História Alone In The Apocalypse - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Andrea, Beth Greene, Bob Stookey, Carl Grimes, Carol Peletier, Dale Horvath, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Glenn Rhee, Hershel Greene, Maggie Greene, Michonne, Morgan Jones, Negan, O Governador, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Tara Chambler, Tyreese
Tags Apocalipse
Exibições 118
Palavras 1.072
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie leitores ❤ espero que goxtem!
PS: Essa é a Miranda.

Capítulo 1 - O começo...


Fanfic / Fanfiction Alone In The Apocalypse - Capítulo 1 - O começo...

Pov. Miranda 

 Bom, pra começar meu nome é Miranda, tenho 15 anos. Cabelo médio e castanho, olhos verdes (Que parecem azuis) e me considero baixinha.


E essa é a minha história...


Meus pais morreram, o carro deles saiu da pista em uma ponte e caiu em um rio... onde se afogaram. Como eu não tinha família teria que ficar com as pessoas mais próximas, sendo então meus vizinhos. Não foi tão ruim, meus pais eram melhores amigos dos meus vizinhos, então eram como meus segundos pais.

Jasmin e Sam eram seus nomes, eles tinham uma filha pequena que tinha apenas quatro anos na época, o nome dela era Isabelly. Ela tinha o cabelo loiro claro e olhos castanhos curiosos, quando meus pais morreram eles me acolheram em sua casa e viraram praticamente meus pais. Isabelly virou minha irmã, e eu a tratava muito bem, ja que nunca tive uma, mas era raro brigarmos. 


Flashback ON


 Juntos animados como sempre e conversamos por alguns minutos, nos dirigimos para a sala tranquilamente e ligamos a TV. Estava passando um documentário, eles falavam sobre um vírus que transformava pessoas em zumbis ou Walkers, como eles o chamavam. Esses zumbis se alimentavam de carne principalmente humana e quem fosse mordido ou arranhado viraria um deles. Avisaram também que não era pra sair de casa e que se presisassemos matar era para atirar na cabeça pois matava certeiro. Fala sério! Achei uma piada pessoas comendo pessoas, Sam e Jasmin também não acreditaram. Então resolvemos dormir.

 Acordei com fortes barulhos na porta e muito barulho, olhei no relógio e eram 5:12 da manhã, pela janela percebi que ainda estava escuro, me levantei e desci as escadas. As luzes estavam acesas e vi Jasmin desesperada pegando vários enlatados, garrafas de água e suprimentos. 

 Olhei para a sala e Sam estava colocando o sofá na frente da porta de entrada e amarrando fios na maçaneta, empedindo a entrada e saída de qualquer um. 

- O que está acontecendo? - Digo assustada.

- Você não viu? Olhe nas janelas. Tome cuidado. - Ela levanta o olhar e percebo seus olhos vermelhos e inchados, talvez pelo choro. 

 Sem entender fui até a janela, abri a cortina e vi pessoas se arrastando pela rua com roupas rasgadas e sujas de sangue. Cerro os olhos tentando ver melhor e só então percebo que não são pessoas e sim... zumbis. Fecho a cortina tentando assimilar o que acabei de ver. Jasmin vem até mim e me da um abraço. Com carinho ela levanta meu queixo e fala:

- Não se preocupe. Encontraremos um lugar seguro... eu prometo. - Assenti e ela continuou - Pegue uma mochila, coloque somente o necessário. E por favor acorde Isa, diga para ela ficar longe das janelas e fale que eu estou chamando ela aqui em baixo. 

- Tudo bem... - Concordo e me preparo para subir as escadas, mas volto.

 Dou um forte abraço em cada um.

- Obrigada. Por tudo. - Digo olhando em seus olhos.

Eles me responderam com dois sorrisos, me emocionei e dessa vez subi as escadas. Chamei Isa e voltei para arrumar minha mochila, como Jasmin disse coloquei somente o necessário. Parei no segundo degrau vendo a cena de Jasmin abraçando Isabelly. E vejo Jasmin sussurrar para a filha:

- A mamãe te ama muito! E se eu não puder estar aqui fique com Miranda, ela irá te proteger de tudo.

 Lágrimas rolavam pelas minhas bochechas.

 Eu farei de tudo pela Isa. Isso é uma promessa.

Sequei minhas lágrimas e desci por completo, Sam e Jasmin nos explicaram o plano de irmos até a garagem pegar o carro e dar o fora daqui, só tinha um problema, tinhamos que passar pelos mordedores primeiro e isso significava se arriscar muito. Sam veio até mim com uma faca bonita, de cabo azul e ponta afiada, ele entregou uma igual só que vermelha para Isa. Eu olhei para ele e o mesmo suspirou.

- Sei que não quer fazer isso... mas precisa. - Ele disse olhando para nós três.

- Tudo bem. - Sorrio fraco, mas então me lembro de uma coisa - Eu amo vocês.

 Eles estavam com os olhos marejados, foram poucas as vezes que eu disse que amava eles.

- Nós também. - Os três falam em uníssono.

Combinamos que Sam iria na frente abrindo caminho entre os zumbis, Jasmin com as mochilas e suprimentos e eu com Isa no colo.

 Ele abriu a porta e nosso plano estava certo, o caminho ia se abrindo e cada vez chegavamos mais perto da garagem. Jasmin com as mãos trêmulas abria a garagem e colocava tudo no carro, dei Isabelly para ela e quando eu e Sam íamos fechar a garagem para descansar um pouco, um zumbi agarra a perna de Sam, fazendo o mesmo cair no chão. Eu estava paralisada, não consegui fazer nada, então Sam foi mordido. 

O som dele gritando de dor ecoava pela minha cabeça, só então eu tomei iniciativa e matei o Walker que o mordeu, o olhei e meu olhar carregava culpa.

- A culpa não foi sua. - Mais uma lágrima escorreu - Faça oque é certo.

 Estava hesitante não queria deixá-lo ali e não teria coragem de matá-lo, porém mais mordedores se aproximavam. E em um quase sussurro disse:

- Eu te amo. Me desculpe. - Fechei os olhos e acertei uma facada em seu coração.

Agora os gritos de Jasmin e Isabelly ecoavam em minha cabeça e eu daria tudo para isso ser apenas um pesadelo. Elas me abraçaram e falaram que eu fiz o certo, mas eu me sentia a pior pessoa do mundo, um monstro.


Flashback OFF


 Jasmin tinha morrido naquele mesmo ano também atacada por zumbis, e infelizmente eu tive que matá-la para não ver mais ainda seu sofrimento. Resumindo só ficamos eu e Isa, ela tinha se apegado muito a mim, e eu a ela. Desde que tudo isso começou se passou cinco anos, eu e Isa sobrevivemos comendo frutas das florestas e suprimentos que íamos encontrando.

 Isabelly já tinha 8 anos, estava mais esperta, sabia se defender com armas e facas, também sabia do perigo que corríamos todos os dias. Dormimos nas árvores altas e longes do chão para ficarmos seguras, inclusive Isa está dormindo tranquila sobre minhas pernas enquanto eu acaricio seus cabelos. 

E adormeci com o pensamento de todas as noites:

Porque o mundo virou isso? Éramos tão felizes e normais antes disso tudo.

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado ❤ capítulo enorme pois é o primeiro! Comentem e favoritem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...