História This is a love song (Quintana, SwanQueen e Calzona) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Glee, Grey's Anatomy, Once Upon a Time
Personagens Alexandra "Lexie" Grey, Arizona Robbins, Brittany S. Pierce, Calliope "Callie" Torres, Diretor Figgins, Emma Swan, Jane Hayward, Lacey (Belle), Mark Sloan, Mason McCarthy, Quinn Fabray, Rachel Berry, Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Santana Lopez
Tags Calzona, Lesbicas, Romance, Swanqueen
Exibições 145
Palavras 937
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Muita treta, espero que gostem!!

Capítulo 22 - Dorothy Gale Mills ou Santana Lopez Robbins?


Fanfic / Fanfiction This is a love song (Quintana, SwanQueen e Calzona) - Capítulo 22 - Dorothy Gale Mills ou Santana Lopez Robbins?

¥Narrado por Dorothy¥
Saio da escola, olho a mensagem de Santana :
Hey Dory, Festa do pijama!  Só o quarteto suicida.
Eu precisava fazer isso.. Não que fosse do meu fetio mas eu precisava..
Quando dão 21:00 da noite sigo para casa da latina, sou recebida pela própria, peço para beber água, quando vejo a carteira da Regina no balcão, olho para os lados e me aproximo da mesma e me assusto quando a voz rouca percorre o local :
- Dorothy e por um minuto achei que realmente você teria mudado.- Regina estava com sua lateral encostada na entrada da cozinha.
- E-eu não peguei nada.
- Mas ia, seus pais sabem que ainda faz isso?
- Meus pais faleceram a 4 anos. - Me viro para ela, a primeira pessoa para quem eu contará isso, meus olhos se enchem de lágrima.
- Dorothy porque não disse à ninguém? - Ela tinha uma expressão piedosa.
- Eu só não queria ir para um lar adotivo. - Com certa dificuldade impeço minhas lágrimas de cair.
- Dorothy não pode viver sozinha.
- Não, olha eu sumo da vida de vocês mas não me ponham em um desses orfanatos... Nunca me adotariam .. - Soluço um pouco mas consigo me manter firme.
- Eu não disse isso..Preciso entender como tudo isso aconteceu.
- Eles faleceram em um hospital primeiro meu pai quando minha mãe soube teve um infarto fulminante e como não tenho nenhum parente eu comecei a viver sozinha.
Ela confirma com a cabeça e chama as meninas para descer e pede para que eu conte as mesmas,Ruby me abraça , Santana beija minha testa e Mason sem ação me encaravam.
- E sabe filha.. - Regina continua depois de eu ter contado tudo para as meninas. - Você sempre me pediu uma irmã mais velha..
- É igual a Dorothy..
Depois de alguns minutos percebo que olhavam para mim.
- S-serio?
- Dorothy seria uma honra adotar uma menina tão forte como você.
Ela sorri assim como todos presentes.
- Mas e toda a papelada?
- Uma juiz maravilhosa fará isso por você!
- Quem? - Ruby diz curiosa.
- Eu mesma.. Hahahah - Ela dá a típica risada de rainha má. - Mas agora não se preocupem com isso, apenas curtam a festa do pijama de vocês.
Ela abre a porta que dá para varanda e saí do nosso campo de visão.
- Oh meu Deus Dory vai ser tao legal nos na mesma casaaaa!  Uauuuu! - Santana sorria animada.
Então ficamos alí pela cozinha mesmo.
-----------------------------------------------------------------
¥Narrado por Quinn¥
Chego em casa quase à noite, Callie ainda estava com a gente, subo direto para meu quarto e abro meu computador, quando vejo uma mensagem que me deixa super animada :
- Hey, Fabray como todos sabem vou casar e para comemorar, vou dar uma festa.
Abaixo dizia endereço, horário e que teríamos que ir à fantasia sorrio e respondo Rachel à parabenizando e abro outra aba procurando algumas fantasias importadas, logo uma aba se abre mostrando roupas extremamente sexuais, com um sorriso no rosto começo a imaginar Sant em uma delas.
A imaginação com a latina começa me esquentar eu levo meu dedos por dentro do meu short, com meus dedos começo a estimular meu clitóris de forma intensa :
- Ahn, Santana..
Meu telefone toca mas não me dou ao trabalho apenas esbarro nele e continuo gememdo o nome da minha namorada, e sinto meu corpo pesa sobre meus dedos:
- Santana você fode comigo..
- Meu Deus Quinnie a latina precisa te chupar hahaha! - Uma voz sai do telefone, levo um susto e pego o celular.
- Droga Belle oque quer?
- Primeiro não te ouvir gemendo o nome da minha priminha ,segundo Onde eu devo levar Dorothy pra sair.. ?
- Num motel?
- Esquece, vá limpar esses dedos de goza. - Ela desliga e eu encaro meus dedos úmidos.
- Acho que vou tomar banho- Digo para mim mesmo e sigo para o banheiro
¥Narrado por Regina¥
Eu sabia desde aquele tribunal que Dorothy Gale foi destinada a ser minha filha.
Sigo para minha varando com algum dos casos que teria que resolver quando ,escuto a campainha, como as meninas estavam lá em cima sigo até a porta para atender e dou de cara com aqueles olhos azuis :
- Regina você não mudou nada..
- Arizona? - arregalo meus olhos com a mulher alí presente.
- Cadê minha filha? Quero ter uma palavrinha com ela.
- Arizona não foi esse nosso acordo. - Falo mais baixo para que ninguém escutasse.
- O acordo também não foi você me mandar presa para não ver minha filha, depois que terminamos.Ela é minha filha por direito e se não dividir a guarda comigo agora mesmo eu vou pedir a guarda dela por completo.
- Ela não é sua filha.
- Ah é sim e os registros mostram isso.
Droga ela não podia estar falando sério, ela estava totalmente certa, fui burra e agora teria que dividir minha filha com oque um dia foi o amor da minha vida.
Irritada me viro para escada e chamo :
- Santana tem uma pessoa querendo te conhecer..
Então minha filha desce as escadas e olha para porta com uma expressão de dúvida.
- Santana, você está tão linda..
Ela tinha lágrimas nos seus olhos enquanto minha filha me encarava :
- Santana essa é Arizona Robbins.
- Oi? A mulher que você disse que era só uma amiga que me registrou?
A menor tinha sua expressão confusa.
- Santana essa é sua outra mãe.



 


Notas Finais


Gostaram???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...