História This Is Love - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Suga, V
Exibições 41
Palavras 962
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


gente
eu amo tanto ladies code
que da vontade de chorar

Capítulo 12 - Festa I


P.O.V Isa

-ACORDAAAA MERDA. -Esse foi o Jungkook gritando comigo pelo telefone enquanto eu ainda tinha meus olhos fechados, depois dessa nunca mais irei me atrasar.

-Que? -Perguntei ainda sonolenta pondo minhas mãos no cabelo.

-VOCÊ TÁ DORMINDO ISABELLA? -Ele gritou novamente e eu sem querer deixei meu celular espatifar no chão.

-Para de gritar Kookie -Falei sonolenta.

-VAI SE ARRUMAR AGORA. -Ele berrou novamente fazendo meu ouvido doer.

-Tá bom. -Desliguei o telefone e com muita dificuldade consegui ver as horas: 19:45, Jungkook tem motivos pra me matar agora. Larguei meu celular no sofá e subi desesperadamente as escadas, entrei no meu quarto retirando os tênis e me despindo das roupas. Tomei um banho bem rápido mesmo, sequei meus cabelos com o secador enquanto ligava a minha chapinha, fiz uma maquiagem básica e passei a chapinha em cada mecha do meu cabelo fazendo alguns cachinhos. Vesti a melhor roupa que eu tinha no meu guarda-roupa e conferi se estava tudo no lugar.

Ouvi uma buzina bastante conhecida por mim, joguei a franja pra trás e alisei alguns fios do meu cabelo. Desci as escadas tranquilamente, peguei meu celular em cima do sofá e abri a porta dando de cara com um bravinho.

-Oi Kookie. -Dei um sorriso.

-Eu disse pra não se atrasar. -Ele resmungou tentando não sorrir, mas não resistiu por muito tempo.

-Eu dormi, foi mal. -Falei sorrindo enquanto Jungkook me arrastava para a moto. -Vai com calma playboy. 

-Fica quieta Isa. -Ele falou rindo um pouco pelo "playboy". Em questão de minutos chegamos no local da festa. Digamos que era uma mansão bem iluminada pelas luzes coloridas e preenchida pelo som alto, pelo que eu pude identificar estava tocando Selena Gomez, arrumei meus cabelos após retirar o capacete e Jungkook o pendurou na moto. -Gostou?

-Isso está incrível. -Falei observando a mansão. 

-Sua primeira festa? -Ele perguntou e eu assenti. -Te trouxe a festa certa então. -Jungkook entrelaçou nossas mãos e caminhamos até a porta principal.

-De quem é essa festa? -Perguntei e vi que ele ficou tenso.

-Ah...é de um a-amigo. -Ele falou e eu desconfiei. A porta se abriu revelando uma garota bem alta com longos cabelos negros encaracolados e olhos castanhos. Ela deu um sorriso "lindo" ao ver Jungkook, mas seu sorriso se desmanchou ao me ver.

-Oi Kookie, que bom que resolveu aparecer. -A menina falou olhando o Jungkook com os olhos brilhando ignorando nossas mãos entrelaçadas.

-Pois é Ailee, obrigada pelo convite. -Jungkook sorriu pra menina que parecia que iria derreter a qualquer momento, ciúmes? Imagina...

-Essa ai, quem é? -A "Ailee" apontou pra mim fazendo uma careta bem estranha.

-Essa é a Isabella. -Jungkook me olhou por um longo tempo sorrindo.

-Sou a Ailee. -Ela deu um sorriso falso. -Entrem. -Ela deu passagem e Jungkook me puxou para dentro da mansão. -Fiquem a vontade. -A menina desapareceu em questão de segundos e Jungkook já me puxava para algum lugar.

-Quer bebida? -Jungkook perguntou parado em um canto que parecia mais um bar.

-Eu não bebo Kookie. -Brinquei com meus pés e o olhei.

-Então não vai querer nada? -Ele perguntou.

-Não. -Afirmei e Jungkook se virou para o barman, talvez para pedir sua bebida.

-Quer dançar? -Ele perguntou após tomar o terceiro gole do seu copo colorido.

-Não sei dançar. -Sussurrei e Jungkook pareceu me olhar de cima a baixo.

-Vamos lá, é música lenta, como não sabe? -Ele perguntou e eu dei de ombros. -Vamos. -Jungkook agarrou minha mão e sem me dar chances de protestar me levou para a pista lotada de casais. Tentei imitar os outros casais colocando meus braços em volta do pescoço de Jungkook que segurou minha cintura.

-Então, amigo né Jungkook? -Me referi a Ailee e Jungkook sorriu nervoso.

-Ela é uma velha amiga. -Ele sorriu sem graça e eu revirei os olhos.

-Não minta Jungkook. -Sussurrei e ele suspirou.

-Tudo bem, ela é uma...é, eu já peguei ela. -Ele falou sorrindo sem graça.

-Então ela é uma das vadias que você já pegou? -Perguntei.

-Mais ou menos isso. -Ele falou.

-E eu sou a número...?

-Como assim, Isa? 

-Quantas garotas já pegou Jungkook? -Perguntei.

-Sei lá, umas 70. -Fiz uma careta.

-Então eu sou a número 71? Quem vai ser a número 72? A velha do parque? -Disparei as perguntas de uma vez só tentando não enforcar o Jungkook com minhas próprias mãos.

-Para com isso Isabella, você não tem nada haver com essa lista. -Ele disse. -Velha do parque?

-Tem uma lista também? -Perguntei. -Sim, a velha do parque.

-Tem sim. -Ele suspirou. -Por que a velha do parque?

-Sei lá. -Murmurei. -E quando eu vou ver essa lista? 

-Nunca Bella, ela não existe mais. -Ele sussurrou e eu revirei os olhos.

-O que me faz acreditar nisso?

-Porque quando eu fiquei com você pela primeira vez, eu a rasguei. -Ele falou me deixando surpresa. -Queria esquecer todas que eu fiquei quando eu fiquei com você.

-Por que não me disse isso antes?

-Isso não é coisa de dizer para uma garota. -Depois que eu fui perceber que não estavam mais tocando música lenta e sim uma música agitada.

-Jungkook, eu não quero mais dançar. -Me incomodei um pouco com aquelas pessoas dançando loucamente perto de mim.

-Tudo bem, vamos lá pros fundos. -Ele me puxou saindo da pista de dança e entrando em um cômodo que parecia a cozinha. 

-Você conhece bem essa mansão. -Murmurei enquanto me sentava no banquinho giratório.

-Já estive aqui muitas vezes. -Ele falou em um modo divertido me fazendo revirar os olhos. -Ciúmes, Bellinha?

-Eu não teria ciúmes de você com aquela idiota. -Ele riu.

-Certeza? -Jungkook se aproximou de mim.

-Absoluta. -Quando eu percebi que ele iria me beijar, a porta da cozinha se abriu revelando o...Jimin!


Notas Finais


será que o jimin fez parte dessa lista? rs
DESCULPA EU NÃO RESISTO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...