História The Warriors - O Soneto Mortífero - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~NyanDiva

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ataque, Ayuna, Luuk, Michiko, Yomi
Visualizações 5
Palavras 397
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Beeem está ai nossa OneShot pro evento do grupo do facebook Roleplay de OCS :3

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction The Warriors - O Soneto Mortífero - Capítulo 1 - Capítulo Único

O prédio estava cheio de buraco de balas, paredes machadas com sangue e cinzas. Michiko, Luuk, Ayuna e Yomi subiam as escadas, inimigos estavam atrás deles.

Ayuna, não vamos conseguir sair dessa! – disse Michiko – Eles estão em maior número!
Shhh! – fez um sinal para todos – Estão subindo as escadas...
O que pretende fazer? – disse Yomi enquanto colocava a mão sobre a espada embainhada.
Hm... Yomi, fique atrás da porta, ao meu comando, apunhale pela rachadura.
Que rachad... – foi interrompido pelo som de 2 disparos da arma de Ayuna na porta – Ok.
Michiko, use o canto d Banshee assim que ele atingir um deles.
Pode deixar! – disse enquanto começou a arrumar seu equipamento.
Luuk, quantos deles estão atrás da gente?
Ahm... – olhou para seu equipamento e fez alguns cálculos – 7 pessoas.
Prepare um bombardeio nesse prédio. Uma única e mortal bomba sonora, nada de explosivos pesados, vou buscar os tampões.

        Ayuna abriu sua maleta de equipamentos e tirou 4 tampões de ouvido, distribuiu entre seus companheiros e começou a recarregar suas armas.

        Depois de um tempo, os passos dos inimigos se tornou possível de ser ouvido mais nitidamente, a hora de executar o plano combinado estava se aproximando cada vez mais e mais.

        Luuk e Michiko tremiam de nervosismo, Yomi respirava de forma pesada, tentando manter a calma em uma situação onde poderia morrer, porem a general só olhava para a porta, como se fosse criar vida a qualquer instante.

        Um estrondou ecoou por um segundo, era o empurrão na porta do esquadrão adversário, Yomi desferiu apenas um golpe rápido pela abertura, acertando o pulmão do primeiro adversário, Michiko começou a cantar seu Soneto Mortífero, os soldados inimigos largaram as armas e tentavam fazer o barulho parar cobrindo seus ouvidos, enquanto isso Ayuna disparava no telhado, abrindo um furo cada vez maior, quando foi o suficiente, deu o sinal para Luuk.

        Um tic-tac vindo de cima aumentava a cada segundo, um pacote caiu em frente ao esquadrão inimigo. Uma única onda sonora ecoou por todo o quarteirão em que estavam, o chão tremia com o estrondoso barulho. Após o impacto, os soldados caíram um a um, com os ouvidos sangrando e os olhos brancos.

Deu certo! Deu certo!! – Michiko e Luuk comemoravam, enquanto Yomi e Ayuna respiravam mais tranquilos pela operação realizada.

        O esquadrão juntou suas coisas e saíram do prédio enquanto conversavam com alegria pelo recente sucesso.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, logo mais continuamos com a história as Crônicas de Eras Atrás!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...