História The Walking Dead: A Origem - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Andrea, Beth Greene, Bob Stookey, Carl Grimes, Carol Peletier, Dale Horvath, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Gareth, Glenn Rhee, Hershel Greene, Jessie Anderson, Lizzie Samuels, Lori Grimes, Maggie Greene, Merle Dixon, Michonne, Mika Samuels, Morgan Jones, Negan, O Governador, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Pete Anderson, Rick Grimes, Ron Anderson, Rosita Espinosa, Sam Anderson, Sasha, Shane Walsh, Sophia Peletier, Tara Chambler, Tyreese
Visualizações 42
Palavras 1.878
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capítulo meio bosta, mais é pra vocês sacarem um pouco da Theri...
Acho que o romance da nossa protagonista vai demorar só mais um pouquinho...

Capítulo 15 - Minha Decisão


Fanfic / Fanfiction The Walking Dead: A Origem - Capítulo 15 - Minha Decisão

Klaus e William não haviam conseguido se despedir de Theri, Tom os apressou e os encheu tanto que eles foram vencidos por não terem paciência pra lidar com as piadinhas sem graça dele.

Eles haviam engolido a história que o Tomás contou e apesar de quererem levar Theri dali a força entenderam o porquê dela querer salvar o bebê da Maggie.

Agora só restava Helena fazer a parte dela.

Ela estava andando de um lado pro outro esperando Theri chegar no quarto, já havia anoitecido e ela ainda não tinha visto Katherine depois dela ter beijado Carl, o que não melhorava nada na impaciência da garota.

A porta se abriu minutos depois, com Theri sorrindo de orelha à orelha.

- Adivinha o que a Tara achou no meio da floresta?

Helena a olhou cabisbaixa, não queria falar da Tara.

- Um cervo! E a gente tá fora da temporada de caça, não é incrível? O Rick nos chamou pra irmos até a casa dele pra gente comer o cervo amanhã!

Theri passou por que Helena e foi até a sua mochila buscando uma muda de roupa limpa.

- Theri eu preciso falar com você...

Katherine tirou os olhos da sua mochila e parou o que estava fazendo.

- Pode falar então.

- Eu... Eu vi o seu beijo com o Carl...

Theri riu e gesticulou com as mãos pedindo pra Helena parar de falar.

- Pode parar por aí, eu e o Carl não temos nada! Só o beijei pra ele calar a boca, ele é incrivelmente chato e teimoso sabia?

Disse voltando a pegar uma roupa.

- Não é só isso que eu queria falar, o Klaus falou sobre você pedir os remédios da sua mãe pra ele.

Sem a olhar Katherine respondeu.

- Sim, a Maggie está grávida, as vitaminas da minha mãe são boas pro bebê dela e pra ela, acho que a minha mãe tinha também aquele remédio pra segurar o bebê, ou ela tomou tudo?

Derrepente Helena se comoveu, Maggie era a pessoa mais meiga que ela já conheceu, nesse pouco tempo que ela estava em Alexandria ela se simpatizou de cara com Maggie, ela era transparente e clara, desde que Helena soube o que os alexandrinos estavam fazendo com Theri ela teve certeza de duas coisas, um, Maggie possivelmente não sabia o que eles estavam fazendo, e dois, ela se decepcionou com Daryl, não que ela estivesse surpresa, mas ela fazia questão de ressaltar que Daryl a havia enganado toda vez que ela pensava no assunto.

- É pra Maggie os remédios?

Sussurrou ela caindo na real.

- É lógico Helena! Rick vai pedir os equipamentos que demos à Hiltop pro Gregory pra acompanhar a gestação dela, o médico deles vai ajudar e ensinar a Rosita a mecher nos aparelhos.

Helena olhou pro nada, agora ela estava dividida, não sabia o que fazer, ela não queria trair seu irmão, mas também não queria o mal pra Maggie.

- Aonde você tava que eu não te vi a tarde inteira? Tava com Carl?

Perguntou tentado decidir o que ela iria fazer.

Theri riu.

- Não, não o vi mais depois que a gente se beijou, eu tava com o Morgan, ele tava me falando do filho dele, ele tem uma história e tanto.

Menos mal, mais Helena ainda queria tentar uma coisa.

- Você não sente falta do Elias? Você ficou uma semana fora e depois que o viu veio pra cá, você não quer passar um tempo com ele?

Theri se sentou na cama com as roupas no colo.

- É lógico que sinto saudades do Elias, mas não posso trazer ele pra cá, e se o Neghan decide invadir Alexandria? O que eu faço?

Helena foi até a cama da Theri e se sentou encarando a amiga.

- Eu estava querendo dizer pra você voltar pra fazenda.

Theri olhou pro seu colo e brincou com a calça jeans dela.

- Eu não quero voltar pra fazenda Helena.

- Como assim?

Perguntou ela confusa.

- Eu... Olha, eu agradeço muito por você e o Will terem dado abrigo pra mim e a minha família, vocês nos salvaram e eu sempre vou ser grata por isso, acontece que lá não é o meu lar, lá eu sobrevivo, nós não passamos fome na fazenda, eu os ajudo como eu posso e durmo sem medo, mas mesmo assim lá ainda falta algo. Quando eu estava junto com todos nas ruas passamos muito aperto, tínhamos medo até de andar, só que lá é real! Lá fora nós sabemos o que nos aguarda na fazenda eu criei a ilusão de que mundo não mudou, mas depois que a minha morreu daquele jeito eu me dei conta de uma coisa...

Theri olhou pra Helena.

- O mundo está morrendo! Estamos sobrevivendo atrás das cercas da fazenda, mais eu preciso me sentir viva! Preciso de alguma coisa a mais, eu quero viver, não sobreviver!

Helena se levantou e começou a roer as unhas.

- Você tá querendo dizer que vai ficar aqui em Alexandria?

- Não! Não Helena! Se na fazenda eles tem cercas aqui eles tem muros, não tem muita diferença. Eu tava falando de ir embora, encontrar alguma coisa que faça sentido nesse maldito mundo!

Levou meio segundo pra Helena surtar.

- Você não pode fazer isso Katherine! Você vai embora com o Elias sem ter um rumo? Enlouqueceu? E o Tom? Se esqueceu dele? E do Klaus? Tem até o Théo e... Mais que merda Katherine tem o William! O que eu vou falar pra ele? Ele vai pirar quando souber que você vai embora!

Theri se levantou.

- Helena calma! Não vou embora agora! Eu quero ver o bebê da Maggie nascer e quero ajudar o Rick, depois que o Neghan já estiver morto e tudo estiver estabilizado eu vou embora, mais até lá ainda tem chão!

Helena se acalmou um pouco, ela havia ganhado tempo.

- Mesmo assim Theri, o Elias é muito novo pra você sair por aí sozinha com ele.

- Helena ele é o meu irmão, eu vou cuidar dele e não vou deixá-lo sozinho, eu já tomei a minha decisão, não vou voltar atrás.

- Theri tem que ter outro jeito.

Helena bateu o pé.

- Eu sei que isso é egoísmo meu, mais não dá, eu não consigo mais viver trancada em um lugar.

Helena choramingou e fechou os punhos ao redor do peito alimentando a sua frustração.

- Helena você tem que me prometer segredo, eu vou avisar os outros tá bom? Mais só vou avisar depois que tiver tudo certo pra mim ir.

Avisou Theri temendo a língua solta da amiga.

- Você não tem o direito de me pedir isso Theri!

Disse Helena passando a mão na testa sentindo uma enxaqueca daquelas.

Katherine olhou pro chão, ela sabia que Helena estava certa, mas ela precisava ir, sentia que acharia algo se fosse embora, porém ela não tirava a razão de Helena, essa era a atitude mais egoísta que Katherine tomou na vida.

- Você e o Klaus estão namorando?

Perguntou mudando de assunto.

- O quê?

Agora sim Helena ficou confusa com Katherine.

- Ele falou dos remédios da minha mãe e eu ouvi a conversa de vocês dois, vocês se beijaram não é?

Helena revirou os olhos, ela não ia ser tapeada com tanta facilidade assim.

- É que ele também é chato e teimoso igual o Carl. Agora vamos continuar a nossa conversa Katherine.

Theri suspirou.

- Helena por favor, eu não quero que você conte nada.

- Eu vou te impedir de fazer essa burrada Katherine.

Disse Helena com raiva.

- Você não pode me impedir.

- Lógico que posso, se eu contar pro Klaus, pro William ou até mesmo pro Tom ou o Théo eles vão te impedir, mesmo que pra isso eles tenham que te amarrar na cama.

Por um instante, um mísero e pequeno instante Theri pensou em jogar na cara o que Will havia falado pra ela um tempo atrás, quando os dois irmãos brigaram na fazenda, algo sobre Helena ter pedido pro irmão pra ele mandar Theri embora, mas ela decidiu que era melhor ela não fazer isso, já que não sabia se podia falar isso sem trair a confiança do William.

- Olha Helena nem você nem ninguém vai me impedir ir embora daqui! Essa é uma escolha minha! Não cabe a você nem aos outros decidirem isso por mim!

- Cabe sim! Principalmente quando você decide virar uma suicida! Se você for Katherine o William vai também entendeu?

Theri jogou as mãos pra cima e depois se virou de costas, será que Helena ainda não tinha entendido?

- Eu tô fazendo isso por ele também Helena.

Disse e Helena não se contentou c isso.

- O Will? A última pessoa que você pensou ao tomar essa decisão foi nele!

Então Katherine se virou novamente e encarou a amiga.

- Acha que eu nunca reparei no jeito que ele olha pra mim? Ou em como Klaus olhava triste pra mim toda vez que me via com ele? Acha mesmo que eu nunca, nunca notei que o Rey começou a me olhar com desejo depois que Aliie e Embry morreram? Acha que eu gostava dele me olhando daquele jeito? Helena eu sei o que o William quer comigo, eu sei o que o Klaus quer comigo e é exatamente a mesma coisa que o Rey tentou me forçar a fazer. Eu sei que os dois não são como o Reymond e eu sei que eles não vão me forçar a nada, mas eu também sei que uma hora ou outra eu vou me entregar pra um dos dois e que eu vou enganar eles, porque o que eu sinto por eles não é e nunca vai ser amor, é só uma gratidão por eles terem me salvado, terem me ajudado.

Theri respirou fundo  fechou os olhos.

- Helena eu não quero ver o Will sofrer e muito menos o Klaus, eu só quero ficar só, aprender a me amar primeiro pra depois eu conseguir dizer a alguém um eu te amo também.

No meio da frase Theri havia aberto os olhos e até agora encarava Helena.

- Theri dá pra resolver isso de outro jeito.

Diss Helena ainda digerindo o que a amiga havia dito.

- Helena eu me conheço o suficiente pra saber que não tem outro jeito. Eu sei que vou acabar ficando com Will e que vou magoá-lo.

E agora? Que argumento usar pra fazer Theri ficar?

Mas que merda! Não era assim que a Helena planejava acabar com a conversa com Theri!

Mas não tinha outro jeito, ela já tinha brigado com o Will tantas vezes por causa da Katherine que ela simplesmente não podia discordar que apesar da Katherine estar sendo um tanto quanto egoísta e precipitada nessa decisão, ela estava certa.

Porém ainda tinha aquele assunto, o de Katherine estar sendo usada pelos integrantes de Alexandria.

Helena andou até a sua cama e passou a mão no rosto, Theri tinha que saber o que Tom e os outros estavam achando que os alexandrinos estavam fazendo com ela.

- Senta aí, tenho uma coisa pra te contar.

Disse ela sentindo que a noite ia ser longa pelo jeito. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...