História Things Of Destiny - Capítulo 24


Escrita por: ~ e ~rafaelafuzaro

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camren G!p, Dinah G!p, Fifth Harmony, Lauren G!p, Norminah, Norminah G!p, Vercy, Vercy G!p, Vero G!p
Exibições 3.949
Palavras 3.018
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Esporte, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Vooltei
Espero que gostem. Boa leitura <3


Notas Finais; --> Grupo do WhatsApp.

Capítulo 24 - Negócio fechado!


Fanfic / Fanfiction Things Of Destiny - Capítulo 24 - Negócio fechado!

Lauren POV

Depois que tudo aconteceu eu acabei esquecendo-se de fechar o contrato com Luis o técnico do Barcelona. Não tive tempo de pensar muito sobre o assunto, mas esse é o meu sonho, eu sempre quis jogar em um time como o Barcelona. Peguei o cartão que estava guardado e liguei fechando meu contrato. Vero e Dinah já tinham fechado, então tudo ficou mais fácil.

Estava agora treinando para o campeonato. Precisava fazer alguns treinamentos, cada vez que conseguimos vencer mais difícil fica. Vero e Dinah estavam nervosas e empolgadas. Contamos sobre nossa saída dos Dolphins, o time nos parabenizou pela conquista. Assim que o torneio acabar nós vamos para a Espanha. O que eu tenho a dizer o quanto os Dolphins foi importante e está sendo importante para a minha carreira, eu não tenho palavras para descrever o quanto eu estou realizada e feliz por esse rumo que minha vida está tomando. Antes eu era uma garota que não sabia o que fazer da vida, na verdade eu nunca soube o que fazer, eu tinha um hobby e esse hobby é e sempre vai ser fotografia, se eu não fosse jogadora eu com certeza eu seria fotografa. O que eu sempre gostei de fazer é jogar futebol, sempre que podia eu estava lá em uma quadra ou em um campo, minha mãe sempre dizia que eu levava jeito. O bom de ter um sonho é conseguir realizá-lo, mas é melhor ainda com o apoio de seus pais e deus amigos.

Dinah- Palmito estou falando com você cara responda-me. – estalou os dedos na minha frente, balancei a cabeça e a encarei. – O que estava pensando, você estava tão distante. – sentou-se ao meu lado enquanto terminava de colocar seu meião.

Lauren- Eu estava pensando no rumo que minha vida está tomando. Antes eu não sabia o que fazer, a única certeza que tinha é que eu levava jeito para fotografia e hoje estou aqui em um time que está liderando o campeonato e depois que o campeonato acabar ai sim o negócio vai ficar mais pesado ainda, vamos para o Barcelona. Dinah, você tem noção do quanto isso é importante para mim? – falo sorrindo e ela assente sorrindo também. – Mano eu nunca pensei que fosse realizar um sonho como esse, que eu fosse jogar em um clube que eu sou fã desde pequena, estou muito feliz por isso, estou ainda mais feliz por vocês estarem comigo nesse momento único e valioso que a vida está me dando.

Dinah- Eu estou feliz por mim, por você, pela Vero, eu estou feliz por nós Laur. Cara eu também nunca soube o que fazer, se eu conseguiria fazer uma boa faculdade como meus pais queriam, eles sempre falaram que eu ia ter que seguir a carreira deles, que eu ia ter que fazer do jeito deles, eu não queria isso, na verdade eu nunca quis, mas eu não tinha outra escolha, eu sempre gostei de jogar futebol e ainda mais com a nossa condição, que é ser intersexual isso ajudou  muito no que eu realmente queria para minha vida. Eu estou realizada, isso é um momento que eu quero guardar para sempre na memória, quero contar para os meus filhos, como nós nos conhecemos, o que passamos na época do colégio, até porque não foi nada fácil, eu quero dividir a minha felicidade com vocês, eu quero estar com vocês no momento mais difícil ou no melhor momento da vida de vocês, assim como eu quero que vocês estejam no meu. – finalizou com lágrimas nos olhos, eu não estava diferente. Dinah sempre foi uma mãe/irmã para mim, mas no caso eu sempre falava a ela que éramos irmãos.

Passamos por um momento difícil na época do colégio. Dinah, Vero e eu éramos a aberração do colégio, mas eu nunca me importei, eu ficava magoada, eu sofria, mas não demonstrava, eu sempre fui muito fechada quanto a isso, eu não gosto de dividir a minha vida pessoal com as pessoas. Como ia dizendo, não foi nada fácil, mas também não foi impossível, ao mesmo tempo em que éramos odiadas, éramos desejada por ter um membro masculino. Desde pequena Vero e eu sabíamos sobre nossa condição, meus pais nunca deixaram de nos amar por isso, eles sempre nos informaram que éramos diferentes das outras meninas. Vero no colégio sempre sofria quando os meninos nos zoavam, ela nunca se deu muito bem quanto a isso, ela era a que mais sofria, ela não conseguia lidar com a situação, nós sempre dávamos força a ela, fazíamos o que podíamos. Quando Vero começou a se relacionar ela começou a enxergar o mundo de outra forma, ela passou a não ligar mais para o que as pessoas falavam de nós, mas ela sofreu demais quando acabou, porque a mesma falou coisas horríveis dela e ainda espalhou para a escola inteira. Verônica tem uns ataques até hoje, mas isso sempre foi controlado por nós, sempre demos força a ela.

Lauren- Nós sempre estaremos junto mano, sempre! – falo secando o rosto dela. – Independente do que nos aconteça no futuro eu sempre vou apoiar vocês, vocês são minhas irmãs, e é isso que irmãs fazem, não é mesmo? – ela assente sorrindo.

Vero- Vocês são muito importantes para mim, eu sempre vou apoia-las, sempre vou defender vocês com unhas e dentes, até o último dia de minha vida, porque eu amo vocês! - falou se aproximando.

Dinah- Eu sei que sim. Eu farei o mesmo por vocês. Vocês duas são minha família agora, é o que eu tenho de mais sagrado e não há dinheiro no mundo que pague o que temos hoje e o que vamos conquistar ainda!

Lauren- Eu sempre agradeço a Deus por ele ter colocado vocês em minha vida. Eu nunca imaginei estar podendo viver meu sonho, um sonho que está se realizando agora com duas pessoas importantes em minha vida, que sempre esteve comigo quando eu mais precisei. Vou estar aqui por vocês, torcendo por vocês independente onde vocês estejam, independentes das circunstancias eu sempre apoiarei vocês. – nos abraçamos. Ficamos uns minutos em um abraço entres amigas/irmãs, até que as garotas entraram no vestiário.

Jessica- Que cena mais linda. – bate palma. Separamo-nos rapidamente e demos risada.

Lauren- Não se acostume, não é sempre que verá isso novamente, então grave essa imagem na memória e a leva para o resto de sua vida. – pisco para ela e coloco minha camiseta do time, as meninas riram e Jessica mostra a língua.

Thalyta- Eu quero que vocês sejam felizes lá na Espanha, por mais que não nos falamos muito eu sei que cada uma de vocês não teve um passado muito bom, vamos dizer assim. Desejo a vocês todo o sucesso do mundo, que vocês nunca se esqueçam de nós viu suas Zé ruelas. – fala com lágrimas nos olhos e dando risada.

Beatriz- Isso aí galera, todo o sucesso do mundo para vocês.

Dinah- Fiquem tranquilas que nunca nos esqueceremos de vocês e nem desse clube maravilhoso, porque foi daqui que evoluímos e é daqui que estamos saindo para conquistar novos obstáculos que a vida está nos proporcionando.

Vero- Eu quero deixar bem claro que ainda vamos nos ver, vocês são muito especiais para mim e isso não há nada no mundo que pague.

Lauren- Vamos parar de falar disso porque eu sou durona, mas também nem tanto, não quero chorar na frente de vocês. – disse e as meninas caíram na gargalhada.

Amber- Você é uma pedra de gelo Laur. – mostro a língua.

Saímos do vestiário e fomos em direção ao campo para podermos treinar. Primeiro começamos com toques de bola, depois o técnico mandou treinarmos um pouco escanteio, pênalti, faltas de longe e de perto e entre outras coisas. Dividimos o time e começamos a treinar, eu estava bem concentrada, pois queria me dedicar ao máximo nesses últimos jogos do campeonato, porque ia ser o último campeonato que eu jogava para os Dolphins e eu farei de tudo para conquistar a taça.

Nicole- Laur se concentra, olha a bola ai. – fala chegando perto de mim, me desculpo e começamos a jogar novamente.

O técnico apitou o final do treino e eu estava exausta, fomos para o vestiário e tomamos banho. Sai do clube com direito a flash em cima de mim. Assim que entro no carro vejo algumas notificações que estavam apitando em meu celular, abro todas e respondo algumas pessoas que estavam mandando mensagens no Twitter, sorrio quando vejo uma mensagem de Camila e logo respondo avisando que estava indo para sua casa.

Assim que chego à casa de minha namorada toco a campainha e Lurdes abre a porta, cumprimento a mesma com um abraço e um beijo na bochecha, subo as escada e vou em direção ao quarto de Camila, dou duas batidinhas e entro.

Camz- Oi príncipe. – fala animada e corre em minha direção e se joga em meus braços.

Lauren- Oi amor. - falo dando risada e faço carinho em seus cabelos.

Camz- Eu estava com saudades. – sai do meu colo e me da um selinho demorado.

Lauren- Eu também estava princesa. – tiro minha regata e meu tênis e me deito em sua cama. – O que vamos fazer hoje em? – falo fazendo carinho em seus cabelos.

Camz- Dormir! – fala e eu dou risada. – É sério amor eu estou com sono e cansada.

Lauren- O que vocês fez hoje?

Camz- Nada. – responde e eu arqueio as sobrancelhas. – Eu brinquei com a Sofi, ela me cansou.

Lauren- Camz isso não é nada. Eu fiz mais que você, eu treinei, fui à academia e ainda estou aqui, sendo que eu podia estar no meu apartamento dormindo, mas como eu te amo eu estou aqui. – ela mostra a língua.

Camz- Chata! – resmunga. – Não sei o que quer fazer?

Lauren- Estava pensando em irmos ao parque que abriu essa semana, chamamos todo mundo e levamos Sofi também, o que acha?

Camz- Eu ia adorar, eu estava querendo ir mesmo, Sofi não para desse parque. – revira os olhos.

Lauren- Então fechou, vou falar com os meninos. – peguei meu celular e mandei mensagem para Dinah, Vero e Troy e em poucos minutos a resposta chega e eles confirmam. – Eles vão.

Camz- Ok. Vou tomar um banho porque está calor, espere-me aí, não demoro. – me da um selinho e eu assinto.

Desde o dia em que chamei Mani para ir em meu apartamento minha vida mudou completamente depois da chegada de uma pessoa especial para mim que fez minha cabeça dar um giro, eu sou completamente apaixonada por ela, Camila Cabello, cujo o nome significa perfeição, “menina de coro”. Eu não sei o que faria de minha vida se ela não tivesse em minha vida. Graças a uma brincadeira de criança nos envolvemos e estamos até hoje. Lógico que quando começamos a ficar eu queria ficar com outras pessoas, mas eu não conseguia, eu achava errado, não entendi o porquê, se falassem para eu escolher uma mulher linda e que fosse igual a mim no passado que não gostava de se apegar, entre Camila era óbvio que eu escolheria Camila com toda certeza do mundo. Camila se tornou meu tudo, meu porto seguro, eu não sei o que faria sem ela. Uma coisa eu tenho certeza, eu vou protegê-la de tudo e de todos, com todo o amor que eu sinto por ela. Em poucos meses de namoro criamos um laço não só como namorados, mas como amigos também. Camila é uma menina doce, amigável, tímida. – quando quer né, porque a garota está ficando muito safada, eu não sei na onde ela está aprendendo a ficar desse jeito-. Carinhosa, carismática, ela me surpreende a cada dia que passa, ela faz de tudo por nós, ela briga, mas quando é preciso. Camila não é aquele tipo de mulher que se entrega na primeira e se apaixona na segunda. Nesse tempo que passei com Camila passamos por diversas circunstâncias, uma delas foi recente, mas que já está se acertando, é difícil de superar, mas com o tempo vamos nos acostumando. Como minha família disse, não era o momento certo para acontecer, mas garanto que no futuro surpresas maravilhosas vão acontecer, assim espero.

Camz- Amor? Você está bem? – saio de meus pensamentos com o amor da minha vida me chamando. – Porque está chorando e sorrindo ao mesmo tempo. – fala sorrindo e senta no meu colo.

Lauren- Eu estava pensando como é bom em ter você em minha vida. Você chegou e mudou completamente minha vida Camila, eu não sei mais o que faria da minha vida sem você. Eu te amo muito princesa, você é meu porto seguro, eu vou sempre te proteger nem que eu perca a minha vida, mas o farei, eu lhe prometo! Eu prometo te fazer feliz, eu prometi quando te pedi em namoro e vou cumprir. – a encarei e a mesma estava chorando.

Camz- Você é maravilhosa sabia? – eu concordo com a cabeça e ela ri. – Muito convencida também. Eu te amo príncipe, eu sei que você irá me proteger de tudo e de todos. Você já me faz feliz, não há ninguém no mundo que fará eu me afastar de você! – finalizou e me beijou. Um beijo lento, carinhoso. Como eu amo essa mulher.

Lauren- Vamos dormir um pouquinho. Estou cansada. –falo assim que paramos o beijo. Camila assente e deita em meu peito.

(...)

Camz- CHEECHEE NÃO LEVA ELA AI, ELA ACABOU DE COMER. – Camila grita para Dinah porque a mesma quer levar Sofi na montanha russa, mas acabamos de comer e isso vai dar merda.

Vero- Eu vou lar mostrar como cuidar de um bebê. – fala convencida e damos risada. – O que? Porque tão rindo? – arqueia as sobrancelhas.

Lucy- Amor, você pode ser tudo menos babá. Você é péssima. – fala e Vero revira os olhos.

Vero – Eu sou um amor de pessoa, todas as crianças me adoram e eu sei cuidar muito bem!

Lauren- Ok senhora sabe tudo, vai lá então porque a fila está andando. – aponto para a fila e Vero sai correndo.

Ally- Vero é tão criança. – diz rindo.

Lucy- Nem me fale. Vocês ainda não viram quando ela está sozinha comigo, parece um bebê, aliás, ela é pior que um bebê. Esses dias eu tive que levantar de madrugada porque ela não estava conseguindo dormir, ela ficou pedindo o leitinho dela. – bufa e damos risada.

Lauren- Ela sempre foi desse jeito, mamãe sempre antes de dormir levava o leitinho dela no quarto, senão ela não dormia a noite.

Troy- Bebezão. – fala e concordamos rindo. – Laur, vamos ir lá naquele brinquedo de acertar o alvo? – assinto com a cabeça. – Amor eu vou pegar um ursinho para você.

Camz- Príncipe eu também quero. – faz bico.  

Lauren- Pode deixar amor, vem comigo ai você escolhe. – dou um selinho e vamos todos em direção ao tiro ao alvo.

Assim que chegamos ao brinquedo, Troy e eu compramos fichas para podermos jogar. Ally ficou toda boba vendo seu namorado acertando o alvo. Definitivamente Troy era o cara certo para Ally. Ally era uma garota extremamente doce, carinhosa, não via mal em ninguém, sempre fazia nossas vontades, ela era nossa segunda mãe quando estávamos entre amigos e era também uma excelente cozinheira. Troy conseguiu acertar todas as latinhas e Ally escolheu um sapo de pelúcia médio. Quando foi a minha vez eu fiquei um pouco nervosa, Camila não parava de falar na minha orelha pedindo a banana de pelúcia, minha primeira tentativa foi falha, eu tinha que acertar quatro latinhas sendo que tinha seis. Minha segunda tentativa foi positiva, a terceira passou de raspão. Com muito sacrifício eu consegui pegar a banana de Camila, a mesma deu pulos de felicidade, parecia uma criança de cinco anos que tinha acabado de ganhar seu doce favorito, mas no caso dela era sua fruta favorita. Joguei mais uma vez e consegui pegar um leãozinho para Sofi. Fomos também ao carrinho bate-bate. Estávamos indo de encontro às meninas, avistamos Dinah e Vero saindo do banheiro com uma cara enjoada, fomos até elas.

Lauren- O que aconteceu? – falei assim que chegamos perto dela.

Dinah- Nunca mais pego uma criança depois de comer e a levo para uma montanha russa. – faz cara de nojo e nós rimos. – Pode rir, a culpa foi da Verônica essa lesada. – da um tapa na cabeça da mesma.

Lucy- O que você fez Verônica? – fala com os braços cruzados.

Vero- Eu não fiz nada. Dinah que quis levar uma criança para a montanha russa e ainda coloca a culpa em mim, vê se pode uma coisa dessas. – fala sem graça, tampo a boca para não rir.

Camila- Ok, amor eu quero algodão doce. – fala e eu como um bom namorado abraço ela pelos ombros, porque Sofi está em seu colo, e vou andando em ao carrinho de algodão doce que tinha ali perto. Compro dois algodões doces e entrego um para Camila e pego o outro e vou dando para Sofi na boca. – Nossa amor está muito bom isso. – geme em satisfação e eu dou risada.

Lauren- Estou vendo, você está pior que a Sofi para comer. Limpa isso Camila está todo mundo olhando, ai que vergonha. – me afasto um pouco com Sofi e a mesma não entendendo quase nada solta uma risada fofa.

Sofi- Me da Lolo. – fala abrindo a boca e eu me desculpo. – Está gostoso Lolo, toma. – ela coloca na boca, mas tira e faz-me abrir minha boca.

Lauren- Nossa que delicia princesinha. – beijo seu pescoço e Sofi da risada. – Princesinha olha o que a Lolo conseguiu para você. – falo empolgada. – Camz cadê? – pergunto e Camila tira da sacola e Sofi solta um gritinho animado assim que vê o leãozinho.

Sofi- É lindo Lolo. – falo com os olhinhos brilhando.

Lauren- Como vai se chamar meu amor. – pergunto segurando.

Camz- Nala. – fala animada.

Sofi- Olaf. – faz bico e Camila emburra.

Lauren- Amor é dela, para de ser criança. – falo rindo e levo um tapa. – Qual você escolhe Sofi?

Sofi- Vai ser os dois. – fala e Camila sorri e beija a bochecha dela.

Desconhecido- Penso que iam se livrar da gente tão fácil assim? – está tão bom para ser verdade.


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Até a próxima <3
Erros arrumo depois.

Grupo do WhatsApp;
https://chat.whatsapp.com/IDNauGP0vThGJqva16TGLR


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...