História This Is Love - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Guns N' Roses
Personagens Axl Rose, Duff Mckagan, Izzy Stradlin, Personagens Originais, Slash, Steven Adler
Tags Amor Pelo Idolo, Diferença De Idade, Guns N' Roses, Romance
Visualizações 160
Palavras 1.851
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpe a demora é que eu estava em semana de prova



OBS: Essa fic passa no futuro,tanto que hoje eu tenho 18 e na fic eu tenho 22.

Capítulo 16 - Tentando seguir em frente.


Fanfic / Fanfiction This Is Love - Capítulo 16 - Tentando seguir em frente.

Fazem exatamente 20 dias, 12 horas,45 minutos e 23 segundos que não vi e nem ouvi falar em W.Axl Rose.Não sei o que ele está fazendo neste exato momento,se esta dormindo,comendo,ou transando com uma puta qualquer.E isso me agonia,de não saber como ele está,se está bem ou não.

Em minha cabeça passa milhares de perguntas que nem sempre serão respondidas.Será que ele desistiu de mim?Será que achou uma mulher mais bonita que eu e que já se ofereceu para ele?Com certeza deve ter sido isso,Axl nunca ficaria correndo atrás de alguém assim.E eu não posso ficar esperando ele a minha vida inteira,não posso ficar sonhando que eu vou ser correspondida desse amor que eu sinto por ele.

Respiro fundo e já sei o que vou fazer da minha vida.Não vou ficar jogada pelos cantos da casa chorando e sonhando por alguém que nem se importa comigo.Vou seguir em frente,vou cuidar da minha vida ,encontrar um namorado e tentar esquecer o Axl.Não,eu não sou tentar,eu vou conseguir,eu tenho certeza que vou.

Levantei-me de manha bem cedo,arrumo meu cabelo,com muito creme e agua para ele ficar apresentável.Passo meus dedos pelos fios de meu cabelo,tentando desembaraça-lo,tento separar os nós  com as mãos sem usar um pente.Depois de muito trabalho tentando arrumar meus cachos.Olho no relógio e vejo que estou atrasada,eu me visto rapidamente com um vestido longo de listras pretas e brancas,uma rasteirinho e meus óculos.Vou para a sala pegando a minha bolsa e saindo de casa.Como sai correndo nao deu tempo de tomar café,vou ver se passo em uma cafeteria para pegar um café ou qualquer coisa que forre me estômago se der.

Ando pelas ruas da minha tão amada Los Angeles,eu passei a amar tanto essa cidade, que parece que eu nasci nela.Me mudei para cá a alguns anos depois que minha carreira de modelo decolou.Sempre foi o meu sonho
vir morar aqui desde pequenininha,para mim talvez assim me faria sentir mais perto do Axl.

Eu fico muito brava quando falam de que ele esta feio e velho.Tudo bem que o Axl não tem aquele 28 anos, que foi considerado o cara mais bonito do mundo.Mas como é a lei da vida a idade chega para todos,como vai chegar para mim e para você.Axl pode ter 58
 anos hoje e mais maduro,Porém ele sempre vai ser aquele menino brincalhão e o cara que  meu coração acelera.Que sempre foi e vai ser o amor da minha vida,aquele que me faz ter sonhos,minhas bochechas ficarem vermelhas quando penso nele e aquele sorriso involuntário.

Chegou na Agencia e sou recebida com um grande abraço de Tony que vem saltitando ao meu encontro.

___O que houve flor,por que você está com essa carinha triste?-Me analisou dos pés a cabeça.

Droga,eu não quero falar sobre isso.Não quero ter que falar sobre ele para o Tony.

___Não ouve nada tonyzinho,eu estou bem,apenas dormi demais e acabei me atrasando.- Tentei me explicar,mas parece que ele não engoliu minha desculpa.

Se ele não acreditar na minha desculpa,como eu sou sair dessa.

___Não tente mentir para mim flor,eu sei que essa sua carinha tem a ver com um boy,pode me contar tudinho,tintim por tintim -Gesticulou com as mãos.

Merda,como eu sou sair dessa agora,estou em uma enrascada.Ok respira Mary Ann,apenas diga a verdade ele vai acreditar em você,fique calma.

___Olha Tony,eu não quero falar sobre isso ok,eu apenas quero esquecer que ele existe,mas esta difícil.- Passo as mãos pelo meu cabelo jogando-o para trás.

___Há florzinha,não fique assim,que tal nós duas irmos para uma boate super badalada da aqui hoje.-Tony saltitava em minha frente batendo palma.

Mais eu queria tanto ficar em casa hoje.Deitada,de pijama,com um balde de pipoca nas mãos e sorvete,completamente largada em casa.

___Eu não sei,eu apenas quero me deitar em minha cama e assistir meus seriados até dormir.

___Não senhora,você vai comigo hoje sim e sem reclamar,e lá nos vamos encontrar 2 boys magia que estamos precisando.- Piscou para mim.

O resto do dia foi assim, cheio de gracinhas que Tony fazia,e insinuações do que iria fazer se ele encontrasse algum cara na balada.Ele iria joga-lo na cama,prende-lo com algemas,e fazer com o cara, o que quiser.Eu ri muito com esse meu amigo,nunca pensei em como seria a minha primeira vez,já pensei muitas vezes neste assunto,mas nunca tive coragem,quero apenas que seja com alguém que eu me sinta a vontade,que eu sinta vontade de transar.

Ao anoitecer,perto das 20:00,eu ja estava pronta,coloquei um Scarpin nude,um vestido azul.Fiz uma maquiagem básica,uma sombra marrom esfumada com a ponta preta,o batom escolhi uma cor vermelho Carmim.Meu cabelo eu o deixei solto,eu o hidratei com uma misturinha de abacate, creme de mandioca e um pouco de oleo de oliva que deixa meus cachos lindos.

Eu me olho no espelho e me sinto bem comigo mesmo.Estou confortável com a minha roupa e me sinto bonita com ela.Uma coisa que minha mãe dizia " Se você nao se achar bonita,quem vai achar?"Eu levo isso comigo sempre.

A campainha toca,me fazendo sair dos meus pensamentos.Caminho até ela e já sei que é o Tony.Ele estava bem bonito,com uma blusa social preta,calça jeans,sapatenis e cabelos penteados.

___Você esta maravilhosa flor,quer apostar quanto que muitos boys vão cair matando por você hoje- Me rodopiou como sempre,Tony com seu jeito escandaloso me fazia rir.

___E como eu estou?-Rodopiou em minha frente

___Você também esta muito bonito,muitos caras vai cair matando por voce também.- Me viro fechando a porta e a trancando.

___Tomará Florzinha,tomará -Levantou as mãos para o alto,me fazendo rir.

Como um bom cavaleiro,Tony abriu a porta do seu conversível vermelhos para eu entrar,logo deu a volta,vindo para seu assento.Seu carro era a sua cara,banco com peles de onças,pingentes no espelho.Realmente era muito extravagante,as vezes nem parece ser o carro dele,ele se vestia normal,como um homem e tinha um carro que parecia de uma perua.

Chegamos em uma boate que era muito famosa aqui em Los Angeles,que se chamava Sweet Kiss.Ela sempre estava cheia,como agora que tinha uma fila enorme,e um segurança grandalhão que segurava a porta.O lugar era bem bonito,as paredes era um tom de Marsala,com luzes de led azuis,a estrutura é bem rústica e acredito que deveria ter sido uma casa antes de virar uma danceteria.

Depois de alguns minutos na fila,eu e Tony conseguimos entrar,o lugar estava super lotado,pessoas dançando com bebida nas mãos,jovens se agarrando,luzes de todas as cores rodando pela pista.Eu queria sair dali o mais rápido possível.Odeio lugares lotados,me deixa sufocada.

___Flor eu vou dar uma rodada por ai ok,fica bem sozinha?-Tony gritou perto do meu ouvido,para que eu consiga escuta-lo por cima da musica que estava alta.

___Sim,eu vou ficar bem-Grito para que ele possa me escutar também.

Ele logo saiu ,entrando no meio do povo que dançavam.E eu estou parada aqui,sozinha,em um lugar que eu não conheço,sem ninguém para conversar.Eu nao sei o que fazer.Vou para o bar e peço um martine.fico sentada,em uma banqueta olhando o a pista de dança.Muitas vezes olhos para as pessoas e penso como são a vida delas no dia a dia,se tem família,filhos,qual é o emprego delas.

Sou destraida dos meus pensamentos sobre a vida das pessoas,quando um homem bem apessoado aprece do meu lado.Ele tinha uma pele branca,olhos azuis,cabelo preto com um topete,vestia uma camiseta polo azul claro ,jeans e sapatos social.O moço era bem bonito,mas tinha uma cara de ser Playboy e mimado pelos pais.

____Oi gata,aceita uma bebida? É por minha conta_Ele sorriu para mim,tentando me conquistar com o seu charme.Mas não deu certo.

Oi gata?como assim,parece que ele acha que sou uma adolescente,que adora ser chamada assim.

___Não obrigada,eu já tenho a minha-Levanto o meu Martine para ele ver a minha bebida.

Realmente, esse cara deve ser muito idiota para a achar que eu vou aceitar uma bebida de um estranho.Nao sou tão inocente assim,eu sei que eles podem por boa noite cinderela na minha bebida.

___Como uma moça tão bonita se chama?

___Mary Ann e você?- Tento ser simpática,beberico meu martine,mas aquele papo esta me enchendo.

___Mauricio- Abriu um belo sorriso para mim.

___Que tal nos dois irmos ali no canto?-Ele estava praticamente debruçado encima de mim.

Ele acha que eu sou oque?Uma puta.

___Não obrigado-Me virei olhando para vista de dança que estava muito animada,as pessoas se mexiam seus corpos dançando aqueles Remix, que para mim eram apenas barulhos.

Continuei olhando para a pista,quando sinto alguém apertando meu braço e me puxando.Levei um susto e acabei deixando minha taça cair no chão e se espatifou,olhei assustada e vejo Mauricio me puxando,na verdade me arrastando pelo salão.Tento me soltar,me debati disparadamente,tento puxar meu braço,mas ele é mais forte que eu.

___SOCORRO - Grito,mas o som da musica esta mais alto.

Sinto meu corpo sendo prensado na parede e o peso de seu corpo no meu.Ele começou a beijar meu pescoço e eu tentava empurra-lo,mas cada vez que eu tentava empurra-lo,Mauricio forçava o seu peso para o meu.

___Você é tão gostosinha-Beijava meu pescoço e descia para o meu colo.

___Me larga, seu cretino,eu tenho nojo de você -Me sinto enojada,com cada toque dele em mim.

___Voce não vai sentir nojo de mim,quando eu te foder gostoso-Começou a mordiscar meu pescoço e puxou o decote do meu vestido para baixo o fazendo rasgar.

Comecei a me debater mais forte ainda,respirei fundo e concentrei toda a força que existia em meu corpo e o empurrei para longe de mim.

____Hum,voce é uma ferinha,assim que eu gosto-Ele veio para cima de mim novamente,e eu chutei sua virilha,o fazendo se encolher.

Aproveitei e sai correndo,segurando a parte rasgada do meu vestido com uma mão e a outra minha bolsa.Eu corri pela rua o mais rápido possível,nao queria que ele tentasse me seguir.Quando vi que eu estava longe da boate,tirei meus sapatos e os segurei.Do nada começou a chover me fazendo reduzir meu ritmo.

___Droga,estou toda molhada e não sei para onde ir.-Chuto a água que se acumulava em meus pés.

Eu não sei o que fazer,não sei para onde vou,quase fui estuprada,essa noite esta sendo um inferno.

___DEUS,ME MANDE UM MILAGRE - Levanto minhas mais para o alto,e a única resposta é um trovão que fez o céu clarear.

Me sento na calçada,debaixo da chuva,coloco minha cabeça entre os joelhos e começo a chorar.Eu com medo,na verdade em pânico,estou sozinha e não sei como voltar para casa.

Em meio da minha angustia,escuto um carro parar em minha frente.Continuo sem me mexer,não quero me mexer.

___Mary?-Diz a voz de dentro do carro

Espera,eu conheço essa voz.Levanto a minha cabeça,vejo um porshe e  dentro dele estava o Axl,era ele,ele era o milagre que eu pedi.

____Entra no carro-Sua voz grossa fez meu corpo arrepiar.

Eu continuei paralisada,não conseguia me mover.Não conseguia ir até ele.

____Entra no carro Mary,se ficar na chuva vai pegar um resfriado-Ele estendeu o braço e abriu a porta.

____Eu não posso,estou ensopada e vou molhar seu carro-Abraço meu corpo,tentando me aquecer,estava começando a ficar com frio.

____Eu nao me importo,entra logo-Pelo tom de sua voz vejo que ele esta serio.

Resolvo entrar logo,dentro era quente e confortável.Me aconchego no banco e sinto que eu estou segura ao seu lado.


Notas Finais


Espero que gostem e comentem meus amores.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...