História Things So Complicated - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Originais, Romance
Exibições 2
Palavras 897
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


olha eu aqui de novoooooo
espero que gostem viu
ate la embaixo

Capítulo 3 - Capítulo 03


- Vit quem é essa pessoa que você trouxe?

-Surpresa você tem que ir lá descobrir

Fui em direção ao garoto e me surpreendi quando vi quem era

- Surpresaaa – o garoto gritou e eu corri para lhe abraçar

Era Paulo meu melhor amigo da infância, quando eu tinha 10 anos ele teve que viajar para o exterior e eu fiquei abalada.

Paulo é dois anos mais velho do que eu, ou seja, ele já deve estar com 18 anos, à última vez que nos virmos no ano passado no meu aniversario de 15 anos, ele foi meu príncipe
sim nos ficamos e eu não me arrependo disso.

- seu puto, nem pra me avisar que ia vim
- como você está linda – ele me olhou de baixo a cima e eu ruborizei afinal eu estava apenas de biquíni
- eu sou linda meu bem, vamos logo pra piscina – levei-o pra a piscina e vejo Vit se aproximando de mim ela fez um sinal pra irmos pra a cozinha. Logo que entrou na cozinha Vit começa a falar
- e ai gostou da surpresa?
- adoreiii - disse um tanto maliciosa
- vai se pegar com ele de novo? Aproveita e perde logo sua virgindade com ele
-para com isso – digo com as mãos no rosto, pois já estava ruborizando
- tá bom, tá bom – ela falou tirando minhas mãos do meu rosto – vamos logo pra piscina.

Paulo passou o dia todo me cantando e eu já estava com certo receio de ficar perto dele, bruno ficava me encarando e encarando a vit.
Já era fim de tarde e já estava cansada de ficar na piscina, subi pro meu quarto e troquei de roupa, coloquei um macacão branco com borboletas laranja e uma rasteirinha básica
desci as escadas e o Paulo estava me esperando para se despedir, levei-o ate a porta e o safado me roubou um selinho antes de ir
aiaiai
fui ate a sala e vi uma cena nada agradável, minha melhor amiga se pegando com o meu irmão
- laryy, não é nada do que você esta pensando- Vit disse saindo do beijo rapidamente
- é tem razão, estou vendo coisas agora, você não estava se pegando com meu irmão- disse já estressada – me poupe vitória, saia logo daqui entes que eu perca minha paciência com você
-eu te ligo depois ta – disse passando por mim cabisbaixa
- não precisa ligar não – fiz questão de ser bem grossa com ela
bruno assistiu essa cena toda calado.

Fui ate a cozinha peguei um pouco de suco e fui para o meu quarto
aqui estou eu sentada na minha cama pensando no meu irmão beijando minha melhor amiga, poxa não sei explicar o que eu senti quando vi aquilo.

Escuto minha porta ser aberta e eu viro para o lado, não quero falar com ninguém
-filha, está tudo bem?
- sim mãe, só estou um pouco cansada
-filha... Eu e o seu pai vamos precisar viajar durante uma semana por causa da nossa empresa, e...
- e?
-você vai precisar ficar com seu irmão durante esse tempo
- não acredito mãe – nesse momento pensei em pedir para ir para casa da Vit, mas lembrei do beijo dela com meu irmão – quando vocês irão viajar?
-vamos daqui a pouco
- pois corre pra se arrumar- falei brincando
 

Fiquei um pouco no celular e depois cai no sono
acordei com um barulho nada agradável, olhei que horas eram porra são 02h30min da manhã
e o tal barulho era a cama do bruno batendo na parede e de gemidos
que ódio.
Fui ate o quarto de bruno e a porta estava aberta
-que idiota- pensei alto
entrei no quarto de uma vez e gritei
- MOÇA DÁ PRA GEMER UM POUCO MAIS BAIXO, TOU TENTANDO DORMIR- a garota ficou mais vermelha que tomate
sai de lá vitoriosa
peguei meu celular e fui conversar com o Paulo
@lary
tou no tédiooooo
@Paulo
vem pra cá, tou em uma festa muito louca
@lary
me manda o endereço que eu já chego ai
@Paulo
é aqui em casa, meu pai viajou ontem
@lary
chego já ai
tomei um banho e fui atrás de uma roupa pra festa
enquanto eu me maquiava eu escutei a porta principal ser fechada e um sorrisinho surgiu no meu rosto
já estava pronta quando o bruno entrou de uma vez no meu quarto, tenho que começar a trancar essa porta.

- você não tinha o direito de fazer isso, porra, ela era mó gostosinha
- me poupe bruno, agora se me dá licença, tenho uma festa pra ir
- cê tá louca? São 02h55min da madrugada, você não vai de jeito nenhum
- vai ver se eu tou lá na esquina-disse lhe mostrando o dedo do meio
- não sabia que você estava fazendo programa agora
- vai se fuder bruno
- você não vai- bruno correu e trancou a porta principal
- bruno abre logo isso
- abro não e pode voltar pro seu quartinho
fui pro meu quarto sem reclamar, mas eu tinha uma ideia
sim, eu pulei pela janela e fui pra casa do bruno
cheguei lá e a festa realmente estava muito louca, tinha gente se pegando em todo canto, gente na piscina, várias bebidas e mulheres de biquíni
- o que uma coisinha gostosa faz sozinha nessa festa? – fui agarrada pela cintura


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...