História A New Beginning ( Em Hiatus) - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chandler Riggs, The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Glenn Rhee, Maggie Greene, Michonne, Morgan Jones, Negan, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Tara Chambler
Exibições 253
Palavras 1.296
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OEWWWW MORANGUENHOS
E MORANGUENHASS *-*

TROUXE MAIS UM
CAP \o/
ESPERO QUE GOSTEM :3
MASSS BOMMM

Boa Leitura!

Capítulo 32 - Invasion (Part 2)


Fanfic / Fanfiction A New Beginning ( Em Hiatus) - Capítulo 32 - Invasion (Part 2)

   Dou um ultimo olhar para Deanna, solto nossas mãos, me levanto ainda a observando e dou de costas, caminho lentamente até a porta e fecho a mesma atras de mim, vou até o quarto de Sam, estava vazio, oque era estranho ele não desceria la pra baixo

-Sam? - o chamo

-Aqui dentro - ouço a voz dele vindo de dentro do armario, caminho lentamente ate o armario e o abro

-Ei... - me agaixo ficando a sua frente, ele estava sentado no fundo do armario abraçando suas pernas - não pode ficar ai

-Aqui é seguro, as coisas estão la em baixo, aqui em cima é seguro

-Pode até ser, mas vamos precisar sair, e você precisa ser corajoso

-Nao! - ele se exauta - eu não vou sair daqui, eles vao me comer

-Calma... Calma tudo bem, pode ficar ai se quiser, mas você não quer a sua mãe? O seu irmão? - ele assente com a cabeça - então tem que ser forte por eles - ele não responde - sei que é so uma criança, mas agora nesse mundo é lutar ou morrer, e ter muito medo mata você. Então vamos fazer um trato

-Que trato?

-Você pode ficar ai, mas assim que formos sair eu venho aqui te buscar e você vai vir, e vai ser corajoso... Feito? - estendo minha mão para ele

-Feito - ele diz baixo tambem estendendo a mão, me levanto e desço as escadas

-A Deanna ta bem? - Michonne me pergunta, não respondo apenas abaixo a cabeça e ela entende o recado - que merda

-Michonne e... - sou interrompida com um susto

   Ouvimos um vidro quebrar e a porta que o sofa segurava ceder e cair em cima do mesmo

-Pra escada agora! - ouço Rick gritar e todos corremos para a escada, Michonne traz o sofa e o coloca na mesma para impedir a passagem dos andantes, os vi se tumultuar ao redor do sofa e estavam famintos por nossa carne, na verdade desesperados.

-E agora? - pergunto sem tirar os olhos dos andantes

-Carl traga alguns lençoes - Rick diz e Carl obedece sem exitar

-Oque quer fazer? - pergunto para Rick

-Algo nojento - não entendo oque ele diz até pegar um dos andantes, mata-lo e traze-lo ate nós, ele começou a estripa-lo, mas aquilo não era tao nojento quanto ele disse, eu não achava, mas como pessoas molengas Ron quase vomitou e eu ri fraco da situação. Carl voltou com os lençoes, nos vestimos com eles e Rick começou a passar todo aquele resto de entranhas em Jessie, Gabriel, Michonne e Matt

-Os dois venham aqui - sussuro para Carl e Ron, eles obedecem e sobem até o andar de cima comigo

-Oque foi? - Ron me pergunta

-Me diz vocês - eles me olham confusos - oras por favor, Carl você acha que eu acreditei naquela historia esfarrapada? Anda oque aconteceu de verdade la? - eles se entreolham - oi? Não temos o dia todo

-Ele tentou me matar - Carl diz e eu arregalo os olhos

-Ele oque? - olho para Ron e o odio é tanto que não posso nem descrever

-Katy olha eu... - antes dele falar mais alguma coisa eu o soco na cara fazendo seu rosto virar completamente, ele volta lentamente a sua posição inicial com a mão em seu queixo

-Se tentar algo mais uma vez, eu juro que te jogo pros andantes, me entendeu? - digo o encarando, ele assente - otimo

-Seu pai era um babaca... - Carl diz do nada e eu não entendo no começo

-Assim como você - termino a frase de Carl

   Me viro e desço as escadas, Rick passa todas aquelas entranhas em mim, não me importava com aquilo, mas o cheiro era horrivel. Carl e Ron desceram em seguida, depois de um tempo estavamos todos com aqueles lençoes cheios de entranhas, demos nossas mãos e começamos a caminhar lentamente ate o lado de fora, não fomos atacados e eu estava perplexa com tudo aquilo, eu mal acreditava nisso. Quando passamos da casa ate a varanda, paramos um pouco e vimos as ruas cheias de andantes, pegamos a rota com menos e começamos a caminhar devagar entre eles

-Mãe? Mãe - Sam começa a chamar Jessie, eu gelo com medo dos andantes perceberem

-Sam, ei tudo bem - sussuro para ele - fique quietinho ta bem? - ele não me responde, isso é bom...

    […]

   Continuamos a caminhar, Gabriel levou judith para um lugar seguro, eu não gostava daquele homem mas pelo menos Judith estaria a salvo e isso era oque importava, Sam não quis ir com ele então novamente cá estamos, de mãos dadas andando dentre os andantes podendo morrer a qualquer infalso de alguem

-Mãe eu não consigo - Sam começa a chorar e paraliza

-Amor, vamos temos que continuar - Jessie diz tentando puxa-lo mais sem sucesso

-Sam lembra da nossa conversa? Bom agora é a hora de ser corajoso - antes que pudessemos fazer algo os andantes partem pra cima de Sam e começa a devora-lo, Jessie fica paralisada vendo seu filho morrer na sua frente e não poder fazer nada

-NÃOOOO! - ela grita e so consegue chamar mais a atenção dos andantes e tambem começa a ser devorada, Rick estava sem expressão, eu estava com o coração apertado, mas tinhamos que continuar

-Pai? - Carl o chama - Pai! - o chama novamente e vejo que Jessie estava segurando sua mão

-Rick! - o chamo mas da na mesma, ele estava paralizado, pego a machadinha que estava em sua mão e corto a mão de Jessie com duas punhaladas, Carl consegue se soltar e dou um suspiro de alivio, ouço uma arma ser destravada e ao olhar para o lado Ron apontava a arma para mim

-Voce.. V-você - ele repetia

-Ron abaixa a arma - digo com uma das mãos a frente do corpo - Ron abaixa! - vejo a katana de Michonne atravessa-lo e em seguida ouço um tiro, olho para baixo e ponho uma de minhas mãos em minha barriga a levanto e estava cheia de sangue

-Carl? - digo e caio no chão, sinto alguem me pegar no colo e atraves de piscadas consigo ver cenas deles matando os andantes para abrir caminho, fecho meus olhos e não sinto a dor, mais via sair muito sangue

-DENISE! - ouço Carl gritar - ajuda ela - olho para ele e o vejo chorar, eu odiava ver aquilo, não conseguia ve-lo chorar

-Ceus ela perdeu muito sangue! - Denise diz espantada - Katherina esta me ouvindo? - eu a ouvia, mas não consegui responder, olho ao meu redor e não vejo Maggie

-C-cade a M-maggie? - pergunto com dificuldade

-Ela não esta aqui, eu a vi em uma plataforma la fora - Denise me responde

-T-tem que a-ajuda-la - sinto algo escorrer em meus labios... Era sangue

-Não fale, não faz esforço! - Denise estava desesperada, via isso em seus olhos, Matt estava ao lado de Carl, e ambos choravam

   Não sentia dor, nem desespero, nem medo, era estranho mas não sentia, olhei para cima e apenas vi uma luz branca, podia ser a lampada, ou outra coisa, morrer é calmo, tranquilo, nunca pensei que era assim, muitos descrevem a morte como algo terrivel, mas não, era so... Calmo, não consigo deixar meus olhos abertos, não tinha forças então eu simplismente os fechei e a escuridão tomou conta de tudo

       ~POV Carl On

   Katy havia fechado os olhos entro em desespero pensando no pior, eu não podia perde-la, não podia...

-Denise oque aconteceu? - ela não me respondeu - Denise me diz que ela desmaiou por favor..

-O coração dela parou de bater Carl, não tem pulso

               CONTINUA?...


Notas Finais


AMORESSS *-*
ENTÃO OQUE ACHARAM???
ESPERO QUE TENHAM
GOSTADO :3

OQUE ACABOU DE
ACONTECER??
Num seiii heuheuheu >.<

~Se tiver errinhos perdonn

BJUSS E ATE O PROX CAP


~Leeh


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...