História The Witness || Vkook - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jungkook, Tae, Taehyung, Taekook, Vkook
Exibições 55
Palavras 1.596
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


volteei <3

~boa leitura <3~

Capítulo 2 - Not you... ||The Witness


-E-eu -começa a soluçar- Eu sofro de distúrbio alimentar.




(...)

Jungkook's P.O.V~

-C-como assim Tae? -pergunto preocupado

-E-eu não s-sei K-Kookie -dizia chorando, eu conseguia sentir sua dor, me dava um forte aperto no meu peito vê-lo nesse estado.

-me conta... porque tae? -digo em um sussurro, cabisbaixo; já com os olhos marejando.

-E-eu sofria bullying na escola, os valentões sempre pegavam minha comida e iam embora, ou simplesmente a jogavam no chão e saiam correndo, então decidi parar de comer para eles pararem de me encomodar; mas acontece que isso se tornou um vício, eu já não comia mais nada desde então... -dizia chorando ainda mais

-C-calma Tae, eu estou aqui ok? -digo o abraçando e logo limpando suas lágrimas, que mais pareciam que nunca paravam de cair

-O-obrigada por isso Kookie.... Sem você eu estaria largado naquele corredor. -disse sorrindo de lado, logo parando de chorar

-Tae, sua glicose está em um nível muito baixo, você precisa comer. -disse Jin, no canto da sala anotando coisas em uma prancheta

-Eu acho que consigo- disse Tae confiante e sorridente. Jin sai do quarto devagar e logo entra com uma bandeja de comida, e sinceramente não parecia aquela comida estranha que serviam em hospitais, parecia uma comida muito melhor, feita pelo próprio Jin, que o mesmo tinha um certo dom para cozinhar; ele realmente queria que o momento fosse especial e não traumático para não o fazer parar de se alimentar novamente.

-Obrigado Jin, parece estar muito bom! -disse Tae animado. Jin posicionou a bandeja sobre o colo de Tae, mas logo o sorriso de dele se desmanchou ao notar que não teria forças para levantar o hashi e logo uma lágrima escapa.


-Calma Tae, eu te ajudo -digo sorrindo e tentando o alegrar. Peguei o hashi de sua bandeja e levei a comida a sua boca lentamente, quando ele finalmente engoliu aquilo ele sorriu

- Nossa hyung, está muito bom! A quanto tempo eu não sinto isso? -perguntou surpreso

-Desde quando parou de comer? -perguntou Jin

-Desde os 14 -disse quase em um sussurro

-QUE?! -falei indignado

-Então desde os 14 -rebateu a pergunta de Tae, rindo.

-Haha, que decepção. -digo em um tom sarcástico

-Desculpa Kookie.... -disse em um tom triste

-Tudo bem, já passou.... Mas de agora em diante deve me prometer que irá comer! -digo em um tom de voz mais elevado

- Sim, sim Kookie! Farei isso por você! -disse me dando um selar no rosto, logo em seguida ambos coramos.

[QUEBRA DE TEMPO]

Depois de 4 horas Jin dá alta a Tae, só tinha que assinar alguns papéis.

-Pronto! Tae, você já pode voltar pra casa! -diz Jin sorridente

-UHU! -grita Tae animado, logo abraçando Jin

-Mas prometa que você vai comer! -disse Jin sério

-Mas é claro! Eu mal estou esperando para comer de novo, é muito bom! E além disso o Kookie vai cuidar de mim, nem se preocupe! -disse Tae sorrindo e se soltando do abraço.


-Cuide bem dele viu "Kookie"? -diz Jin, falando meu apelido com uma voz engraçada

-*risos* Sem problemas, cuido dele sim! -falo corando de leve


-Que bom, porque ele necessita comer, o nível da glicose dele está realmente baixo,- disse dando ênfase na palavra "necessita"- então cuida bem da alimentação desse menino, ou se não ele fica mais magro que já está!

-vou cuidar dele como a minha própria vida- falo em um sussurro

-Oi?

-N-nada, estava pensando em umas coisas.... Sim eu cuido dele, eu já disse isso não é? -digo rindo em seguida- Eu nunca descumpro uma promessa.

-Termine logo de assinar os papéis! Estou morrendo de fome! -disse Tae com uma voz manhosa

-Só mais um pouquinho... -pequena pausa- Deu! Terminei! Vamos logo alimentar esse neném! -digo rindo

-Ei! Eu não sou neném! -disse Tae cruzando os braços, mas deixando a risada escapar

-Vou tentar acreditar... -digo o encarando sorridente

-Tae, você ainda está muito fraco para andar, você terá que ficar de cadeira de rodas por um tempo! -disse Jin

-S-sério? -disse Tae chateado- Por quanto tempo?

-Daqui a 3 semanas é sua próxima consulta, logo então vamos ver se você está melhor

-Ah, ok então -disse Tae


-Mais uma vez obrigada Jin, sem você o Tae poderia ter ficado pior! Até! -digo sorrindo

-Por nada Jungkook, amigos são pra isso! Até! -diz Jin acenando para nós, pego Tae no colo (estilo noiva) e levo ele pro carro

~saindo do quarto~

-Já pode me colocar na cadeira sabe -disse rindo

-Ah claro! Só achei que não gostaria... -digo o colocando na cadeira

-E não quero! Eu quero mesmo é comer, e me acostumar um pouco com isso -disse rindo, Jungkook chegou no carro e o colocou delicadamente no banco, pois não queria o machucar de forma alguma

-Pronto, depois vamos comer! - digo colocando o cinto nele

-Não, AGORA vamos comer. -disse ele dando ênfase na palavra "agora"

[QUEBRA DE TEMPO]

Já havíamos comido, Tae estava super contente e confiante. Estávamos passando pelos longos corredores vermelhos daquele lugar, o que me dava um pouco de medo, talvez... Acompanhei Tae até seu escritório e começamos a debater sobre o caso

-O que já sabemos? -pergunto duvidoso

-43 anos, 30 anos na máfia, já sequestrou 15 crianças, já matou 76 pessoas. Tem um relatório dizendo que tudo começou com o seu passado, ele foi adotado por uma família abusiva e ele se tornou uma pessoa ruim, cheia de ódio e que busca por vingança seja com quem for.

-Wow, quantas denúncias ele já recebeu?

-27

-MEU DEUS! Esse vai ser difícil... -digo fitando o chão

-Com você nada é difícil... -disse em um sussurro que eu consegui ouvir, e quando ele percebeu isso, corou.

-Ah, obrigada -digo sorrindo e corando em seguida. Tae estava empurrando as rodas do carrinho em direção ao quadro de pesquisas e caiu no meio do caminho.- TAE!! VOCÊ 'TÁ BEM? -perguntei, correndo para ajudá-lo

-*grunhido de dor* a-acho que sim -disse olhando para o teto e começando a lacrimejar

-O que foi Tae? Machucou muito? -perguntei preocupado

-N-não, é-é que se eu não tivesse parado de comer *soluço* eu e-estaria bem, e estaria andando... -disse deixando lágrimas escorrerem pelo seu rosto

-Calma Tae, já te peguei -disse o pegando no colo e entrelaçando suas pernas em volta da minha cintura, fazendo nossos membros se encostarem; ele cora e eu coro em seguida, mas rio da sua reação.- Tudo bem Tae -digo tirando uma mecha de sua franja da frente de seu olho e logo aproximo nossos rostos.

Eu não consigo controlar meu corpo, ele está fazendo isso por vontade própria, sinto sua respiração em meu rosto e nossos lábios se encontram.


Um beijo apaixonado e necessitado, era doce e calmo. Nossas línguas dançam em harmonia, explorando todos os cantos das nossas bocas. Logo a falta de ar domina e nos separamos.

Taehyung's P.O.V~


Quando nos separamos do beijo senti meu rosto queimar, olhei para o canto do quarto, porque depois dessa nem eu sei se conseguiria o olhar novamente, eu estava tão envergonhado!! Mas confesso que gostei, eu queria o beijar faz muito tempo, eu gosto dele. ESPERA, O QUE?!

-Não fica assim TaeTae.... Eu te amo! -disse Jungkook corando em seguida me dando selinhos

-A-ah, K-Kookie e-eu t-também te a-amo... -digo voltando o olhar para ele e gaguejando de nervoso, merda! Tinha como ser mais discreto?!

-Agora vamos ao trabalho! -disse me colocando de volta em minha cadeira

-T-tudo b-bem -digo empurrando as rodinhas até o quadro de pesquisas. Chegando lá eu não conseguia alcançar o quadro, porque eu sou bem alto e o quadro fica bem no alto também, ouço Jungkook rir do meu esforço de tentar alcançar o quadro e sinto alguém me levantando.


-Deixa eu te ajudar -disse Jungkook me colocando em seu colo


-O-ok, bem, esse aqui é o local aonde ele foi visto pela última vez. É bem perto daqui na verdade e é isso que preocupa a guarda. -digo apontando para uma imagem do quadro

-Nossa, e bem, você sabe o que tem nesse lugar? -perguntou Jungkook preocupado

-É aonde os traficantes se encontram nas noites de quinta-feira, lá também há apostas de poker. -digo olhando seu rosto novamente

-Eles jogam poker lá?

-Sim -rio- Eles jogam e apostam lá, por isso o local é conhecido por ter várias mortes, porque algumas apostas valiam a vida. -digo em um tom sério.

*batidas na porta*

-Quem é? -pergunta Jungkook sério

*batidas bruscas na porta*

-QUEM É?! -perguntou em um tom mais alto, logo as batidas cessam e ele me coloca na cadeira. Ele diz pra eu me esconder na sala de emergência, até que a porta foi arrombada -CORRE TAE!! -disse assustado. Ele vem até mim, que no momento estava em estado de choque, e me pega no colo, me levando a sala de emergência.

-VIEMOS PEGAR NOSSO AMIGO, OU VOCÊS ENTREGAM DA FORMA FÁCIL OU VAI PIORAR PRO LADO DE VOCÊS CAMBADA! -disse uma voz grossa no quarto de investigações- PARECE QUE VOCÊS SABEM MUITO SOBRE MIM NÉ? TSC TSC, VOCÊS NÃO TEM A MINHA AUTORIZAÇÃO -logo ouvimos barulho de papel sendo rasgado e coisas sendo quebradas, eu simplesmente caio no choro. Todos os meses de pura pesquisa foram jogados fora em menos de um minuto. -ACHEM O NOSSO AMIGO E DESTRUAM ESSE LUGAR!! -disse o homem misterioso falando com seus... Capangas? E logo ouvimos barulhos de passos correndo para fora do quarto- Mas deixem essa sala por MINHA conta. -sussurrou frio. Nessa hora Kookie está me abraçando e tentando me acalmar, só queria que tudo acabasse logo.


Notas Finais


primeiro beijo ^^

espero que gostem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...