História They - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Tags Bts, Colegial, Drama, Jungkook, Romance, Taehyung(v)
Visualizações 14
Palavras 622
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


1/2 por hoje porque
1: sou ansiosa
2: esse capítulo é curto
3: Porque sim :)

Xoxo

Capítulo 8 - Protetor solar


Fanfic / Fanfiction They - Capítulo 8 - Protetor solar

Ah, domingo... Tem coisa melhor? Bom, tem, mas releva. Eram 9 da manhã e eu estava acordando. Estava fazendo um calor do caralho, então vesti meu biquíni e fui tomar banho na piscina. Quando já estava me encaminhando para o jardim, a campainha toca.

- Já vai! - grito, dando meia volta e indo em direção à porta.

Abro a porta, e pra minha surpresa era Yeuk, o namoradinho da Gianni.

- Pode entrar. Ela está lá atrás.

- Certo, obrigado. - ele faz uma reverência e entra, se encaminhando diretamente ao jardim.

Estava fechando a porta quando uma mão a segura. Abro para ver quem é, e já era de se esperar, né?

- O que?

- Oi pra você também. - ele fala, me olhando da cabeça aos pés. - Posso entrar?

- Meus pais estão em casa.

- Ótimo. - ele foi entrando.

- Pera, o que cê tá fazendo? Jungkook, para! - eu o segurava pelo braço, tentando puxá-lo. Segurei-o por trás na cintura.

- Calma, mais tarde a gente se agarra. Quero conhecer meus sogros antes.

- O que?! Sogros?! Quem te disse que a gente tá namorando?

- Ainda não.

Vi que não ia conseguir pará-lo nunca, então corri e fechei a porta da frente, voltando para acompanhá-lo até a piscina.

- O que você tem em mente? - pergunto, ficando ao seu lado.

- Você vai ver.

Suspiro.

Minha mãe estava colocando a mesa e meu pai estava assando carne. Gianni estava com Yeuk na piscina.

- Mãe, pai... Esse é o Jungkook.

- Ah... Olá! - Minha mãe limpa as mãos com um pano e estende a mão para ele, esperando que ele a aperte, mas ele deu um beijo em sua mão. Minha mãe logo soltou um sorriso, pois aquilo era um hábito italiano, e não era comum na Coréia.

Meu pai se aproxima.

- Olá, rapaz. - ele estende a mão e Jungkook a aperta, mas não faz nenhuma reverência.

- Vocês estão... - minha mãe, bem direta, começa.

- Ah, Sra. Collins, na verdade foi por isso que eu vim aqui hoje. Pedir a mão da sua filha em namoro.

Eu gelei. Não consegui ter nenhuma reação.

- Bom, eu permito. Você parece um bom garoto. Quanto a você, Troy? - minha mãe se dirige ao meu pai.

- É, por enquanto, sim. Mas estou de olho em você.

Jungkook sorri e agradece, dando um beijo em minha bochecha logo em seguida. Eu forço um sorriso.

- Ahn... Kook, vamos lá em cima passar protetor. - seguro sua mão com força e o puxo antes que diga mais algo. - VOCÊ TÁ LOUCO?! - falo, entrando no meu quarto. Ele ri e fecha porta. - O que você tem na cabeça?! Por que não conversou comigo antes?!

- Se eu tivesse conversado você não permitiria. - ele fala, se aproximando com um sorriso no rosto.

- Claro que não, e talvez tivesse um motivo, seu idiota! Pra pedir pros pais de uma pessoa em namoro, você tem que pedir primeiro a ela! Eu não tô acreditando que você fez isso, você estragou tudo! Eu... - ele me segurou nos dois braços e me jogou na cama, ficando por cima de mim.

- Eu fiz isso porque depois de ontem, tenho certeza que gosto de você. Agora olhe nos meus olhos e diga que você não.

-...

- Sabia. Acalme-se. - ele da um beijo em meu pescoço e volta a olhar nos meus olhos. - Só quero que fique comigo.

Eu cedo e dou-lhe um selinho. Levantamos.

- Agora é sério, tira a blusa, vamos passar protetor em você.

- passar protetor? - ele tira a blusa, me olhando maliciosamente.

- É, só protetor. Deixa pelo menos eu me recuperar de ontem. - Ambos rimos.


Notas Finais


Isso, Helena, vai se recuperando...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...