História The Wedding? (Imagine com Park Jimin) - Capítulo 56


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), HyunA
Personagens HyunA, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 98
Palavras 2.399
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteiiii meus bolinhos de arroz
Peço desculpas pelo o grande sumisso mas eu estava com alguns problemas e sem cabeça para a fic,mas agora eu estou de volta com mais Cap quentinho para vocês então....


👑BOA LEITURA👑

Capítulo 56 - Min Hee's Version


Fanfic / Fanfiction The Wedding? (Imagine com Park Jimin) - Capítulo 56 - Min Hee's Version

-Já cansei de te la e nada acontecer Jimin... 

-.... 


                   _DOIS DIAS DEPOIS_


As investigações estavam indo de mal a pior,as informações de LuHan não foram tão úteis para os investigadores,e meu relacionamento com Jimin não estava lá essas coisas,junta sua mãe me enchendo imagine só o inferno vivenciado

-Jimin,pela milésima vez eu não vou levantar agora as 6:30 da manhã para fazer companhia para sua mãe que está no saguão te esperando 

-Mais Miih... 

-Eu falei que isso não ia dar certo,eu te avisei....para que que ela acordou tão cedo assim? 

-Eu não sei ue,se a gente não for la não vamos saber

-Jimin....aish

Acabo me dando por vencida fazendo a vontade dele

Como eu imaginava ela só queria me encher mesmo.

Aish....como é que pode,em um momento como esse ela começar a me cobrar de várias coisas...

-Você tem que cuidar melhor do meu bebê Mihrray,olha como ele está magrelo e pálido 

Dizia ela o tempo inteiro passando suas mãos no rosto se Jimin 

Mereço? 

O dia foi um "porre",ela só sabia falar mal de mim para o Jimin e ele como sempre não falava nada apenas ficava calado. 

           21:35 DA NOITE 

-Nossa ainda bem que sua mãe janta cedo,estou morta de cansaço 

Digo ao chegarmos do restaurante me jogando na cama 

-Sim,ela tem esse costume 

-Aish...ela me irritou tanto,se eu ficasse mais um pouquinho ao lado dela eu ia explodir tudo....tudo mesmo 

Digo me sentando na cama 

-Ahh não fala assim dela Miih

Diz Jimin se sentando ao meu lado

-Aish Jimin você é um idiota mesmo,sua Omma falando mal de mim para você e você não fez nada hora alguma 

-Ue queria que eu fizesse o que? 

-Me defender neh,afinal você é meu marido

 -Você sabe que eu não contrairo minha Omma não sabe? 

-Ahhhh então você está dizendo que concorda com o que ela disse é isso? 

Pergunto arqueando uma sobrancelha  

-Não foi isso que eu quis dizer... 

-Aish Jimin...

Reviro os olhos 

-Bem que o Yoongi disse mesmo que você era um idiota

-Vai falar do Yoongi mesmo? 

-Vou,por que?Tá com ciúmes? 

-.....

Trocamos mais algumas conversas e fomos dormir.No dia seguinte fui acordada com meu celular tocando,era Tiskey,com uma boa notícia,haviam encontrado Min Hee,como LuHan também estava no Hospital,mas diferente dele ela estava em um estado mais aceitável e seu interrogatório iria acontecer pela tarde também.Para a minha maré de azar minha sogra iria também,insistiu tanto até Jimin concordar com a ida dela até lá,me fazendo ficar cada vez mais irritada.

Chegamos no Hospital por volta das 16:27,não demorou muito para que pudéssemos entrar no quarto de Min Hee,ela não aparentava estar muito machucada,apenas estava mais pálida que o normal,com os labios bem avermelhados tomando soro na veia.O esquema era basicamente o mesmo que o de LuHan,não poderíamos falar nada antes,durante nem depois do interrogatório ali dentro.

Assim que entramos não pensei duas vezes e fui até Min Hee lhe abraçando

-Senti sua falta minha maknae 

Sim!Min Hee era a mais jovem de meu grupo 

-Eu também Unnie.... 

Diz ela um pouco fraca 

-Sra.Park pode se assentar por favor 

Pede Sr.Tiskey

Eu assinto depositando um beijo em sua testa me sentando ao lado de Jimin que estava entre mim e minha sogra 

-Certo Senhorita Min Hee,você foi uma das quatro pessoas que foram desaparecidas no dia XXXXX no evento aqui de Hong Kong,você se lembra o que aconteceu naquela noite?Se sim,pode nos contar o que houve?

-Claro... 

Diz ela

-Certo,então pode começar 

-Eu me lembro de tudo....tudo...estava no final do evento e eu havia ido tomar água nos bebedouros ao lado dos banheiros,vi a Haruko babá de Seok entrar no sanitário masculino me deixando muito curiosa...no momento eu até pensei que ela havia errado ou trocado os nomes dos sanitários ja que Haruko é japonesa,mas era algo muito impossível de se acontecer pois o banheiro masculino tem um desenho de um moço e o feminino de uma moça,isso me deixou cada vez mais curiosa,oque me levou a entrar no banheiro....quando entrei não enxerguei nada,estava tudo escuro,cheguei a chamar por Haruko uma ou duas vezes mais ela não me respondia,a porta do banheiro havia travado,eu não estava conseguindo sair.....ouvi um berro de Seok....ele havia gritado um nome....Eu não me lembro,acho que era Jun...Jun...acho que era Jun...ele gritou " Jun não! " ...depois disso o silêncio reinou ali dentro,perambulei no escuro mais algumas vezes e comecei a chorar de desespero até sentir alguém tampar minha boca e me mandar ficar calada....Eu assenti....a pessoa ligou a lanterna e iluminou para a janela quebrada,no chão havia sangue....mas eu não sabia de quem era....o homem me mandou ignorar aquilo e ter cuidado para não pisar....Me mandou pular a janela sem deixar marcas na parede,então fiz como ele havia mandado....do outro lado havia um homem alto de costas com Seok no colo....Seok parecia estar assustado.....ao meu lado havia LuHan desmaiado no chão e Haruko no mesmo estado com a cabeça sangrando muito....junto mais três homens altos e mascarados....o homem que havia me mandado pular pulou em seguida e colocou uma arma na cabeça de LuHan que permanecia desmaiado...ele me disse que qualquer tentativa de fuga minha LuHan iria morrer....Seok perguntava o tempo todo o porque de Jun fazer aquilo,mas Jun nunca respondia......andamos um pouco até encontrarmos dois carros,em um deles o tal de Jun entrou com Seok,no outro no porta malas haviam colocado LuHan e nos bancos da frente eu e Haruko....mas antes prenderam nossas mãos,pés e taparam nossas bocas....nos levaram para um cativeiro no meio do nada....Eu não sei dizer aonde fica não vi o caminho que fizeram....estava deitada no banco não deu para ver.....nos tiraram no carro e nos colocaram em um cativeiro que era de vários cômodos....colocaram eu e Haruko no mesmo cômodo.....lembro me de ver a cabeça de Haru jorrar sangue....nesse dia não serviram nada para comermos,no outro também não....era horrível....ontem deram água....Haruko parecia definitivamente estar morrendo....quando foi hoje de manhã tiraram Haruko de la e dois dos homens mascarados entraram,um perguntou para o outro o que fariam comigo já que o Chefe havia mandado eles se livrarem de mim sem ter que me matar....o outro pegou sua arma e disse que não veria problema em fazer isso pois eu não serviria para nada,já o outro disse que eu serviria para apenas uma coisa e depois me deixariam em um lugar qualquer ali perto....o outro apenas assentiu e saiu do quarto,oque ficou fechou a porta e eu perguntei se ele iria me matar....ele então riu de lado e disse que não e então..... 

Os olhos de Min Hee se tomaram por lágrimas e ela travou olhando para baixo 

-Senhorita Min Hee?Esta tudo bem?Ira continuar a contar oque ouve? 

Pergunta YuSoo

Min Hee se mantém em silêncio por um instante mas logo ergue sua cabeça e limpa suas lágrimas assentindo 

-Ele abusou de mim

Diz ela firme 

Aquilo me destruiu por dentro,me fez ter milhares e milhares de sentimentos ao mesmo tempo,raiva,culpa,dentre outros,eu estava me sentindo horrível,fiquei paralisada e deixei algumas lágrimas caírem ainda encarando Min Hee que voltava a contar

-Depois disso saiu e trancou a porta....se passou alguns minutos e outro deles entrou,me pegou no colo e me tirou de dentro do cativeiro me levando até o carro,me deitou no banco de trás e dirigiu estrada fora, me deixando na beira de uma estrada qualquer até um camioneiro passar e me ajudar

-Certo,suas informações são muito úteis,me diga...você se lembra qual carro Jun teria entrado com Seok? 

Pergunta Tiskey

-Era um....um...aish....não sei...eu não me lembro 

-Se lembra do carro que você foi levada 

-Só lembro a cor....era amarelo,ja o de Jun era Preto

-Certo....quando te tiraram do cativeiro hoje você se lembra como era a paisagem?Sabe aonde fica o lugar? 

-Não,não sei aonde fica,mas me lembro da paisagem

-E como era? 

-Era no meio do nada....mas tinha muitas árvores altas...a casa...da onde era o cativeiro era de madeira e cheirava a nafitalina.....tinha um rio perto também....bem próximo ao cativeiro,conseguia ouvir barulhos de pássaros e das águas do rio de la

-Certo,sabe me dizer se Seok estava no cativeiro também? 

-Tenho certeza que não....só se ele estava em outro cômodo e muito quieto.....mas Jun pegou caminho diferente quando saiu com seu carro então não sei dizer o certo... 

-Consegue descrever esse tal de Jun?  

-Alto...estava de boné,e eu apenas havia o visto de costas

-Enquanto estava em cativeiro ouvia alguma conversa dos homens mascarados ou ate mesmo alguma ligação? 

-Ouvi...uma ligação apenas....Ouvi algo sobre Los Angeles

-Los Angeles? 

-Sim....um deles disse algo sobre Los Angeles quando estava no celular ontem pela noite 

-Só mais uma pergunta,esse Jun,você tem certeza de que se chama Jun e não Jung? 

-Jung...Jung...não sei....Seok falava muito rápido...mas acho que pode ser Jung 

-Certeza? 

-Hmm....Certeza

-Certo,muito obrigado pelas informações Senhorita Min Hee,estão todas anotadas,qualquer coisa que se lembrar por favor não hesite em nos contar,pois o mesmo que disse ao Sr.LuHan direi a você,você é uma peça muito importante desse quebra cabeça,sentimos muito e esperamos que se recupere logo

Min Hee assente e os investigadores se levantam saindo com Jimin e minha sogra logo atrás,me levanto ainda em choque e vou até Min Hee pegando em sua mão 

-Me perdoa por isso Min....Eu...Eu... 

-Não precisa pedir desculpas Unnie...a culpa não foi sua

-Foi sim...eu..eu...Eu não ouvi o Jimin e os resultados disso foram horríveis,olha oque ouve com você....

-Eu estou bem Unnie...vai passar....

-Mihrray vamos 

Diz Jimin na porta 

-Eu não posso ficar com ela? 

-Infelizmente não Senhorita,ela precisa se recuperar e fazer mais alguns exames

Diz uma enfermeira que entra no quarto 

-Me Perdoa mais uma vez 

Digo lhe dando um beijo em sua testa logo saindo do quarto voltando para o Hotel com minha sogra e Jimin.

Eu estava muito mal com aquilo tudo,saber que uma das minhas amigas havia sido abusada e ter uma grande possibilidade do motivo disso tudo ter sido meu desatentamento em relação ao meu filho me deixava péssima,e para ajudar minha sogra só sabia falar e falar na minha cabeça

-Ahh para Mihrray,está de drama,não precisa ficar assim por conta daquilo,jaja passa,ela é uma adolescentezinha,vai esquecer logo,só vai ser meio difícil algum homem querer ela agora mas ela é famosa,não tem problema nenhum 

Diz minha sogra ao entrar conosco em nosso quarto

-Omma por favor....para

Pede Jimin 

-Para nada,não adianta nada sua esposa querida ficar aí com essa cara mau lavada dela,não vai adiantar nada,quem mandou ela não ser atenta ao meu neto,huh?Quando vocês ganharam esse menino eu disse a ela,lugar de mulher é em casa,cuidando dos filhos e do marido,não por ai rebolando a bunda na televisão

Aquilo me irrita de uma maneira que do modo que eu estava ali se eu me virasse de frente para ela eu juro que socaria a cara dela,só não fiz isso por dois motivos,

Primeiro: Respeito aos mais velhos 

Segundo: Jimin iria brigar comigo

Então apenas escutei todos aqueles discursos de minha sogra,calada,sentada na cama de cabeça baixa enquanto Jimin apenas observava e não dizia uma palavra se que,ele agia como se nada estivesse acontecendo ali

-Eu sinceramente Jimin não sei oque você viu nesta mulher,ela não cozinha direito,não cuida da casa,não cuida de você,e não cuidou de meu neto,passa mais tempo no que ela chama de trabalho,só te magoa....Eu não sei que relacionamento é esse não viu,eu simplesmente não sei

-Omma.... 

Resmunga Jimin 

Você acha que ela parou?

Não!

Ela continuou,até que eu me irritei e simplesmente me levantei e sai pela porta,isso mesmo,sai do quarto e deixei ela falando lá,com certeza depois que eu saí ela deve ter ficado lá falando para o Jimin o como eu era irresponsável e uma má esposa,você acha que eu estava ligando para isso?

Não mesmo,eu tinha problemas de mais para me preocupar com minha sogra e sua petulância

Desci para o saguão e fui até o restaurante de la me sentando em uma das mesas debruçando na mesma começando a chorar baixinho enquanto pensava em meu filho,até sentir um carinho gostoso sobre minha cabeça erguendo a mesma olhando para cima vendo Mark sorrindo fraco 

-Está sozinha? 

Pergunta ele me olhando 

-É estou sim

Digo limpando minhas lágrimas 

-Posso me sentar com você? 

-Pode...Pode sim... 

- Como você está? 

Pergunta ele se sentando em uma das cadeiras da mesa

-É...tô indo... 

Sorrio fraco

         -Como vai indo a investigação? 

-Vai indo bem,eu acho....encontraram o LuHan e a Min Hee até agora 

-É eu fiquei sabendo mesmo,eu até fui lá visitar o LuHan,já que ele e Jackson são amigos 

-Ahhh....pensei que vocês já tivessem ido embora 

-Ahhh não...ainda não,nosso grupo ainda não foi liberado 

-Entendi....

-Eu sinto muito pelo oque ouve....Muito mesmo.....

Diz ele baixo 

-Obrigada.... 

Respondo no mesmo tom de

-Aonde está o Jimin? 

-Com a Omma dele no quarto

-Annn....vamos pedir algo para tomar?Que tal um achocolatado 

Diz ele pegando o cardápio 

-Não não...Obrigada

-Um chá talvez? 

Ele me olha com uma caretinha fofa

-Um chá eu aceito 

-Certo,vou lá pedir 

Diz ele se levantando indo fazer nossos pedidos voltando rapidamente com o achocolatado e meu chá quente 

-Obrigada! 

-Por nada 

Ele sorri bebendo um gole de seu achocolatado 

-Então....Mark,como está sua família? Não vejo seus pais a muito tempo 

Digo bebendo um gole de meu chá 

-Ahh vão bem,me ligaram ontem de ontem para saber sobre o caso de Seok,eles ficaram muito chocados em saber 

-Ahhh....mande um abraço para eles 

-Pode deixar 

Eu e Mark éramos bem amigos,meus pais e os pais dele também,pois assim como os pais de Mark os meus também moravam em Los Angeles,não sei se se lembram de eu ter mencionado isso aqui,lembram? 

-Aonde estão os meninos? 

-Sinceramente não sei muito bem,Jackson e BamBam estão no quarto junto de YoungJae e JaeBum,Jinyoung saiu para comprar comida para os meninos e o YugYeom está no quarto do JungKook

-Ahhh....entendi....annn...agora me diz,como está sua vida amorosa? 

Digo o olhando com um sorriso de lado

-Aigoo....

Ele tampa os olhos com as mãos 

-Me conta vai,somos amigos 

Peço pegando em suas mãos 

-Aish...não tem ninguém de especial ainda Miih

-Me conta vaaaai

-Eu estou falando sério Miih,ainda não encontrei alguém que eu queira 

-Espero que não esteja mentindo para mim mocinho

-Eu não estou

Diz ele rindo 

-Miih,já foi ao Brasil? 

-Já sim,com os meninos do BTS,por que? 

-Eu e os meninos temos três shows la no próximo mês,acha que lá eu consigo encontrar alguém? 

-Ahhh só vai,lá é ótimo,e as mulheres de lá também são muito bonitas 

-Ahh sim.... 


Notas Finais


Perdoem os erros
Eu estou doente,to custando a olhar para a tela do celular


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...