História The young Witch and The angry Beta - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Allison Argent, Bobby Finstock, Breaden, Brett Talbot, Chris Argent, Cora Hale, Derek Hale, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Mason Hewitt, Melissa McCall, Personagens Originais, Peter Hale, Rafael McCall, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski
Exibições 61
Palavras 2.172
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - 9


Fanfic / Fanfiction The young Witch and The angry Beta - Capítulo 9 - 9

Assim que eu pisei na casa fui bombardeada de perguntas sobre onde a Lil estava, com quem ela estava, o que ela estava fazendo, depois do questionário eu até parei de achar o Scott ciumento, quando eu decidi não responder as perguntas e subir para o meu quarto o Vlad decidiu subir atrás, ele quase entrou no quarto, mas eu meio que fechei a porta, quando eu me virei me deparei com o Liam deitado na minha cama.

Apenas joguei a bolsa em um canto qualquer do quarto e me deitei ao lado dele.

-Oi. - Ele disse me olhando.

-Oi. - Falo olhando para ele.

-Desculpe por hoje mais cedo. - Ele diz parecendo envergonhado.

-Tudo bem, já passou. - Falo olhando para ele.

Ele apenas sorriu e se aproximou.

Vlad pediu para eu te chamar para o treino e de nada.

Já estou indo, obrigada?

Eu coloquei o Liam para dentro, agora aparece aqui antes que o Vlad vá aí te buscar.

Me levanto e o Liam me olha confuso.

-Vlad está de mal humor e quer treinar. - Falo olhando para ele.

-Quer que eu te espere aqui? - Ele pergunta me olhando.

-Quer assistir? - Pergunto olhando para ele.

Ele sorri e desce as escadas comigo.

-Kath você treina com o Brett, ele precisa aprender a se defender dos nossos poderes, eu estarei lá em cima ajudando a Lori, não pegue leve com ele. - Vlad diz sério.

Ele provavelmente tinha decidido ignorar o Liam como sempre fazia, depois de desejar boa sorte para o Brett ele sumiu.

Depois de apenas meia hora de treino eu já tinha derrubado o Brett.

-Eu esperava mais. - Falo olhando para o Brett.

-Não quero machucar você. - Ele diz me olhando.

-Eu não estou pegando leve com você, não pegue leve comigo, eu posso me curar. - Falo olhando para ele.

Ele resolve seguir o meu conselho e depois de uma hora e meia ele conseguiu me derrubar além de não cair mais.

Eu ainda estava no chão e ele estava por cima, foi só aí que eu percebi que o Liam não estava mais ali.

-E como eu fui? - Brett perguntou arfando.

-Muito bem. - Respondo no mesmo tom.

-Eu não diria muito bem, ela provavelmente está exagerando, posso brincar também bruxinha? - Isaac pergunta surgido de só deus sabe onde.

-Acordou com vontade de apanhar hoje Isaac? - Pergunto olhando para ele.

-Talvez. - Ele responde sorrindo.

Brett se levanta e me puxa junto, o mesmo se afasta e eu fico frente a frente com o Isaac.

Ele parte para cima primeiro em sua forma total de lobo, eu desvio e resolvo jogar um pequeno jogo, fico aparecendo e sumindo o que o deixa tonto, logo em seguida o derrubo e faço uma faca aparecer na minha mão, a faca em questão vai direto para o pescoço dele.

-Me lembre de agradecer a sua instrutora de defesa pessoal. - Isaac diz sorrindo.

-Você agradeceu, ela me ensinou muito bem. - Falo sorrindo.

-Allison estaria orgulhosa de você Kath, muito orgulhosa. - Ele diz me olhando.

Acabo sorrindo com o comentário dele mas sinto uma lágrima escorrer, em seguida Isaac me abraça e posso sentir que ele também estava chorando.

O telefone dele tocou e ele me deixou sozinha com o Brett que me puxou para um abraço carinhoso.

-Não sei a razão, mas eu não gosto de te ver assim. - Ele diz parecendo preocupado.

-Assim como? - Pergunto.

-Sofrendo, sentindo uma dor que eu não sou capaz de levar embora. - Ele responde.

-Não pode curar todas as minhas dores com os seus poderes sobrenaturais, as vezes tudo o que eu preciso é um abraço. - Falo sorrindo.

-Então vou estar aqui sempre que precisar de um. - Ele fala sorrindo.

-Awnt eu shippo. - Lilith disse parada na porta.

-Tenho que concordar com ela, fazem um casal fofo. - Jackson disse parado ao lado da minha melhor amiga.

-Para o mundo, Jackson disse que algo é fofo, vai chover. - Falo sorrindo.

Jackson apenas revirou os olhos e eu mostrei a língua para ele.

-Quem mostra a língua quer beijar Mcall. - Ele diz rindo.

-Salve a sua linga para a loira que está do seu lado. - Falo sorrindo.

-Com prazer. - Ele diz e puxa a Lilith pela cintura a beijando em seguida.

-Pelo o jeito o encontro foi bom. - Brett diz me olhando.

-Bom? Com um beijo desses deve ter sido maravilhoso. - Falo sorrindo.

Ele acaba rindo com o meu comentário e entramos deixando o casal pegação ali.

-Pode vir comigo? Achei uma coisa que quero te dar. - Brett disse me olhando.

Apenas concordo e ele me estende a mão, eu a pego em seguida e subimos direto para o quarto dele.

-Pode ficar à vontade. - Ele diz me olhando.

Me sento na cama dele e olho para ele curiosa.

-Eu comprei depois daquela coisa do feitiço, quando eu estava voltando da escola, quando eu vi soube que era a sua cara e na hora eu achei estranho, mas depois descobrimos toda essa coisa da ligação. – Ele explica enquanto pega uma caixa na cômoda do quarto dele. –Considere como um presente de aniversário adiantado. – Ele diz me olhando.

Brett me entrega a caixa e me olha parecendo apreensivo, eu abro a caixa e me deparo com um colar, era uma lua com uma pedra da galáxia junto, meus olhos provavelmente estavam brilhando mais do que a pedra.

 -Você é o melhor beta do mundo. - Falei e o abracei em seguida. -Onde achou isso? - Pergunto olhando para ele.

-Em um lugar onde com certeza vou comprar várias coisas para você. - Ele responde sorrindo.

-Você com certeza é o melhor beta do mundo. - Falo sorrindo.

Ele apenas sorriu de volta e ficamos os dois ali sentados na cama dele, eu já estava quase cochilando quando o meu celular tocou, o nome do Stiles piscou na tela e eu já me preparei psicologicamente.

(K=Kath e S=Stiles)

K- Hey o que acontece para você me ligar?

S- Fizemos um plano para pegar o cara que está distribuindo dinheiro para ver vocês mortos, quer participar?

K- Eu topo, quando e onde?

S- Sua casa, vá agora, leve alguns bruxos e aquele lobisomem com você.

Desligo o celular e olho para o Brett.

-Está a fim de participar de um plano perigoso e idiota hoje à noite? - Pergunto olhando para ele.

-Não ouvi nada de perigoso e idiota durante a ligação. -Ele responde me olhando.

-Okay você é novo aqui então eu vou explicar, se é um plano e vem do Stiles sempre vai ser idiota e perigoso, muito perigoso. –Expliquei olhando para ele.

 -Você vai? - Ele pergunta me olhando.

-Yep, a Lilith provavelmente vai também. -Respondo.

-Encontro as duas na sala, vamos fazer algo idiota e perigoso. -Ele fala me olhando.

Fui para o meu quarto me trocar e depois a Lilith, o Brett e eu seguimos para minha casa, quando entrei me deparei com o Stiles, a Kira e o Liam parados na sala.

Stiles levou um tempo para explicar o plano e quando ele terminou eu pude sentir a tensão na sala, Liam estava inquieto, Kira estava insegura, e eu estava tentando me manter calma.

Quando você disse perigoso e idiota eu achei que estava brincando.

Eu estava falando bem sério, sou só eu os as emoções da sala também estão te cercando?

O que está me cercando no momento é o seu namorado, se ele der mais uma volta na sala...

Se ele der mais uma volta na sala eu vou ficar tonta então se ele fizer por favor o derrube.

-Stiles cadê o meu irmão? - Pergunto olhando para o único humano na sala.

-Lá em cima. - Stiles me responde.

Vou bater um papo com o Scott me espere aqui okay?

Claro, com a condição de eu derrubar o seu namorado, ele está me irritando.

Se ele der mais uma volta...

Antes que eu pudesse finalizar o meu pensamento o Liam estava no chão, e eu estava rindo com a cara de inocente que o Brett estava fazendo.

-Obrigada. - Disse olhando para o Brett ainda rindo.

Liam me olhou confuso.

-Desculpe baby, mas você estava me deixando tonta. - Falo olhando para ele.

Depois do ocorrido eu subi as escadas rindo e entrei no quarto do Scott sem bater, ele estava sentado na cama.

-Sabe que aquele foi de longe o plano mais idiota que eu já ouvi, não sabe? - Pergunto sem olhar para ele.

-Mais idiota do que o do baile? - Ele pergunta sorrindo.

-Okay, esse é o segundo plano mais idiota que eu já ouvi. - Respondo sorrindo.

Ele dá duas batidinhas na cama e eu me sento ao seu lado.

-Acha que vai dar certo? - Ele pergunta preocupado.

-Não sei, mas podemos tentar, temos uma matilha grande, duas bruxas e o Jackson, e espero que tenha chamado a parte armada desse grupo, o Argent seria bom, avisar a nossa mãe também, não queremos que ela enfarte. - Respondo.

-Como sabe que o Jackson vai ajudar? - Scott perguntou me olhando.

-Por que eu trouxe a Lilith. - Respondo sorrindo. -Brett veio junto. - Falo em seguida.

-Ainda não entendi como a Lilith vai convencer o Jackson, fico feliz que tenha trago seu beta, pelo menos assim tenho uma preocupação a menos. - Ele diz me olhando.

-Sério Scott? -Pergunto rindo.

-Não sei como uma bruxa vai convencer o Jackson a fazer alguma coisa, eu estou tentando desde o primeiro dia dele como lobisomem e não consegui nada. - Ele responde me olhando.

-Isso é por que você não é uma loira linda de olhos claros que sabe um jeito bem conveniente de convencer ele a fazer as coisas. - Falo olhando para ele.

E meu irmão estava da cor de um tomate o que me fez rir.

-Okay eu vou descer e você e a sua matilha dão um jeito na parte de apagar você, eu continuo odiando esse plano. - Falo olhando para ele.

-Fique segura okay. - Ele pede me olhando.

-Prometo ficar viva, segurança não está sendo o forte de nenhuma criatura sobrenatural no momento. - Falo sorrindo.

Ele me puxa para um abraço e eu saio do quarto depois disso, quando termino de descer as escadas me deparo com uma cena bem estranha, Brett e Liam lado a lado, detalhe, sem um único arranhão.

Eu devo me preocupar?

Não, é uma pequena trégua.

Graças a alguma entidade divina, não ia aguentar ver o meu irmão morto e ter que separar uma briga, sobe comigo, é minha vez de te dar alguma coisa.

Brett me olha curioso, mas não diz nada e me segue escada a cima, assim que entramos no meu quarto eu fechei a porta.

-Por que trancou a porta? - Brett perguntou me olhando.

-Por que o que eu vou te dar é um pouquinho importante. - Respondo e faço a minha pequena coleção de pedras aparecer. - Agora me dê a sua mão. - Falo em seguida.

Ele obedece, sinto os meus olhos mudando de cor e a magia das pedras pulsou em direção a minha mão, os colares estavam levitando, peguei a mão do Brett e a deixei estendida, um colar com uma pedra branca foi até a mão dele e os outros colares retornaram ao seu lugar.

-Essa é uma pedra da lua, vai proteger você, de qualquer coisa. –Explico.

-Você disse que era um pouquinho importante. - Ele diz me olhando confuso.

-A pedra não se mostra em público, uma bruxa tem que chamar ela, é uma coisa meio intima, todas essas pedras têm magia, uma magia distinta mais ainda sim magia. - Explico olhando para ele.

 Depois da nossa pequena conversa nós seguimos direto para o hospital, eu não vi a reação da minha mãe, mas pelo abraço que ela me deu quando entrou na sala e pelas lágrimas no rosto dela eu pude perceber que estava sendo mais difícil para ela do que para mim.

-Vamos a segunda parte do plano, Isaac vai ir junto com o Argent, Jackson e Lilith ficam circulando pelo hospital prestando atenção a qualquer coisa bizarra, fiquem no nosso corredor, Stiles, Kira, Brett, Liam e eu ficaremos monitorando as câmeras. - Explico para eles.

 Todos estavam seguindo o plano até uma das câmeras falharem, agora Stiles estava com a Lilith e o Jackson e o resto estavam indo para o telhado verificar o que tinha acontecido.

Quando chegamos lá nos deparamos com criaturas bem bizarras, eles eram cobertos de ossos e enormes, obviamente não íamos conseguir derruba-los então batemos em retirada.

Bater em retirada não deu muito certo já que as criaturas nos seguiram.

-Se abaixem. - Pedi ao grupo.

Eles obedeceram e eu me concentrei no inimigo, uma barreira de fogo cercou os monstros impedindo-os de passar, eles desistiram sem motivo aparentemente e logo desapareceram de vista.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...