História The War - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Eunwoo, J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, Jinjin, Jungkook, Jungyeon, Mina, MJ, Momo, Moonbin, Nayeon, Personagens Originais, Rap Monster, Rocky, Sana, Sanha, Suga, Tzuyu, V
Tags Astro, Bangtan Boys, Bts, Twice, Vampiros
Visualizações 10
Palavras 968
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii bolinhos!
Aqui estou eu com maiiisss uma história KAHKXHSJS eu não me canso.
Enfim, a história dessa vez tem bastante coisa sobrenatural e tal... Adorei escrever! E tem umas inspirações em Undertale ^^

Gostaria de agradecer a ~aromy pela capa e pelo o apoio! Te amo viu? <3

Ah, e avisando: O JinJin só começará a ser chamado assim mais pra frente, ok? ^^

Enfim, vamos lá! Espero que gostem!

Boa leitura s2

Capítulo 1 - Chapter One - Prologue


Há alguns anos atrás, o mundo era considerado um caso perdido. As ações humanas já passavam dos limites. O número de atos ruins já eram imensos. Ninguém nunca havia visto algo parecido.

Estava tudo em um estado tão deplorável que, as poucas pessoas boas e puras, se escondiam, a fim de sobreviver em meio a esse caos.

Por conta de tudo isso, a Coréia do Sul tomou a frente: o país decidiu fazer experimentos, a fim de criar uma outra raça para conviver e servir de exemplo aos humanos.

E deu certo.

A raça recebeu o nome de vampiros, por conta de algumas poucas semelhanças com as criaturas místicas do mesmo nome.

Apesar das semelhanças e de seu nome, a raça era totalmente boa. Eram, basicamente, perfeitos.

Após a criação e o anúncio feitos pelas autoridades, conflitos começaram. Os humanos não queriam conviver com criaturas que futuramente poderiam se mostrar perigosas e horríveis.

Eram basicamente um conflito a cada dia, pedindo que desistissem dessa ideia de trazerem vampiros para conviver com humanos. Os combates, antes pequenos, ganharam força e quantidade, fazendo assim o governo perceber que não daria certo continuar com aquilo e, decidiram finalmente destruir a raça criada.

Isso despertou um lado que antes não haviam vistos nos vampiros. Eles viraram criaturas más. Não queriam morrer e estariam dispostas a lutar para que isso não ocorresse.

Fugiram das centrais de pesquisa e foram logo as ruas. Estavam prontos para a luta.

A guerra entre humanos e vampiros durou um mês. Um mês de violência, perigo e mortes.

Os humanos saíram vitoriosos, obrigando assim que os poucos vampiros sobreviventes se escondessem em um grande buraco ao alto de uma montanha, bem longe dos olhares dos humanos.

Aquela área é, até hoje, proibida. Pais contam lendas para seus filhos, os obrigando a não ir até o local.

Isso a torna uma área temida, porém divertida para os curiosos. 


                                       *~* 


—Estamos perdidos! — Momo diz, reclamando — Vocês são tão imbecis que conseguiram se perder com um mapa e um GPS na mão.

—Momo, não estamos perdidos. — Jin responde a irmã.

—Estamos sim, hyung. — Jinwoo fala,  encarando o mapa com um semblante confuso. — Olha aquela árvore, eu já a vi umas oito vezes.

Jin suspira.

—Então vamos mudar de caminho. — O mais velho para e pensa um pouco. Eles não podiam estar perdidos. Precisavam ir urgente a casa de sua tia EunBi, que ficava em uma fazenda afastada de tudo e de todos. Provavelmente a mesma já estava preocupada, e, se não chegassem rápido, sua tia iria o chamar de irresponsável, e não queria ouvir isso novamente. — Me sigam.

Jin vira a esquerda, passando por uma enorme árvore. Logo, escuta os passos de seus dois irmãos atrás. O mais alto continua andando, desviando de gravetos e folhas jogadas ao chão. Os três chegam a um campo aberto, onde davam para ver a paisagem. Jin continua em seus devaneios.

—Hm, acho que se continuarmos andando até aquela árvore iremos chegar mais rápido...

—Hyung. — Jinwoo o chama. — Venha aqui, olhe isso.

—Talvez se formos por aquele lado também...

—Oppa. — Momo fala, em um volume mais alto.

—Mas acho que...

—SEOKJIN!

—O que foi?! — Jin se vira e vai até os irmãos. Logo, se depara com uma vista que o deixou perplexo. Eles estavam em uma montanha.

Uma alta e grande montanha.

—Aish, vamos morrer aqui! — Momo diz, choramingando.

—Vamos continuar andando, é o melhor a fazer agora. — Jinwoo diz simplista, pegando na mão dos dois irmãos, fazendo-os andarem a mesma velocidade.

—Isso não vai dar c-

A fala de Jin é interrompida com um forte estrondo. Ele olhou para baixo e viu que o chão, lentamente, se rachava ao meio.


Momo percebe e grita. Quando a menina iria fugir, já não sentia mais chão abaixo de seus pés. Os três gritaram.

Estavam caindo.

                                       *~*

Para qualquer um que olhasse, diria que o tempo que levaram para alcançarem o chão não durou mais que cinco segundos.

Mas para os três irmãos foi diferente. Cada um sentiu que durou no mínimo dez minutos. Eles pensavam que iriam morrer com a queda.

Então, finalmente atingiram a superfície. Mas não foi o que esperavam. Eles caíram numa espécie de lago.

Ao perceberem que estavam vivos, nadaram para cima. Abriram os olhos e desviaram seus olhares para cada rosto. Sorriram, apenas por saberem que nada havia ocorrido com ninguém.

Os adolescentes logo nadaram até as bordas do lago, saindo-o do mesmo.

—Enfim... — Momo diz enquanto mexe em seu cabelo, numa tentativa falha de o secar. — Onde estamos?

Os três olham ao redor. Era uma espécie de caverna, mas, parecia que havia vida ali. Algumas tochas, penduradas na parede, estavam iluminando o local, e alguns materiais de construção e umas bolachas estavam jogadas num canto. Era estranho.

Não sei... — Os outros dois responderam em uníssono.

Momo revirou os olhos.

—Só sei que estamos perdidos. — Jinwoo solta, enquanto olhava para cima, vendo o buraco de onde tinham vindo, que estava a metros de altura. — E presos.

—Bom, como estamos presos de qualquer jeito... Querem andar por aqui? — Jin diz apontando para um caminho a frente deles, tentando parecer calmo. Coisa que era complicada, afinal, ele estava tremendo de tanto medo. Apenas tentava se manter firme por conta dos outros dois mais novos.

—Vamos, né... — Momo diz de um jeito calmo. Jin sorri, sabendo que sua expressão calma havia funcionado.

—Estou prevendo que isso vai dar merda, mas eu adoro uma treta, então vamos. — Jinwoo diz, rindo.

Momo e Jin batem em Jinwoo, que solta uma expressão de dor, fazendo os outros dois rirem. Eles logo começam a andar em direção a um buraco na parede, o único caminho existente ali.

                                       *~* 























Notas Finais


Espero que tenham gostado! ❤

Até~

~Momo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...