História They Don't Know About Us - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Harry Styles, Harry!bottom, Harry!sentric, Larry, Larry Stylinson, Liam Payne, Lirry, Lirry Stayne, Louis Tomlinson, Narry, Narry Storan, Niall Horan, One Direction, Sadomasoquismo, Zarry, Zarry Stylik, Zayn Malik, Zianourry
Exibições 358
Palavras 1.649
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá gente!!! Então, acho que terá só mais dois capítulos contando com o epílogo e aí tchau T.D.K.A.U!! Então vão ler!

Desculpem os erros e boa leitura!

Capítulo 14 - Chapter


 

Onde eu estou? Tá tudo branco, será que eu morri? Certo, isso não aconteceu e eu estou fazendo drama. Minha visão foi retomada em alguns segundos, consigo ver uma janela e uma porta. Ah, sim, estou no quarto... o que será que aconteceu? É verdade, eu acabei desmaiando logo depois do vômito, eca! Quem foi que me trouxe aqui?
    - Você está bem? - me assustei de imediato, mas quando vi quem era, logo tratei de relaxar.
    - Olá, Zayn - sorri e o mesmo retribuiu, o que era raro. - Estou bem, quem me trouxe aqui?
    - Eu te trouxe aqui, logo depois que você pediu uma coisa estranha e depois desmaiou.
    - O que foi que eu pedi de estranho? - eu realmente não lembro dessa parte.
    - Você quis beber sangue, foi o que disse antes de apagar - ele sentou-se na beira da cama.
    - Sangue? - ele assentiu. - Como assim? Eu detesto sangue! Se eu até ver muito acabo desmaiando! - isso é realmente muito estranho.
    - Acho que você está fraco, e está precisando de sangue, sei lá! Mas isso não é para beber e sim para injetar na sua veia - claro que eu sei disso. - Acho que você precisa ir ao médico, se apronte, estaremos esperando lá embaixo.
    - Não! - falei, antes que ele alcançasse a porta. - Eu detesto ir ao médico, eu quase nunca vou, aposto que foi porque eu estava com muito sono, foi isso! - realmente odiava a ideia de ter que ir ao médico.
    - Harry, você sabe que não tem como fugir disso né? - ele se aproximou e passou a mão em meu cabelo, em um leve carinho. - Vamos, levante, te dou dez minutos.
Logo depois ele saiu do quarto e bateu a porta, deu para ver que ele estava preocupado. Ao menos uma vez na vida não é? Ou será que ele só não deixa transparecer... Enfim, vamos ao que interessa! Não quero esperar pra ver o que pode me acontecer caso não esteja pronto em dez minutos.

Suspirei. É Harry, a vida nem sempre é tão fácil como parece, mas o que eu posso fazer? Eu sempre quis ter uma vida normal, sendo um garoto normal, casando e tendo filhos. Mas só para começar, eu já nasci diferente, tenho esses comportamentos bizarros, então porque a minha vida teria que ser normal? Não, eu com certeza estranharia, mas como minha vida não é normal eu ganhei quatro namorados. Isso é uma loucura!
Sem mais delongas, levantei da cama rapidamente e tive que segurar na parede mais próxima para não cair, por causa da tontura repentina. É, talvez eu esteja mesmo precisando ir ao médico, mas eu odeio aquele lugar!
Caminhei até o banheiro e tomei um banho rápido, com esses meus pensamentos acabei gastando uns 5 minutos então terei que correr, literalmente. Escovei meus dentes e depois vesti uma roupa confortavel. Calça preta, brusa branca e quase vomitei de novo quando senti o cheiro do meu perfume, acho melhor não colocar em mim. Calcei um sapato/bota e sai do carro, descedo as escadas correndo, vendo os garotos sentado no sofá. Desviaram os olhos da TV e me encararam.
    - Não desça as escadas correndo, pode se machucar! - foi Liam que falou, no tom autoritário de sempre.
    - Desculpa - cheguei perto deles e olhei para Zayn. - Eu estou muito atrazando?
     - Não, chegou em oito minutos.
     - Droga! E eu nem penteei o cabelo!
    - Bom, agora não importa, vamos logo antes que acabe desmaiando de novo! - Louis como sempre sendo um amor de pessoa.
Saimos de casa e entramos no carro. Eu sentei no colo de Niall e ele quase teve um infarto.
    - Harry, é impressão minha ou você está mais gordo? - lhe lancei um olhar mortal, o que o fez sorri nervoso.
    - Vai ficar uma semana sem sexo! - falei e sentei no banco.

- O quê?! Não amor, desculpa, você está lindo, tá até mais magro, eu até acho que devemos te alimentar mais - Niall falava nervoso, eu penas dei risada e sentei em seu colo novamente. 
    - Eu te desculpo, seu bobo - dei um selinho nele e o vi relaxar.
O resto do caminho se seguiu calma, ninguém falava. Eu voltei pro banco de novo porque eu realmente estava muito pesado. E só para ficarem sabendo, eu sentei no colo do Louis e ele quase me empurrou, dizendo que eu estava muito gordo.
    - Isso é culpa de vocês que ficam me dando comida demais! - eles deram risada.
É Harry, você tem que fazer uma dieta urgente!
Depois de alguns - muitos - minutos, Zayn estacionou o carro em uma das vagas que tinha em frente ao hospital e descemos do mesmo. Tinha muitas pessoas na frente do local, devo dizer que esse lugar era enorme, muito diferente dos outros que eu fui (se eu fui, não lembro).
    - Vem cá, isso é um hospital mesmo? Parece com um prédio de 30 andares! - falei olhando para cima, era realmente um hospital muito grande.
    - É particular, só entra quem agendou - Liam falou, começando a andar até a porta dupla daquele lugar.
    - E como vamos entrar?
    - Temos nossos truques - Niall piscou.
Eu quase caí no chão quando tentei empurrar a porta, pois a mesma abriu antes de eu tocá-la. Dessas portas modernas sabe? Eu só não caí porque Louis segurou meu braço.
A recepção era enorme, tinha um monte de cadeira ao lado esquerdo onde tinha uma quantidade exagerada de gente. Ao lado direito, um balcão com uma loira aguada do outro lado. Caminhamos até lá e Liam falou que tinha agendado para aquele horário, e antes que ele terminasse de explicar mais alguma coisa, a mulher já fazia de tudo para se livrar dele, parecia... assustada?
Bom, quem sou eu para questionar? Logo depois, uma garota ruiva chegou perto da gente e nos guiou até um elevador, nos informando o número do andar e o da sala do médico.

Seguimos as ordens que a ruiva havia falado e logo já estávamos no quarto andar, em frente a uma porta branca. Louis bateu uma vez, nada. Outra vez, nada. Quando ele ia começar a esmurrar a porta ela se abriu, revelando uma morena, que saiu as presas limpando a boca suja de batom. Aí tem!
    - Boa tarde, senhores! - olhei para a porta e vi um cara, muito bonito, trajado em uma roupa branca e com um casaco também branco. - Em que posso ajudá-los? - ele olhava para os meninos, como eu estava mais atrás, ele pareceu não me notar, até o momento. - Olá querido, como se chama? - ele caminhou até ficar em minha frente e apertou a minha mão... sem eu a estender! Ele praticamente a puxou.
    - Olá, sou Harry - sorri forçado para ele e vi o mesmo piscar. Eu hen!
    - Eu sou o Dr. Luke. Oque é que você tem? Me parece saudável... muito saudável! - vem cá, esse cara não tem o que fazer não? Já estava prestes a repreender, mas fizeram isso por mim.
    - Com lincença, "doutor" - Zayn falou, tirando a atenção do médico (fajuto). - Eu acho que o MEU namorado está doente - sorri ao ver Luke se afastar meio constrangido.
    - Desculpe, eu não estava dando em cima dele se é o está pessando - Não, imagina! - Eu não sabia que ele era seu namorado.
    - Não, ele não é namorado dele, ele é NOSSO namorado. - Louis falou, o que fez o médico quase ter um ataque cardíaco. Ele olhou para mim incrédulo e eu apenas sorri assentindo.
    - Certo, o que é que o seu... é assim que se fala mesmo, não tem como usar outro nome para descrever: o menino que tem quatro namorados, mas enfim. O que é que o SEU namorado têm?

     - Ninguém aqui sabe o que ele tem. Ele colocou todo o café da manhã pra fora e depois desmaiou - Liam falou, sem nem olhar para o médico.
     - Nossa, isso é muito grave! - Sério? Não me diga. - Deveriam ter o trazido logo depois do desmaio! Venha querido, vamos ver o que você têm - ele me puxou pelo braço e me levou até uma sala. - E vocês "namorados" não podem entrar pois eu farei exames, então caíam fora! - e ele teve todo prazer de fechar a porta na cara deles.
     - Exames de quê? - perguntei desconfiado. 
     - De sangue e de urima. É essencial - sei... isso é estranho! 
     - Então tá!
Depois que ele retirou um pouco do meu sangue e depois de ficou brexando quando eu fui no banheiro fazer xixi. Ele pensa que eu não vi! Nunca vi um médico tão pervertido. Isso parece brincadeira.
Ele me mandou ficar esperando três minutos e logo depois apareceu com uma expressão apavorada.
     - O que foi? O que é que eu tenho?
     - Bom, Harry... eu nunca vi nada parecido antes, você tem que ficar muito calma porque o que eu tenho pra te falar é uma coisa muito forte! - ele realmente parecia muito apavorado, o que me fez ficar aflito.
     - Fala logo! Eu estou ficando com medo!
     - Olha, você tem que ficar calmo, qualquer coisa que você fizer agora pode ser fatal - ele falava calmamente, enquanto se aproximava de mim. - Isso nunca aconteceu antes... quer dizer, não aqui e eu também não sei se já aconteceu com outras pessoas mas eu...
     - Fala logo!
     - Você está gravido! - se ele está espantado imagina eu? Eu nunca ouvir falar de homens gravidos! Comei a passar mal de repente.
     - Grá...gravido? Eu? Eu es-estou grá...grav...
E mais uma vez naquele dia, eu me permitir desmaiar.


Notas Finais


Bom gente foi isso espero que tenham gostado. Os outros irão demorar um pouco (eu acho) mas é isso.

Devo continuar?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...