História The Walking Dead - Uma Historia Incrivel... - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Exibições 101
Palavras 2.164
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


AMORESSSSSSS

ESPERO QUE GOSTEM DO
CAP, ACHO QUE ATÉ HJ
FOI O CAP QUE DEU MAIS TRABALHO :3

MASSSS BOMM
Boa Leitura!
<3

Capítulo 37 - Despedida


Fanfic / Fanfiction The Walking Dead - Uma Historia Incrivel... - Capítulo 37 - Despedida

-Então me de um motivo para eu não esmagar a sua cabecinha igual a do seu amiguinho ali - Negan diz se referindo a Abraham

-Posso perceber que você tem um exercito, e deve ter muito mais na onde vocês ficam, então oque me diz tudo isso é que vocês gastam uma quantidade enorme de comida, e você tem quantos grupos trabalhando para voce? Tirando o meu e Hilltop, bom acho que não muitos, talvez mais um 5 ou 7, quem sabe...

-Vá direto ao ponto 

-A questão é, vocês estão aqui a um bom tempo, e as cidades daqui ja devem estar faltando suprimentos, ou seja, temos que ir mais longe para buscar as coisas e isso demora mais. O Glenn é um dos nossos melhores colhedores, sem ele vai nos prejudicar, vai prejudicar a nois dois e você sabe disso. Se conhece bem nossa comunidade sabe que a maior parte de lá nem sequer matou um zumbi, então não os mandamos para buscas, somos apenas nós - ele solta um riso e afasta o taco de meu rosto

-Nossa, que discurso maravilhoso - ele diz debochado - mas quem seria voce belezinha?

-Sou Katherina, e isso não é um discurso, são fatos, ja matou um dos nossos que também era colhedor, isso já nos prejudicou, e se você pegar suprimentos a mais vamos morrer, e se a gente morre vocês morrem. Vão ficar em minoria os deixando mais expostos a um ataque, então como vai ser Negan, quer morrer por causa de uma pessoa? - ficamos um tempo no silencio 

-Sabe, isso é bastante tentador, e como eu sou uma pessoa otima - ironizou e ouvi seus capangas rirem - vou deixa-lo vivo, mas se o cara da besta ou qualquer outra pessoa vir me desafiar de novo, eu mato o japinha e a garota. Estamos entendidos? - todos abaixam as cabeças - otimo - ele sorri

-Eu vou matar você - Rick murmura mas conseguimos ouvir, eu gelo totalmente, com aquilo poderia muito bem ser o meu fim e o do Gleen, Negan caminha até Rick e abaixa a sua frente

-Oque? Eu não ouvi direito, melhor falar mais alto

-Não hoje... nem amanhã, mais eu vou matar você 

-Jesus, Simon oque ele tinha - Negan pergunta ja de pé

-Uma machadinha - o tal Simon responde

-Uma machadinha? Simon é meu braço direito, é importante ter um se não o que resta? Um monte de trabalho. Você tem um? Talvez uma dessas gracinhas, que ainda estão vivas, ou... - ele movimenta o taco e sorri - Sim, me de a machadinha dele - Simon obedece e lhe entrega, coloca a mesma dentro do cinto e começa a arrasta-lo até o trailer - Ja volto, talvez Rick volte comigo, se não, bom... Podemos virar todos do avesso não é? - ele entra com Rick no trailer e o mesmo começa a se mover e depois de um tempo sai da minha vista

    [...]

   Ainda estavamos na mesma posição, aqueles dois homens ainda me seguravam, meus olhares e os olhares de Carl se encontravam de vez em quando ele parecia pessimo eu odiava ve-lo assim, tudo oque eu queria era me soltar e abraça-lo. Ainda ouvia choros leves, meus olhos focavam o corpo de Abraham no chão, estavamos suados e com medo, alguns até tremendo, já estava amanhecendo. Ao longe consegui ouvir barulhos de motor e o trailer ja estava em minha vista novamente, Negan sai de dentro dele e novamente começa a arrastar Rick até perto de onde Glenn estara

-Aqui estamos - ele joga Rick no chão o fazendo ficar de joelhos - Deixe-me perguntar Rick, sabe o motivo do nosso passeio? - Rick fica em silencio - Responda quando falarem com você!

-Esta bem

-Se tratava da forma que você me olhou, quero mudar isso, quero que você compreenda, mas está me olhando da mesma maneira, me desafiando e isso não vai funcionar. Portanto, devo lhe dar mais uma chance?

-Sim, Sim - Rick parecia um cachorro sem dono assustado, mas não o culpava, ou a gente obedecia ou morreria 

-Tudo bem, aqui está o grande premio, oque fara a seguir irá decidir se o seu dia de merda vai se tornar o ultimo dia de merda de todos ou se será mais um dia de merda. Coloque as armas nas nucas deles - sou jogava no chão olho para trás e o homem sorri apontando a arma para mim, me ajoelho e volto a olha-los - Otimo, agora coloquem a altura do nariz pois se atirarem o estrago vai ser grande... Garoto - ele aponta para Carl e faz um sinal para ele ir até ele mas não obedece - garoto, vem aqui agora! - ele exita mas acaba obedecend, ele tira seu cinto e amarra no braço de Carl - você é canhoto?

-Sou oque?

-É  canhoto?

-Não

-Bom... Doeu? 

-Não

-Deveria... é pra doer.  Agora deite-se do lado do seu pai e abra bem os braços - Carl faz oque ele diz - Simon, tem uma caneta?

-Tenho - ele começa a fazer uma serie de riscos no braço de Carl

-Desculpa garoto, isso vai ser tão frio quanto um saco de feitiço como se ele tivesse pendurado o saco sobre você arrastada pelo seu braço - ele termina de fazer os riscos - pronto isso lhe dará uma certa vantagem

-Por favor, não faça isso, não faça - Rick suplicava, começo a entrar em desespero pensando no pior

-Eu? Eu não vou fazer merda nenhuma. Rick, eu quero que pegue seu machado e corte o braço do seu filho bem naquela linha

-Não precisa fazer isso, nós entendemos... - Michonne se pronuncia mas Negan a interrompe

-Vocês entenderam, mas Rick não entendeu, quero um golpe limpo bem naquela linha, sei que é algo complicado de pedir mas terá que ser como uma fatia de salame limpo, sem sujeira, 45 graus. Nos deixe algo para dobrar, temos um otimo medico o garoto ficará bem... Provavelmente. Isso tem que ser feito agora, rapido ou eu mesmo vou esmagar o cranio dele 

-P-pode ser eu, pode s-ser o meu b-braço, eu vou com voce - Rick ainda suplicava 

-Não esse é o único jeito, pegue o machado Rick, não tomar uma decisão é uma grande decisão - Rick chorava e não acho que teria coragem de fazer aquilo... Okay estamos mortos. - beleza Rick você venceu, eu vou contar, três 

-Não por favor, pode ser eu

-Dois

-Por favor - Negan lhe dá um tapa na cara e segura seu rosto 

-É agora - Negan o solta - um!

-Negan por favor não faça isso - digo sentindo uma lagrima escorrer por meu rosto

-Não abuse da sorte Katherina - ele diz sem se virar para mim

-Pai... Faça - a esse ponto não conseguiria ver aquilo, fecho meus olhos e a ultima coisa que vejo é Rick levantando sua machadinha

-Rick - Abro os olhos e Rick ja havia baixado a machadinha - Você responde a mim, voce trabalha para mim certo? - Rick apenas assente - Responda quando falarem com você! Voce responde a mim, você trabalha para mim

-Eu trabalho para voce

-Você me pertence certo? 

-Certo

-Isso, era esse o olhar que eu queria ver, todos nós conseguimos, até o cara morto no chão, ele ganhou o premio de espirito, certamente hoje foi um dia produtivo e eu espero para o bem de vocês que tenham entendido, entendido como as coisas mudaram. Seja lá oque tinham antes abacou - ele da um sorriso de vitoria - Dwight, coloque-o na van - o cara do rosto queimado coloca Daryl dentro da van, aquele desgraçado que havia matado Denise, antes dele fechar a porta vejo Daryl e falo sem palavras "eu vou te buscar", ele parece entender oque eu disse pois negou com a cabeça, logo depois a porta se fechou - Gosto dele, ele é corajoso não como um viadinho que eu conheço - ele olha para Rick - Ele é meu agora, mais se ainda tentar algo eu corto em pedaços o... Qual é o nome dele?

-Daryl - respondo antes de Simon e Negan me olha - ele se chama Daryl

-Obrigada querida - ele lança um sorriso falso me fazendo revirar os olhos - Vou cortar o Daryl em pedaços e deixa-los na sua porta ou melhor vou fazer voce corta-lo. Bem vindos ao novo começo seus imbecis! Vou deixa-los com a van, usem-na para trazer suas merdas para mim, voltaremos na primeira oferenda na semana que vem, até lá... Tchau, tchau - ele passa por mim - Nos vemos em breve Katherina - engulo seco e ele entra no carro

   Aos poucos eles vão saindo, e apenas oque sobra são soluços, ainda continuava no chão de joelhos encarando o corpo de Abraham, vi Maggie correr e abraçar Glenn, aquela cena foi a unica coisa que me deixou feliz hoje, o filho de Glenn vai ter um pai e isso era oque me importava

-Katy - Carl diz se aproximando - vamos temos que voltar

-Eu não me despedi - ele me pega pelo braço e me levanta, eu ainda estava com o rosto baixo e as lagrimas que eu segurava durante todo aquele tempo começaram a surgir - Ele veio se despedir e a ultima coisa que eu disse pra ele... - dou uma pausa e olho para Carl - foi "isso não é uma despedida" - ele me puxou e me deu um abraço, geralmente aquilo me confortava mas não daquela vez, meu mundo estava sem chão, me separo e vejo Sasha, ela estava completamente desolada ela e Abraham eram muito proximos, me afasto de Carl e vou caminhando lentamente em sua direção paro a alguns metros e nos encaramos um pouco, vou até ela e a abraço

-Me desculpe por ser uma idiota com voce durante esse tempo todo - ela sussurou no meu ouvido 

-Isso não importa agora - digo e ela me aperta forte - vemos temos que leva-lo para casa - nos separamos e eu, Sasha, Rosita e Glenn carregamos Abraham até o Trailer, entramos e dirigimos até Alexandria

[...] Horas depois (Anoitecendo) 

Todos em Alexandria ja sabiam da 'Nova ordem mundial", sobre Negan, Sobre Abraham, sobre tudo. Ja haviamos cavado um tumulo, e o enterramos, todos se despediram mas não foi suficiente para mim, fui ate a geladeira e peguei a garrafa de bebida dele, estava pela metade, ja estava anoitecendo, caminhei ate os tumulos e fui ate o seu, me agaixei ao seu lado e observei por um tempo

-Sabe, eu pensava que isso não podia piorar. Pensava que... Poderiamos viver aqui mas - dou um sorriso ironica sozinha - não da, nunca vamos estar seguros, sempre vai ter uma pessoa para nos machucar. Não nós despedimos por burrice minha, eu achava que seria tranquilo e que nós voltariamos e teriamos um jantar em "familia" - digo fazendo aspas com as mãos - me desculpe, pela minha estupidez e tambem obrigado, pelas risadas, pelas brincadeiras, por sua amizade - uma lagrima cai de meu olho esquerdo - isso é para você Abraham - tiro a tampa da garrafa e despejo o liquido em seu tumulo deixando apenas um pouco na garrafa - adeus meu velho amigo... - dou um gole na mesma garrafa e não me importava com o quanto aquilo ardia minha garganta eu só ignorava. fecho a garrafa e a ponho em seu tumulo me levantando e secando minhas lagrimas que escorriam sem permissão por meu rosto

-Falando sozinha? - uma voz aparece do nada atras de mim e me viro - e tambem chorando? Cade a Katy durona que eu conhecia? - ela ri

-Genevive eu não to no pique hoje, e a Katy que você conhecia morreu junto com ele 

-Ah fala serio Katherina, aposto que voce nem gostava dele, para de drama e me diz a onde é a enfermaria, preciso de remedios porque a viva aqui sou eu e não ele  - a raiva me consome vou até ela dando passos pesados e fico cara a cara com a mesma

-Nunca mais ouse falar assim dele de novo, ou você vai se arrepender de ter nascido, como eu disse a Katy que eu era morreu com ele, morreu com o mundo agora eu mato e faço coisas que você nunca imaginaria, e se você vir com esse papo pra cima de mim de novo eu te mato, não somos amigas, nunca seremos amigas fica fora da minha vida e eu não torno a sua um inferno

-Isso é uma ameaça? 

-Sim, isso é uma ameaça e sobre seus remedios se vira e se quiser morra tambem vai me poupar o trabalho...

    Dito isso a empuro para o lado e vou para casa, esse inferno na minha vida só começou...

                                     CONTINUA?...

 

 

 


Notas Finais


AMORESSS
OQUE ACHARAM??
ESPERO QUE TENHAM GOSTADO
DESSE CAPP *-*

~Se tiver errinhos perdon :3

MAS BOM ATE O PROX CAP
BJUSSSS <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...