História The Walking dead:New world for travelers - Capítulo 65


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Andrea, Beth Greene, Bob Stookey, Carl Grimes, Carol Peletier, Dale Horvath, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Gareth, Glenn Rhee, Hershel Greene, Lizzie Samuels, Lori Grimes, Maggie Greene, Merle Dixon, Michonne, Mika Samuels, Morgan Jones, Negan, O Governador, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Shane Walsh, Sophia Peletier, Tara Chambler, Tyreese
Exibições 82
Palavras 1.098
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Mistério, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello it's me...

Só pra...sei lá chegar avisando que eu ainda tô viva(nem lembro quanto tempo eu tô sem postar) mas enfim,boa leitura😄

Capítulo 65 - I beg you,please not...



Continuação...


Hayden: Carl me solta!- eu parecia uma retardada berrando.

Carl: Não, eu não vou te soltar você vai fazer alguma loucura e eu não posso deixar,eu abaixei a arma não abaixei?então agora é a sua vez de não fazer besteira- segurou meus ombros e beijou minha testa.

Hayden: Carl você não entende se fosse a Judith você não ficaria parado só olhando você ouviu bem,ele pode levar ele e isso eu não posso deixar,podem levar tudo meu menos as crianças elas eu não vou deixar de jeito nenhum- ele concordou um pouco relutante.

Carl: Eu sei mas não posso deixar você fazer uma loucura- quase não escutava ele,eu estava prestando atenção no lado de fora o Negan apontando uma arma para a o Olívia com uma mão e a outra segurando o bebê.

Hayden: Carl espera aqui- falei isso e saí porta a fora mas quem disse que ele iria ficar?foi atrás de mim.

Eu fui me aproximando devagar até entender o que estava acontecendo.

Negan: Nós vamos levar todas as suas armas e Hayden vem aqui,agora!- ele estava de costas como sabia que eu estava alí que eu não sei.

Andei até o lado dele e mesmo com vontade de pegar o bebê do colo dele e sair correndo eu não chegaria muito longe com todos esses infelizes armados.

Hayden: O que foi ó grandioso Oz?- eu sei tô brincando com a minha vida.

Negan: Hayden para de palhaçada se me chamar assim de novo te faço conhecer a estrada de tijolinhos vermelhos- eu ri,não sei porquê mais ri.

Hayden: É amarelo- e minha risada parou quando ele falou.

Negan: Eu sei mas a cor mais forte é a predominante e faço ficar verlho da cor do seu sangue testa a minha paciência pra você ver só- e o Rick me olhava de um jeito "pelo amor de deus garota cala essa boca não quero que mais ninguém morra" foi o que eu entendi com o seu olhar.

Hayden: Bem legal você saber qual cor que predomina,será que roxo predomina cor de pele?- deu aquela risada escrota que só ele sabe dar.

Negan: Muito corajosa você será que continua se eu apontar a arma pra ele?- apontou para o Carl que estava atrás de mim e meu sangue gelou- ou ele-apontou a arma na cabeça do bebê- vamos eu só quero uma reação, não,não, não nem mais um passo se der um passo na minha direção meu dedo escurrega no gatilho e os miolos do garoto vão voar por aí- falou assim que eu dei dois passos para frente.

Hayden: Não faz nada com ele,por favor- e as malditas lágrimas começaram a cair de novo,que droga ta parecendo novela mexicana isso.

Negan: Olha,ela sabe chorar achei que não lembrasse mais como era isso,você não chorou quando o Tyler morreu,ou chorou?- a minha respiração já estava tão calma que eu esperava a qualquer momento que meu coração parace e todo esse sofrimento fosse embora junto com a raiva,a angústia e o medo de perder mais alguém.

Hayden: Não me lembro de ter chorado e sabe porquê? Eu não esperava achei que teria tempo,tempo de ver ele crescer mais um pouco achei que tivéssemos chance,mas agora eu sei...

Negan: Ah é e o que você sabe?- perguntou rindo.

Hayden: Sei de muitas coisas,você é um covarde precisa de um exército inteiro e um pedaço de pal pra derrubar alguém, e eu sei que tudo o que está levando hoje daqui não é nada pra você não sei o que tenta provar,que você é o líder? Parabéns já conseguiu por que não vai embora?- ele guardou a arma dentro da calça e andou até mim.

Negan: Realmente é impressionante sua maneira de agir,até ele já cedeu e você continua- apontou para o Rick- você e aquele imbecil,como é o nome dele mesmo?...

Hayden: Daryl,se diz isso ele com certeza não se ajoelhou ainda não é?- consegui tirar pelo menos por um segundo o seu sorriso.

Negan: Ainda,todos se ajoelham e com ele não vai ser diferente,e você como demonstra o seu respeito a mim?

Hayden: Acho que só pelo fato de te deixar segurar meu sobrinho sem socar a sua cara e quebrar seus dentes já mostra a droga do "respeito" se é que existe algum- ele iria falar alguma coisa mas parou e ficou pensando.

Negan: Espera,seu sobrinho?quem teve filho que eu não me lembro...Nicholas,aquele...cadê esse infeliz?- boa pergunta não vejo essa praga faz tempo.

Hayden: Não sei,achei que estivesse com você- o que não é mentira.

Negan: preciso conversar com esse retardado,então vou fazer o seguinte se ele não aparecer eu estouro os miolos do bebê, vou te dar um tempo pra achar ele se não achar a culpa não é minha- ele falava balançando a arma.

Eu fiquei sem chão, não sabia por onde começar a procurar por ele,ele sempre some e aparece do nada como se fosse ...a Enid,é isso ela deve saber onde ele está, antes de eu começar a procurar por ela a mesma mulher que tinha pegado as crianças no quarto chegou até o Negan com a prancheta de anotações que controlam as armas.

Xxx:Tem duas armas faltando,ela disse que não sabe onde está acho que está mentindo- deu a prancheta pra ele.

Negan: Como assim faltando?eu quero essas armas,se elas não aparecerem eu estouro os seus miolos também- e isso colocou o Rick em estado de alerta não só ele mas como a mim também, eu não faço ideia de onde esses dois estão e nem sei o que eu tenho a ver com isso.

Além de tristeza eu sinto ódio por só ficar olhando,me sinto mais que inútil sobre tudo o que está acontecendo aqui,eles invadiram o nosso espaço um lugar cujo eu demorei pra me apegar e conseguir confiar nas pessoas,um lugar que eu agora chamo de lar está sendo destruído e desmoronando aos poucos com várias perdas significativas.

Comecei a correr por Alexandria procurando pelos dois e nada de achar,a vida de duas pessoas depende disso e eu nem consigo ajudar. Deixei que o meu corpo caísse no chão acompanhado das lágrimas e de um grito abafado que saiu sem permissão.

Hayden: Por que essas coisas só acontecem comigo?POR QUE?- me levantei e quando ia andando alguém tocou meu ombro.

Enid: Você tá bem?- me virei dando de cara com ela.

Hayden: Nem um pouco,onde o Nicholas está eu preciso dele,quer dizer...o Negan precisa dele.

Enid: Eu não...- antes de eu prestar atenção nela ouvi um disparo.

Hayden: Jonathan- foi a última coisa que eu disse antes de correr na direção contrária a que eu ía.

Meus batimentos estavam horrivelmente descompassados e a respiração nem se ouvia de tão rápida só conseguia pensar em uma coisa e não queria acreditar na hipótese de ser verdade.




Continua...




Notas Finais


Oi oi pessoas,voooooltei não eu não morri sei que sumi mas não, eu estou viva,só falo uma coisa,postei e sai correndo.


Bjs de neon e até o próximo cap💋💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...