História The Walking Dead - Uma Historia Incrivel... - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Exibições 84
Palavras 1.645
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OEWW MORANGUENHOS
E MORANGUENHAS *-*

DESCULPEM A DEMORA DO CAP
ERA PRA SAIR MAIS CEDO
MASS NE ME COMPLIQUEI
UM POUQUINHO AKI :3

EEE HJ A NOITE SAI
MAIS UM CAP PROVAVELMENTE
>.<

MAS BOM SEM
MAIS ENROLAÇOES
Boa Leitura!

Capítulo 30 - Não faz isso...


-Vamos temos que avisar os outros - digo e logo em seguida descemos da plataforma e fomos direto a casa de Deanna onde todos estavam reunidos para descutir oque iriamos fazer

-E ai, eles chegaram aqui? - Maggie pergunta assim que entramos

-Sim, eles estão a uns metros daqui, logo irao nos cercar - vejo os olhares ficarem desesperados

-Acalmem-se todos - Rick diz - Não temos armas suficientes agora para uma invasão, vao todos para suas casas, apaguem as luzes, não façam barulho, com sorte eles passaram reto, pelo menos a maioria, basta esperarmos e vai ficar tudo bem- Rick tenta acalma-los mas eu não acreditava que tudo ficaria bem, todos se levantam e foram para suas casas, sinto Ron me encarar mas finjo que não percebi, assim que todos saem so ficam algumas pessoas do nosso grupo, vou ate a cozinha e para pegar um copo da agua

-Tudo bem? - Maggie me pergunta

-To sim Mag, so to um pouco cansada - coloco a mão em meu bolso e tiro um frasco de cumprimidos, pego uns três e os coloco em minha boca dando um gole de agua na mesma

-Analgesicos? - Maggie me pergunta e eu assinto - pois bem, depois de hoje você merece uma janta maravilhosa - ela diz com um tom feliz - vamos sentem-se! - ela fala para todos - hoje eu faço o jantar - rio e vejo todos se sentarem a mesa e Carl se sentar meu lado pegando discretamente minha mão e entrelançando nossos dedos, dou um sorriso e apenas aguardamos conversando...

     […] um tempo depois

   Depos do jantar maravilhoso de Maggie, me despeço de todos e subo as escadas, entro em meu quarto e tranco a porta, me jogo na cama e tento esquecer um pouco da dor em minha coxa, fico ali apenas encarando o teto ouvindo os grunidos dos andantes, aquilo me pertubava. Depois de algumas horas sem conseguir dormir, levanto-me da cama pego minha arma a colocando-a na parte de tras da minha calça e passo a blusa por cima a escondendo, desço ate a varanda, sento em cima da cerca e observo a lua, mas dessa vez não me importava com os grunidos, na verdade não me importava com nada naquele momento...

-Katy? - sou assustada por Ron que surge do nada das sombras, solto um bufo e me levanto tentando entrar novamente mas ele segura meu pulso

-Da pra me soltar agora - digo tentando não gritar

-Olha eu sei que fui um babaca hoje, so estava zangado, por isso fugi

-É fugiu e poderia ter morrido. - não que eu não quisesse mas... pera para Katy olha oque você ta pensando, isso é mau... Não é? - Você é um babaca todo o dia Ron, agora me solta ou eu pego essa arma e atiro na sua cabeça agora sem me importar com os andantes la fora - sacudo minha mão fazendo-o o mesmo solta-la

-Olha da pra para de me tratar assim? - dou uma risada ironica

-Não Ron não da, eu so paro quando eu te ma... - serro meus punhos e paro de falar para não piorar a situação- esquece ta, so me deixa

-Você ta sendo pressionada por essas pessoas aqui? Por isso esta assim tão brava? Por que se for isso pode vir comig...

-Não termina essa frase - digo interrompendo-o - eu so muito feliz aqui, e nunca que eu iria ir com você, eu so estou sem paciencia de ficar de baba - ele me olha confuso - ta vai embora e me deixa sozinha, parece que você não entende essa palavra não é S-O-Z-I-N-H-A - soletro

-Você ainda não percebe né sua besta? - ele se aproxima e põe uma de suas mãos em meu rosto e começo a ficar assustada

-Não faz isso Ron - digo tentando me afastar

-Não e-eu preciso - ele se aproxima novamente - eu gosto de você Katherina, não percebe isso? - ele tenta me beijar mas antes de conseguir viro o rosto a tempo e Matt chega nós surpreendendo, a vergonha toma conta de meu corpo me fazendo paralizar, Matt me olha com uma cara de "Oque você ta fazendo?" e ficamos naquele silencio por alguns segundos

-Matt olha eu... - tento dizer

-Não Katy, vamos conversar - ele me interrompe e me puxa para dentro pelo pulso até a cozinha fechando a porta na cara de Ron

-Matt não é n-nada disso que você p-pensa ta - digo aos gaguejos de nervorsismo tentando explicar para ele

-Katy você piro? E se fosse o Carl e não eu? - abaixo a cabeça - oque aconteceu lá fora?

-Ele tento me beijar Matt, mas eu desviei, eu gosto do Carl, você sabe disso

-Eu sei Katy, mas você sabe oque Carl pensaria...

-Pensaria oque? - Carl diz e levamos um susto ao ve-lo na ponta da escada nos observando

-Oque pensaria se soubesse que eu odeio lasanha - eu sei, a pior desculpa do mundo, não me julguem foi na pressão do momento

-Oque você não gosta de lasanha? - ele pergunta rindo

-Sim... Quero dizer não, não - balanço a cabeça em negação - é horrivel - forço um sorriso falso

-Tudo bem então... - ele se aproxima e me da um selinho

-Pera vocês estão juntos? - Matt pergunta de boquiaberta e com um sorriso malicioso estampado no rosto

-Sim Matt mas ninguem sabe, então shiu - digo colocando um dedo na frente de meus labios

-Eu sabia - ele ri

-Sim Matt, o Vidente - digo ironizando - eu vou pro meu quarto, boa noite garotos - dito isso subo para meu quarto e me deito, não acredito que isso acabou de acontecer, eu não teria coragem de olhar na cara do Ron de novo, com esses pensamentos rodando minha cabeça finalmente consigo pregar os olhos e adormecer...

     […]

-Acorda! - Ouço Matt gritar. Levanto minha cabeça do travesseiro rapido assustada com o grito ficando sentada, ele caminha rapido ate a janela e abre as curtinas deixando o sol adentrar no quarto e fecho meus olhos incomodada com a luz

-Matt - digo junto a um bocejo - que horas são? Oque você ta fazendo? - coço meus olhos e os pisco repetidas vezes para tentar me acostumar com a luz

-Vamos que hoje vai ser melhor do que ontem! - ele diz empolgado e eu não entendo

-Melhor? - dou um sorriso - se você ainda não viu nossos muros estão cercados por andantes, e eles até podem cair a qualquer hora viu - digo rindo

-Ava para de ser chata e levanta - ele me puxa pelos braços me levantando da cama - Vai tomar banho, eu escolho a sua roupa - ele diz me empurrando até o banheiro e fechando a porta mas eu a seguro

-Oque? Você não vai mexer nas minhas roupas seu doido - solto um riso alto

-Vai somos amigos e eu vou escolher você querendo ou não - ele da um sorriso

-Ta tudo bem - solto um bufo e ele fecha a porta - nada de shorts - grito atraves da porta

-Eu sei, você ja me disse que odeia - ele grita de novo e eu rio sozinha, decido obedece-lo e entro no banho, apos alguns minutos me enrolo na toalha e ouço o grito de Matt

-Pronto! Sua roupa ta ai, trate de usa-la te vejo la em baixo - ele diz isso e ouço a porta bater, destranco a porta do banheiro e caminho ate a cama

   Ele havia separado uma roupa que eu nunca tinha visto antes, era uma calça jeans preta com uma regata branca e um casaco xadrez azul e preto, com um par de tenis pretos com detalhes roxos na borda, a frente do cardaço e tambem um desenho feito na lateral. Me visto e eu tinha amado aquela roupa estava perfeita, so achei que a regata tinha um pouco mais decote que eu estava acostumada, então abotuo mais um botão da minha blusa de xadrez, desço as escadas e encontro Maggie, Carl e Matt na cozinha tomando cafe

-Nossa ficou perfeito em você Katy - Maggie diz e vi seus olhos brilhares, dou um sorriso de vergonha e me sento a frente de Carl

-Obrigada Maggie, você trouxe? - ela assente - Como?

-Foi a muito tempo, eu e Glenn estavamos esperando seu aniversario para te dar mas bom você nunca nos disse quando era então decidimos dar agora

-Obrigada eu adorei, bem meu estilo - digo rindo

-O aniversario dela? - Matt pergunta - é 08 de agosto - olho para Matt o encarando - oque? Eu so disse a sua data de aniversario - ele ri

-Pera dia 08? - Maggie pergunta e olha num calendario perto dali, oque era ironico - é daqui a 9 dias Katy, porque não nos disse?

-Não achei que fosse importante


-Ta de brincadeira né? Claro que é importante, espera so ate Glenn... - ela para de falar, e lembro que Glenn ainda não havia voltado, e o pior é que Rick disse que ele estava com Nicholas e aquilo me preocupava muito...

-Ei - vou até ela e a abraço - ele ta bem, ele vai voltar, ele sempre volta - digo rindo e ela me aperta mais forte

-Bom - ela diz ao se separar do abraço e a vejo tentar segurar suas lagrimas - aqui toma, eu fiz um sanduiche

-Obrigada - digo e me sento ao lado de Matt, ficamos conversando por um tempo até ouvirmos a porta se abrir

-Gente, vamos precisamos de ajuda aqui - era Rick, estava nos chamando para treinar as pessoas de Alexandria

-Uhull, nossa que incrivel - digo ironica e os vejo rir - okay vamos logo com isso.

            CONTINUA?...


Notas Finais


AMORESSS
ESPERO QUE TENHAM
GOSTADO *-*

~Se tiver errinhos perdonn :3
N pude revisar '-'

MASS BOM BJUSS E
ATE O PROX CAP

~Leeh


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...