História Then, I Found You - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ace of Angels, AOA, Bangtan Boys (BTS)
Personagens Chanmi, Choa, Hyejeong, J-hope, Jimin, Jimin, Jin, Jungkook, Mina, Rap Monster, Seolhyun, Suga, V, Yuna
Exibições 31
Palavras 748
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ayoooooo! Mais um capítulozinho pra vcs :3

Capítulo 11 - Love


Yuna on

- Mina? Vem comigo beber água?

Falei, cutucando o braço de Mina. Estavam todas dormindo, e eu estava morrendo de sede. Mina resmungou alguma coisa, mas aceitou ir comigo até a cozinha.

Fomos até a cozinha no maior silêncio possível, bebemos água e ficamos conversando, quer dizer, sussurrando. Vimos os meninos dormindo na sala, mas um dos colchões estava vazio. Era o de Namjoon. Eu e Mina trocamos um olhar meio confuso.

- Mina, onde você acha que ele está?

- Como eu vou saber? Banheiro, talvez... – Mina deu de ombros.

- Você quer dar uma olhada na casa? Sei lá, só por curiosidade, eu queria ver o resto dela...

- E se eles acordarem? – ela perguntou preocupada.

- A gente sai correndo, melhor que nada né?

- Ou a gente simplesmente explica, é bem mais fácil, não acha?

- Okay, okay, vamos. Bem quietinha hein! – falei.

Fomos andando pela casa do garoto da sala 2-B, e acho que era a maior casa que eu já tinha entrado. Chegamos a uma escada e subimos, em silêncio. Tinham alguns quartos e uma sala de estudos. Notamos que um dos quartos estava com uma luz fraca acesa, talvez gerada por um abajur ou uma luminária.

Mina e eu fomos até lá e vimos Namjoon e Seolhyun sentados na cama, conversando. Esse devia ser o quarto dele, tinha uma cama com uma coberta azul por cima, uma escrivaninha com um computador, um guarda-roupa e vários pôsteres nas paredes.

Encostamos na parede e começamos a ouvir a conversa, embora Mina tivesse dito que era errado e que deveríamos voltar.

- Mas é mais complicado do que parece, minha madrasta já me bateu uma vez, por que não tinha conseguido um papel principal numa peça da escola. Mas tudo bem, meu pai descobriu e ela disse que não foi a intenção...

- Isso é sério, você sabe né?

- Sei – Seolhyun falou, abaixando a cabeça.

- E se ela fizer de novo?

- Eu vou aguentar. Sabe, só mais um pouco, até eu poder sair de casa.

- Olha, não é ruim morar sozinho... Eu gosto bastante, mas meus pais me deixaram sozinho para que eu pudesse aprender a viver. O que ela faz com você é horrível, sabe não te deixa “viver”... Eu sei que é seu sonho ser modelo, mas outras oportunidades vão surgir, e ela não pode te agredir por que você falhou uma vez.

- Eu acho que ela faz isso porque é mais o sonho dela do que o meu, sabe? Ela quer que eu seja o que ela não conseguiu ser. A mãe dela era dona de uma empresa de moda em Paris, mas ela nunca conseguiu realizar seu sonho de ser modelo.

- E ela tenta fazer com que você realize o sonho dela? Eita, que loucura...

- Sim, mas eu até gosto de desfilar e essas coisas.

Virei-me para Mina e nós duas estávamos chocadas. Seolhyun nunca falou sobre aquilo, nunca nem mesmo citou a madrasta. Claro, nós sabíamos que o pai dela se casara com outra mulher, mas não que ela a tratava daquele jeito.

- Mina... – sussurrei.

- Meu Deus... Vamos voltar, e é melhor fingirmos que nunca ouvimos isso.

Concordei e nos viramos para dar uma última olhada, então vimos a cena. Eles estavam num intenso beijo, parecia cheio de amor e desejo. Não queríamos atrapalhar, então descemos a escada.

Chegamos no quarto e sussurrei para Mina:

- Já shippo, que casal mais lindo!

Ela concordou e fez um coração com as mãos. Voltamos a dormir e só acordamos quando eram umas dez da manhã.

    

Seolhyun on

Eu não consegui dormir direito na noite passada. Ficava pensando em Namjoon e naquele beijo. Eu estava gostando dele e, pelo jeito, ele também gostava de mim. Iria contar para as meninas, mas não hoje.

Era domingo e precisávamos voltar para nossas casas. Todos nos juntamos na sala para nos despedirmos.

- Gostei muito da nossa festa! Espero que possamos fazer de novo algum dia... Vocês são mais legais do que eu pensei. Sério, vamos ser amigos! – Namjoon falou, sorrindo.

- Espera, você disse amigos? Eu tenho amigos! Muito obrigado mesmo gente – Jungkook disse.

Todos riram com o comentário dele, mas é, agora éramos um grupo. Todos estavam felizes de terem passado um tempo juntos. Mesmo Jimin e Yoongi trocando olhares de raiva, foi divertido. Eu pude conhecer melhor o Namjoon e, quem sabe, poderíamos nos tornar algo mais do que apenas amigos.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!

Beijooos :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...