História The Walking Dead... - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Hailey Rhode Baldwin, Justin Bieber, Shawn Mendes
Personagens Camila Cabello, Hailey Baldwin, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Shawn Mendes
Tags Cameren, Camila&lauren, Camren, Drama
Exibições 70
Palavras 1.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oe amores, esse capítulo vai ser bem pequeno porque eu escrevi um cap muito foda mas daí eu perdi ele todinho daí fiquei com preguiça de escrever novamente, e escrevi só um pedaço mas amanhã ou terça solto outro pedaço.

Capítulo 18 - Pessoas novas.


Fanfic / Fanfiction The Walking Dead... - Capítulo 18 - Pessoas novas.

Pv Marco

Camila estar um tempão desacordada oque está me deixando muito nervoso, não sai de perto dela um segundo, continuei no mesmo lugar ela tava dentro do porta malas do carro, eu estava sentado no chão.

Preciso achar rapidamente um carro, Camila estava fraca a barriga dela estava crescendo falta pouquíssimo dias pra ela fazer 5 meses de gravidez. Oque me preocupava mais era que daqui uns dias não vamos poder vacilar mais, não vamos poder ficar saindo pra caçar ou procurar comida todos juntos, teremos que aumentar a segurança da Camila, ela não vai mais poder correr ou passar por qualquer tipo de desespero.

Respirei fundo várias vezes, eram tantas coisas pra resolver isso tá me deixando louco, tenho que achar minha irmã não posso deixar ela desaparecida por aí, eu preciso achar e cuidar ela, não quero perder mais ninguém!

Ouvi um gemido de dor, olhei pra trás vendo camila sente no porta malas, ela estava com uma expressão de dor, sua mão foi até sua barriga logo ela me encarou.

- Eu desmaiei?- Ela perguntou com uma voz fraca.

- Sim, você está bem?- Levantei, pegando algo pra ela comer na bolsa.

- Não muito, a dor no pé da barriga voltou.- Ela pegou a comida, Sentei novamente no chão passando a mão no meu cabelo nervoso, não sei lidar com essas coisas.

- Droga! Você precisa ficar segura sem fazer esforço, preciso achar um lugar pra você ficar enquanto eu vou procurar os outros.

- Claro que não Marco! Eu não vou ficar em lugar nenhum, eu vou junto com você.- Camila falou irritada.

- Camila você tá fraca. - Bufei.

- Ja disse Marco!- Respirei fundo tentando me controlar.

- Merda Camila! Você não ta vendo que se você for, você vai acabar fodendo com tudo? Você tá grávida qualquer coisinha você passa mal! Se você perder essa criança? Inferno tenta ficar pelo menos um dia sem fazer merda! Você vai ficar quieta em uma casa enquanto eu vou procurar a Lauren e os outros - Ela revirou os olhos.

- Já disse que não! Merda você não manda em mim, posso até estar esperando um filho seu mas você não manda em mim!- Ela estourou.

- Faz oque você quiser! - Levantei pegando minha mochila, indo na frente logo ouvi passos atrás de mim.

Ja falei que essa garota é muito irresponsável e insistente? Pois é! Não sei se todas as adolescentes são assim mas que ódio! Odeio esse jeito dela, eu falo pelo bem dela e do meu filho(a) ela quer porque quer arriscar a vida da criança que nem nasceu ainda. Andava puto da vida, ela atrás arrastando o pé, olhava atentamente pros lados as vezes olhava pra trás, para ver se ela tá bem. passamos por uma placa eu me lembro bem dessa placa estávamos um pouco perto de Atlanta. tentei novamente falar no rádio com o Shawn não conseguir já estava ficando mais puto que já estou se é possível, olhei no relógio era 17h30 estava escurecendo.

- Camila ande mais rápido - Parei esperando ela passa por mim logo ela passou revirando os olhos, peguei minha arma fiquei na mão caso aconteça algo.

- Você é insuportável- Ela bufou enquanto andava na minha frente.

- Obrigada fofinha - Revirei os olhos, assim que fechamos a boca ouvimos um barulho no mato apontei minha arma pra onde vinha o barulho é fui pra frente da chatinha, saiu de lá um cara alto do meu tamanho cheio de tatuagens no braço e uma mulher loira, assim que eles nos viram o homem apontou sua arma pra mim.

- Quem são vocês?- Falei um pouco alto e rude.

- Eu que lhe pergunto!- O cara falou do mesmo tom que o meu.

- Abaixe a arma- A mulher falou.

- Não vou abaixar porra nenhuma, Abaixe você.- Vou mesmo abaixar a minha arma pro filhos da putas atirarem.

- Quem estar atrás de você?- O cara perguntou.

- Não interessa!- A menina revirou os olhos e mandou o tal Justin abaixar a arma ele exitou mas abaixou, abaixei a minha mas não relaxei muito.

- Eu sou a Hailey ele é o Justin, não queremos machucar vocês - Ela falou gentil, mas continuei na frente da Camila.

- Eu sou o Marco, quem estar atrás de mim é a Camila- Falei um pouco rude, mas assim que fechei a boca ouvimos um barulho forte pra caralho tipo uma bomba na direção do trilho, ouvi uns ruídos logo os zumbis apareceram, puxei a Camila.

- MAS QUE INFERNO!- Gritei correndo ajudando a Mila também, Justin e Hailey correram pra dentro do mato corremos juntos.

- Vai Camila- Passei ela pra frente, enquanto atirava.

Pov Camila.

Corri o tal Justin ajudava o Marco matar os zumbis e a Hailey me ajudava a correr, minha mão estava embaixo da minha barriga como se fosse me ajudar a correr e ajudou um pouco. Do nada surgiu um zumbi me fazendo cair no chão soltei um grito Hailey olhou pra trás, tentava tirar aquilo de cima de mim, ele tentava me morder, Hailey estava matando os outros que estavam ali, ouvi um barulho agudo de tiro e sangue espirrar em mim, meu estômago se revirou.

- VEM LEVANTA- Hailey me ajudou a levantar. - Você tá bem?- neguei, Marco veio correndo me ajudando logo todos estavam correndo em direção a um celeiro que tinha no meio do nada, entramos, Marco ajudou a fechar a porta.

- Você tá vendo quando eu digo que não quero você em Atlanta? Merda, merda!- Meus olhos estavam cheios de água, eu só queria que nada disso estivesse acontecendo, só queria a Lauren perto de mim.

- Eu não quero ficar parada! Eu quero ir com você!- Falei irritada, me levantando.

- CAMILA EU NÃO SEI SE VOCÊ PERCEBEU MAS VOCÊ TA GRÁVIDA, EU JURO QUE SE VOCÊ PERDER ESSA CRIANÇA EU ACABO COM VOCÊ!- Ele gritou me assustando, não estou ouvindo isso.

- VOCÊ NÃO TEM DIREITO ALGUM DE ME AMEAÇAR! SE EU ESTOU GRÁVIDA A E NESSA SITUAÇÃO A DROGA DA CULPA É SUA- Falei no mesmo tô que ele.

- Ei ei parem com isso vocês vão chamar atenção dos zumbis- Respirei fundo voltando a sentar estou tão mais tão cansada de tudo sou tão nova pra ta passando por isso, Marco com certeza tem alguma problema.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...