História The Walking dead:New world for travelers - Capítulo 51


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Andrea, Beth Greene, Bob Stookey, Carl Grimes, Carol Peletier, Dale Horvath, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Gareth, Glenn Rhee, Hershel Greene, Lizzie Samuels, Lori Grimes, Maggie Greene, Merle Dixon, Michonne, Mika Samuels, Morgan Jones, Negan, O Governador, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Shane Walsh, Sophia Peletier, Tara Chambler, Tyreese
Exibições 165
Palavras 1.697
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Mistério, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 51 - (Un)Happy birthday to me


Continuação...

Eles continuaram me arrastando pelos cabelos até os portões e de longe eu os vi levando mantimentos e algumas armas,me xingo mentalmente por não confiar nos meu sentidos idiotas eu não devia nem ter acordado hoje,porque eu não morri quando bati a cabeça no chão?. Tá eu tô exagerando talvez eu só perca metade dos meus cabelos fora isso tatudo bem,é eu sei até numa hora que eu sei que talvez eu morra eu estou sendo sarcástica não posso fazer nada se minha vida surgiria uma novela,voltando a realidade eu me sinto as mulheres da idade da pedra pelo menos nos desenhos em que os homens as arrastavam pelos cabelos.

Não me lembro de ter pegado no sono mas acordei em um lugar escuro e está em movimento,se está em movimento é um carro ou uma van sei lá minha cabeça está latejando, passo a mão direita na cabeça e está molhada aqui é tão escuro que não enxergo o que é mas sei que sangue.

De repente o carro/van/ sei lá o que parou de uma forma brusca me lançando para frente fazendo bater com a cabeça em alguma coisa,a porta de trás foi aberta então percebi que era uma van a claridade irritou meus olhos,tentando enxergar só senti meus cabelos serem agarrados novamente sem nenhuma delicadeza o que eu estou tentando entender é por que,por que eu não faço nada?quer saber eu sei porquê,eu não tenho mais forças para tentar e se eu fugir ele vai me achar de novo e talvez seja pior,eu não consigo raciocinar direito só quero achar o Tyler nem que seja só para olhar de longe,eu só quero saber se ele está bem se está com medo ou confuso talvez com raiva,se eu o encontrar e eu vou,não sairei mais de perto dele nem que pra isso eu use uma algema.

XxX: Vem logo o Negan não gosta de esperar e se eu o fiz sobra para mim- disse o homem que me puxava.

Nós andamos uns dez minutos depois de sair do carro,assim que chegamos sou recebida da "melhor" forma possível com um tapa que me fez virar o rosto de tanta força.

Negan: Até que foi fácil dessa vez achei não conseguiriam trazer ela,na verdade achei que ela viesse por atrás do Tyler- disse segurando meu rosto.

Hayden: Eu te odeio- sussurrei entre os dentes.

Negan: O que disse?eu não ouvi- chegou mais perto do meu rosto.

Hayden: Eu disse que te odeio,você vai pagar caro por isso é esperar eu mesma vou matar você e vai ser bem devagar pode deixar- achei que ele fosse me bater novamente mas não, ele começou a rir.

Negan: Sabe, foi engraçado vou dizer o que eu acho disso,no fundo eu tenho orgulho de você não duvide se passasse mais tempo comigo seria igual a mim mas não você preferiu a eles do que a sua própria família...

Hayden: Você não é minha família me diz quantas vezes disse um "eu te amo" na sua vida?NUNCA sabe por quanto tempo eu esperei,nós esperamos você voltar pra casa? NÃO VOCÊ NÃO SABE então para com essa palhaçada toda legal!?- eu já tinha me irritado bastante com essa "conversa".

Negan: Eu não voltava porque não podia e...

Hayden: E nada,eu sei que você não queria isso sim sei que tinha outra família você nos deixou com aquela louca e isso eu nunca vou esquecer,me deixou com aquela sociopata e com o seu filho retardado não sabe quantas vezes eu quis me matar,isso se ela não fizesse primeiro- meso com um dos homens dele me segurando eu sentia que a qualquer momento pularia bem no pescoço dele.

Negan: Você não sabe de na..

Hayden: Ah eu sei e sei muito bem,toda vez que você saía de casa levava um pouco de roupa mas an última vez você levou tudo e nunca mais voltou,o Tyler precisou tanto de você não tem a noção do quanto ele precisou- tá acho que agora eu comecei a apelar.

Negan: Para com isso,sei bem o que está fazendo e é melhor você parar- é uma droga duas pessoas pensarem igual.

Hayden: Tudo bem eu parei, não é justo o que está fazendo com eles...

Negan: Não é justo o que fizeram com a gente,mataram vários dos meus homens e pegaram nossas armas isso você não fala- começou a andar de um lado para o outro.

Hayden: Sabe muito bem porquê eles fizeram isso,eles foram atacados e você faria o mesmo no lugar deles- praticamente gritei mesmo sem forças.

Negan: Eu não te mato porque preciso de você- fez um sinal com a mão e os caras começaram a me puxar.

Hayden: Me solta!- não adiantava de nada eu gritar e esperniar.

XxX: Fica quieta senão é pior- quem esse imbecil pensa que é pra falar assim comigo?.

Eles continuaram me arrastando e nós entramos na base dos "salvadores" que nome mais irônico não?, eu odeio esse lugar a única coisa que consigo pensar é na morte.

Eles me soltaram então o Negan me segurou pela nuca e me levou até a sala dele,tudo o que eu mais queria era dar um tiro na cara dele mas não queria mata-lo tão rápido e se eu o matasse não conseguiria achar o Tyler. Me jogou de qualquer jeito numa cadeira qualquer.

Negan: Olha o negócio é o seguinte,você vai ficar aqui em uma espécie de "treinamento"- fez aspas com os dedos-  você nunca mais vai ver eles novamente e sorte sua não te obrigar a matar um por um deles,e o "treinamento" que eu disse vai ser na base da tortura mesmo,não vou mais facilitar psra você- falava tudo como se não fosse nada.

Eu só ouvia não com tanta atenção mas ouvia,eu olhei para a porta e a mesma estava aberta olhei para o meu lado esquerdo e tinha um atiçador de lareira não me pergunte por quê eu também não sei,eu pensei devo ter uns quinze segundos para pegar o atiçador correr até a porta e tentar encontrar a saída mais próxima, e foi bem isso o que eu fiz peguei o atiçador de lareira,corri até a porta e o primeiro homem que veio para cima de mim cravei na cabeça dele,eu corri aqueles corredores como se a minha vida dependesse disso e realmente dependia,mas aí quando eu estava prestes a sair pela primeira janela que eu encontrasse um deles me deu uma coronhada na testa me fazendo cair no chão, depois desse surto de adrenalina eu tomo uma coronhada,nadei nadei pra morrer na praia.

Hayden: Aiii minha cabeça- disse já deitada no chão.

Negan: Tá legal eu já cansei disso- me puxou pela roupa e em arrastou como se eu fosse um papel- eu não queria fazer isso mas já que  insiste em fazer merda vou te mostar como eu também sei ser ruim- me levou até uma porta quando ele abriu meus olhos se encheram d'água,o Tyler estava amarrado e amordaçado, ele estava cheio de marcas e sangrando.

Hayden: Tyler!- olhei para trás e eu juro que tudo começou a passar em câmera lenta quando vi o Negan sacar uma arma e atirar no Tyler,os gritos dele eram agonizantes mesmo abafados por um pano.

O Negan me jogou na mesma sala que o Tyler e trancou a porta,eu não sabia direito o que pensar ele estava sangrando tanto que eu não sabia onde o Turo tinha acertado e eu sentia um aperto inexplicável no peito. Cheguei perto dele com pressa de ajudar,tirei a mordaça da sua boca e eesperei ele dizer alguma coisa.

Hayden: Por que saiu sem me avisar e ainda saiu escondido,você nunca fez isso por que fez justo agora?- estava difícil enxerdar graças as lágrimas que embaçavam minha visão.

Tyler: Me desculpa só queria fazer uma coisa legal eu sinto muito- dizia dando palsas entre as palavras e quase fechando os olhos.

Hayden: Tyler vira um pouco,eu preciso tirar a bala e estanca o sangue mas não sei onda a bala atingiu você- levantou a blusa devagar e pude ver onde o tiro tinha atingido,atingiu na costela por louco não atingiu o coração mas pode ter atingido um pulmão pela quantidade de sangue que ele perdeu.

É isso?é assim que acaba desse jeito?.

Tyler: Não, não precisa tirar a bala eu sei que não tem como me ajudar mas é melhor assim- encostou a cabeça para trás sentindo dor.

Levantei sua cabeça e coloquei em meu colo para senti-lo mais perto,eu não queria dizer nada ela é a última pessoas da minha família e eu estou vendo ele morrer na minha frente sem poder ajudar,é isso o que eu faço ao invés de ajudar só atrapalho a vida dos outros quem deveria morrer sou eu não ele.

Olhei para baixo e ele estava com os olhos fechados.

Hayden: Tyler, Tyler acorda por favor- disse sacudindo ele então ele sussurrou uma coisa na qual eu tenho certeza de que nunca mais vou esquecer.

Tyler: Feliz aniversário de dezesseis...eu te amo- então eu fui checar o pulso e não tinha,acabou o Negan conseguiu finalmente acabar com tudo o que eu tinha.

Hayden: Eu também te amo,e muito me desculpa não estar por perto quando mais precisou de mim- as lágrimas escorriam sem dó pelo meu rosto.

Por fora eu parecia pacífica mas por dentro eu queria gritar e explodir tudo,xingar ele até não existir mais palavrões possíveis, doía tanto que eu não sei como explicar em palavras eu devia estar acostumada com a perda mas não tem como quando se perde a última pessoa que pensaria perder um dia não tem como fingir que está tudo bem e sair por aí como se nada aconteceu,o Negan agora pode me chamar de tudo menos de fraca,ele não sabe quantas vezes tive que engolir o choro e sair por aí com um sorriso que não era meu.

Senti ele se mexer e meu coração disparou de felicidade mas foi uma felicidade falsa,quando olhei para seu rosto estava pálido sem vida e seus olhos estavam tomado pelo brando,ele virou uma dessas coisas eu teria que mata-lo,não sei se consigo fazer isso.

Continua...


Notas Finais


Não sei o que dizer sobre esse capítulo pessoas(sério, estou no tato porque o chão já não me quer mais ಥ_ಥ)
Então eu acho que é isso,comentem o que acharam(podem me xingar estão livres para fazerem isso) um beijãoooo pra vcs seus lindos💋💋💋(nem teve mais graça esse final😢😪)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...