História The Walking Dead: Family has a name and is Dixon - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Andrea, Beth Greene, Bob Stookey, Carl Grimes, Carol Peletier, Dale Horvath, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Gareth, Glenn Rhee, Hershel Greene, Lizzie Samuels, Lori Grimes, Maggie Greene, Merle Dixon, Michonne, Mika Samuels, Morgan Jones, Negan, O Governador, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Shane Walsh, Sophia Peletier, Tara Chambler, Tyreese
Exibições 63
Palavras 1.038
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - You is not my leader


Acordei antes de todo mundo e fiquei olhando para o vento,não tinha nada pra fazer então eu me lembrei das coisas que eu peguei no hospital na sala da Dawn,peguei na minha bolsa os lápis e um caderno vi no meu antigo caderno de anotações em que parte eu tinha parado.

Evvie: Ta aí, lembrei- quando eu ia começar a desenhar no caderno um indivíduo/praga/idiota puxou o caderno e saiu correndo.

Carl: Que tipos de desenhos são esses?são linhas tortas e sem sentido que desenho mais...

Evvie: Seu idiota me devolve o caderno agora- me levantei e comecei a correr atrás dele- me devolve logo isso se acontecer alguma coisa com ele eu faço um acidente na sua cara seu imbecil- eu tinha chegado perto bastante pra poder num pulo acertar ele mas quando eu fui avançar me seguraram.

Daryl: Ou,ou,ou o que tá acontecendo aqui?- perguntou me segurando numa força que eu achei que fosse me machucar.

Evvie: Esse idiota mexeu nas minhas coisas,manda ele devolver agora,AGORA!- ta acho que eu acordei até os mortos gritando desse jeito.

Rick: O que vocês estão fazendo?- legal mais um,mas com ele talvez seja mais fácil.

Evvie: Foi ele...o Carl pegou meu caderno,é a única coisa que eu tenho da minha família e ele iria destruir- falei devagar entre os soluços e o Carl me olhava com uma cara de maluco.

Carl: É mentira! Olha só pra ela,eu não ia destruir essa coisa eu só...queria ver só isso- tá acho que agora é a hora de abrir o berreiro e fazer o maior escândalo.

Daryl: Pelo amor de deus para,quer parar de chorar já chega eu cansei- me soltou e eu não estava esperando isso então eu caí.

Rick: Carl devolve isso pelo amor de deus,a gente já ta indo então resolvam isso- disse isso e se afastou da gente.

Carl: Toma,me desculpa eu não sabia que o caderno era importante...- parou de falar quando eu comecei a rir escandalosamente.

Evvie: A sua cara de medo foi incrível queria ter uma câmera pena que eh não tenho,ai minha barriga- ele ficou me olhando com car de paisagem.

Carl: Eu não...não acredito que pôde ser tão falsa ao ponto de chorar,qual é o seu problema?- agora ele parecia com raiva mas acho que estava frustado.

Evvie: O meu problema?meu principal problema agora é você e se tocar nas minhas coisas mais uma vez...ah você já sabe o resto né? De problemas a gente se livra,toma cuidado pra não morrer- falei peguei o caderno da mão dele e saí andando até o grupo.

[...]

Eu não aguento mais andar e andar sem rumo nenhum,e sabe a sede?tá bem mas bem pior agora o sol ta tão forte que eu tenho medo de cair no chão e ser frita por ele,o Carl não para de ficar me encarando com uma cara de ódio e isso só me irrita,queria poder ir até ele e começar a discutir mas nem pra isso eu tenho forças.

Daryl foi procurar água e até agora não voltou então continuamos andando.

Eugene: Gente! O que é aquilo?- chamou a atenção do grupo até uma parte a frente da estrada e pelo o que eu enxergava eram garrafas d'água.

O grupo começou a andar mais rápido até chegarmos nas garrafas,nelas tinha um bilhete escrito "de um amigo".

Evvie: Até que enfim- disse baixinho mas acho que mais alguém escutou,Eugene pegou uma garrafa enquanto o grupo decidia o que fazer ou não com a água.

Quando ele iria beber o Abraham deu um tapa na garrafa jogando tudo no chão.

Evvie: Nossa,imagem de dor e sofrimento a gente aqui morrendo e você joga a água toda fora?que tristeza meus olhos chegaram a doer,eu vou beber- disse e antes que o senhor "você não vai beber" tirasse a garrafa de mim eu escapei e dei aquele gole tão esperado.

Todos ficaram me olhando esperando alguma coisa.

Maggie: Evvie você ta bem?- eu concordei com a cabeça e ela se sentiu aliviada.

Evvie: Não,espera- todo mundo me olhou assustado- eu preciso fazer xixi.

Michonne: Sua ridícula que susto você me deu- disse rindo aliviada também.

Eu entrei na floresta um pouco mais afastada e fiz xixi,eu tava mesmo apertada meio desnecessário isso né relevem,eu me levantei e quando ia voltar bati com a cabeça em alguma coisa macia que estava na árvore,era uma bolsa com alguma coisa dentro eu peguei ela mas não abri,o grupo deve estar me esperando.

Eu voltei até eles e ninguém tinha bebido a água, eles me olharam reocupados.

Evvie: Que foi gente?eu já voltei e por que ninguém bebeu ainda?- falei chegando perto deles.

Beth: Não achamos seguro,mesmo você bebendo- nossa doeu,mas eu ri.

Evvie: Tudo bem mas não reclamem mais pela falta...- eu ia falar aí do nada começou a chover- ...d'água,esquece o que eu disse.

Beth: Nossa,quanto tempo eu não vejo chuva- todos estavam felizes e isso era bom.

Mas estava chovendo muito forte e uma tempestade iria começar, nós começamos a correr procurando por algum lugar para passara a noite e o Daryl avistou de longe um celeiro,nós seguimos até ele e entramos.

Pelo meno nos estávamos "seguros" agora,eu sentei um pouco afastada do grupo e abri a o bolsa que eu tinha encontrado na árvore tinha um bilhete dentro,eu abri e comecei a ler.

Evvie: "finalmente te achei e fica tranquila só fui eu mesmo,não contei pro resto do grupo onde você estava já que as marcas nas árvores eram para mim,não estou com raiva por ter fugido sinto sua falta acima de tudo e espero que não suma de novo,agradeço ter me mostrado o caminho,achei isso e me lembrei de você sei que são seus favoritos,eu estou te seguindo desde a prisão só que achei que o seu grupo não gostaria muito de mim então só olhava de longe,te perdi de vista algumas vezes mas agora não vou,desculpa ter te deixado sozinha com ela espero que entenda"- eu li tudo baixo e algumas lágrimas caíram,eu só não decidi se são de felicidade ou de tristeza.

Abri mais a bolsa e tinha um pacote fechado de marshmallow rosa,e isso me fez abrir um sorriso do lado tinha alguma coisa enrola da num pano e mais um bilhete.

Evvie: "Isso é só se caso perder suas armas e ficar sem nada,espero que goste" wow o que é isso?- abri e tinha um facão.

Acho que agora sim as coisas ficaram interessantes.




Continua...




Notas Finais


Oi oi pessoas vooooltei aqui também, tava difícil postar graças aos trabalhos e provas,(na Vdd eu devi estar estudando agr mesmo 😂😂😧)mas enfim eu consegui postar,no próximo vou tentar colocar maior é que eu escrevi bem rápido esse aqui.


Bjs de neon e até o próximo cap💋💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...