História There is no love without suffering. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Castiel, Dakota, Debrah, Iris, Kentin, Leigh, Lysandre, Rosalya
Tags Amor Doce, Castiel
Exibições 100
Palavras 2.267
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá amores, como prometido esse capítulo foi maior, desculpem qualquer erro. Espero que gostem
Boa leitura 😘

Capítulo 10 - Muitas brigas.


Fanfic / Fanfiction There is no love without suffering. - Capítulo 10 - Muitas brigas.

5:00 a.m

Acordei com o celular tocando, peguei do criado mudo e o desliguei, olhei pro lado e Castiel estava dormindo, parecia um bebê, fiquei um tempo acariciando seu rosto até que o mesmo acorda com um sorriso no rosto.

Juliana: - Bom dia. - Sorri e dei um beijo em seus lábios. 

Castiel: - Bom dia, tábua. - Olhei com uma cara brava pra ele.  - Há há tô brincando meu amor. Que horas são? 

Juliana: - 5:00 horas.  

Castiel: - Nossa ta muito cedo vou volta a dormi. - Ele virou pro lado. 

Me levantei e fui tomar um banho,  ainda estava cansada da noite de ontem,  nunca havia me sentindo assim e era bom. Entrei no box por que já estava sem roupa,  lavei meus cabelos numa água quente. Sai do banheiro e passei meu óleo de morango,  vesti uma calça legging, uma blusa de frio da Nike cinza e um tênis branco também da Nike. Deixei meus cabelos soltos para secar sozinhos.

Isa estava dormindo então não quis acordala apenas troquei sua roupa,  à vesti com um sobre casaco em tom de preto,  uma meia calça e uma touquinha preta. 

Juliana: - Castiel acorda. - Balancei o braço dele. 

Castiel: - hum... - Ele só resmungou. 

Juliana: - Tô saindo pra levar a isa ta bom. 

Castiel: - Que horas são? - Ele perguntou sem abrir os olhos. 

Juliana: - Umas 6:30, por quê? 

Castiel: - Nada não, vou volta a dormi,  cuidado. - Ele me deu um beijo e volto a dormir.

Sai com a isa de casa e fui caminhando até a escolinha com ela no colo, ela estava ficando pesada.

~ Quebra de tempo ~ 

Estava chegando na escola quando Nath me puxa pelo braço. 

Juliana: - Nossa quer me matar do coração, que susto.  - Disse pondo a mão no peito.

Nath: - Desculpa não queria te assustar. - Ele estava mais frio comigo.  - O que você e o Castiel ta tendo? 

Juliana: - Por que o interesse nisso Nath?

Nath: - Eu só quero te avisar,  Castiel pode ser um amor no começo mais quando ele consegue o que quer, ele se desinteressa. - Ele olhava no fundo dos meus olhos. 

Juliana: - Você acha que eu tenho quantos anos Nathaniel?  Eu sei me cuidar e sei o que muito homens estão interessados! - Disse ficando irritada com ele.

Nath: - Se você acha que sabe eu não vou mais tocar nesse assunto. - Ele soltou meu braço e eu entrei na escola.

Fui em direção a minha sala quando Ambre e suas amiguinhas esbarram em mim me fazendo ir ao chão. Elas saem rindo da minha cara, Lysandre viu a cena e veio me ajudar.

Juliana: - Obrigada Lys. - Sorri pra ele pegando minha mochila de sua mão. 

Lys: - Não foi nada, tá indo pra sala? 

Juliana: - Sim.

Lys: - posso te acompanhar?  - Ele estendeu a mão e eu assenti. Fomos caminhando até a sala conversamos sobre a isa já que ele sabia. 

Entramos juntos na sala o professor já estava, vi que Castiel ficou fuzilando o lys com os olhos. Parecia está com ciúmes e eu estava gostando disso kk. Me despedi do lys e fui em direção ao Castiel. 

Juliana: - O que foi tomate?  - Disse jogando minha mochila no chão e sentando na cadeira. 

Castiel: - Por que você estava com o Lysandre? - Seu tom de voz estava alterado e tive certeza que estava com ciúmes kk.

Juliana: - Ta com ciúmes do lys?  Há há há achei que vocês fossem amigos. - Ri da cara dele e o mesmo me olhou seriamente fazendo eu engolir minhas gargalhadas. 

Castiel: - Não tô achando a menor graça Juliana!  - Ta bom ele ficou bravo. 

Juliana: - Ta bom meu amor vou te explicar,  eu tava entrando no corredor e a Ambre com suas amiguinhas esbarram em mim fazendo com que eu caísse no chão e o Lysandre só me ajudou.

Castiel: - A quela biscate vai ver só.  - Ele se levantou pra ir me direção a ela mais o impedi. 

Juliana: - Não Castiel senta essa bunda aí agora. - Disse com uma voz autoritária que fez o mesmo se sentar. 

Professor: - O esta acontecendo aí atrás senhor Collins? - Professor parou toda a explicação. 

Castiel: - Nada.  - Ele voltou pro seu lugar e o professor volta a explica a matéria.

Juliana: - Castiel depois a gente resolve isso juntos ouviu bem?! - Virei pra frente e comecei a prestar atenção na aula. 

A aula estava muito chata, as horas não passavam e Castiel ainda chutava minha cadeira. Depois de um milênio naquela maldita sala o sinal pro intervalo tocou, Castiel pediu pra esperar ele e foi isso o que fiz, Rosa e Alexy me olharam com cara de safados. 

Juliana: - O que foi, por que pediu pra te espera?  - Ele se não disse nada só se aproximou e me colocou encima da mesa do professor.

Juliana: - Castiel aqui não... - Eu ja estava ficando animada com aquilo mas ali não podia. 

Castiel: - Por que não? - Ele pergunta beijando meus pescoço e passando as mãos pelas minhas costas. 

Juliana: - Aluém pode entra a qualquer momento. Vamos pro pátio vem.  - Desci da mesa do professor,  arrumei minhas roupa e sai puxando ele. 

Passamos em frente à Ambre e suas amiguinhas de mãos dadas que fez ela se remoer de raiva, confesso que estava gostando de vela assim. Nos sentamos na mesa com a galera e Nath nem Melody estavam, olhei pro lado e vi os dois se pegando perto de pilastra. 

Juliana: - Nathaniel e Melody há há há - Olhei pra Rosa e ela olhou em direção a eles e começou a rir. 

Rosa: - Que fofos.

Alexy: - finalmente ela conseguiu o que tanto queria. 

Juliana: - Ela gosta dele gente? 

Alexy: - desde infância, mas Nath nunca deu bola pra ela.

Castiel: - Ele sempre preferiu a namorada dos outros né. - Não entendi o que ele quis dizer com isso. 

Juliana: - Como assim? - Perguntei e todos ficaram quietos. - Ninguém vai responder não? - Todos olharam pro Castiel e eu também. 

Castiel: - Ta com ciúmes é há há há.  - Ele começou a rir e eu fiquei vermelha,  feitiço contra o feiticeiro. 

Juliana: - Olha minha cara de quem sente ciúmes.  - Apontei pro meu rosto com cara de brava.

Castiel continuou rindo e logo eles mudaram de assunto. O sinal bateu e voltamos pra sala, era aula de química então fomos para o laboratório,  chegando lá era pra gente escolher nossa duplas Rosa e Alexy ficaram juntos, Lys e Íris,  Kentim e Armin, Nath e Melody e eu com Castiel,  fui quase obrigada a fazer com ele mais tudo bem.

O resto da aula passou bem rápido e logo deu o horário de ir embora. Estava saindo com Rosa e Alexy como de costume até que um idiota para a moto na nossa frente impedindo nossa passagem. Já até sabemos quem era né. Ele estendeu o capacete e eu peguei, me despedi dos dois e subi na moto,  nem precisa falar que como de costume Castiel saiu como um louco. 

Chegamos em casa em poucos minutos.

Juliana: - Obrigada. - Tirei o capacete e o entreguei. - Quer entrar? 

Castiel: - Bem que queria mais não vai dar, tenho que ir ensaia. - Ele fez uma carinha triste. 

Juliana: - Ensaio?  - Perguntei sem entender. 

Castiel: - É, seu tenho uma banda com o Lys e mais dois meninos que você não conhece. 

Juliana: - E o que você faz na banda? 

Castiel: - Guitarra e baixo as vezes. - Ele deu um sorriso de lado. 

Juliana: - Que legal, e vocês são bons?

Castiel: - Bom, não é aquela coisa mais a gente tenta. - Ele se aproximou e me deu um beijo.  - Tenho que ir se não chego atrasado aliás já tô. 

Juliana: - Ta bom,  cuidado.  - Ele deu partida na moto e saiu. 

Entrei em casa e fui fazer algo pra eu, Rosa e Alexy almoça,  eles ainda não tinham chegado. Fiz uma lasanha rapidinho,  enquanto estava no forno eu subi pro quarto pra me arrumar.

Tomei uma ducha rápida e vesti uma calça de moletom apertada no tornozelo na cor preta com um cropped branco. Deixei meus cabelos soltos.

Desci até a cozinha e a lasanha já estava pronta,  retirei do forno e logo em seguida Rosa e Alexy chegaram.

Rosa: - Hm.... Que cheiro bom. - Eles vão direto pra cozinha. 

Alexy: - hm... Que fome,  parece estar uma delícia. 

Juliana: - E está há há,  senta aí pra gente comer. - Eles se sentaram na mesa.

Almoçamos bem felizes,  conversamos sobre assuntos aleatóriaos. Depois do almoço subi pro meu quarto e escovei meus dentes,  desci as escadas em direção a porta.

Juliana: - Rosa tô indo trabalhar,  não esquece da Isa e Alexy cuida da Rosa, gritei pra eles que estavam na cozinha lavando a louça. 

Sai de casa e fui caminhando até o estúdio,  chegando lá entro e não vejo o Dylan,  suponho que está com cliente. Sentei na cadeira de frente pro computador e comecei meu expediente. 

Dylan: - Olá Juliana. - Ele sai da sala com uma moça com os cabelos todos desarrumados. - Até a próxima seção gabi. 

Juliana: - Há há há.  - Sabia o que estava acontecido e tentei ser discreta mais não deu eu cai na gargalhada. 

Dylan: - Ta rindo do que menina.  - Ele me olhou sorrindo. 

Juliana: - Nada não.  - Segurei a risada. 

Dylan: - engraçadinha você em.  - Ele entrou na sala e eu continuei meu trabalho. 

No meio do expediente mandei recebi uma mensagem do Castiel.

Mensagem on 

Castiel: Já acabou o ensaio,  que horas você sai do trabalho? 

Juliana: 20:00 horas hoje. 

Castiel: Ta bom vou está te esperando aí. 

Juliana: Você que sabe. Já está com saudades?  kkk

Castiel: E a tábua não está? 

Juliana: Até parece kkk. Tenho que voltar pro trabalho até mais tarde. 

Castiel: Até. ❤

Juliana: ❤

Mensagem off 

Voltei a atender os clientes e atender os telefones. As horas pararam rápido, já eram 19:30 e eu estava cansadona. 

Dylan: Por hoje é isso. - Ele disse trancando a porta da sala. 

Juliana: - Ufa, já estou cansada. - Levantei da cadeira me espreguiçando. 

Dylan: - O que acha da gente ir fuma um agora?  

Juliana: - Não vai dar tenho que ficar com minha filha.

Dylan: - Filha? - Ele me olhou surpreso. 

Juliana: - Há há, não parece?  

Dylan: - Não, você tem um corpo incrível nunca imaginária isso. 

Juliana: - Obrigada.  - Senti corar.

Dylan: - Não precisa ficar com vergonha há há há. - Ele riu e eu o encarei.

Juliana: - Não estou.  - Sorri de lado e fomos em direção a porta. 

Ajudei ele a fechar o estúdio e fomos caminhando em direção a rua, não via a moto do Castiel e achei que ele não viria. 

Dylan: - Bora?  Ele disse abrindo a porta do carro.

Juliana: - Alguém vai vim me busca já obrigada. 

Dylan: - Não tô vendo ninguém. - Ele olhou pros lados. 

Juliana: - Já já ele chega há há.  - Ele sempre me faz rir.

Dylan: - Bom você quem sabe tchau. - Ele veio me abraçar pra se despedir e castiel chegou bem na hora. 

Fui em direção a ele que estava com uma cara nada agradável, peguei o capacete subi na moto e saímos, Castiel corria mais que o normal,  quase batemos num carro porque ele passou no sinal vermelho. Chegamos em casa em poucos minutos. 

Juliana: - Você é louco?! Pra que ficar correndo assim? - Desci brava da moto.  

Castiel: - EU QUEM PERGUNTO SE VOCÊ É LOUCA, DORME COMIGO E FICA AGRRADA COM AQUELE CARA? - Ele gritava comigo. 

Juliana: - Pra começo de conversa baixa seu tom de voz comigo! - Fiz um sinal com as mãos. - Continuando,  ele é o meu chefe,  não foi abraço malicioso nem por maldade e se você quer morrer se mata sozinho não me leve com você!! 

Castiel: - Não interessa quem ele é,  pode ser até o papa eu não gostei de ver minha mina abraçada com outro cara. 

Juliana: - Se controla ta. Se eu tô com você é só você, comigo não tem essas! 

Castiel: - Eu gosto de você. - Ele disse descendo da moto e me abracando. - Desculpa por fazer você sentir medo. 

Juliana: - Ta bom,  só quero que você entenda que eu também gosto de você e não vai ser um abraço qualquer que vai mudar esse sentimento. - Retribui o abraço ainda mais forte. 

Castiel: - Já está ficando tarde,  vou pra casa. - Ele subiu na moto e me puxou para um beijo que durou uns 10 minutos kk.

Juliana: - Até amanhã. - Sorri pra ele que retribuiu. 

Ele deu partida na moto de foi embora . Entrei em casa e Rosa estava dormindo no sofá com a isa,  peguei a isa sem acordala e a coloquei no berço. Coloquei um pijama e desci até a cozinha. 

Esquentei o resto da lasanha e comi tudo,  estava morrendo de fome. Acordei a rosa que dormia no sofá e mandei que ela deitasse na cama. Subi pro meu quarto,  escovei meus dentes e me joguei na cama. Olhei meu celular e tinha uma mensagem do Castiel. 

Mensagem on 

Castiel: Boa noite meu amor. Espero que não esteja brava comigo. ❤

Juliana: Boa tomate..  Tô não viu já conversamos e passou, bjos ❤

Mensagem off 

Coloquei meu celular no criado mudo ao lado da cama e acabei adormecendo. 



Continua..... 












Notas Finais


roupa da ju (escola)
https://goo.gl/images/JgZ7Lf

Roupa da Isa
https://goo.gl/images/XyKC1T

Roupa da ju (trabalho)
https://goo.gl/images/sbfQtM

Espero que tenham gostado da fic, as coisas estão começando a esquentar.
Obrigado por acompanhar
Qualquer sugestão é bem vinda 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...