História The Walking dead:New world for travelers - Capítulo 66


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Andrea, Beth Greene, Bob Stookey, Carl Grimes, Carol Peletier, Dale Horvath, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Gareth, Glenn Rhee, Hershel Greene, Lizzie Samuels, Lori Grimes, Maggie Greene, Merle Dixon, Michonne, Mika Samuels, Morgan Jones, Negan, O Governador, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Shane Walsh, Sophia Peletier, Tara Chambler, Tyreese
Exibições 66
Palavras 1.222
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Mistério, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 66 - Are you kidding me?


Continuação...


Acho que eu nunca corri tanto na minha vida como corri hoje,eu cheguei lá e só tinha tomado a merda de um susto mesmo, aquele babaca tinha atirado na parede, eu sou muito otaria mesmo eu cheguei até ele afegante e quase caindo no chão.

Hayden: Nunca mais ta me ouvindo? Nunca mais me dê um susto ridículo desses, meu coração é forte mas eu poderia ter infartado- riu da minha cara e eu estava tentando recuperar o fôlego.

Negan: Isso foi pra chamar sua atenção, incompetente quando eu mando uma coisa eu quero na hora, não é depois nem mais tarde entendeu? É na hora, você demorou muito e me deixou bem entediado- depois de recuperar o fôlego Eu o encarei, sabia exatamente o que ele queria mas isso eu não vou fazer.

Hayden: Não acredito que fez isso, e eu não achei o idiota do...Nicholas? - olhei para o portão e ele estava tentando fugir- aceita mercadoria com defeito? - ele concordou com a cabeça e essa foi minha deixa, peguei minha faca e atirei no Nicholas, pegou na sua coxa direita e ele caiu de dor.

Negan:Espetacular tenho que admitir, bateria palmas se não estivesse com o bebê no colo, sua mira é muito boa então já que foi boazinha abatendo sua presa, o que no caso fez ele ficar inútil e agora provavelmente vai sangrar até morrer, quero que faça mais uma coisa- já esperava o pior de tudo é ele só rindo da minha cara.

Negan: Quem são as pessoas que você mais ama nesse mundo, nem pense em tentar me distrair sabe muito bem o que eu vou fazer não é? Então não minta para mim- colocou a aram na calça, veio até mim e segurou meu rosto com uma mão só me obrigando a olhar todos de Alexandria que pareciam esperar algo de mim.

Hayden: Você sabe muito bem, não vou responder essa pergunta- ele riu de novo e balançou a cabeça em negação.

Negan: Já sei, é Ele não é? - virou meu rosto para o Carl que observava tudo com ódio - Você o ama e desistiu da família por uma estranho? Por estranhos como eles.

Hayden: Não desisti da família por estranhos, desisti de um estranho para conquistar uma família, você não é o melhor exemplo de pessoa pra se falar alguma coisa relacionada a família, acha que eu não sei? Todas as vezes que saía de casa eu sabia que não era para trabalhar, você ia visitar ela, sua outra mulher eu sei o que aconteceu com ela, ela estava doente e morreu voltando como um deles, você ficou desolado perdido, achou que tivesse acabado tudo pra você teve que mata-la não é? - e depois disso eu tomei um tapa, o tapa que ele me deu foi tão forte que caí no chão, se acham que agora eu estava me lamentando por falar alguma coisa, não eu estava é rindo na verdade gargalhando, os homens dele me olhavam como se eu fosse um monstro ou uma louca por falar nisso.

Negan: Nunca mais, fale dela outra vez...

Hayden: Sabe- me levantei do chão passando a mão na boca onde o tapa acertou e estava sangrando- é bom te ver assim, acho melhor me devolver o bebê e...carregar o corpo do Nicholas tá sujando o chão todo de sangue- não acredito que isso funcionou, ele me devolveu o bebê e mandou tirarem o corpo morto do Nicholas da lá.

Negan: Isso ainda não acabou, e eu quero as duas armas que faltam- Rick apareceu e entregou as duas.

Eu estava balançando o bebê de um lado para o outro e ele não se importava com o que estava acontecendo, brincava com o meu cabelo rindo de tudo, Carl se aproximou de mim mas eu me esquivei.

Hayden: Não, hoje mesmo eu vou ir para Hilltop quero e preciso ver a Maggie- fez uma expressão um pouco desconhecida por mim.

Carl: O que foi isso que acabou de acontecer? Você foi... fria?! - ele parecia assustado e confuso.

Hayden: Não fui fria, vou arrumar uma mochila e ir para Hilltop nem tente me seguir eu vou sozinha, não fico aqui mais um dia sem saber notícias nem dela nem da Sasha.- fui andando até a nossa casa, coloquei o bebê no berço e vi que Anna estava deitada debaixo da cama.

Hayden: O que está fazendo aí embaixo? - ela fingiu o nariz.

Anna: Tentando encontrar meu lugar feliz, um lugar seguro onde não vão me encontrar nem me tirar de você, eles levaram o bebê? - me abaixei e peguei ela no colo.

Hayden: Não meu amor, não vou deixar nada acontecer com vocês são tudo o que eu tenho, mas eu vou ter que sair e vou deixar vocês com uma pessoa- ela fez um bico.

Anna: Você vai ir com eles? Eu não quero que vá vão machucar você lembra?- concordei com a cabeça.

Hayden: Não vou com eles de jeito nenhum, vou ver a Maggie- ela abriu um sorriso bem grande quando disse isso.

Anna: Eu quero ir, tô com saudades dela- colocou a cabeça na curva do meu pescoço e percebi que estava molhado.

Hayden: Vai ficar tudo bem, mas preciso que seja forte por você e por ele, por vocês dois- ela concordou e eu a coloquei no chão.

Hayden: Vem me ajuda a fazer a mochila, só não mexe nas facas- concordou e foi comigo até o quarto.

Arrumamos a mochila com coisas básicas para eu não morrer, e acho que coloquei minha coleção de facas inteira dentro da mochila, tudo pode acontecer enquanto eu estou lá fora.

Desci as escadas e fui até a igreja, estava procurando o Padre Gabriel.

Hayden: Gabriel?! - gritei e do nada ele apareceu do meu lado- meu deus do céu eu poderia cravar a faca em você não apareça mais assim- coloquei a mão no peito por causa do duto.

Pe.Gabriel: Me desculpe por isso- disse sorrindo.

Hayden: Tá né, então eu queria te pedir um favor é muito importante para mim- ele concordou- pode cuidar das crianças para mim, eu vou sair mas não posso leva-las.

Pe.Gabriel: Claro, mas o Rick já sabe?.

Hayden: Claro que sim- ele concordou e eu saí de lá.

Acabei d mentir para um padre, affs que se dane já vou pro inferno mesmo.

Eu estava numa boa andando até chegar no muro e dar de cara com a Enid.

Hayden: O que está fazendo sua maluca? - sussurrei, ela fez um sinal para que eu esperasse e terminou de subir o muro pulando para o outro lado.

Carl: Vai mesmo ir lá fora sozinha? - ele não deve ter visto a Enid, sorte dela- Não vou mais te salvar.

Hayden: Não pedi sua ajuda, e eu vou sim sozinha- terminei de subir e pulei o muro.

Hayden: Tá legal qual é o seu plano? O meu é ir ver a Maggie em Hilltop - ela se espantou mas nem sei porquê.

Enid: O meu é a mesma coisa- concordei e nós fomos andando Sen dizer mais nada.

Hayden: Enid, eu vou pegar um caminho diferente se quiser vim bem vinda se não tanto faz- ela deu de ombros e seguiu seu caminho, e eu fui sozinha por outro lado.


Continua...



Notas Finais


TREEEETA kkkkk oi oi pessoas então Eu quero a opinião de vocês, o que acharam do Cap? Me conteeeem.


Bjs de néon e até o próximo cap 💋💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...