História The Walking Dead - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Maggie Greene, Michonne, Morgan Jones, Negan, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Tara Chambler
Tags Carl Grimes, Kira/mary
Exibições 124
Palavras 3.312
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - 0.3


Depois que o treiler sumiu do campo de visão de todos ali, Dwight olhou para todos e deu um sorriso, adorando ver todos daquele jeito, mas o sorriso dele ficou maior quando ele olhou para a Kira e viu que ela estava chorando em silêncio e de cabeça baixa.

Então sem pensar duas vezes ele foi até ela, fazendo todos olharem pra ele, mas o mesmo ignorou os olhares e agachou na frente da garota, fazendo a mesma levantar a cabeça lentamente e olhar bem para o rosto dele.

Kira não é?- ele perguntou com um sorriso debochado, mas ela não fez nada além de olhar pra ele sem expressão e com o olhar de ódio- sabia que deu um baita trabalho pra te achar e trazer você aqui?

Kira tombou um pouco a cabeça para o lado, perdendo um pouco do equilíbrio e colocando as duas mãos no chão, mas depois voltou à apoiar as mãos na perna dela de novo.

Só fique sabendo-
ele colocou o dedo indicador na boca e deu uma pausa, depois tirou o dedo da boca, abrir a mesma e continuou- que você mereceu ver essas pessoas morrendo na sua frente.

É mesmo?-
ela disse baixo, voltando à deixar a cabeça reta de novo.

É- ele concordou com a cabeça- e sabe qual parte me deixou mais feliz disso tudo?- ele deu uma pausa, esperando uma resposta, o que não recebeu, mas continuou do mesmo jeito- ver você vendo as pessoas morrendo na sua frente de novo, e não poder fazer nada... De novo.

E sabe qual é a parte boa pra mim?-
ela perguntou, inclinando um pouco o rosto pra frente e sussurrando só pra ele ouvir.

Não, não sei- ele olhou para o lado e depois pra ela, negando com a cabeça, fingindo estar curioso- você pode me dizer?

A parte em que eu saio viva daqui de novo-
ela diz, fazendo o sorriso dele sumir e fazendo um sorriso no rosto dela aparecer por causa disso- e mato você, a sua ex mulher, o Negan e todos os outros que me fizeram ver isso de novo- ela deu ênfase no "ex" e apontou com a cabeça para os lados, como se ela tivesse indicando quem ela mataria.

E quando isso vai acontecer?-
ele voltou com o pequeno sorriso, mesmo que sentisse uma grande vontade de bater nela.

Quando eu estiver torturando a sua ex mulher na sua frente, você já vai saber- depois de ter dito isso, o Dwight não se segurou e deu um tapa bem forte na cara da garota, fazendo todos olharem pra eles surpresos.

Dwight, você sabe que não pode encostar nela- um dos homens que estavam ali disse, mas Dwight não desviou o seu olhar da garota, enquanto a mesma continuava com a cabeça virada para o lado, enquanto o cabelo dela tampava um pouco do rosto dela.

Eu sei- ele respondeu baixo, mas o homem escutou- mas vamos ver se assim ela aprende, que nós é que mandamos nela agora.

Kira voltou à olhar para Dwight com um olhar bem diferente dos que ela tinha, fazendo o mesmo parar de sorrir. E sem pensar duas vezes, ele se levantou e deu três passos pra trás, enquanto a Kira seguia os movimentos dele com o olhar.

Só fique sabendo- ele apontou pra ela- que eu não tenho medo de você.

Kira soltou um riso forçado e olhou para o lado, depois pra ele de novo e deixou o sorriso sumir no mesmo momento em que fez isso, o que fez o Dwight ficar mais bravo ainda e ir até ela. Ele pegou a mesma pelo cabelo e puxou o mesmo com força.

Olha- ele forçou a garota à olhar para o que sobrou da cabeça do Glenn, fazendo a mesma tentar tirar a mão dele do cabelo dela- isso é tudo culpa sua, sua vadia de merda.

Como a sua mulher?-
ela disse, fazendo o mesmo parar e olhar pra ela com raiva, o que não era diferente com ela- eu sou uma vadia de merda como a sua mulher não é?

Dwight jogou ela no chão e começou à dar vários tapas no rosto dela, o que fez dois homens irem até eles e tirar o Dwight de cima da garota, não antes de a mesma arranhar o rosto dele com as unhas dela

Para Dwight- um dos homens disse, enquanto ele tentava se soltar deles pra ir pra cima da Kira de novo- você já está encrencado só de bater no rosto dela, se você matar ela você vai ser um homem morto.

Eu não me importo-
ele parou de se debater, enquanto via a garota se levantar e se ajoelhar de novo, olhando pra ele e vendo o sangue do pequeno corte que ela fez no rosto dele, escorrer pela bochecha do mesmo- eu quero ver essa vadia morta.

Se você tornar esse desejo real você e a sua mulher também vão estar mortos-
quando o outro cara disse isso, Dwight parou e pensou por alguns segundos, depois soltou os seus braços de uma forma bruta deles.

Você vai se arrepender disso- Dwight apontou o dedo indicador pra ela, depois pegou a besta do Daryl do chão e foi para o seu lugar.

Depois disso, Kira abaixou a sua cabeça, fechou os olhos e respirou fundo, depois abriu os olhos de novo e passou as costas da mão na boca, limpando o sangue que estava no canto da mesma.

Minutos depois, o treiler já estava aparecendo no local e o dia já tinha chegado, fazendo os olhares que estavam na Kira, irem para o mesmo, menos o de Carl, que continuou olhando pra garota, o que fez ela perceber o olhar dele e olhar para o mesmo.

Aqui estamos- Negan disse depois de ter arrastado o Rick até o meio do local, de frente para o grupo dele- eu vou te perguntar uma coisa Rick- ele deu uma pausa, enquanto Rick abaixava a cabeça várias vezes- você sabe sobre o que foi essa volta?- ele olhou pra Rick, que não respondeu, fazendo ele soltar um pequeno riso e desviar o olhar por um tempo.

Nesse momento ele olhou pra Carl e viu que o mesmo não estava olhando pra eles, então ele seguiu o olhar do garoto e descobriu que o mesmo estava tendo uma troca de olhares com a Kira, o que fez ele sorrir, mas deixou isso quieto por um tempo e olhou para Rick de novo.

Responda a pergunta- ele disse um pouco autoritário, fazendo Rick mexer um pouco.

Tá bom, tá bom-
Rick ficou concordando com a cabeça, o que fez Negan soltar um riso pequeno e olhar pra frente de novo.

Essa volta foi sobre o jeito que você olhava pra mim- Negan apontou pra Rick e depois pra ele mesmo- eu queria mudar isso, queria que você entendesse- ele deu uma pausa e olhou pra Rick, pra ver qual foi a reação do mesmo, mas nada aconteceu- mas você ainda tá olhando pra mim do mesmo jeito- Rick abaixou o olhar, e se mexeu um pouco- como se eu tivesse cagado nos seus ovos mexidos e assim não vai dá- ele deu alguns passos pra perto do Rick e- então...- ele se agachou do lado de Rick, respirou um pouco e depois olhou para o rosto do Rick- eu devo te dar outra chance?

Rick abaixou um pouco mais a cabeça, com a respiração um pouco ofegante, enquanto Negan girava um pouco a Lucille do lado do rosto de Rick, fazendo o mesmo olhar um pouco pra ela e depois abaixar o olhar de novo.

Sim, sim- Rick disse baixo, quase como em um sussurro, mas o Negan escutou.

Tá bom...- Negan se levantou depois de ter dado uns tapinhas de leve nas costas de Rick- tudo bem, aqui está... O jogo do grande prêmio- ele levantou um pouco os braços, enquanto olhava Rick levantar um pouco a cabeça- o que você fizer agora, vai decidir se o seu dia de merda vai virar o último dia de merda de todos, ou só outro dia de merda- ele parou e olhou um pouco para Rick, depois levantou um pouco o braço direito dele e fez um gesto com a mão dele, como se tivesse apontando pra todos ali de uma vez- apontem as armas para as nicas deles- ele desviou o olhar do Rick e olhou para uma direção qualquer, depois começou à olhar para os homens dele, cada um apontando uma arma para a cabeça da Kira e das pessoas do grupo de Rick- ótimo, agora, nivelem com os narizes porque se tiverem que atirar- ele colocou uma mão em forma de um punho leve na frente da boca, depois abriu a mesma e fez um "pow" com a boca- vai ser uma lambança danada- ele deu um sorriso e olhou pra Kira, que ainda trocava olhares com o Carl, mas os dois escutavam tudo o que estava acontecendo, depois ele olhou para Carl- garoto...- Carl e Kira desviaram os olhares para o Negando ao mesmo tempo, os dois olhando com ódio pra ele, mas Negan ignorou isso e fez um gesto com o dedo indicador, como se estivesse chamando o Carl- vem aqui- Carl ficou parado no mesmo lugar, sem dizer nada, só olhando pra ele sem expressão no rosto, enquanto Kira olhou pra ele com um pouco de medo do que poderia acontecer- garoto... Agora.

Então sem pensar mais, Carl se levantou, ainda olhando para o Negan sem expressão, depois foi até o mesmo, enquanto Kira seguia os seus movimentos com o olhar.

Você é canhoteiro?- Negan perguntou tirando o cinto dele da calça.

Se eu sou o que?- Carl fez uma cara de confuso, ainda sério, tombando a cabeça um pouco para o lado.

É canhoto?-
Negan chegou perto dele.

Não- Carl não parecia estar com medo, o que fazia a Kira olhar para as outras pessoas e depois pra ele, pensando um pouco.

Bom- Negan amarrou o cinto dele no braço de Carl, um pouco abaixo do ombro- tá doendo?- ele apertou um pouco o cinto.

Não- Carl disse calmo e simples, ainda olhando para o rosto de Negan.

Devia- ele deu uma pausa e apertou ainda mais o cinto no braço do Carl- é pra doer- ele sorriu um pouco- tá bom...- ele se afastou um pouco do garoto e olhou pra baixo, depois para o Carl de novo- vai pro chão garoto.

Kira olhou para Rick e viu o machado na mão do mesmo, o que fez ela franzir as sobrancelhas um pouco curiosa, depois olhou para o braço do Carl e arregalou um pouco os olhos, entendendo o que o Negan queria fazer.

Lá do lado do seu pai- ele levou a mão para o chapéu do Carl e tirou o mesmo da cabeça dele- abra as suas asas- e jogou o chapéu pra trás, depois ele segurou o braço do Carl e fez o mesmo deitar do lado do Rick, com os braços um pouco abertos- o Simon... Você tem uma caneta?

Tenho- Simon procurou a caneta nos bolsos da calça e não achou, depois viu no bolso da camisa e tirou uma caneta preta de lá de dentro, jogando para o Negan, que pegou a mesma.

Desculpa garoto- ele se agachou do lado do Carl, pegou o braço que estava na frente do Rick, subiu a manga da blusa dele e fez uma marcação no braço do Carl- isso vai ser mais frio do que um saco de um bruxo, como se ele dependurasse o saco dele em cima de você e arrastasse através do ser antebraço... Prontinho, assim vai ser fácil.

Por favor, por favor- Rick dizia um pouco baixo, já sabendo o que iria acontecer, enquanto Negan tampava a caneta e Kira ficava inquieta, o que fazia o homem que estava apontando a arma pra cabeça dela, olhar para a mesma um pouco desconfiado- por favor não.

Eu?-
Negan olhou para Rick com um sorriso debochado- eu não vou fazer nada- ele olhou pra frente e depois segurou o taco dele e se levantou, andou um pouco para o lado e depois olhou para o Rick de novo- Rick eu quero que você pegue o machado- Negan apontou para Rick e depois abaixou o braço, fazendo Rick ficar paralisado por alguns segundos, enquanto Kira olhou para Negan surpresa e depois para Carl e Rick de novo- e corte o braço do seu filho fora bem nessa linha aí, olha eu sei, eu sei, você tem que pensar nisso um pouco, isso faz sentido, só que, você vai ter que fazer isso ou todas essas pessoas vão morrer- ele apontou para as pessoas do grupo de Rick até chegar na Kira de um jeito um pouco rápido- depois o Carl vai morrer, depois as pessoas da sua comunidade vão morrer, depois a Kira vai morrer, mas isso não é importante pra você né?- ele olhou para a garota, sorriu de um jeito debochado e olhou para Rick de novo- e depois você vai morrer, um outro dia, vou te deixar vivo uns anos só pra ficar remoendo isso.

Não precisa fazer isso, não precisa, nós entendemos- Michonne disse negando com a cabeça e fazendo uns movimentos com os braços- nós enten...

Vocês entenderam-
Negan à interrompeu, ainda com o sorriso debochado no rosto, olhando pra ela- é... Mas eu não sei se o Rick entendeu- ele olhou uma última vez pra ela e depois apontou e olhou para o Rick, que parecia estar em outro mundo, mas escutava tudo o que estava acontecendo- vou querer um corte lento, bem ali nessa linha, eu sei que é fogo pedir isso mas tem que ser um corte como em um salame, sem sujeira, limpo em 45 graus, pra deixar uma ponta pra dobrar, temos um ótimo médico, o garoto vai ficar bem- ele dizia isso tudo como se fosse fácil e normal pra o Rick cortar o braço do próprio filho- provavelmente... Rick... Ó... Isso precisa acontecer agora- ele se agachou do lado do Rick e olhou bem para o rosto dele- anda logo- ele olhou para o Carl e depois colocou o taco dele próximo à cabeça do garoto- ou, eu vou esmagar o crânio dele.

Não, não dá, não dá pra ser eu-
Rick falou desesperado, olhando para Negan e pra baixo sem parar- você pode fazer comigo, eu posso ir com, com você.

Não-
Negan viu o Rick abaixar a cabeça, se segurando para não chorar- esse é o único jeito- ele se levantou e se afastou um pouco deles, ficando de costas mas olhando para o Rick- Rick, pega o machado vai- depois ele se virou e começou à encarar o Rick de novo- não tomar uma decisão, é uma grande decisão- Rick virou um pouco a cabeça e olhou para Negan, mas depois voltou à olhar para as pessoas do grupo dele- você quer mesmo ver todas essas pessoas morrendo? Você vai, você vai ver tudo o que tem de feio- Negan passou a língua nos lábios dele- aí meu Deus, você vai me fazer contar?- ele abriu os braços e depois abaixou, enquanto Rick olhava para os lados desesperado- tá bom Rick, você venceu, eu vou contar... 3

Por favor- já dava pra ver as lágrimas saírem dos olhos de Rick- por favor, não pode ser eu, por favor.

Dois-
Negan se agachou na frente do Rick de novo, enquanto o mesmo olhava pra ele chorando.

Por favor não faz isso, não- Negan deu um tapa na cara de Rick, enquanto o mesmo implorava, depois ele segurou o rosto de Rick só com uma mão, fazendo o mesmo olhar para os olhos dele.

É agora-
depois ele soltou o rosto de Rick e se levantou de novo e se afastou um pouco- um- Rick pegou o machado com uma mão e segurou as costas da mão de Carl com a outra, enquanto chorava e suplicava.

Pai, corta logo, corta logo- Carl pedia com calma e bem baixo, só para o Rick escutar, enquanto olhava para o rosto do pai.

Rick levantou o machado e segurou um pouco firme a mão de Carl, mas ficou com o machado levantado no ar, chorando, depois olhou pra trás, porque o Negan estava se agachado atrás dele.

Rick- ele olhou bem nos olhos do Rick- você responde à mim, você prove pra mim, você pertence à mim, certo?

Rick não disse nada, só colocou o machado no chão e concordou com a cabeça, enquanto Negan olhava bem pra ele, mas depois o Negan fez cara de bravo e segurou o rosto de Rick, forçando o mesmo à olhar pra ele.

Responda a pergunta- Negan gritou com raiva- você responde à mim, você prove pra mim...

Eu provejo pra você-
Rick diz mais calmo agora.

Você pertence à mim, certo?- Negan ainda estava gritando e segurando o rosto de Rick.

Certo- Rick concordou uma vez com a cabeça.

Certo- Negan estava com um tom mais calmo e soltou o rosto do Rick- esse é o olhar que eu queria ver- ele apontou para o rosto de Rick, depois se levantou depois de ter pegado o machado e se virou para os outros que estavam ajoelhados na frente dele, do Rick e do Carl- Nós conseguimos, juntos, até os caras mortos no chão, nossa eles ganharam prêmio de espírito da coisa- Negan disse feliz e com um sorriso, enquanto Kira olhava de soslaio para o que sobrou da cabeça do Glenn, depois ela voltou à olhar para o Negan- hoje, foi um dia produtivo pra caramba- ele começou à andar enquanto olhava para as pessoas do grupo do Rick e depois para a Kira- agora eu espero, para o bem de vocês, que tenham entendido, que tenham entendido como as coisas funcionam, as coisa mudaram, tudo o que vocês tinham antes, agora acabou- ele olhou para o Rick e depois sorriu e olhou para os homens do seu grupo- Dwight, ponha ele na vã- ele apontou para o Daryl, fazendo o Dwight ir até ele é colocar o mesmo dentro da vã com um pouco de dificuldade, já que Daryl se debatia um pouco, enquanto Kira só via o Daryl ir pra vã com o olhar- ele tem coragem- Negan se agachou e disse olhando para o Rick- não é um bundão como alguém que eu conheço- Rick só parou de olhar para a vã onde o Daryl estava é olhou para o chão- gosto dele, ele é meu agora, e se tentar alguma coisa não hoje nem amanhã, não hoje nem amanhã, eu vou cortar em pedaços o...- ele olhou pra vã e ficou batendo o bastão no chão sem parar, depois ele finalmente parou e olhou para o Simon- qual é o nome dele?

Daryl-
Simon respondeu de braços cruzados.

Waw, não é que é isso mesmo- ele olhou pra vã depois para o Rick de novo- eu vou cortar em pedaços o Daryl e vou por ele na sua porta, ou melhor ainda, eu vou levar ele até você é você vai fazer isso pra mim- ele sorriu, deu uns tapiocas nas costas do Rick e depois se levantou- bem vindos ao novo começo seus infelizes de merda- ele gritou não tão alto- eu vou deixar um transporte, levem, usem pra carregar as merdas que vão encontrar pra mim- ele se virou de costas para todo mundo e depois começou à se distanciar aos poucos deles- vamos voltar para a primeira oferenda em uma semana- ele tacou o machado pra trás, fazendo o mesmo cair atrás do Rick- até lá, tchau tchau.

Depois disso todos eles foram entrando nos carros e indo embora aos poucos, enquanto a Kira olhava pra baixo e as pessoas do grupo do Rick ficavam olhando para o nada, enquanto saiam algumas lágrimas silenciosas no rosto deles.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...