História Thirty Days With Bangtan - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts Bangtan Boys, Bts(bangtan Boys)
Exibições 38
Palavras 1.440
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii, tudo bom? ㅋㅋㅋㅋ
Tá, chega.
Bem, quem viu e leu o capítulo anterior sabe que eu não estou muito bem :c
Poisé, eh estava pensando, quer dizer, eu já havia pensado isso já faz um tempinho, de fazer um outra fic. Ae vcs perguntam, mais uma pra vc nn conseguir atualizar? Não, não vai esse tipo de fic e sim vai ser mais como um blog, sei lá alguma coisa assim, eu só vou falar o que vier em mente, polêmicas, o que aconteceu comigo tal dia, me desabafar, ENFIM, é só pra eu interagir mais com vocês me distrair um pouco, pq essa vida depressiva tá dando não ;-;
Bom, vou deixar que vcs mandem, se quiserem que eu faça um grupo no whats também eu faço, só deixar o seu número com espaço entre eles. Enfim comentem o que acharam, sim?

Obg :3

EU TE AMO VOCÊS

Capítulo 13 - Eu Te Pego Min Yoongi


Fanfic / Fanfiction Thirty Days With Bangtan - Capítulo 13 - Eu Te Pego Min Yoongi

Bom, depois do nosso momento "confessionário" começamos a conversar, no começo eu falava praticamente sozinha pois o mesmo ficava calado, mas depois eu consegui fazer com que ele se soltasse mais. É, eu tinha razão, ele não é tão frio assim. Pude ver um lado do Yoongi que realmente me surpreendeu, fico feliz que eu tenha conseguido ver esse seu lado.

Bom, pela primeira vez de sempre, nós dois não estávamos com sono, estava tão bom nossa conversa, ela fluía de um jeito nada já visto por mim. Suga era um bom amigo, ele escutava quando tinha que escutar e falava quando tinha que falar, ele realmente sabia o que fazer/falar na hora certa. Ele também me fazia rir quando dava uma de convencido. Bitch, I'm Suga. Também era legal quando ele me dava uma resposta e eu revidava, passávamos bons minutos dando resposta um no outro, afinal, somos metres nesse quesito.

Já bem de tarde, eu resolvi interromper e falar que precisávamos dormir, pois sabia que amanhã iriam inventar de acordar cedo para ir em algum lugar.

Ele confirmou e se despediu, mas antes que ele fosse embora eu o chamei para dormir no meu quarto. Ele ficou meio envergonhado, o que eu achei bem fofo, mas confirmou e se deitou na outra cama que tinha ali, que era de solteiro. Desejei boa noite e me virei apagando a luz que ali ainda iluminava o local. Demorei a pegar no sono, pois a conversa que acontecera minutos mais cedo havia me despertado. Suga já havia dormido, o que não me surpreendeu. Dorminhoco.

Fiquei pensando no que aconteceu hoje, na nossa conversa e no me desabafo. Fiquei pensando na minha vida, como foi, como está e tentei imaginar como ainda seria, e com esses pensamentos fui pegando no sono.

.
.
.

Acordei com uma voz cantarolando um Bom dia e Acorde, já é de manha. Abri meus olhos sonolenta e me espreguicei murmurando um Hum manhosa. Olhei para o lado e vi que o dono da voz cantarolante era o Hobi. Quando meus olhos se encontraram com os seus, ele abriu um sorriso largo. Não pude deixar de sorrir com a cena. Hobi é tão fofo.

   - Bom dia - falou alegre - Até que enfim acordou - fez um bico fofo - Dorminhoca - começou a fazer cosquinhas em volta de meu pescoço me fazendo me encolher tentando esconder o mesmo, rindo.

   - Para Hobi - pedi entre risos baixos - Para por favor - pedi mais uma vez tentando me afastar de suas mãos, mas para onde rolasse na cama, seus dedinhos me perseguiam. Acabei me levantando da cama tentando cobrir as partes que ele fazia cosquinha, com as mãos - Ta bom, já acordei. Bom dia pra você também.

   - Hum, depois eu continuo - uma ova - Hey, porque o Suga está aqui? - perguntou apontando para o ser que estava dormindo.

   - Bem... - fiquei sem saber o que falar, olhei bem para o Hobi e decidi contar a verdade, pelo menos parte dela - Ele estava com alguns problemas e me pediu ajuda, acabou que ele dormiu aqui. - resumi da melhor forma possível.

   - Ahh, que legal, vocês são amigos agora? Porque ele não falava muito com você.

   Suspirei - É, parece que agora somos amigos - dei um sorriso - Bom, vamos aonde hoje? - perguntei passando a mão nos cabelos.

   - Ah, sim. Vamos em um parque de diversão - falou com cara de tédio.

   - Você não quer ir né? - perguntei sorrindo.

   - Não tinha outro lugar não? - perguntou um pouco desesperado.

   - Calma Hobi, eu também tenho medo, mas vai ser divertido. Confie em mim. - tentei o conforta-lo, ele corou e sorriu. Já estava me acostumando com eles corando facilmente, afinal, eles não tiveram muitos relacionamentos com "mulheres". - Agora, eu vou me arrumar e você acorda o Yoongi - seu sorriso se desfez, mas antes que ele falasse algo fechei a porta do banheiro rindo.

Depois de ter feito minha higiene pessoal abri a porta do banheiro me deparando com um Hobi com o cabelo e metade da camisa molhados e um Yoongi com um jarro de flores na mão. Levei minha mão a boca, disfarçando o riso, a cena estava realmente engraçada.

   - Yoongi - chamei seu nome em forma de reprovação, ambos olharam para mim.

   - Ele que me acordou - apontou para Hobi.

   - Hey, eu não fiz nada demais, viu Júlia? O que me fez passar? Agora tô todo molhado. - fez cara de bebê chorão.

   - Aimodeuso, vem cá - o chamei, logo o abraçando - Poxa Yoongi, tu num dá uma dentro.

   - Eu? Fala sério Júlia, vai defender ele? - afirmei - Afe - fez cara de tédio e foi embora nos deixando rindo no quarto.

   - Cê viu a cara dele? - me perguntou rindo.

   - Claro, não sou cega. - falei desmanchando seu sorriso.

   - Credo Júlia, tchau pra você. - falou indo em direção a porta.

   - DESCULPA, VOLTA AQUI. - falei indo até ele. Ele riu.

   - Tá, vai se arrumar logo.

.
.
.

Depois de eu me arrumar fui me encontrar com os membros na sala de ensaio, conversamos um pouco e lanchamos, fizemos todo aquele percurso até a van e finalmente, fomos para o parque.

Bom, eu gostava e não gostava, era divertido, mas alguns brinquedos me deixavam com o cu na mão.

Depois de algumas horas chegamos naquele belíssimo parque que parecia que só tinha brinquedo que envolvia altura e velocidade fora do normal, meus piores inimigos.

Olhei para o Hobi e o mesmo estava com uma feição de vou morrer. Dei uma risadinha, dava para fazer um meme. E foi o que fiz. 

Agora, vou mostrar a vocês passos de como tirar foto de alguém sem ela perceber.

Passo 1 - Tenha um celular.
Passo 2 - Abra na câmera.
Passo 3 - finja que irá tirar um foto sua, faça pose para parecer real, aperte para tirar a foto e voalá.

Fiz os três passos e consegui tirar sua foto, fui na galeria e procurei a foto que acabei de tirar, cliquei na mesma a fazendo se expandir pela minha tela, comecei a rir sozinha, chamando a atenção de todos, com certeza essa eu vou postar. Army's, denada.

   - Do que tanto ri? - perguntou Tae. Escondi meu celular.

   - Nada - forçei um sorriso.

   - Deixa eu ver - falou tentando pegar meu celular, eu passava de uma mão para a outra tentando esconder, mas ele acabou pegando, logo rindo depois de ver a foto.

   - Shhhhhhhh - coloquei o dedo indicador na boca fazendo sinal de que ficasse quieto. Ainda bem que sua risada era daquelas que não sai nenhum som, ele só fica parecendo um foca batendo palmas. Igual eu.

Os outros membros desconfiaram mais continuaram o caminho até o brinquedo, quando chegamos na frente do mesmo e eu olhei para cima tapando um pouco os olhos por causa do sol, fiquei um pouco tonta. Isso é muito alto.

   - Vocês tão só admirando né? Porque eu não vou nisso nem a pau.

   - Nós vamos nele - falou Jungkook. Nem fudendo.

   - Pelo amor gente, eu vou morrer - corri para detrás de Suga - Me protege Suga.

   - Porque não pede para o "Hobi"? - perguntou com cara de deboche. Eu olhei surpresa para ele.

   - Ah, me desculpa Suga, foi só uma brincadeira. Não fica assim.

   - Hum - murmurou apenas, eu mereço.

   - Ah não Suga, por favor. Foi só uma brincadeira. Me desculpa, não foi minha intenção te magoar. - ele me olhou sério.

   - Tá - falou revirando os olhos. Logo o abracei.

   - Sabia que ia me perdoar, eu sou foda. - falei jogando o cabelo.

   - Ui, convencida.

   - Não se é convencida quando fala a verdade.

   - Essa frase é minha.

   - Olha a inveja Yoongi. - falei com um sorriso de canto.

   - Inveja? De você? - forjou uma risada - Olha bem pra mim, eu sou Min Yoongi, por que eu teria inveja de uma... Qualquer. - falou com um olhar desafiador.

   - Acho melhor você correr. - falei entre os dentes. Ele sorriu e começou a correr comigo atrás de si - EU TE PEGO MIN YOONGI.

E assim é a nossa amizade.


Notas Finais


Bom eh isso, Leiam as notas do autor, please ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...