História The walking dead- Carl, eu te amo - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Gareth, Glenn Rhee, Maggie Greene, Michonne, Morgan Jones, Negan, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Tara Chambler
Tags Carl Grimes, The Walking Dead
Exibições 58
Palavras 646
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente desculpem o capíulo curto, to meio sem tempo
E desculpem não ter colocado capa, não achei uma imagem boa.

Vou tentar postar 4 vezes por semana.

Capítulo 6 - Parece que eu sou melhor que você...


Leiam as notas do autor

 

P.O.V Julie

Acordei e Ainda era cedo, então tirei o meu pijama e coloquei uma roupa do dia a dia, desci para tomar café e Carl já estava lá.

-Bom dia

-Bom dia - Ele disse com a boca cheia.

-Que horas você vai me ensinar a atirar? - Eu estava ansiosa, pois nunca soube atirar e tenho muita vontade de aprender.

-Calma, ainda precisamos ver se o meu pai deixa eu te ensinar.

-Então pergunta.

-Ele ainda não acordou

-Carl, eu to ansiosa, quero aprender a atirar logo! - Eu estava realmente muito ansiosa.

-Calma, eu vou te ensinar, mas primeiro temos que pedir permissão ao meu pai.

Ficamos em silêncio por um tempo e eu comecei a preparar meu café. Até que ouço Rick descendo as escadas.

-Vai Carl, pergunta pra ele - Eu falei sussurrando no ouvido dele.

-Vai você.

-Ele é o seu pai, você tem que pedir.

-Se eu pedir ele não vai deixar. (Kkkk)

-Claro que vai.

-Não vai, pede logo, não é você que quer? - Ele me convenceu.

-Rick, então... será que o Carl poderia me ensinar a atirar?

-Mas porque? Você já não sabe atirar? -Acho que se eu soubesse, eu não queria aprender. -Mas onde vocês iriam?

-Ficaríamos no muro, tipo de vigia. E quando aparecesse um zumbi nós mataríamos. Não vamos ficar muito tempo... - Pensei um pouco. - Eu acho

-Tudo bem, mas antes de atirarem consultem a Maggie para ver se é realmente preciso atirar. - Acho que Maggie vai ficar com a gente. (Só acha)

-Obrigada Rick. Podemos agora?

-Se quiserem.

-Vamos Carl!

-Tô indo -Eu puxei ele - Julie, espera minina, eu To indo!

-Desculpinha, hehehe

Fomos para o muro e lá encontramos a Maggie de vigia.

-Oi! - Maggie disse sorrindo.

-Olá, então, viemos aqui para o Carl me ensinar a atirar.

-Pediram permissão para o Rick?

-Sim, ele deixou.

-Tudo bem então.

-Vamos começar Carl. -Bom, primeiramente pegue a arma. Eu peguei a arma de um jeito que eu sempre peguei, com as duas mãos e o dedo no gatilho. Só que pra ele não.

-Não, assim não. Julie, você pretende atirar agora?

-Não, por que?

-Nunca coloque a mão no gatilho se você não tiver certeza de que vai atirar, vai que você sem querer aperta o gatilho. Melhor não arriscar. Então nunca coloque o dedo no gatinho se você não vai atirar.

-Tudo bem - Eu tirei o dedo do gatilho. - Tem mais alguma coisa que eu fiz errado?

-Deixa eu ver... - Ele me analisou. - Só arruma a postura. - Eu arrumei - Tirando isso mais nada.

-Tem um zumbi ali, eu posso atirar nele? -Não, eu ainda não te ensinei a mirar.

Ele veio pra perto de mim e posicionou a arma na altura dos meus olhos.

-Você precisa alinha a mira traseira com a frontal, centraliza as duas e depois mira na cabeça do zumbi. Quando você acabar de mirar, aí sim você põe o dedo no gatilho.

-Assim? -Eu disse.

-Não

. Ele veio em mim, me "abraçou", pegou na minha mão e alinhou a minha cabeça com a arma. -Deixa assim, não pode abaixar. Tenta de novo, quando estiver pronta atira. Eu fiz o que ele mandou, mirei muito bem, eu senti que estava pronta pedi permissão como Rick havia falado.

-Maggie, posso atirar?

-Pode sim. Eu atirei e acertei bem no olho do zumbi.

-Caralho! Acertou miserávi! - Ele disse me olhando e sorrindo

. -Eu sei que sou boa.

-Bom, agora sou eu. - Ele pegou a arma de mim.

-Tudo bem, duvido você fazer melhor que eu.

-Claro que faço. Ele mirou no zumbi e atirou.

-Eita, parece que eu sou melhor que você não é? Eu acertei e você não.

-E dai? É assim que você me agradece né?

-Sim!

Continua


Notas Finais


Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...