História Alone In The Apocalypse - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Andrea, Beth Greene, Bob Stookey, Carl Grimes, Carol Peletier, Dale Horvath, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Glenn Rhee, Hershel Greene, Maggie Greene, Michonne, Morgan Jones, Negan, O Governador, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Tara Chambler, Tyreese
Tags Apocalipse
Exibições 67
Palavras 1.449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oeee comentem e favoritem! ❤

Capítulo 3 - Lugar seguro...


Pov. Miranda

 Depois de saírmos de onde estávamos prestei atenção no caminho e estava demorando para chegarmos nesse tal lugar seguro, comecei a desconfiar, pensei em sair correndo ou fuigir com Isa, mas Daryl e Rick estavam a nossa frente, Glenn atrás de mim e Carl ao meu lado esquerdo. Era melhor acreditar que eles eram bons ao invés de piorar as coisas. 

 Estava mergulhada em pensamentos quando Carl sussurra algo em meu ouvido, me fazendo arrepiar. 

- Ela não é sua irmã, não é mesmo? - Sussurra em meu ouvido.

- Porque não acredita? - Sussurro de volta.

- Vocês são diferentes. - Ele sorri.

- Irmãs podem ser diferentes. - Sorrio também e ele parece se distrair com seus próprios pensamentos.

 Um barulho de zumbis nos chama atenção, Rick toma iniciativa para matá-lo mas Glenn o chama anted que Rick pudesse fazer qualquer coisa. 

- Rick! Porque não deixa Miranda matar? - Rick parece pensar e concorda.

- Boa idéia Glenn. 

 Rick se aproxima de mim e me estende sua faca, eu recuso e logo pego a faca de cabo azul que Sam havia me dado, sorrio com a lembrança. Eu a guardava com carinho em minha bota.

 Queria mostrar que poderia ser útil, corro até o zumbi o derrubando no chão, sem pensar duas vezes acerto uma facada em seu crânio. Me levanto e sorrio satisfeita para o grupo.

- Boa garota! - Daryl bate palmas e eu começo a rir. 

- Obrigada. - Guardo a faca novamente em minha bota.

  Voltamos a andar e finalmente chegamos no lugar aonde falaram, e tenho que admitir, realmente era um lugar seguro. Era uma prisão com muros altos, cercas fortes, torres de vigia onde andavam armados e sem dúvida muito espaço. Nos aproximamos do portão e Rick grita para um homem do portão.

- Abrão o portão.

 Em poucos segundos o portão é aberto, haviam crianças brincando pelo pátio, parecia um lugar tranquilo, mas sem dúvidas os sobreviventes que moravam aqui eram espertos e sabiam se defender se algo desse errado. Uma mulher de cabelo meio curto meio correndo ao nosso encontro, ela abraçou Glenn e eles deram um selinho, achei fofo, eles sorriram e logo voltaram sua atenção pra mim e Isa.

- Maggie essas são Miranda e Isabelly. Nós a encontramos na busca. - Disse Glenn.

- É bom ter vocês por aqui. - Ela sorriu.

- Obrigada por nos aceitarem. - Digo sorrindo para todos eles.

- Depois vocês agradecem. Agora eu vou te mostrar a prisão. - Fala Rick ficando ao meu lado.

- Isabelly vai comigo. - Respondo pegando a mão da mesma.

- Tudo bem. Vamos. - Ele começa começa andar e o seguimos.

 Andávamos pela prisão, Rick ia conversando e nos explicando sobre tudo. As pessoas nos olhavam estranho, tentava ao máximo ignorar os olhares. Chegamos a uma parte da prisão onde tinha uma pequena horta, Rick sorri e se vira para nós duas. 

- Eu e Harshel fizemos essa horta. Vão gostar dele. - Concordamos e ele continua nos mostrando tudo sobre a prisão.

 Entramos na prisão e Rick nos mostra aonde era o refeitório e aonde ficava a dispensa de comida, depois ele disse para a gente sentar nas mesas daquele enorme refeitório.

 Nos olhamos por breves segundos, Rick aparece com duas garrafas de água, dois enlatados e cereal. 

- Se quiserem mais é só pegar. - Ele diz nos entregando tudo.

- Obrigada Rick. Por tudo isso. - Ele sorri.

- Eu verei se temos alguma cela livre pra vocês. A princípio temos quatro, bloco A, B, C e D. Nunca entrem no D, está infestado de zumbis. Mas todos os outro estão livres. - Assentimos e ele se direciona para a saída, mas o chamo antes.

- Rick. - Ele me olha - Porque faz isso? Porque ajuda as pessoas? 

- Podemos vencer juntos essa guerra. E de qualquer forma eu ajudaria. - Eu sorrio e ele retribui o sorriso.

- Rick. - Chama Isa, a olho surpresa, era a primeira palavra que ela dizia desde que chegamos - Obrigada.

- Olha ela fala. - Ele sorri e ela também.

 Comemos e bebemos, me senti renovada, com mais energia. Como não sabíamos muito bem onde era tudo resolvemos voltar ao pátio. Me deitei perto da cerca e Isa logo ao meu lado, olho para o céu por instantes, apesar de tudo, era uma bonita tarde enrolada.

- O que achou? - Perguntei voltando minha atenção para Isa.

- Não sei. O lugar é seguro, as pessoas parecem boas. Talvez esse seja nosso futuro grupo. - Ela me olha sorrindo fraco.

 Observo Isa, seus cabelos loiros estavam sujos de sangue e terra, suas roupas também sujas e rasgadas, seu rosto tinha alguns cortes e ela tinha uma expressão cansada. Comecei a acariciar seus cabelos e quando percebi ela ja tinha dormido.

 Fechei meus olhos também, estava descansando meu corpo, era tão bom deitar despreocupada.

  Ouvi passos e por impulso pego minha faca da bota, me levanto rapidamemte e giro, colocando a faca no pescoço da pessoa, só então percebo que era Carl. Ele se assusta e coloca as mãos pra cima em sinal de rendição. 

- Você me assustou. - Falo tirando a faca do seu pescoço, ele suspira aliviado.

- Imagine como eu fiquei. - Eu rio e ele sorri.

- Então oque quer? 

- Meu pai está chamando vocês duas lá dentro. - Ele diz olhando para Isa, e depois me olhando com seus olhos azuis.

- Obrigada. - Continuo fitando seus olhos e um silêncio constrangedor se estala no ar.

- Mira? Mira? - Isa diz sonolenta me chamando pelo meu apelido, agradeço mentalmente.

- Estou aqui Isa. - Ela então olha para o lado, então me enchergando ao lado de Carl.

- Oi Carl. - Ela sorri.

- Oi Isabelly. - Ele responde dando um sorriso sem mostrar os dentes.

- Pode me chamar de Isa. Eu não mordo. - Ela responde rindo e se levantando.

- Tudo bem Isa. - Ele ri também - Tenho que resolver algumas coisas, até mais. - Ele acena.

- Até. - Eu e Isa respondemos em uníssono.

 Nos sentamos novamente na grama, e quando Carl ja estava longe o suficiente ela me olha sorrindo malicioso, e me pergunto aonde ela aprendeu isso.

- Eu vi vocês. - Ela continua com um sorriso malicioso.

- Viu o que Isabelly? Só estávamos conversando. - Ela começa a rir.

- Sei... - Ela bagunça meu cabelo inteiro, eu bagunço o dela também.

 E assim começamos uma guerra de risos e cabelos. 

- Para, para, para! Temos que ir até o Rick.

- Ah... - Ela fala triste fazendo beicinho.

- Outro dia terminamos. E eu sei que vou ganhar. - Me levanto sorrindo e fazendo pose.

- Eba! E eu vou ganhar! - Ela fala sorrindo.

 Chegamos ao bloco de celas principais e Rick estava conversando com algumas pessoas, nos aproximamos devagar, ele nos vê e faz sinal para nos aproximarmos. Fizemos o que ele pediu.

- Meninas, quero apresentar algumas pessoas. Carol. - Ele vai até uma mulher mais velha de cabelos curtos e grisalhos, concordamos com a cabeça como forma de dizer "oi" - Michonne. - Ele aponta para uma mulher negra com uma katana, ela abre um pequeno sorriso - Essa é Beth. - Ele vai até uma menina loira, talvez um pouco mais velha que eu e Carl - E por fim esse é Harshel, que falei. - Ele se aproxima de um senhor de idade que abre um sorriso carinhoso, acabo retribuindo - O resto vocês conhecem depois, pois estão na busca por suprimentos e tudo mais. - Concordamos - Vocês devem estar cansadas, venham comigo.

 O seguimos ele se distancia do grupo e se vira para nós duas.

- Só tinha uma cela livre. Mas terão que dividir com uma pessoa. Essa cela do fica no bloco B cela C.

- Obrigada Rick. - Ele nos mostra o caminho e finalmente chegamos em frente a nossa cela. 

A primeira coisa que vi foi um par de olhos azuis brilhantes me olhando, então eu e Isa teríamos que dividir a cela com Carl.

 - Oi. - Me aproximei tímida com Isa atrás de mim.

- Oi. - Ele responde no mesmo tom.

 De repente ele se levanta e saí da cela sem dizer nada, ignoro e olho para a cela. Tinha uma cama pequena e um beliche. Pelo o que vi Carl dormia na cama de baixo, então eu dormiria na de cima e Isa na cama pequena.

 Isa se atira exausta na cama, eu faço o mesmo. Rimos por alguns segundos.

- Faz tanto tempo que não dormimos e uma cama. - Isa fala, sinto meus olhos marejararem - Eu te amo.

 Agora lágrimas rolavam descontroladamente pelo meu rosto, olhe para o lado e Isa dormia tranquila.

- Eu também. - Sussurro limpando as lágrimas.


 






Notas Finais


Desculpe não postar antes! E tentarei postar todos os dias ❤ bjuss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...