História Ah coisas tão complicadas - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 42
Palavras 890
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 21 - Chapter 21


Fanfic / Fanfiction Ah coisas tão complicadas - Capítulo 21 - Chapter 21

*_Cap 21_*

Ele se aproximou do Leo e passou seu braço por volta do pescoço dele, o mesmo estampou uma expressão de repugnância, nojo...
       John: Achou que perderia seu aniversário? Concordo que ter vindo pra Alemanha dificultou um pouco, mas... Aqui estou eu. Confesso que é forte, achei que não sobreviveria no hospital, tentei te matar de todos os jeitos, até desligando os aparelhos... Mas aqui está você, reunida com a família e os amigos... Que lindinho -disse afinando a voz, e apertando minhas bochechas, dei um tapa forte em suas mãos e o mesmo me olhou assustado, só que logo sorriu
      John: ta mais brava
      -NAO ME TOQUE SEU MERDA!!
      John: Calma gracinha..
       Ian: Fala com ela direito, afinal o que quer aqui?
       John: Ian, o irmão e namorado da My Little..
       Ian: ELA NAO É SUA
      John: Chega, vou direto ao assunto... Eu quero de volta o que é meu
       Sarah: E o que é seu?
       John: Ela -apontou pra mim é começou a andar em minha volta -quero terminar o que comecei anos atrás, só que não pude terminar -deslizou o dedo pela a extensão da minha cicatriz, causando um enjôo, fora do comum
        Ian: Você não vai a levá-la, eu não vou deixar
       John: A sua estupidez me comove, você está tão seguro de que não vou a leva
       Ian: porque você não vai -ele entrelaçou nossos dedos fazendo John revirar os olhos e bufar
      John: Isso está tomando muito do meu tempo, rapazes. Agora -derrepente as luzes da casa foi cortadas, apertei mais a mão do Ian e agarrei seu braço
       John: Vamos my little?
        -NAO, NUNCA, ME DEIXE
       John: nunca -ele puxou meu braço, fazendo com que me soltasse do Ian, tentei me desvencilhar dos braços dele que agora já rodeavam minha cintura com força
        -IAN, IAN, IAN -gritei o máximo que pude, e senti John me furar com algo e então só pude escutar ao longe Ian me chamando, antes de apagar por completo

*Ian P.o.v*

Depois das luzes serem apagadas, e arrancarem a Elise de mim, começaram a jogar várias coisas na gente, cousas como cadeira, pedaço de madeira, pedra... Tentei achar as chaves do carro, e quando achei sai até a calçada vendo um carro preto, virar a esquina no final da rua, destravei o carro e fui atrás

*Ian off*

Acordei com uma dor de cabeça grande, olhei pro lado e vi que  estava dentro do carro do John, estávamos em uma estrada que dava pra saída da cidade, so tinha Mato, Mato e mais Mato, olhei pra trás e vi um carro nos seguindo
       -Ian -sussurrei pois minha garganta estava seca
       John: Cala a boca vadia! Ou eu tiro sua vida aqui mesmo, e depois vou tirar daqueles que você ama -ele tirou da cintura uma arma, apontou ela pra mim é continuo dirigindo, olhei pro trás mais uma vez e vi que o carro estava se aproximando, olhei pra John, que estava concentrado de mais na estrada, por impulso me joguei em cima dele e virei todo o volante pros lados. Escutei um barulho alto de tiro e logo a dor tomar a parte de baixo da minhas barriga, olhei pra baixo e vi um buraco na minha barriga e minha blusa manchada de sangue, puxei com tudo o freio de mão, e mexendo em tudo dali, fazendo com que meu corpo fosse jogado pra frente, o carro começou a capotar e a descer um barranco, antes de bater em uma árvore, e eu perder os sentidos, escutei um carro freiar. Ian.

*Ian P.o.v*

Segui o carro por horas, até que ele começou a ficar andando de um lado pro outro, imaginei que seria a Elise fazendo isso, logo escutei um barulho de tiro, e vi o carro começar a capotar e descer um barranco, parei o carro e desci o morro até onde ele estava parado. Peguei a Elise no colo e vi sua blusa manchada de sangue, meus olhos começaram a marejar e sai dali o mais rápido que pude, coloquei ela deitada no banco de trás do carro e desesperado eu liguei para o resgate, falando que tinha uma pessoa balada e que era pra encontrar com o carro no meio do caminho, liguei pra polícia pra avisar sobre o John, eles disseram que ele tinha sido preso só que fugiu. Encontrei com a ambulância no meio do caminho, e com ela veio mais uma, e três viaturas que passaram direto e com uma ambulância os seguindo, vi o carro que dei a Lucas se aproximar, saindo de lá, Rodrigo, Lucas, Minha mãe, Sarah e Taylor. Assim que viram a Lise começaram a chorar mais do que antes
        Maria: Filho -veio até mim me dando um abraço
        _Quem vai acompanhar a moça? -Perguntou a paramédica de dentro da ambulância
       -A senhora vai e eu sigo com os outros atrás
       Maria: Tudo bem -ela entrou dentro do carro que fechou as portas e saiu até o hospital, corri até o meu carro e indo o mais rápido que pude, sem evitar lágrimas. Não podia perde-la, nao posso.
Assim que cheguei vi ela em cima de uma maca sendo arrastada até passar por uma porta escrito *EMERGENCIA* sentei ali e esperei, junto aos outros que se acabava de tanto chorar, esperei até que acabei dormindo de cansaço


Notas Finais


Bjs :* até depois...✌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...