História Thinking Out Loud - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias David Luiz
Exibições 42
Palavras 1.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Criar um lado afetivo


Fanfic / Fanfiction Thinking Out Loud - Capítulo 3 - Criar um lado afetivo

Acordei cedo por causa de um barulho e gente falando, me levantei e lavei meu rosto, e fui até lá arrumando meu cabelo, encontro Regina e algumas pessoas que eu não faço a mínima de quem seja.

Regina''Bia, bom dia''

Bianca''bom dia, Regina''sorri

Regina''a Maitê ainda estar dormindo, não esquece o café dá manhã dela, tem uma lista na geladeira do que ela come''

Bianca''ok então''

Regina''vou para Londres hoje volto a noite''

Bianca''vai com Deus''

Regina''obrigado''

todos começaram a ir embora e eu ficar ainda no mesmo lugar, quando alguém fala no meu ouvido 

David''tchau linda''sorriu

Fiquei vermelha, ele saiu pela porta rindo, fechei as portas e tomei um café dá manhã que já estava pronto, e depois fiz o café dá manhã dá maitê, tinha um papel na geladeira peguei e fiz uma vitamina de mamão e banana de rolinhas, fui até ela e acordei ela com sacrifício, dei um banho para desperta e coloquei um roupa quentinha e dei seu café dá manhã.

(...)

 Regina chegou de noite mesmo umas 19 horas, meu celular estava papocando de mensagens do Otávio, meu namorado.

Regina''cheguei, o que fez hoje?''

Bianca''eu não sai de casa, mas ensinei algumas palavras que a Maitê tem muita dificuldade''

Regina''e ela precisa, próximo ano que ela vai frequentar a escola''

Bianca''o David e presente na vida dela?''

Reparei que ela mudou de cor para que eu fui falar isso e me meter na vida deles, a Maitê demostra ter medo, sei lá.

Regina''o David e muito ocupado''

Bianca''eu acho que posso ir né''

Regina''claro''

Fui até a Maitê e me despedi, fui para casa tomei um banho e vesti uma roupa e respondi as mensagens

SMS

Bianca''desculpa meu amor, vamos sair, bar de sempre''

Otávio''você e seus trabalhos, tudo bem te encontro lá"

Bianca"OK"

------------

Otávio não e muito presente em minha vida, só nos vemos a noite, e ele reclama quando falto algum compromisso dele. Vesti uma calça preta e uma blusa branca e por cima uma jaqueta de couro, e por fim meus tênis.

(...)

Bianca''Otávio você tem que ver que eu pago minhas coisas sozinhas, eu tenho que trabalhar no que aparecer''

Otávio''ta, ta''pediu um copo de bebida

Bianca''você e um chato''me sentei ao seu lado e bufei irritada

Jana'' olá casalzinho mais... Esquece''riu, ela não gosta do Otávio.

Bianca''Jana que bom que veio''sorri sem graça e ela entendeu o clima

Jana''oi Otávio''

Otávio''oi''

Jana''gente vamos lá para dentro, ta mais animado''

Otávio''vão vocês''

Bianca''eu vou mesmo, já que quer fica ai bebendo''

Me abracei com Jana e entrei na parte mais agitada, ela era minha melhor amiga aqui, ex namorada de meu pai, e dividi um apartamento comigo, ela não e velha meu pai que gosta de mulheres mas novas, minha mãe era uma adolescente ela morreu quando eu nasci, eu estava atravessada ela não aguentou, só conheço por fotos, agora meu pai vive aqui em Paris comigo, mas com outra mulher.

Jana''uma cerveja?''

Bianca''pode ser''

Começamos ao ouvir a música ao vivo e tomar uma cerveja a gosto, uma roda de amigos gritava perto dali, Jana reparava e fazia eu reparar, até eu ver um certo alguém, sim meu patrão estava lá, só o que faltava.

Bianca''acho melhor eu ir''

Jana''chegou agora, vem vamos no banheiro''

Bianca''o que?''olhei em direção ao banheiro e vi que eles estava perto do banheiro

Jana''vem''me puxou

Me levou até lá, eu queria enterrar minha cara no chão, a Jana e linda e a cor do cabelo dela chama atenção então todos os cantos, eles olharam para ela

David''Bianca''sorriu

Jana me cutucou e sorriu

Jana''quem e?''

Bianca''meu patrão''

Acenei para ele e puxei a Jana para dentro do banheiro, e ela passou água no rosto

Jana''ele e seu patrão, que isso em Bianca''riu

Bianca''a mãe dele me contratou para cuidar dá filha dele''

Jana''eita bianca''bateu palma e riu

Bianca''tenho namorado jana''

Jana''ele e um idiota, seu pai sempre falou que ele não presta num ver ele deixa você aqui sozinha e enquanto fica lá fora bebendo''

Bianca''ele ta se vingando de mim, deixe ontem e hoje dia todo sozinho''

Jana''idiota''revirou os olhos

Bianca''ta vamos voltar quero ir para casa''

Jana''tudo bem, eu quero ver aqueles gatos de novo''riu

Passamos de novo por lá e um puxou o braço dá Jana que deve ter adorado e eu passei reto, fui para o balcão e pedi uma cerveja, vejo alguém se sentar do meu lado, olhei e vi que era David

David''pensei que moças como você não andasse em bares como esse''

Bianca''pensei que jogadores famosos não andasse em bares como esse''rimos

David''uma amigo meu me convidou, primeira vez''

Bianca''hum''tomei minha cerveja

David''vamos se juntar com meus amigos, sua amiga já se juntou''

Bianca''não, eu já vou''me levantei

David''por que, fica''segurou meu braço

Bianca''o senhor podia também ir para casa, criar um lado afetivo junto de sua filha''

Puxei meu braço e me retirei dali, eu sei que tem um erro entre ele e a filha, a Maitê tem três anos e parece menina de meses, e ainda não fica alegre quando ver o pai, vi Otávio ali parada fui até ele

Bianca''vamos Otávio para casa''

Otávio''agora não''

Reparei ele já estava bebo, puxei seu braço e fomos embora daquele bar, chamei um táxi, que nos levou para casa, chegamos em casa e o levo para um banho, dei um banho e levei para o quarto ele se sentou na cama, e eu inicie um beijo calmo, sentei em seu colo e puxei seu cabelo para trás beijando seu pescoço até que ele segura minha cintura e me senta na cama

Otávio''eu não estou bem, não consigo bebo''

Bianca''qual seu problema?''

Otávio''boa noite''

Se ajeitou na cama e se embrulhou, bufei, fui tomar banho e se deitei ao seu lado, eu não entendo nunca tivemos relação sexuais, eu já fiz cada coisa com ele mas nada, ele já estava dormindo, e eu parada no mesmo canto pensando na vida, sorri ao lembrar dá Maitê, nos meu anos de babá nunca vi uma criança mais linda, mas diferente, ela não e esperta parece que tem um bloqueio, deve ser aquele pai dela, gosto nem de pensar no que ele faz com ela, abracei Otávio e dormi.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...