História They Don't Know About Us - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Holland Roden, One Direction
Personagens Harry Styles, Holland Roden, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags One Direction
Exibições 58
Palavras 2.223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HEY PESSOAS QUE LÊEM MINHA HISTÓRIA!

Mais um capitulo pra vocês! Hoje resolvi fazer uma supresa com o P.O.V do Harry, eu amei fazer esse capítulo, vai contar um pouco sobre a vida dele.

Eu iria postar esse cap ontem, mas não deu tempo, pq eu estou resolvendo umas coisas com a fanfic que eu e minhas amgs estamos criando.

Era só isso!

BOA LEITURA!

Capítulo 4 - Capítulo 4 : P.O.V Harry // Boate!


                            Harry P.O.V

Acordo com raios de sol entrando em meu quarto, impedindo-me de abrir os olhos. Merda. Fico mais um tempo com meu rosto sobre o travesseiro até o sono passar um pouco e finalmente me levanto.

Hoje estávamos de folga, as gravações estão correndo normalmente,ate agora não tivemos uma interação juntos ainda, estou gravando algumas cenas, o que é bastante divertido, estou gostando bastante de ser "Ator" de um filme, e com certeza eu participaria de outro.

Vou para o banheiro e não me incomoda de colocar uma roupa, estou na minha casa, posso andar de boxer mesmo. Escove meus dentes e lavo o rosto, saindo do cômodo logo em seguida indo pra cozinha.

Vou dizer oque eu faço da minha vida, a não ser ficar em casa dormindo. Minha vida antigamente. Pra mim, antes de eu "concertar" minha cabeça - A de cima! - meus dias eram resumido em sair pra baladas, ficar com várias numa noite só é despacha - Las e logo depois partir pra outra dose, e hoje quem diria que eu partidária de um filme de "comédia romântica" com ela.

Não sei oque mais me anima nesses dias, saber que vou gravar um filme, ou saber que vou passar um tempo com ela,nao que eu esteja gostando ou criando algum sentimento forte por Kate, meu dias eram sem cor, pode parecer meio gay mas eu não consigo ficar um minuto sem sorrir ou gargalhar quando se tá com ela, como ela diz, quando estava em sua pausa ela passava a maior parte do tempo dormindo, muito parecida comigo, mas olha estou feliz e não estou querendo que isso acabe logo.

Meu celular vibra em cima do balcão e olho vendo que acabara de chegar uma mensagem de Kendall. Mas que Porra!

Mensagem On:

Kendall : Precisamos conversa, me ligue!

Mensagem off.

Bufo irritada apagando a mensagem e deixando meu celular no mesmo lugar onde tirei. Essa louca não aceita, faz um mesmo que terminei meu namoro com ela e a mesma contínua insistindo e querendo voltar.

Kendall é bonita e legal até, mas ela é muito ciumenta, não queria que eu fizesse o filme com Kate, dizendo coisas absurdas dela como se ela fosse algum tipo de prostitutas que se jogaria pra cima de mim, na hora eu fiquei com raiva e pedi para que ela fosse embora e depois de um tempo eu terminei com ela, e desde então quer voltar, chegou aí ponto de me ameaçar a conta sobre meus "antigos" podres, ela está ficando cadê vez mais louca.

— Estou morrendo de fome. — Digo e me lembro que era raro eu fazer compra, quem fazia era Meredith, minha empregada que vem aqui três vezes na semana, então eu deixava as compras pra ela, odeio essas coisas.

Vou pro meu quarto vou até meu closet e pego uma bermuda qualquer e uma camisa de moletom com capuz, minha touca e uns óculos escuros. Essa era parte ruin de ser famoso, a maioria das vezes tem que sair disfarçado, para não ser parado por um bando de fãs louca ao ponto de me sequestrar e abusar de mim. Não duvido nada disso!

Saio de minha casa e vou andando pelo condomínio, passo pelo porteiro e aceno pro mesmo, saindo do edifico logo em seguida.

Caminho pelos ruas de Londres sempre de cabeça baixa, tentando ser o mínimo discreto possível, chego no Starbucks e encontro a senhora que sempre me atende quando venho aqui.

— Bom dia menino Harry, quanto tempo não? — Diz dando aquele sorriso que toda vovó da pro seu neto.

— Bom dia sara, ando um pouco sem tempo. — Digo Retribuindo o sorriso.

— Vai querer o que querido? — Vejo a vitrine e consigo ter a visão de vários bolos e doces, então decido pegar um bolo.

— Eu quero esse Bolo de chocolate  e um café com leite fraco. — A mesma assente, pega o meu bolo e logo fazendo meu cafe, me dando logo em seguida. Pago e logo em seguida saindo do local.

Vou caminhando pelas ruas o mais discreto que conseguia.

Chego no meu condomínio e ando apressadamente para minha casa, que já não aguentava mais de fome. Abro a porta e adentro indo direto pra cozinha encontrando Kendall?

— Mas que Porra! — Exclamo pelo susto que acabara de ter. — Oque raios está fazendo aqui?

— Você não respondeu minha mensagem, e nos precisamos conversar! — Diz se levantando.

— Não, não temos nada a conversar, você já está me irritando com essa sua... Loucura! — Digo pousando as sacolas na bancada da cozinha. — Acabou! — termino.

— Nao acabamos, você está assim por causa daquela vadia que está fazendo esse filme ridículo com você!

— Não fale isso dela como se fosse verdade é se eu não estou mais com você, e por causa de você! Eu não devo nada a Você, se eu quiser ficar com outra eu fico! — Digo indo pra sala me sentando frustado na porta.

— Mas com ela não querido. — Eu a olho confuso pelo seu tom de voz. — Eu sei muito bem que não se pode ter relacionamento entre dois protagonistas do mesmo filme Harry, e se eu descobrir eu vou acabar com sua carreira e a dela.

— Ameaça não vai me fazer voltar pra você Kendall, ao contrário só está fazendo meu ódio Por voce crescer ainda mais. — Digo entre dentes. — Se acabou já pode sair da minha casa.

— Se eu não posso ficar com você, ela também não vai.— Diz e eu reviro os olhos.

— Essa frase é tão bosta, tao clichê, deixa você mais patética ainda.

—  Não duvide de mim Styles, não sabe do que eu sou capaz de fazer, muitos menos com aquela vadia! Eu faço de tudo! Tudo! Mas vocês não ficam juntos! — Ela diz com tanta firmeza que eu até pensei em acreditar.

A mesma sai batendo o pé com o barulho irritante do seu salto enorme fechando a porta em um estrondo.

— Droga....

...

...

...

Estava totalmente entediado assistindo a um programa na TV que eu nem sabia o nome, quando sinto meu celular vibrar no bolso da minha calça, bufo frustrado por saber que deve ser Kendall me mandando mais mensagens de ameaça. Mas o mesmo insistia em vibrar então resolvo ver quem é.

Kate?

Mensagem On.

Kat : Ta ocupado?

Kat : Iria te chamar pra sair, uma balda talvez, não tenho nada pra fazer.

Eu : Ótimo, também não tenho nada pra fazer, vamos?

Kay : Claro, vou com meu meu carro. Chama os meninos.

Eu : Ok,nos vemos lá.

Mensagem off.

Ela não responde entao resolvo ir logo tomar um banho, mas antes ligo pro meninos e os mesmo afirmaram que logo passaria aqui pra me buscar.

Subo as escadas e vou direto pro banheiro do meu quarto, tomo um banho rápido e logo em seguida vou para o meu closet, pegando uma camisa social Branca e uma das minhas muitas calças Skinners pretas mas essa contia um rasgo nos dois joelhos. Minhas botas marrons .

Visto tudo deixando a camisa com os primeiro botões abertos como de costume, faço um topete no que restou do meu cabelo, passando um pouco de gel no mesmo, passo meu perfume e logo estou pronto.

Pego meu celular é desço pra sala que em poucos minutos e invadida pelos meninos.

— Educação mandou recado. — Digo me levantando e desligando a Tv.

— Tem comida? — Grita Niall da cozinha.

— Não, Meredith não fez compras. — Digo dando de ombros. — vamos?

Ambos assentem e logo entramos no carro e Liam da partida logo em seguida, o caminho foi feito em conversas aleatórias e em algumas risadas, porque lógico, perto do  Louis isso é impossível não acontecer

— Chegamos! — Diz Liam parando o carro, tiro o sinto é me retiro do carro vendo o de Kate parado um pouco mais a frente. — Vamos entrar, ela deve está lá dentro.

Seguimos Liam até dentro da boate, depois combinamos de nos separar então decidi procurar por Kate, então saio andando pela boate até chegar no Bar aonde se encontrava ela bebendo um líquido azul.

— Esse é muito forte, devia começar devagar. — Digo

A mesma vira pra mim é eu arregalo os olhos. Ela estava...gostosa, merda!

(Link da roupa dela nas notas finais.)

— Ah, oi Harry. — Diz se levantando e dando um beijo em minha bochecha.

— Oi, Já está em Qual copo? — Pergunto me sentando ao seu lado.

— Segundo. — Diz rindo fraco. — Você já deveria ter começado,nao? — A mesma levanta o seu copo.

Chamo o Barman e peço o mesmo que Kat, que logo em seguida estava na minha frente.

— Vamos apostar um coisa. — Digo apoiando meu cotovelo no balcão. — Quem tomar mais shots que o outro, tem o prazer de pedir qualquer coisa pro perdedor.

— Parece tentador. Mas você terá que tomar mais um, eu já estou no segundo. — Assinto e a mesma termina de tomar o resto que estava no seu copo. — Qualquer coisa certo?

— Qualquer coisa. — O líquido que se encontrava no meu copo, agora passava arrastando minha garganta.

...

...

...

Eu já me encontrava no sétimo copo e Kat no Nonô, eu já nem me aguentava em pé, estava apoiado no balcão do bar, da onde eu ainda Não conseguia sair.

— Harry, você está bem? — A voz da cobr...ops Kendall soa atrás de mim.

— Olá Cobra! Quanto tempo não? Oque está fazendo aqui? — Pergunto tocando em seu cabelo, estava duro!

— Vamos embora Harry, você está bêbado!

— Eu não vou embora com você, picada de cobra tem veneno! Sabia não? — Digo e a mesma me olha irritada. — Quero beijar alguém.

Largo ela é vou andando pela multidão a procura de alguma alma que está a disposição de ter sua boca colada a minha.

— Olha, é Kate! — Digo pra mim mesmo apontando o dedo na direção dela. — Vai tu mesmo.

Chego por trás da mesma e agarro na sua cintura, a virando pra mim, sem aviso prévio ataco seus lábios pintados de vermelho arrastando a mesma para um canto sem separar nossos labios.

— Olá pra você também Harry! — Diz e depois começa a gargalhar sozinha seguida por mim logo em seguida. Na verdade eu nem sei porque eu to rindo.

— Cala a boca. — Digo e volto a atacar seus labios dessa vez com mais brutalidade.

Meu subconsciente dizia. "Pare" "Pare isso vai dar merda", mas meu corpo dizia outra coisa é eu estava seguindo ele.

Suas mãos foram de encontro com os meus cabelos que estavam grudados na nuca por conta do suor, e logo os mesmo foram puxados fazendo uma corrente de arrepios correr sobre minha espinha, oque me fez gemer baixinho contra sua boca.

Pressiono meu quadril contra o dela fazendo-o enlaçar suas pernas na altura da minha cintura, Mordo seu lábio inferior depois de me perder em falta de oxigênio.

— Merda de oxigênio! — Murmura Kate contra meus labios.

Os meus labios vão automaticamente contra a pele macia do seu pescoço e lá começo uma trilha de beijos fazendo a mesma se contorcer debaixo de mim, fazendo seu quadril rebolar contra o meu, o que causou gemidos saindo da minha boca.

                       P.O.V. Louis.

Estava agora nesse momento a procura de Harry, vi  ele bebendo junto com Kat no bar, achei que ela tomaria conta dele, mas os dois sumiram.

Vou passando pela multidão empurrando alguns corpos que insistiam em me empurrar, só faltava mais um pouco para eu dar um soco na cara de alguém, quando vejo a cena mais...Chocante da minha vida.

Tá isso foi meio gay, mas você não pensaria depois de ver Kate e Harry se pegando num canto da boate. Eles estão ferrados!

Chego perto dos dois é faço Harry largar Kate fazendo a mesma quase cair no chão.

— Mas que Porra! — Grita Harry. — Louis!

Kate só sabia gargalhar e logo depois Harry foi junto. Pronto! Dois bêbados se pagando! Eu mereço...

— Vocês só fazem merda hein! Vamos embora antes que alguém paparazzi apareça aqui. — Digo e começo a puxar os dois pela multidão mais uma vez até chegar aonde os meninos estão. — Olha oque eu achei na maior pegação num canto da boate?

Seus olhos se arregalam quase ao mesmo tempo, e eu logo percebo que eles sabem que daí vai ter merda.

— Olha Liam, ele estragou meu momento. — Diz Harry todo embolado me empurrando numa tentativa falha, na qual quase caiu.

— Meu deus! Oque esses doidos estavam na cabeça? — Pergunta Niall ainda de boca aberta.

— Eles tem álcool na cabeça! Vamos temos que tirar eles daqui, Liam você leva Kate no carro dela e nos seguimos você, de lá nos vem embora. — Digo e todos assentem fazendo o que eu pedi.

Saímos da boate tentando ser o mais discreto possível, Liam levou Kate até o carro dela e eu levei Harry ao carro de Liam, saindo de lá enquanto Liam ia na frente.

Esses dois vão dar problemas.


Notas Finais


Espero que vcs tenham gostado, deixe seu voto e seu comentário. Críticas construtivas são aceitas.😉

Link da roupa da Kate :http://pin.it/e83p4tV

[Desculpe qualquer erro de ortografia]

Maah


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...