História The walking dead o confronto com o Negan - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Glenn Rhee, Maggie Greene, Merle Dixon, Michonne, Morgan Jones, Negan, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Tara Chambler
Tags The Walking Dead
Exibições 132
Palavras 923
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Canibalismo, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem 💜💜💜

Capítulo 22 - And It's Necessary To Do


Fanfic / Fanfiction The walking dead o confronto com o Negan - Capítulo 22 - And It's Necessary To Do

× Pov Carl ×

Os "Cavelheiros" mataram uma boa parte dos zumbis, eles vieram em nossa direção e eu começo a catuca a Pérola para a mostrar a ela mas ela não falava nada e nem se mexia. 

- Pérola... Pérola. Ela Estava de bruço então eu a virei e Começei a sacudir ela para tentar acorda-la.- PÉROLA. Gritei sem me importa com os zumbis envolta da van.

- Hey garoto. Um deles me chamou e os outros matavam todos os zumbis quem estavam perto da van.

- Quem são vocês?. me sento em cima da van e aponto a minha arma para um deles.

- Ouuo... Ele puxa o cavalo impedindo que ele avance. - Somos ajuda. Ele fazia sinal com a mão para mim abaixar a arma.

- Como eu posso saber que vocês não são salvadores? continuo apontando a minha arma.

- Vai ter que confiar, podemos ajudar a sua amiga. Ele tenta ne convencer.

- Quem são vocês? Destravo a arma.

- Somos do Reino. Eu o olho desentendido.

 ~ Em Hilltop ~

× Pov Emma ×

Maggie ficou comigo até o Gleen  chegar com o médico, Ela estava me tratando como se eu fosse a filha dela, Ela não me deixava sozinha, trazia água e ainda discutiu com o Gregory porque ele não queria que eu ficasse na casa ja que eu sou uma "Fugitiva".

Bateram na porta e Maggie manda entrar, o médico entra e se apresenta Maggie se levanta e fica do lado do Gleen, o médico se aproxima e estica a mão para ver a minha perna, vou um pouco para trás não queria que um homem tocasse na minha perna.

- Emma ele precisa olhar. Maggie tenta me explicar.

- Não tem como olhar sem tocar?. Digo grossa.

- Preciso examinar o corte. O médico diz se ajoelha do do lado da cama.

- Emma? Jesus entra no quarto correndo. - Graças a deus, você esta bem.?Ele vem me abraçar.

- Irmão. Devolvo o abraço.

- Jesus... Maggie o olha como se precisasse contar alguma coisa. 

- O que foi? Ele a olha desentendido

- A Emma não que deixar o Doutor examinar o corte dela. Diz Gleen 

- Emma. Ele aperta a minha mão. - Ele e confiável é e o único que pode ter ajudar agora.

- Está bem. aceito mais ainda desconfio não queria um homem tocando em mim.

- Prometo que cuidarei de você. O médico tenta me confortar.

Ele tirou o lençol que cobria as minhas pernas, pego o lenço de novo e cubro a perna que não estava machucada, ele só precisava ver a perna que era machucada. Ele fica meio assustado quando vê a minha perna mais muda de expressão para tentar não me deixar preocupada, não adiantou muito.

- É grave? Digo rapida e assustada.

- Não, Fica calma. Ele era péssimo mentiroso.

Ele começa a mexer, eu tantava conter o grito de dor mas era quase impossível. Toda vez que ele encostava parecia que eu estava levando pequenas agulhadas na ferida. Maggie se sentou do outro lado da cama e segurou a minha mão, e toda vez que eu sentia dor apertava a mão dela.

- Maggie esta doendo muito. Eu virei para ela e a olhava com um toque de medo e pavor eu suava.

- Ja está acabando, aguenta. Ela aperta a minha mão e a beija.

- Eu só vou precisar costurar agora. Disso o médico, se estava doendo só dele está mexendo imagina quando ele passar uma agulha.

- Não. Por favor eu não vou aguentar, Mais não deixa ele fazer isso por favor. Eu a olhava desesperada.

- Ele precisa fechar o corte. Diz Maggie.

- Então... Entao me espera dormi, ou você não tem anestesia? Sei lá. Eu não iria aguentar a dor.

- O Gregory não deixo usar anestesia. O Médico diz.

- Que? Porque? Pergunto confusa olhando para Jesus pra saber se e verdade.

- Negan nos ameaçou, Gregory está com medo do Negan der falta de uma das anestesias e descobri que nos ajudamos você.O médico me explica.

 - Isso e um absurdo, eu vou falar com ele. Jesus sai batendo o pé.

- PAUL. Eu grito e ele se vira. - Deixa... Deixa, só fica aqui do meu lado. digo ofegante e cansada.

Paul respira fundo e vem até à beira da cama, Maggie se levanta e deixa o Paul sentar do meu lado, ele segura a minha mão e eu balanço a cabeça para o médico para ele continuar. Olho para cima e respiro fundo, Na primeira agulhada eu tento de todas as formas não gritar, aperto com todas as minhas forças a mão do Jesus e grito, grito com tanta força que perco todo o meu ar, suava tanto estava ficando aplida. Na quarta vez que ele passou a agulha eu ja estava implorando para ele parar, ele manda a Maggie e o Gleen a ajudarem Jesus a me segurar.

- Maggie-Maggie por favor. Eu eu estava chorando. - Por favor para ele. dou outro grito quando ele passa mais uma vez a agulha, Maggie deixo uma lágrima cair no meu rosto.

- Se eu parar agora vai piorar quando eu voltar a fazer. Diz o médico.

- O que está acontecendo aqui? Gregory entra assustado no quarto.

- SAI DAQUI. Grita Jesus.

- Vocês vão mata-la. Gregory se aproxima da cama.

- Você que está matando ela. Maggie diz com ódio. - AGORA SAI. Maggie grita com ele que se vira e vai embora.

Doze, Doze foi o número de vezes que aquela agulha passou na minha pele, Quarenta minutos que pareciam séculos sendo torturada por causa de um homem com medo, ele vai pagar, ele vai pagar por ter me deixado naquela situação...




Notas Finais


Espero que tenham gostado 💜
Eu odeio esse Gregory.😑


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...