apocalipse, quando estou perto do portão o vejo se abrir e carros começarem a entrar, Rick sai do carro e ve ainda uns corpos no chão

-Oque aconteceu aqui? - ele me pergunta

-Fomos atacados, perdemos varias pessoas mas conseguimos acabar com eles

-Que merda! - ele diz colocando uma de suas mãos em sua cintura e dando uma virada rapida

-Eles foram espertos Rick, nos observaram, esperaram ate que ficassemos mais desprotegidos e nos atacaram - digo com um tom de raiva na voz - eu sabia, sabia que tinha mais algo nessa historia, como pude ser tão estupida em não ver

-Ei calma, graças a vocês... A você - o olho confusa quando ele diz "você" - tem pessoas vivas aqui, se tivesse ido conosco, provavelmente não teria mais nada aqui

-É deve ter razão - digo baixo mas mudando de assunto, e os andantes? Conseguiram se livrar deles?

-Bom a maior parte sim, eles conseguiram passar, conseguimos desviar a maioria deles de alexandria mas tem uma boa parte ainda vindo até nos, temos que nos preparar eles estarao aqui em questao de horas

-Estaremos prontos, ja sobrevivemos a coisa pior do que isso Rick, vai ficar tudo bem

-Assim espero - olho ao meu redor e não vejo algumas pessoas, como Gleen, Nicholas, Daryl entre outros

-Rick, a onde estão os outros

-Depois te explico, mas não se preocupe estão vivos se é oque quer saber - rio fraco - sua perna...

-Ja é acho que a milessima vez que me falam isso hoje - ele ri - eu to bem, foi so um tiro, Denise ja cuidou disso, mas bom vou ajuda-los com os corpos, te vejo depois - dito isso me viro e saio

    […]

    Depois de enterrarmos os corpos das pessoas em alexandria e queimar os corpos daqueles homens Rick contou a todos sobre a horda de andantes que se aproximava, e disse que iria ensina-los a se defender para o pior, e que nós incluindo eu iriamos ajudar, como se ja não fosse horrivel ser "baba" deles agora tenho que ser professora, Maggie estava muito preocupada com Glenn, ela não falava nada mas dava pra perceber de longe, Carl e eu decidimos ficar em Alexandria pelo menos ate a horda de andantes passar e depois procurariamos Enid, ela é forte vai sobreviver...

    Subo até uma plataforma no muro onde Carl observava a aproximação dos andantes, por enquanto nenhum sinal, ja estava um pouco escuro dava para ver o sol se por no horizonte, chego por traz dele sem fazer barulho e ponho cada uma de minhas mão em seus olhos

-Adivinha quem é - digo num tom risonho

-Deixa eu ver, humm talvez seja a namorada mais perfeita desse mundo? - ele se vira e me abraça

-Namorada é? - digo rindo e lhe dando um selinho rapido - eu gostei - passo minhas maos ao redor de seu pescoço e aproximo nossos corpos, ele se aproxima seus labios dos meus e me da um beijo lento, calmo e apaixonado o sinto pedir passagem e eu cedo sem exitar, cada vez mais sinto o beijo se aprofundar, mas acabo abrindo meus olhos durante o beijo e me separo

-Oque foi? - ele me pergunta confuso

-Temos companhia - olho para a rua e ele se vira na hora, vemos uma horda enorme de andantes se aproximar, eram muitos tantos que imagino como seria se Rick e os outros não tivessem levado metade deles pra longe

-Que merda

-Vamos temos que avisar os outros rapido

              CONTINUA?...


Notas Finais


AMORESS *-*

OQUE ACHARAM?
ESPERO QUE TENHAM
GOSTADO >.<

~Se tiver errinhos perdon :3

BJUSS E ATE O PROX CAP

~Leeh


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...