História This Could Be Love? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Personagens Originais, Tcbl
Exibições 19
Palavras 1.305
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Saga
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Bem, aqui está, e espero que gostem 💕✨

Capítulo 1 - 1.


Ana Júlia suspirou enquanto penteava os cabelos castanhos, o casamento arranjado que tinha desde de pequena estava chegando, a garota estava com 21 anos, considerada a flor da idade, deveria se divertir, beijar, e fazer coisasnormais de um jovem de 21 anos, mas por causa dos negócios da família, dona de uma grande rede de confeitarias que era apreciada por muita gente, a Farias Sugar, cuja a garota é a herdeira, e a rede de confeitarias fez uma parceria com uma rede de restaurantes, a Days' Gourmet, tinha 18 anos, com os dois herdeiros, Júlio Matias Dias de Souza e Ana Júlia Farias da Silveira Gomes, que iriam se casar em 6 meses e a família já forçava a convivência dos dois.

O encontro entre os dois não foi muito agradável, foi com os seus amigos, já que os dois tinham amigos em comum.

Letícia, uma garota de 20 anos, de cabelos rosas e a pele alva, que discutia frequentemente com Ana Júlia por terem opiniões divergentes sobre certos assuntos, o que causava discussões desnecessárias, mas no fim, eram grandes amigas.

Victoria, amiga de longa data de Ana Júlia, séria, e também bem divertida, tinha longos cabelos castanhos, e a pele branca, é conhecida como a que dá melhores conselhos.

Maria, era uma amiga sensata, e umas das mais sérias, que ficou cerca de 3 anos sem mandar uma foto pros amigos, mas quando se encontraram, tudo se resolveu, e eram bons amigos, tinham também a pele branca e o cabelo liso, castanho escuro.

Bianca, era a mais nova, tinha 18 anos, e era a mais irritante, e grossa, depois de Victoria, mas no final de tudo, era uma boa amiga, tinha cabelos cacheados e era negra.

Tinham vários outros amigos, Larissa, Fernando, Letícia, e todos eles acompanharam Júlio e Ana Júlia procurando melhorar o clima, já que estava pesado, mas Fernando estava lá, Júlia teve um caso com o garoto que durou a sua adolescência toda, e quando Júlio entrou em uma briga com ele, criaram uma rixa que dura até hoje.

Mas a causa deles brigarem, foi porque Júlia começou a duvidar da capacidade de Júlio no boliche, e Júlio se irritou e começaram a discutir, desde então nunca se encontraram novamente, para a diversão.

Júlia resolveu esquecer aquilo por enquanto, e foi fazer algo que gostava de fazer, dormir. Ela se remexeu na cama por muito tempo, até que percebeu que não iria dormir, e resolveu procurar algo para comer e navegar na internet.

Desceu até sua cozinha, esperando estar sozinha na casa, só que encontrou Júlio comendo uma barra de chocolate mexendo no celular, Júlia se assistou e resolveu voltar silenciosamente para seu quarto, mas Júlio já havia lhe visto.

- O que está fazendo? - Júlio desceu do balcão e olhou para a garota que arregalou os olhos para ele.

- Eu? Nada, só vim pegar algo para comer, por quê? - Ana Júlia concertou sua postura rapidamente e abriu a geladeira pegando uma caixinha de suco.

- Parece que está nervosa com algo, mas tanto faz - Júlio disse simples e voltou a olha para seu celular.

- Com o casamento arranjado, talvez? Já é uma desgraça viver com você, imagine dormirmos na mesma cama? - Júlia suspirou e depositou a sua caixinha de suco no balcão e fez um coque rápido.

- Eu digo o mesmo, mas por acaso a gente tem alguma opção? Já se esqueceu que a manhã tem o Chá de Panela? - Júlio bufou e guardou a barra de chocolate na geladeira.

- Eu lembro sim, só de lembrar que eu vou ter que te beijar de novo, eu já fico com ânsia de vômito - Júlia fez uma careta e sacudiu a sua cabeça.

- Tá reclamando de que? Quem beija mal aqui é você... - Júlio deu um sorriso debochado, e se sentou no balcão novamente.

- A última vez que você me beijou foi no aniversário da Bianca, e por obrigação dos pais delas, já que a gente não podia passar uma "má impressão" - Júlia revirou os olhos, odiava quando era forçada a fazer algo.

- Tanto faz, pelo menos eu ainda vou ter meu dinheiro - Júlio deu de ombros e voltou a olhar seu celular.

- Grande merda - Júlia bocejou e se virou na direção das escadas.

Júlia subiu para seu quarto e pegou uma roupa para tomar um banho no banheiro fora do seu quarto, já que era o único que tinha banheira na casa.

Bateu na porta e Júlio respondeu que estava tomando banho, Júlia bufou e voltou para seu quarto, mas a campainha tocou e como estavam só os dois ali, teve de descer para atender.

Ao abrir a porta encontrou Larissa discutindo com Bianca, e Victoria e Letícia tentando ignorar.

- O que está acontecendo? - Júlia abriu a porta para eles entrarem e assim fizeram.

- A Lari começou a xingar o Baekhyun pra irritar a Bianca e funcionou, e Bianca revidou falando mal do Minseok e tá nisso até agora - Letícia bocejou e retirou os chinelos os largando pela sala.

- Isso mesmo, tem sorvete de flocos aqui? To com mó vontade de comer - Victoria caminhou em direção a cozinha, soltando os cabelos.

- Parem de ser otárias, vocês duas são exo-ls - Júlia empurrou as duas para dentro, e fechou a porta.

- Quem começou de qualquer forma foi ela, mas agora eu quero ver The Walking Dead - Bianca disse se sentando no sofá ao lado de Letícia, a garota não aceitava o fim da série tinha 4 anos.

- Eu vou comer sorvete com a Victoria - Larissa foi em direção da cozinha, mas Victoria já estava voltando, então pegou uma colher e voltou para sala.

- Cadê o Júlio? - Letícia pegou o controle da mão de Bianca que resmungou baixo, tinha de respeitar a garota, já que era a mais velha.

- Ele tá tomando banho, já deve ter acabado, vou lá e já volto - Júlia sorriu pras amigas e subiu as escadas tentando ignorar a voz "pau na boca" de Bianca, que tinha ligado o karaokê, cantando Monster.

Júlia bateu na porta novamente e vi que tinha água escorrendo pelo chão do banheiro e percebeu que Júlio tinha dormido novamente.

- ACORDA SEU OTÁRIO - Júlia abriu a porta que não estava trancada, ouvindo I Guess I Need You, do B.A.P, dormindo.

- QUE FOI PORRA? - Júlio acordou assustado derrubando mais água no chão.

- Ah não, SEU MERDA TÁ SUJANDO MAIS PORRA - Júlia empurrou Júlio pelo ombro irritada, como ele conseguia fazer isso?

- DESLIGA A BICA VOCÊ PORRA - Júlio se irritou e puxou o pulso de Ana Júlia na direção do registro que controlava a água, mas acabou por empurrar a garota dentro da banheira.

Júlia caiu sentada na banheira, acabando por machucar sua bunda por ter sentado nos pés de Hobbit de Júlio.

- SUA DESGRAÇA, QUEIMA NO FOGO DO INFERNO - Júlia se levantou rapidamente e saiu da banheira irritada.

Júlio tentou falar algo, mas foi interrompido pela risada escandalosa de Bianca e as palmas de Letícia que também ria.

- Vocês são impossíveis, porra - Victoria sorriu para os dois que pareciam irritados.

- Namoral, não dá, twoju é real mesmo - Bianca disse entre pausas por estar sem fôlego.

- Parece que os dois estão putos - Larissa riu fraco, e se virou pra Júlia que já havia batido a porta do seu quarto.

Enquanto Larissa e Victoria foram ajudar Júlia, e Bianca e Letícia debochavam da situação de Júlio.

Depois de um tempo, todos resolveram seus problemas e se reuniram para comer e depois dormiram, já que Letícia e Maria iriam chegar na casa dos noivos para ficarem ali por um tempo.


Notas Finais


Foi isso, me desculpem pelos erros, e espero que tenham gostado ✨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...