História The Walking Dead: Family has a name and is Dixon - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Andrea, Beth Greene, Bob Stookey, Carl Grimes, Carol Peletier, Dale Horvath, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Gareth, Glenn Rhee, Hershel Greene, Lizzie Samuels, Lori Grimes, Maggie Greene, Merle Dixon, Michonne, Mika Samuels, Morgan Jones, Negan, O Governador, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Shane Walsh, Sophia Peletier, Tara Chambler, Tyreese
Exibições 43
Palavras 1.074
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - The First


Fanfic / Fanfiction The Walking Dead: Family has a name and is Dixon - Capítulo 16 - The First

Entrei por acaso num quarto todo rosa, com certeza era de menina eu gostei do quarto me lembrava a minha casa antiga, andei devagar passando a mão pelos móveis e papel de parede, me sentei na cama e a mesma era incrivelmente macia, o quarto tinha cheiro de... casa.

Me levantei lembrando que eu não iria ficar aqui, abri o armário e meus olhos quase saltaram para fora de tanta coisa linda junto, as roupas eram incríveis pena que a maioria era vestido e de babados, mas do que eu vou reclamar não é mesmo?.

Peguei as peças que mais me deixavam relaxada e entrei no banheiro, só saí de lá depois de estar completamente limpa e com cheiro de... morango?

Nossa eu tô cheirando a morango, me sequei e me vesti fui até a penteadeira do quarto e penteei meus cabelos que já estavam batendo na bunda.

Evvie: Nossa daqui a pouco tá arrastando no chão, nossa- parei e fiquei encarando meu reflexo no espelho- e que reflexo em, ai ai eu com certeza casaria comigo- sim estava falando com meu reflexo, e acabei mandando um beijinho no ar.

XxX: Wow- depois de escutar isso me virei com tudo dando de cara com um garoto.

Ele viu que eu o encarava pedindo uma explicação, tá  eu mal cheguei e já exijo explicação? Alguém tem que botar ordem no barraco.

XxX: Ahh  ok me desculpe, eu estava procurando a minha mãe ela entrou aqui mas não  acho ela...-deu nem três  segundo é alguém gritou.

Xxx: Ron eu estou aqui em baixo- ele sorriu e gritou de volta.

XxX: Ok, eu já vou indo prazer meu nome Ron- queria rir desse nome mas nem sei porquê, ele est deu a mão mas ignorei e ele puxou de volta, quando se virou e estava indo embora eu disse meu nome o fazendo parar.

Evvie: Evvie, meu nome é Evvie- ele se virou para mim sorriu e foi embora.

Evvie: Garoto esquisito- falei sozinha dando de ombros e voltei a pentear o cabelo, nossa deu um trabalho e tanto pentear ele inteiro mas eu consegui.

Desci as escadas procurando pelo pessoal  É não  encontrei ninguém na sala então saí  para ficar andando na rua, sei lá andar e andar mas percebi que esqueci uma coisa, meu caderno, voltei para o quarto onde estava minha bolsa e peguei ele com uma caneta, voltei para fora e sente o de baixo de uma árvore começando a desenhar, tomei um susto quando alguém tocou meu braço me fazendo parar o que comecei.

Ron: Me desculpa atrapalhar você  mas,por acaso não  quer conhecer outras pessoas da nossa idade? - isso soou como "não  quer ir até minha casa pra eu te matar esquartejar e jogar seu corpo num rio? " e como sou retardada.

Evvie: Não  estou fazendo nada de importante mesmo, tanto faz- me levantei e fui junto com ele depois de ir em "casa" guardar o caderno.

Ron: Então, bem vinda a minha casa, isso soou estranho não  foi? - esse menino tem problemas, claro fora a cara de lerdo e retardado que ele tem.

Ron: Mãe! - gritou e de repente apareceu  uma moça  loira com um sorriso simpático, não  gostei dela parece com a minha... mãe.

XxX: Olá, prazer em conhecer... -esperou dizer meu nome.

Evvie: Evvie, prazer em conhecer também... - minha vez de perguntar.

XxX: Jessie, então eu sou a mãe do Ron e do Sam, Ron mostre a ela seus amigos- nossa e eu tenho muito tempo pra brincar de casinha.

Nós subimos até  o quarto dele e no corredor já se escutar barulho de pessoas dentro do quarto, eu sei lá  estava desanimada sobre isso esperava alguma coisa surpreendente apesar do tédio.

Ron: Então Evvie, esse é o meu quarto e esses são  Mike, Justin e Enid- apontou para cada um mas meu raciocínio parou no meio do caminho assim que disse Justin.

O menino me  encarou e eu encarei ele de volta, minhas pálpebras se mexiam devagar como se estivesse tudo em câmera lenta, ele se levantou e veio na nossa direção  chegando numa distância nada segura um para o outro, enquanto ele falava só  prestava atenção nos olhos e na boca se mexendo e dela saindo uma voz rouca e ao mesmo tempo suave, seu hálito tinha cheiro de menta e aquilo me embreagava,  saiu devagar do quarto deixando a porta aberta olhou para trás e deu um sorriso de lado.

Ron: Evvie?! - estalou os dedos na minha frente.

Evvie: Posso descer para beber água? - ele estranhou a pergunta mas concordou, então  me apressei em, chegar ao corredor e quase caí tropessando em meus próprios pés.

Estava parecendo um cachorro farejando o ar tentando ver de onde vinha o cheiro, encontrei minha fonte de perdição  escorado na parede me olhando com uma cara que... tá Evvie se acalma e acalma o coração  não vai infartar logo agora na altura do campeonato né  minha filha? Pensava comigo mesma.

Justin: Você  costumava ser mais rápida em me achar em número um- mesmo ele sendo lindo me deu vontade de socar a cara dele.

Evvie: Acho que...- fui me aproximando bem dele até prensa-lo na parede- bom... nós somos íntimos até demais para me chamar por um número, que tal Genne? - ele respirou pesado e isso me fez rir.

Justin: É Genne é bom, gostei- segurou minha cintura com força me trazendo para mais perto dele.

Evvie: Que bom saber que não mudou nada, mas tem uma coisa- parou o que estava fazendo e me encarou- o Matthew não  vai gostar muito disso- depois disso ele sorriu aliviado.

Justin: Até  parece que o Matthew vai ligar em dividir, ele é caridoso e nem um pouco ciumento- foi irônico até demais.

Evvie: Nossa sempre achei que você fosse o gêmeo bonzinho, me surpreendi de verdade mesmo...- parei de falar quando ele começou a beijar meu pescoço.

Evvie: Isso é golpe baixo sabia? Pena que eu não  posso ficar- parou assim que falei- tenho que voltar vão notar que eu meio que sumi e não quero mais dores de cabeça, foi bom te ver de novo- falei bem baixo já que estávamos próximos demais.

Desci as escadas sorrindo feito uma retardada, acho que não  vai ser tão ruim assim ficar pelo menos um pouco em Alexandria, achei que tivesse chegado no meu limite, só  que agora eu me lembrei, não  tenho nenhum.


Continua...



Notas Finais


Oi oi pessoas volte, e hj eu só tô atacando bomba 😂😂😂.


Comentem o que acharam do Cap, vou adorar saber😏.

Bjs de néon e até o próximo cap💋💋💋,

Vlw, flw e fuuui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...