História The Yellow House - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sherlock
Personagens Dr. John Watson, Molly Hooper, Mycroft Holmes, Sherlock Holmes
Tags Johnlock
Visualizações 47
Palavras 489
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Décima quarta pétala


Título oficial:

Quarto Escuro.

Quando um homem se apaixona por outro, é perceptível que acontecerá guerras internas e reais.

Sherlock lidava com as internas, com a confusão em seu cérebro, com as vozes negando o sentimento, era a sua guerra. Em seu reino, as pessoas eram livres, não existia divisão de classes, o Rei guiava o seu povo, assim era dito. Entretanto, as pessoas são cruéis, os ataques constantes ao reinado de seu pai, a cobrança, um conjunto de fatores lhe fizeram fugir. Seu irmão falava que era covardia e que uma hora ele teria que voltar, não era mentira, mas voltaria com John.

Já John lidava com as reais, lidou com o sangue e a morte, um comandante rigoroso e ignorante. No palácio, era invisível, como uma decoração que protegia a todos. Sem contato visual, dizia o major. Mas não poderia evitar, o luxo e as roupas lhe puxavam. Os burgueses conversavam com Watson, que não iria ignorar, aprendeu sobre tudo. Entretanto, como em todo lugar que visita, sofreu. Dor, preconceito, saudade, pressão. Afinal, era uma guerra. No entanto, estava de volta, estava sentindo o cheiro de Sherlock, sentia o cheiro das flores e observava a imensidão verde dos olhos de Holmes.

John não sabia bem o que fazer, estava tão nervoso que cogitava correr dali.

"O importante é você se divertir, John."

Ele estava se divertindo, mas o medo de errar em algo, estava lhe consumindo.

Sem saber o que fazer, John voltou a beijar o moreno, de forma descontrolada. As mãos do mais baixo estavam percorrendo o tórax do outro, conhecendo e aproveitando o lugar. Soltou os lábios rosados de Sherlock e começou a beijar seu peitoral, ao som dos baixos gemidos de Holmes.

Sherlock retirou a sua calça de moletom, deixando John ainda mais vermelho. Ele incentivou o loiro a fazer o mesmo, e assim Watson fez.

Alguns meses atrás, John não iria tirar suas roupas, correria as escadas e se esconderia em seus cobertores. Ele estava envergonhado, trêmulo, mas fazia parte.

Aquele momento não era meramente carnal, as almas estavam conectadas, era cliché, mas era o que ambos estavam sentindo. Desde que o primeiro contato visual foi realizado, estavam interligados. Foi rápido, mas não passageiro.

Os pequenos momentos somados eram a prova de um futuro amor.

Quando atingiram o ápice do prazer, continuaram juntos, deitados um na frente do outro, respirações ofegantes, sorrisos bobos.

Um amor nascia ali, o dever deles era estarem bobos.

"Eu acho que te amo."

John, ainda sorrindo, sussurrou. Por alguns momentos pensou que Sherlock não iria responder.

"Eu também acho que te amo."

E o seu sorriso aumentou ainda mais, se era possível.

Horas depois, ambos desceram e foram em direção à casa de Watson, passando pelo caminho das flores amarelas. Chegando lá, eles sentaram na varanda e admiraram a lua. Brilhante, no centro do céu.

Estavam felizes, no momento, ninguém poderia acabar com a felicidade deles.

Até o pai de Sherlock ligar.



Notas Finais


Muito açúcar?

Eu tentei fazer uma cena de sexo, romântica, linda. Mas não tenho talento para isso, como as pessoas conseguem!?

Obrigada por ler <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...