História The Yandere Book - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Lovesick, Senpai, Yan-chan, Yandere, Yandere Simulator
Exibições 58
Palavras 1.184
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Seinen, Sobrenatural, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Fiz um capítulo mais longo dessa vez!!! Obrigado por comentarem, favoritarem e lerem <3
Divulguem a fic se puderem ^^ arigatou
Uma nota sobre os nomes da nossa Yandere: O nome dela é Umi Yokoshima, que significa Oceanos Perversos ou Oceanos de Maldade (hehe, apropriado), o apelido dela é Shima-chan, sendo que Shima significa Demônio da Morte (mais apropriado ainda).
Arigatou Shywind pelo empurrão que me trouxe a esse nome e Bonnie que me deu o nome de uma futura personagem.

Hope U Like ^^

ps: o negócios que dividem os caps são três corações, duas tesouras e os kanjis para Amor e Morte <3

Capítulo 3 - Ichu Uonna


Fanfic / Fanfiction The Yandere Book - Capítulo 3 - Ichu Uonna

Eu estava no meu quarto, tentando descobrir alguma coisa sobre a Ichu que não fosse seu nome. Digitei o nome dela no KaoBook e procurei até encontrar seu perfil. Como todos os alunos da Akademi, ela também tinha curtido a página da escola, por isso foi mais fácil encontrar.

Ela tinha apenas cinco fotos postadas, todas com um sorriso imperceptível no rosto. Ela curtia páginas de proteção aos animais e não participava de nenhum grupo.

Seus únicos amigos eram familiares e uma garota que reconheci como não sendo da escola.

Não é muita coisa… Se bem que isso quer dizer que ela não gosta muito de ficar perto de pessoas.

Imprimi a foto que tinha tirado dela e outras duas do seu perfil. Fui até a outra ponta do meu quarto onde um tinha um quadro que eu usava para colocar lembretes. Arranquei todos os papéis (exceto uma foto 3x4 do senpai que deixei ali no cantinho só para evitar que eu destruísse meu quarto ao olhar para aquelas fotos) e preguei as fotos da Ichu. Peguei um caderno de bolso que estava sobre a cômoda e anotei o que sabia sobre ela, que não era muita coisa:

 

Nome: Ichu Uonna (Nomezinho nojento*)

Clube: Nenhum (Ela é muito tímida para isso)

Crush: Senpai (Não é atoa que foi parar no quadro)

Auto-defesa: ? (Espero que essa coisa não saiba lutar)

Personalidade: ?

 

Pensei um pouco… Não sei ainda a personalidade dela.

No fim sabia pouca coisa, fechei o caderno e o guardei na mochila. Senti o pequeno volume na manga da blusa e lembrei do bloquinho de notas do Senpai. Tirei de lá e, fui tirar o uniforme, depois o coloquei na mesinha de cabeceira ao lado da cama, junto com as outras coisas que eu tinha pego do Senpai: uma pulseira que ele deixara cair quando foi para a aula de educação física (ás vezes eu a usava. É tão bom usar uma coisa que o Senpai usou), um guardanapo que ele usou para limpar seu suor (eu consegui pegar antes dele jogar no lixo. São gotas mágicas que caíram do rosto do meu Senpai) e uma foto que eu tinha tirado dele na fonte enquanto as flores de cerejeira caíam ao seu redor (ele estava indo para a sua sala. Parecia um anjo, meu lindo Senpai).

Agora por fim coloquei o bloquinho usado por ele. Tirei um dos desenhos do bloquinho e examinei. Era um chibi dele mesmo olhando as estrelas.

Ah, Senpai, você está olhando as estrelas agora?

 

愛✁❦❤❧✃死

 

Acordei ao som do despertador e levantei sonolenta. Fiz minha higiene pessoal, coloquei o uniforme da escola e desci para a cozinha.

– Ohayou*, onne-chan. – meu irmão estava preparando torradas com mais sono do que eu.

– Ohayou… Okaasan? Otousan? *

– Eles já saíram. Você chegou tarde ontem, né? – ele ergueu uma sobrancelha e colocou as torradas no prato. – Onde estava.

– Na escola. Fiquei até tarde para terminar alguns deveres.

– A mamãe vai brigar com você. – ele comeu a torrada toda de uma vez.

– Eu vou preparar o jantar hoje. Ela nunca briga comigo quando estou com uma faca… – falei desinteressada. – Ela deve achar que sou psicopata.

Talvez… eu seja.

– Não fica achando que esse lance de psicopatia é cool* porque não é. Se você acha isso melhor guardar para si mesma porque é ridículo. – ele levantou e saiu da mesa.

Quê? Ele mudou de humor do nada.

Pff, desisto de tentar entender ele.

Depois de terminar o café, peguei minha bolsa e saí de casa.

Eu queria esperar o Senpai, mas preferi chegar na escola cedo para poder segui a Ichu.

 

Cheguei na escola, onde só os professores estavam. Troquei meus sapatos e fiquei mexendo no celular até os alunos chegarem.

Localizei a Ishu no meio da multidão, andando mais atrás em silêncio. Esperei ela trocar os sapatos e comecei a segui-la. Ela saiu da escola e se sentou na fonte oeste. Tirei outra foto.

Então quer dizer que você não gosta de falar com os outros e não gosta muito de pessoas também.

Peguei o caderno e anotei a nova descoberta:

Personalidade: Tímida e Calada (Dandere)

Depois adicionei:

Prefere ficar sozinha do lado de fora da escola.

Não gosta muito de falar com os outros.

 

Fiquei pensando em como me livraria dela.

Por que estou me preocupando? Só preciso esfaqueá-la. Ensinar que não deve mexer com o que é meu.

Esfaqueá-la.

Matá-la.

Matar.

Matar.

Teria que pensar no momento certo. No lugar certo.

As câmeras seriam um terrível problema… Ouvi o sinal tocando e Ichu se levantando.

Fui para minha sala. E esperei a professora chegar.

 

愛✁❦❤❧✃死

 

Ichu estava com o Senpai no telhado. Os dois estavam estudando juntos, ela falava alguma coisa e ele sorria de volta. Senti tanta raiva.

Amor e Ódio.

Amor por meu Senpai. Ódio por ela.

Me sentia prestes a esfaqueá-la ali mesmo, mas não faria isso na frente do meu Senpai.

Senpai… É tudo por você… Estou me segurando por você.

Cheguei mais perto sem que eles me vissem e me escondi de forma a ouvir tudo que eles diziam.

– Kio-kun, b=-4 não 8! E 72= 49 não 48. – ele assentiu e corrigiu o dever. – Bem, as outras você acertou.

– Isso é complicado. Preciso ir ao banheiro, já volto. – ele se levantou e foi para a porta oposta a mais perto de mim.

– Não tente fugir da nossa aula. – ele concordou e saiu. Ichu apagou mais alguma coisa e corrigiu. Ela estava com a face corada enquanto passava os dedos pelo caderno do Senpai. – Oh, Kio-kun, será que nunca vai notar o que sinto por você? – ela sussurrou e um sorriso delicado surgiu em seu rosto. – Vou me confessar… que nem diz o mito.

Mito? Quer dizer que ela acredita no mito da árvore de cerejeira na colina?

Isso significa… NÃO! Ela vai se confessar para o Senpai sexta! Eu preciso me livrar dela… Eu só tenho três dias.

Eu não vou permitir isso.

Minha mão deslizou e eu escorreguei no chão. Ichu se levantou na hora procurando de onde veio o barulho, enquanto ela olhava para o outro lado, saí do meu esconderijo e cheguei perto da porta.

– Ichu-san? Você ouviu esse barulho? – perguntei. Ela virou para mim e negou silenciosamente. – Achei que tivesse sido você.

– Não… err…

– Sou a Umi Yokoshima, pode me chamar de Shima. – sorri – É Matemática?

– Sim, Shima-chan. – ela tentava acabar com a conversa. – Eu estava ajudando… alguém.

– Ah, gomen, vou deixar você estudar. Tchau. – acenei com um sorriso e desci as escadas.

Não foi tão difícil fingir que não queria matá-la… Já pensei em como me livrar dela.

 

愛✁❦❤❧✃死

 

Depois da aula acabar tentei descobrir mais alguma coisa sobre a Ichu. Enquanto ela estava na sala, vi vários dos colegas de classe dela pedirem ajuda com os deveres e ela concordava em ajudar todos.

Não consegue negar ajuda, huh? Isso vai ser útil.

Vi o Senpai descendo as escadas para ir embora. Troquei meus sapatos e o segui.

Quando chegou são e salvo na sua casa, voltei para a minha. Meu plano se tornando cada vez melhor.

Vai ser incrível.


Notas Finais


*amada
* Bom-dia
* Mãe e Pai

Espero que tenham gostado, deixem seus comentários e deem alegria a essa autora >.<

kissus de ketchup ^3^ haha, agora que eu vi que não falei o nome do senpai ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...