História There is Still Hope Fic-Imagine BTS - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Imaginebts, Thereistillhope
Visualizações 269
Palavras 1.388
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura!

Capítulo 16 - ''Revelations''


Fanfic / Fanfiction There is Still Hope Fic-Imagine BTS - Capítulo 16 - ''Revelations''

Capitulo 15

‘’ Revelations’’

Eu olho assustada, isso não pode estar acontecendo eu observo Jin se sentando e os outros indo para os cantos deixando o meio do helicóptero livre... Isso vai mesmo acontecer aqui? Todos ficam em silêncio observando a expressão tristonha de Jin, que se deita no chão do helicóptero, eu não consigo dizer nada no momento não a nada que eu possa fazer, o homem de preto pega um machado que estava no canto do helicóptero e pede para que Namjoon prepare uma coisa parecida como uma tocha para a cicatrização do ferimento. Um arrepio percorre minha espinha, meu coração fica acelerado e o medo toma conta do mesmo, mas mesmo assim eu quero ajudar.

 

Você - A algo que eu possa fazer para ajudar? *Eu me levanto e o encaro, os outros me olham e o cara de preto se dirige a mim*

 

Xx – Se tiver algo para amarrar o braço dele bem em cima ajudará. *Ele diz rápido se preparando.*

 

J-hope – Aqui S/N use essas faixas, eu tinha na mochila.

 

Eu peguei as mesmas e corri até o Jin, e me ajoelhei ao seu lado, e ele me estendeu o braço, eu o olhei e percebi que o mesmo tentava conter seu medo, ele estava bem nervoso e com medo,  seus olhos mostravam isso, mas ele mesmo assim mantinha a calma.

 

Jin –Obrigada S/N. *Ele disse olhando pra mim e eu me afasto quando eu termino me sentando junto aos outros no canto do helicóptero.*

 

Jin coloca um pedaço de pano entre seus dentes e se apoia virando o rosto para a direção contraria. Sussurros de tenha força ecoam o helicóptero, e a atmosfera parece pesar ao extremo, meus olhos lacrimejam levemente e meu coração se mantém pulsante dentro do meu peito. O homem de preto pega o machado em suas mãos e mira rapidamente no local. Ele ira perder metade de seu braço, a mordida fez que suas veias começassem a ficar exaltadas e roxas, se demorarmos mais talvez ele morra... Eu olho as mãos do homem que porta o machado que está empunhando firmemente, e finalmente o machado desce sobre o braço de Jin, eu fecho meus olhos que derramam lagrimas ao escutar gritos agonizantes de dor, eu não sou capaz de olhar agora, eu escuto o mesmo dizer para passar o fogo, e os gritos de Jin se intensificam e sinto ser abraçada por alguém e meus ouvidos serem tampados, os gritos eram terríveis e doía meu coração, eles não se cessaram ainda estão altos e assustadores... Até que depois de um momento eles se cessão, eu abro meus olhos levemente e estou sendo abraçada pelo Jimin, e do outro lado o Taehyung, Jungkook também abre seus olhos agora ele está ao lado de nós, e Yoongi parece que já tinha os aberto há um tempo assim como J-hope e Namjoon. Eu olho Jin que está no chão que está ensanguentado, sua respiração era forte e seu rosto estava completamente suado, assim como o resto de si, meu coração dói ao ver o local onde estava seu braço vazio.

 

Taehyung –Onde está o braço amputado? *Ele pergunta*

 

xx- Joguei do helicóptero... Não tínhamos onde por.

 

Jogou daqui de cima? Eu ainda não consigo me conformar por isso ter acontecido, Jin e sempre tão bom com todos, por que com ele? Acho que coisas ruins na maioria das vezes acontecem com pessoas boas, e isso e completamente frustrante, pois elas não são merecedoras de tal dor, mas não a nada que possamos fazer.

 

Você *Eu me levanto* -Jin está tudo bem? *Minha voz e trêmula.*

 

Os outros se levantam e se aproximam um pouco.

 

Jin abre os olhos lentamente, e nos olha ainda com eles entre abertos.

 

Jungkook – Jin hyung está bem?

 

Jin –V-vou ficar melhor. *Ele diz com um pouco de dificuldade.*

 

Xx – Vocês tem que descansar um pouco, e deixa-lo descansar também. *Ele retira comprimidos dos bolsos.* - Deem a ele esses anti-inflamatórios e analgésicos.

 

J-hope – Você já tinha feito isso antes?

 

Xx – Sim, com um colega, então não se preocupe ele ficará bem eu vou para a cabine agora.

 

Namjoon –Obrigada.

 

Todos dizem em seguida.

 

Você –Obrigada.

 

Ele acentua positivamente e vai para a cabine, eu dou os remédios ao Jin, que ele havia pedido para dar e nos sentamos para descansar depois de acomodar Jin... Eu ainda não posso acreditar que ele perdeu seu braço, vai ser mais difícil agora. Eu olho Jin sentado com os olhos fechados, e me lembro de seus gritos... Eu fico triste com essa situação, nós todos tentamos descansar não há mais nada a fazer enquanto estivermos no helicóptero. Eu fecho meus olhos, todos ficam quietos acho que também estão tristes... Depois de um tempo eu ainda não consigo dormir e abro os olhos olho em volta e todos estão dormindo, eu me levanto e olho pela pequena janela do helicóptero, a visão aqui do céu e da lua e as estrelas é linda... Eu observo tentando me distrair... De repente eu olho pra trás e levo um pequeno susto, a luz da lua estava iluminando o local onde Yoongi estava sentado, ele me observava seus olhos me encaravam, achei que estivesse dormindo.

 

Yoongi – Não consegue dormir? *Ele diz baixo com seus olhos me olhando que refletiam o brilho da lua, e sua pele clara se realçava.*

 

Eu balanço a cabeça negativamente o olhando...

 

Você –Por que está falando comigo? *Penso alto e digo baixo para o mesmo*

 

Yoongi – Por que eu quero.

 

Você – Aish idiota. *Me viro de costas para olhar a janela para ignorá-lo.*

 

Yoongi – Desculpe.

 

Oi? Mas o que eu... Não eu devo ter escutado errado, me viro.

 

Você – O que disse?

 

Yoongi *Ele suspira* -Você ouviu.

 

Você – Achei que me odiasse. *Digo me sentando de frente para o mesmo*

 

Ele olha pra janela acima e suspira.

 

Yoongi – Eu nunca disse que odiava você. *Ele volta seu olhar a mim*

 

Eu olho surpresa... Eu realmente achei que ele me odiasse.

 

Você – A-ah... *Foram as únicas coisas que saíram da minha boca, desvio o olhar.*

 

Yoongi – O que aconteceu com sua família...

 

Eu acabo olhando Yoongi, por que ele está conversando comigo? E interessado na minha família?

 

Você – Por quê? *O olho*

 

Yoongi *Ele estala a língua* - Então boa noite. *Ele se vira*

 

Eu olho Yoongi, e suspiro... Eu me pergunto se os outros não estão ouvindo, mas olho todos e estão dormindo profundamente, eles estavam muito cansados, principalmente Jin depois de tudo.

 

Você – Eu morava no Brasil... *Começo a falar* - Com meu pai, e minha mãe de sangue... Ela morreu quando eu tinha 11 anos. *Eu encaro o chão, e Yoongi se vira para me escutar me observando.* - Ela morreu quando estávamos voltando de carro... Sofremos um acidente, ela estava no banco de trás comigo, pois eu estava passando mal, um carro veio em nossa direção em um momento quando meu pai estava dirigindo, para me proteger ela se deitou sobre mim e me prendeu no cinto, meu pai tentou desviar mais não foi capaz e o carro rodou e acertou onde minha mãe estava, eu e meu pai sobrevivemos, mas ela não... Essa visão nunca saiu da minha cabeça. *Lagrimas escorrem pelo meu rosto enquanto mantenho minha expressão.*

 

Yoongi – Desculpe ter perguntado.

 

Você – Não, não tem problema, eu precisava contar alguém um dia.

 

Ele acentua positivamente com um sorriso, pela primeira vez eu vi um sorriso gentil no rosto de Min Yoongi.

 

Você –Bem depois disso...*Eu continuo* -Meu pai conseguiu emprego em Seul, e viemos pra cá, ele encontrou uma boa esposa, eu a considerava como uma mãe... Tinha meus amigos também... Até que isso tudo aconteceu... E eu perdi quase tudo... *Ainda continuo chorando*

 

Ele estala a língua novamente, e se levanta passando por todos e vindo em minha direção, eu levanto meu olhar quando percebo, ele se agacha em minha frente e eu o olho confusa, ele passa gentilmente o polegar sobre meu rosto limpando minhas lagrimas, o que aconteceu com Min Yoongi?

 

Yoongi – Você não perdeu tudo vamos encontrar seu pai não se preocupe.

 

Você – Por que está me tratando bem?

 

Yoongi – Eu não sou um monstro sabia? Eu não posso continuar assim com você sempre.

 

Nós ouvimos barulhos e eu olho Jungkook está acordado, nos surpreendemos, e Yoongi se afasta.

 

CONTINUA.

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Desculpem a demora, meu computador tinha sumido o carregador e eu realmente prefiro escrever pelo notebook, mas enfim eu achei aqui está o capitulo :3 O que acharam? Eu queria por uma musica em uma parte do capitulo pra vcs ouvirem lendo, mas o Spirit não dá ;-; Não tem problema mesmo assim! Quem ainda não entrou no grupo do Facebook eu estou aguardando vocês, e quem sabe futuramente eu passe o grupo pro Whatsapp estou pensando sobre isso <3 Beijoos compartilhem a historia com as armyguinhas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...